domingo, 8 de janeiro de 2012

FILHA DE LUIS ELÓI MARINHO PROCURAVA PELO PAI - ENCONTROU TARDE DEMAIS

Luis Elói Marinho
Na última sexta feira (06/01) noticiamos aqui, que o sr Luis Elói Marinho, natural de Apodi/RN havia falecido em Brasília. Para nossa surpresa, recebemos um comentário de sua filha, Glaucineide Silva Marinho, que mora em Guarujá - SP soube da notícia através do Blog. Parece uma estória dos programas de TV. Uma pessoa, que foi afastada do pai com 4 anos de idade e quando tem notícia dele, é tarde demais. Lamentamos profundamente, e esperamos que DEUS possa lhe confortar diante da situação.
Veja comentários:
Blogger neide marinho disse...

Meu nome é Glaucineide Silva Marinho, sou filha de Luiz Eloi Marinho. Faziam mais de 20 anos que não tinha noticias de meu pai, fiz varias pesquisas na internet e vários cadastros em sites de pessoas desaparecidas, a sua procura. Na madruga do dia 6/01 um rapaz me mandou uma mensagem dizendo ter noticias dele, nem dormir de tanta alegria. Mas a noticia que recebi foi da sua morte. Dói muito saber que nunca vou poder dizer a ele que eu o amava, que não o esqueci e dar um abraço e dizer" Pai eu te amo".

Anônimo
Anônimo Salete Marinho disse...

Infelizmente você descobriu tarde o paradeiro de seu pai. Mas, ele viveu seus últimos tempos com esperança de reencontrar você e sua irmã. Ele as amavam. Uma das coisas que o deixou triste foi ao se recuperar do acidente não saber o paradeiro de vocês. Mas, vocês descobriram a família Marinho e olhe que não é pequena. Sua Avó(a matriarca), 07 tias e 05 tios, sem contar os primos, mais de 27. Sua tia, Salete Marinho.

3ª Morte de forma violenta em Mossoró em 2012

Informação: O Câmera.
A Central de Operações da policia militar registrou no inicio da noite de sexta feira 07 de Janeiro de 2012, mais uma morte de forma violenta em Mossoró. O crime aconteceu por volta de 20 horas e 30 minutos, no cruzamento das Ruas Maximino Gregório de Medeiros com a Rua Marcos pimenta" no Bairro barrocas II, próximo a entrado do Santa Helena. Ramílton Silva do Nascimento, "Pombão" 37 anos de idade, (06/08/1974) residente na rua "Major Gutemberg de Melo, foi morto com um disparo de arma de fogo no rosto. Pombão morreu no local antes da chegada do socorro Medico. No local impera a lei do silencio, ninguém viu o que aconteceu e nem percebeu a presença de pessoas estranhas na rua. Ramílton foi a quarta pessoa da mesma família morta de forma violenta. A policia não soube informar no local, como aconteceu a morte do rapaz, mas acredita que seja o mesmo motivo pelos quais as pessoas são mortas nos bairros periféricos, Acerto de contas. Policiais da viatura 213 fizeram o isolamento do local até a chegada dos peritos do Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep, que fizeram a remoção do corpo de “Pombão” para os procedimentos de necropsia na sede do Órgão.

2ª Morte de forma violenta em Mossoró em 2012

Informação: O Câmera.
A Central de Operações da policia militar registrou mais uma morte de forma violenta em Mossoró. O crime aconteceu por volta de 20 horas de sexta feira 06 de Janeiro de 2012, na Rua Delfim Moreira no bairro bom Jardim.
Júlio Sergio Martins Dias, 30 anos de idade, comerciante, foi alvejado na cabeça com dois disparos de arma de fogo, enquanto conversava com um amigo, do outro lado da rua e em frente de sua residência.
Segundo informações, dois indivíduos aparentemente menores de idade, chegaram aonde a vitima estava escorado em um veiculo e efetuaram os disparos sem que houvesse nenhuma conversa entre eles.
Júlio, ainda recebeu os primeiros socorros, por uma equipe da Unidade de Suporte Avançado “Alfa” do Samu, mas morreu dentro do veiculo, antes de chegar ao hospital Regional Tarcisio Maia.
A vitima trabalhava em uma locadora de vídeo Game de sua propriedade e segundo familiares que compareceram ao HRTM, o mesmo não tinha inimizade com ninguém e nem tinha qualquer vicio. Eles acreditam que Júlio possa ter sido morto por engano. O rapaz estava freqüentando uma igreja Evangelica próximo a sua casa e era muito tranqüilo, segundo informações de um tio seu.
Populares informaram a policia, que um dos indivíduos ficou em uma bicicleta, enquanto o outro efetuava os disparos em Júlio. Logo após a pratica criminosa os dois sairam em direção ao bairro Santo Antonio.