quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

DOM JOSÉ FREIRE CONTINUA EM COMA

Dom José Freire, bispo emérito da Diocese de Mossoró, tem uma pequena melhora no seu quadro clínico. Ele continua em coma profundo e internado na UTI do hospital Wilson Rosado.

A Diocese de Santa Luzia, unida, reza pela saúde do bispo.

MORRE FUNCIONÁRIO DO ITEP DE MOSSORÓ

Morreu por volta de 11 horas e 30 minutos de quinta feira 05 der Janeiro de 2012, Duarte Junior, perito do Itep de Mossoró que estava internado desde a ultima segunda feira Duarte tinha 53 anos de idade e já trabalhava na casa há 32 anos. Segundo informações ele estava em Areia Branca com seus familiares, na ultima segunda feira quando se sentiu mal e foi levado para o hospital local. Os seus companheiros de trabalho conseguiram uma UTI móvel e transferiram o mesmo para o hospital Regional Tarcisio Maia em Mossoró. Seus estado de saúde se agravou e Duarte foi transferido para a UTI do hospital Wilson Rosado. Duarte permaneceu o tempo todo em coma induzido e na manhã de hoje, depois de um infarto fulminante, ele não resistiu e morreu. O corpo do Perito, que estava próximo da aposentadoria permanece no Hospital.

Fonte: Estudantes do RN.

Aluga-se uma (1) casa

Aluga-se uma casa com 3 quartos, suíte, 2 banheiro, sala, cozinha e terraço. Localizada no parque de vaquejada, Rua Raimunda Ferreira Sales, 28 Apodi. Interessados ligar para 9945-7953 ou 3333-2821, falar com Socorro Leite ou pessoalmente na Secretaria Municipal de Educação.

Professores sem salários há 90 dias

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN denunciou ontem o descumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta entre a Secretaria Municipal de Educação e o Ministério Público Estadual para pagamento de cerca de 800 professores contratados de forma precária, sem contrato formal, até o dia 31 de dezembro de 2012. De acordo com o Sinte, o vínculo foi firmado para que o ano letivo não ficasse incompleto, tendo em vista que em outubro o contrato temporário dos professores foi encerrado.
O Termo de Ajustamento de Conduta previa o pagamento dos meses de outubro, novembro e dezembro até o fim do ano passado. O dinheiro não foi depositado. Contudo, na última terça-feira, o secretário municipal de Educação, Walter Fonseca, publicou em seu twitter que o pagamento seria iniciado ainda ontem. Walter foi informado pelo secretário municipal de Planejamento, Antonio Luna, que a prefeita Micarla de Sousa autorizou o pagamento de outubro, novembro e dezembro no seguinte calendário: quarta-feira, o mês de outubro; quinta-feira, o mês de novembro; e sexta-feira, o mês de dezembro.
Até o fechamento desta edição, a reportagem da TRIBUNA DO NORTE não conseguiu confirmar a transferência do dinheiro para os professores. Duas professoras visitaram a redação para reclamar do atraso e do descumprimento do TAC. A reportagem também tentou falar com o secretário Antônio Luna, mas ele não atendeu o telefone celular e nem estava na secretaria no início da tarde de ontem.
Fátima Cardoso, presidente do Sinte-RN, estuda acionar novamente a Justiça para resolver o problema. "Infelizmente, a Justiça está em recesso e o Ministério Público também. Estou indignada com essa situação porque a Prefeitura vem descumprindo seguidamente vários termos de ajustamento de conduta", aponta Fátima Cardoso.
Professoras das Escolas Amadeu Araújo, em Nova Natal, e da Escola Palmira de Sousa, no bairro de Santa Catarina, reclamaram de mais um descumprimento por parte do Município. Até a noite de ontem o dinheiro prometido pela Prefeitura do Natal não havia sido depositado. "Estamos pagando para trabalhar. Não recebemos vale-transporte e nem o salário", aponta uma das professoras. "Não conseguimos nem mesmo resposta por parte da Secretaria. Tudo o que sabemos é repassado via Sindicato", complementa.
Os instrutores dos cursos de qualificação da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social também reclamam da falta de pagamento. Nos últimos dias, a TRIBUNA DO NORTE recebeu ligações dos instrutores denunciando a situação. Por lá o atraso já chegou aos quatro meses e os contratados também não têm direito a vale-transporte. Os cursos oferecidos pela Semtas são de informática, recepcionista, cabeleireiro, entre outros. Há cerca de 40 pessoas afetadas com a questão. O salário é ficado em R$ 750.
Terceirizados da Semsur também cobram pagamento
Funcionários terceirizados que prestam serviço à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) realizaram na manhã de ontem um protesto em frente à Prefeitura do Natal. A manifestação pedia o pagamento dos salários, que estariam atrasados desde o mês de novembro de 2011. Foram levados carros de som, rojões e faixas, com os dizeres "Estamos em greve" e "Prefeita, estou com fome e a culpa é sua".
De acordo com o presidente do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Higienização e Limpeza do Rio Grande do Norte (Sindlimp/RN), Fernando Lucena, são cerca de 420 pessoas que estão com pagamentos atrasados. "Todos eles são contratados pela empresa SS [construções e empreendimentos] que não recebe da prefeitura há 10 meses", esclareceu. Em virtude disso, a empresa teria suspendido o pagamento enquanto aguarda o repasse da prefeitura.
A reportagem procurou falar com o presidente da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), Cláudio Porpino, mas ele não atendeu as ligações.
TN Oline.

Briga entre vizinhos por pouco não termina em tragédia

Informação: O Câmera.
Uma discussão entre vizinhos na noite de quarta feira 04 de Janeira de 2012, por pouco não terminou em tragédia na Rua Maria Simão, próximo a escola municipal Antonio da Graça Machado, no bairro Malvinas no Alto de São Manoel em Mossoró.
Wellington Alves de Andrade, 28 anos de idade se envolveu na confusão com um vizinho seu e foi agredido com uma cadeirada na cabeça.
Wellington foi socorrido por populares para a Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel e transferido para O hospital Regional Tarcisio Maia, por uma equipe do samu, onde deu entrada, consciente, mas muito sonolento. A vitima apresentava um forte odor etílico.
A policia, não tem informação dos motivos da agressão, mas acredita que tenha sido apenas motivada pelo uso de bebidas alcoólicas.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO