quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

PARABÉNS!

Hoje é o seu aniversário. Parabéns Nayane!

Sua sogra já botou aparelho nos dentes? Sacanagem… rsrsrs…



Veja como fica uma sogra depois que coloca aparelho nos dentes: uma maravilha! hahaha…
Coisas do Xerife.

Policial e auxiliar árbitro morto em acidente é sepultado com honras militares em Mossoró-RN

Fonte: Blog do Ismael Sousa


O corpo do policial e auxiliar de arbitragem Clistenis Juny Souza, 36 anos, foi enterrado na tarde desta quinta-feira (9), no cemitério público municipal São Sebastião (cemitério novo), em Mossoró. Com honras militares, a cerimônia teve a presença de amigos, familiares, desportistas, políticos e policiais militares.

O comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar, o tenente-coronel Francisco Alvibar Gomes Ferreira, também esteve presente juntamente com o Tenente Túlio César, no velório que aconteceu na capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. 

O cortejo fúnebre foi escoltado por várias viaturas da Polícia Militar, e por colegas de arbitragem, que prestaram as últimas homenagens ao auxiliar de árbitro e oficial da polícia, que trabalhava na Central de Operações da PM, em Mossoró.

O radialista Elias Júnior, da rádio 93 FM, que estava no veículo, esteve no velório, ainda com a calça manchada de sangue, e relatou como aconteceu o grave acidente.

Clistenes morreu na noite de ontem (8), em um acidente de trânsito ocorrido no KM 282 da BR-304, trecho conhecido como "Reta Tabajara", próximo ao município de Macaíba. O veículo levava profissionais da imprensa que iria cobrir o jogo entre América e Potiguar, em Goianinha-RN.



CAPOTAMENTO NA ESTRADA DE BARAÚNA


Um caminhão, tipo Mercedes Bens- NNJ 4405, conduzido por José Maria Bezerra, 64 anos, natural de Mossoró, seguia na RN-015 sentido Baraúna - Mossoró e capotou quando tentava uma ultrapassagem.
Segundo informações de José Maria, na cidade de Baraúna ele teve uma discussão de transito com o motorista, Jussier Airton da Silva que conduzia um caminhão Mercedes bens tipo Muck, NNN 3138.
Após sair de Baraúna o motorista do Caminhão Muck teria ultrapassado José Maria já próximo a comunidade Barrinha. Segundo José Maria após a ultrapassagem o motorista do caminhão Muck diminuiu a velocidade forçando outra ultrapassagem e em seguida “fechou” o caminhão, causando o acidente.
O motorista do caminhão Muck evadiu-se do local, mas foi alcançado pelos policiais do GETOR, na BR-405 próximo a comunidade Três Marias.
O motorista José Maria sofreu escoriações leves.

Fonte: O Câmera.

GENILDO CARDOSO VAI LANÇAR CD NOS PRÓXIMOS DIAS


O radialista apodiense, Genildo Cardoso que trabalha na rádio Cidade FM vai lançar um CD nos próximos dias.
As músicas já estão gravadas e só falta concluir a parte de produção da capa do CD. São 15 faixas de músicas compostas pelo próprio Genildo e que brevemente vão estar sendo divulgadas nas rádios da cidade.
Uma das faixas é cantada pela Kaliny Vanuce, que promete muito sucesso - Locutor.
Genildo Cardoso esteve no último sábado no Programa Apodi Canta Aqui da Rádio Luta FM e já deixou algumas faixas na emissora para serem tocadas. Os ouvintes já começam a pedir e logo após o carnaval a tendência é de muita solicitação das músicas de Genildo Cardoso.
Ao lucutor, desejamos boa sorte...

