segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

REI MOMO E RAINHA DO CARNAVAL DE APODI 2012

Ao som do Metal Urbano!

Concurso do rei momo e da rainha do carnaval 2012.
Imagens da TV Apodi.

As “ondas” do momento...


Estava eu tentando raciocinar sobre o tamanho sucesso que as atuais bandas de forró fazem, é impressionante a aceitação perante o publico, sinceramente fico preocupado com relação a tal aceitação. Estamos vivendo uma época em que a liberdade muitas vezes é confundida com libertinagem, em nome da chamada modernidade, o termo “Liberdade de expressão” tem sido interpretado de forma escandalosa, nossa frágil sociedade está aceitando sem muito questionamento verdadeiras profanidades culturais.
Outro dia, tive a oportunidade de ver uma entrevista com o artista Flávio José, este lamentava e afirmava estar desmotivado para compor novas canções, dizia ele: “ É duro saber que um indivíduo gritando três palavrões fará muito mais sucesso do que eu, que medito para compor ”. A própria banda Calcinha Preta cantou recentemente: “se falar de cabaré, tá estourado! Se falar que é cachaceiro, tá estourado!”. A que ponto chegamos?
O ideal para as bandas de forró atuais é que os rapazes sejam “safadões” e as moças “raparigas”. Hoje vivemos uma fase terrível em termos de “gosto musical”, praticamente todos os ritmos incitam o consumo exagerado de álcool, tratam a mulher como objeto, exaltam a prostituição e a infidelidade. A ultima “estourada” no momento trata da história de sexo explícito dentro de veículos, é preciso ter muito cuidado com o que as crianças estão ouvindo.
São os tempos do “Forro Estilizado” como muito bem se pronunciou a respeito, o grande Ariano Suassuna, e de muitos outros ritmos que se corromperam e desviaram-se de sua essência, pois se o forró está marginalizado, assim também está o Axé, o Funk, o Rock, etc. Mas fazer o que? O Axé é um símbolo da Bahia, o Forró do Nordeste, o Funk do Rio de Janeiro. Resta-nos lamentar quando temos conhecimento de que os músicos continuam marginalizando esses ritmos. Porém, a nós cabe um mínimo de bom senso para “separar o joio do trigo”, afinal, a música brasileira tem uma diversidade maravilhosa. Mas voltando ao forró...
No rastro dessa pornografia musical, para piorar, veio o modo de ouvi-la. Seja na base do “abra mala e solte o som” de Duquinha, ou do falado “paredão”, o que não faltam são sons sendo exibidos em uma espécie de competição nos mais altos volumes. Assim, além de ter a audição prejudicada pela poluição sonora, todos são obrigados a ouvir suas músicas. “Obrigados” entendido entre aspas, pois segundo o Art. 42 , III da Lei das Contravenções Penais, “a perturbação do sossego alheio, abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos é crime.”
As bandas não atingem sucesso pela qualidade que possam ter. Hoje, atingem sim, pela capacidade e "criatividade" (ou seria mediocridade?) que os forrozeiros têm em dar um tom de musicalidade à idiotice parida pelas mentes sem cultura dos compositores (se é que podem ser considerados). Afirmo sem medo de errar que, grande parcela deste sucesso é alcançado pelo tamanho das bundas e pelas posições acrobáticas feitas pelas bailarinas que são expostas como verdadeiros troféus saltitantes e excitantes em cima dos palcos. Até onde iremos? Para onde iremos? Nossos filhos e nós mesmos corremos algum risco? O que podemos esperar no futuro de uma geração que acha que “Lapada na rachada” é música boa ? 
Existe uma verdadeira apologia (disfarçada) à prostituição, ao alcoolismo, a cafetinagem e a violência, principalmente contra a mulher. Sou consciente de que verei o grande Arquiteto do Universo e não entenderei como as mulheres conseguem gostar de músicas onde constantemente são agredidas na sua honra, induzidas a serem simples objetos de prazer e símbolos da promiscuidade. Acordem ...
O forró é cultura (pelo menos em tese)! Defendo que as expressões pornográficas, a vulgaridade das letras das músicas que infelizmente fazem sucesso, deveriam passar pelo menos por uma espécie de controle, tudo isso necessitaria ter um limite, estamos diante de uma degradação avassaladora.
Dói profundamente na alma e no coração saber que a sociedade contemporânea infelizmente caminha de pernas abertas para esse ar tão poluído. Por favor, Que não sejamos uma “Maria-vai-com-as-outras”.
Cesar Amorim – Estudante de Direito pela UERN/ Professor de História do Brasil.