Dilma diz que anistia a PMs criará país sem regras


Brasília - Na primeira declaração sobre a greve de policiais militares da Bahia, que entrou hoje (9) no décimo dia, a presidenta Dilma Rousseff disse que respeita as reivindicações da corporação, mas não concorda com anistia para policiais que cometeram crimes durante a paralisação. Ela foi incisiva ao dizer que "crimes contra o patrimônio, contra as pessoas e contra a ordem pública não podem ser anistiados. Se anistiar, vira um país sem regras".
"Não consideramos que seja correto instaurar o pânico, instaurar o medo, criar situações que não são aquelas compatíveis com uma democracia. Eu não considero que o aumento de homicídios na rua, queima de ônibus, entrar encapuzados em ônibus, seja a forma correta de conduzir o movimento." A presidenta disse que ficou "estarrecida" com as gravações telefônicas divulgadas ontem (8), pela TV, que revelam conversas de líderes dos policiais e bombeiros baianos no sentido de radicalizar o movimento, estendendo-o, inclusive, para outros estados. 
As declarações da presidenta foram dadas durante visita a obras da Ferrovia Transnordestina, no município pernambucano de Parnamirim.
Dilma disse que respeita "democraticamente os movimentos e suas reivindicações", mas não considera admissível anistiar quem comete crimes durante uma greve, caso de alguns policiais militares baianos que estão sendo acusados de formação de quadrilha, incitação ao crime e depredação de patrimônio público, entre outros delitos.
"Vai chegar um momento em que vão anistiar antes do processo grevista começar. Eu não concordo com isso. Por reivindicação, eu não acho que as pessoas têm de ser presas, nem condenadas. Agora, por atos ilícitos, por crimes contra o patrimônio, crimes contra as pessoas e crimes contra a ordem pública, não podem ser anistiados. Se você anistiar, aí vira um país sem regra".
A presidenta disse que as forças federais, como o Exército e a Força Nacional, estão à disposição para dar suporte aos governos estaduais sempre que forem solicitadas.
Sobre o direito de greve para as polícias, Dilma disse apenas que "essa é uma questão que tem de ser debatida no Brasil". Ontem (7), o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, negou que o governo esteja desengavetando o projeto que cria regras para greves de servidores públicos, a chamada Lei de Greve, por causa da atual onda de paralisações e ameaças de policiais militares. A proposta prevê, por exemplo, que o governo seja avisado com antecedência mínima de 72 horas sobre paralisação de atividades "inadiáveis de interesse público".
Dilma está desde ontem (7) em viagem pelo Nordeste para vistoriar as duas maiores obras de infraestrutura da região: a transposição do Rio São Francisco e a Ferrovia Transnordestina. Com 1,7 mil quilômetros, a ferrovia vai ligar o interior do Nordeste aos portos de Pecém (CE) e Suape (PE). Na visita de hoje, a presidenta cobrou a conclusão da obra até 2014 e disse que o governo não pretende elevar os custos do projeto para muito além dos atuais R$5,4 bilhões previstos. "Nós não pretendemos ficar elevando indefinidamente o preço dessa ferrovia. A gente sabe que uma ferrovia desse tamanho e dessa dimensão tem sempre coisas não planejadas que ocorrem. Mas temos, hoje, uma certeza de que os nossos orçamentos estão bem próximos da realidade".
Com informações da Agência Brasil e TN Online.

Justiça indefere pedido de habeas corpus de investigados na operação Judas


Carla de Paiva Ubarana Araújo Leal


George Luís de Araújo Leal

O juiz convocado Gustavo Marinho indeferiu pedido de habeas corpus em favor de Carla de Paiva Ubarana Araújo Leal e George Luís de Araújo Leal. O magistrado destaca que a prisão preventiva não configura constrangimento ilegal, haja vista que a decisão encontra-se bem fundamentada na garantia da ordem pública e conveniência da instrução criminal, uma vez que todos os delitos em análise tomaram grande repercussão social.
O juiz disse ainda que existem pessoas vinculadas e subordinadas a Carla Ubarana e George Leal, de modo que, em liberdade, eles poderiam comprometer a apuração dos fatos.
No tocante ao pedido de substituição da prisão preventiva por medidas cautelares diversas da prisão, o juiz Gustavo Marinho entendeu que não é cabível, pois tais medidas dispostas no artigo 319 do Código de Processo Penal não se revelam suficientes ao caso em estudo.
O magistrado também negou o pedido de prisão domiciliar, pois, segundo ele, os documentos juntados aos autos não demonstram a extrema debilidade da paciente a indicar a necessidade de prisão domiciliar, mas sim, que a paciente deveria ser submetida a um tratamento em hospital, o que já está acontecendo.