MAIS UM ACIDENTE NA ESTRADA DE BARAÚNA-RN


Informação: O Câmera.
Foto: Ilustrativa.

Mais um acidente na RN 015 na madrugada de segunda feira 13 de Fevereiro de 2012, termina com a morte de uma mulher e o seu companheiro foi socorrido com ferimentos graves para o Hospital Regional Tarcisio Maia em Mossoró. Foi o 2º acidente na mesma região em menos de 24 horas.

Segundo informações o casal trafegava de motocicleta pela RN com direção a cidade de Baraúna e colidiu na trazeira de um veiculo que trafegava no mesmo sentido. Era de um veiculo de grande porte e a colisão aconteceu no momento que o condutor reduziu a velocidade na passagem de uma lombada na comunidade de Primavera, próximo a cidade. O condutor do veiculo fugiu sem prestar socorro as vitimas.

Janiclece Maria de Fátima da Silva de 26 anos de idade, moradora da favela do Tranquilim em Mossoró, morreu no local antes da chegada do socorro médico. O companheiro dela, ainda não identificado, trabalha nas fazendas de fruticultura irrigada na região de Baraúna, foi socorrido para o Hospital Local e transferido Para o HRTM em Mossoró.

Por volta de 10 horas da manhã, recebemos a informação, ainda não confirmada, da morte do agricultor.
Janiclece era solteira, tinha dois filhos estava convivendo com o agricultor, passava a semana em Baraúna e nos finais de semana vinha visitar a família em Mossoró.

PRIMEIRO GRITO DE CARNAVAL EM APODI RN

Foi escolhida para Rainha do Carnava de Apodi em 2012 "Aline Albuquerque" e Rei "Júnior Oliveira". Foi o primeiro grito de Carnaval em Apodi, que aconteceu nesse domingo, 12 de fevereiro de 2012.
Confira algumas imagens:
























Fotos de Wilson Oliveira.

FUTEBOL - RESULTADOS!

Campeonato Carioca:


Flamengo 2 x 0 Nova Iguaçu
Resende 2 x 1 Madureira
Duque de Caxias 1 x 3 Volta Redonda
Vasco 2 x 1 Fluminense

GRUPO A


CLASSIFICAÇÃO
P
J
V
E
D
GP
1
 Resende
12
6
4
0
2
10
2
Botafogo
12
6
3
3
0
14
3
Flamengo
12
6
3
3
0
7
4
Macaé
8
6
2
2
2
6
5
 Nova Iguaçu
8
6
2
2
2
4
6
Bonsucesso
5
6
1
2
3
6
7
 Madureira
4
6
1
1
4
6
8
Olaria
4
6
1
1
4
4
GRUPO B


CLASSIFICAÇÃO
P
J
V
E
D
GP
1
Vasco
15
5
5
0
0
12
2
Boavista
11
6
3
2
1
13
3
Volta Redonda
10
5
3
1
1
8
4
Friburguense
10
6
3
1
2
8
5
Fluminense
7
5
2
1
2
9
6
Duque de Caxias
5
6
1
2
3
6
7
Americano
4
5
1
1
3
3
8
Bangu
0
6
0
0
6
7

FUTEBOL - RESULTADOS!


         Campeonato Potiguar:
         
         Santa 1x2 América 
Corintians 2x0 Assu 
Potiguar 2x0 Caicó 
Alecrim 0x2 Baraúnas 
Classificação 
Clube PTs G GC V D 
1º ABC 18 18 9 5 1 
2º América 16 22 10 5 3 
3º Santa Cruz 15 17 9 5 4 
4º Corintians 15 11 6 4 2 
5º Potiguar 13 12 14 4 4 
6º Palmeira 13 8 11 4 4 
7º Baraúnas 13 8 6 3 2 
8º Assu 10 9 15 3 5 
9º Caicó 8 6 21 2 5 
10º Alecrim 5 8 18 1 6

Acidente com vitima fatal na Rn 015 na localidade de Primavera zona rural de Barauna


Jornalista Amanda Melo especial
Por volta das 18 horas e 30 minutos de domingo 12 de Fevereiro de 2012, a Polícia registrou um acidente na RN-015 envolvendo uma moto e uma bicicleta nas proximidades da comunidade rural de Primavera, no caminho para o município de Baraúna.
O aposentado Francisco de Assis Miguel, de 61 anos trafegava com destino a Baraúna numa motocicleta Trax vermelha quando bateu em um ciclista que estava no acostamento da via. Francisco morreu na hora. Já o ciclista, foi levado para o hospital da cidade com alguns arranhões leves.
Segundo informações de João Miguel, irmão de Francisco, a vítima morava no assentamento Barreira Vermelha e estava indo a comunidade de Primavera buscar a companheira Francisca e em seguida iria visitar uma irmã, identificada como Jacinta, que mora em Baraúna.
“Antes do acidente acontecer ele tinha passado na minha casa, que fica na comunidade Juremal, para me pagar um dinheiro. Ele bebe, mas hoje ele não tinha bebido”, declarou o irmão.
Um dos policias que estava no local do acidente, PM Couto contou que populares foram os primeiros a ver a vítima caída e acionaram a polícia. Ainda de acordo com ele, aparentemente Francisco não estava usando o capacete. O equipamento de segurança estava jogado a poucos metros do local onde a moto e a bicicleta caíram. Tudo indica que ele levava o capacete no braço.
A bicicleta ficou completamente destruída, enquanto a moto estava em perfeito estado, o que causou admiração aos inúmeros curiosos que estavam no local.
A equipe pericial do ITEP chegou ao local e após examinar o corpo encontrou com Francisco alguns objetos pessoais, como relógio, um celular, dinheiro, chaves e uma corrente prateada.
O corpo do aposentado foi removido para o ITEP para os procedimentos de necropsia.

Fonte: O Câmera.






Acidente de trânsito em Apodi/RN - Atropelamento!


Forte Impacto

Apodi - Por volta das 18:40hs deste domingo (12), aconteceu um atropelamento na BR 405 em frente a AABB,  na ocasião um automóvel de cor branca, Placa: HXT - 4647, subiu a calçada, atropelou e feriu a jovem Jamily Adriele de Morais Gurgel, a mesma teve escoriações pelo corpo e foi socorrida por populares para o Hospital Regional Hélio Morais Marinho em nossa cidade, onde recebeu atendimento médico e passa bem. O motorista foi identificado e detido por uma guarnição da Rádio Patrulha comandada pelo sargento Ocivan, se trata do senhor Francisco Marcolino de Oliveira, 65 anos, o mesmo apresentava fortes sinais de embriaguez, foi submetido ao teste do bafômetro e deu positivo para a presença de álcool no sangue (2.000mg/L). Foi conduzido a delegacia de polícia civil para a realização dos procedimentos legais.


Obs: A Jovem Jamily Adriele é filha do cabo Lomanto!
Fonte: Sentinelas do Apodi.

MOSSOROENSE PARTICIPARÁ DE NOVELA DA GLOBO



O ator mossoroense César Ferrário aparecerá na próxima novela das sete da Rede  Globo de televisão, “Marias do Lar”. Na trama, ele contracenará com a atriz Titina Medeiros, também potiguar de Acari. 
Ele será um caminhoneiro e ela empregada doméstica, que terão um caso amoroso. O jovem e talentoso ator é filho de Vânia Leite e Luiz Aquino (in memorian) e neto do saudoso César Ferrário Leite.