Memória
Inicialmente, o pedido de liminar da ordem de habeas corpus foi distribuído para o desembargador Rafael Godeiro que alegou suspeição para julgar o pedido. O processo foi redistribuído para o juiz convocado Gustavo Marinho que está substituindo a desembargadora Zeneide Bezerra.

Fonte: TJRN.

Radialistas de Mossoró se envolvem em acidente na reta Tabajara e Policial Militar e árbitro de futebol que tambem viajava junto morreu

Vítima Junny

Fonte: Jota Lourenço

Um veículo que transportava as equipes esportivas das rádios FM Resistência (93,7Mhz) e Difusora AM de Mossoró (1170Khz), que seguiam para o município de Goianinha, capotou após colidir com um animal em um trecho da BR-304 conhecido como Reta Tabajada, nas proximidades do município de Macaíba, na Grande Natal.

O grave acidente aconteceu na noite de hoje (8), por volta das 19h. As equipes esportiva das duas emissoras iriam cobrir o jogo entre América de Natal e Potiguar de Mossoró, válido pela 8º rodada do campeonato Estadual 2012. Estavam no veículo Alcivan Silva, Esaú Andrade, Elias Júnior, Ítalo Praxedes e um bandeirinha identificado como Clístenes Júny de Souza, que iria trabalhar na partida. 


Equipes do Samu metropolitano foram acionadas e realizaram os atendimentos aos profissionais de imprensa. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Clóvis Sarinho, em Natal e para o hospital de Parnamirim. 


O radialista Ítalo Praxedes recebeu alta do Hospital, e passa bem. Já o radialista Elias Júnior, o único que foi atendido no Hospital Dioclécio Marques, em Parnamirim, sofreu algumas escoriações pelo corpo, mas também recebeu alta e passa bem.  


O auxiliar técnico e Polícial Militar Clistenes Júnior de Souza, que sofreu uma forte pancada na cabeça, foi levado em estado grave com Traumatismo Crânio Encefálico (TCE), para a UTI do Hospital Clovis Sarinho, na Capital do Estado, acabou não resistindo ao procedimento cirúrgico, e veio a óbito.  

Clistenes Juny, trabalhava no quadro de arbitros da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e no Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (CIOSP), em Mossoró. O mesmo teria pego carona com a equipe esportiva, para a cidade de Goianinha. 


Nota: Lamentamos profundamente o falecimento do profissional Clistenes, e enviamos nossas condolências aos seus familiares. A Polícia Militar e o Futebol do Rio Grande do Norte, está de luto. 
Fotos do acidente:

O corpo do Policial/Arbitro de Futebol "Junny" será sepultado em Mossoró, mas ainda não saiu de Natal. Ele será velado na Capela do Perpetuo Socorro no centro de Mossoró.


11ª MORTE DE FORMA VIOLENTA EM MOSSORÓ JÁ EM 2012


Informação: O Câmera/Foto: Glli Maia.

A Central de Operações da Policia Militar registrou no inicio da noite de quarta feira, 08 de Fevereiro de 2012, mais uma morte de forma violenta na cidade de Mossoró. O crime aconteceu por volta das 19 horas na Rua Dom Elder Câmara no Bairro Alto do Xerem. 

Antônio Marcos Epaminondas da Silva “Marquinhos”, 37 anos, residente na rua Dom Elder Câmara, foi morto por elementos desconhecidos que chegaram ao seu estabelecimento comercial, um espetinho em frente sua casa, e desferiram vários disparos de pistola calibre 380. Marquinhos foi atingido por seis disparos e morreu no local. 

“Marquinhos”, como era conhecido, tentou se refugiar dentro de seu comercio, mas foi seguido pelos homens que efetuaram outros disparos no mesmo que caiu morto dentro do bar. Um irmão da vítima ainda tentou socorrer o mesmo em seu próprio carro.

Profissionais de uma viatura de suporte avançado “Alfa” do samu, ainda tentaram reanimar a vitima, mas sem êxito. 

Policiais informaram que Marquinhos era irmão de um pessoa conhecida como “Bubusento”, acusado de vários delitos na região do Alto do Xerem e Belo horizonte. Ele era suspeito de fornecer armar e drogas aos elementos daquela área.