domingo, 3 de junho de 2012

A NOSSA ENQUETE CONTINUA...

 PARA VOCÊ, É CERTO A POLÍCIA ESTADUAL DE TRÂNSITO FAZER O TRABALHO DE APREENSÃO DE MOTOS EM APODI?

SIM-------------------41%
NÃO------------------53%
TANTO FAZ--------5%

O imortante é você votar!

Não quero aqui dizer, que o certo é errado, mas quero me solidarizar com as pessoas, que com muito esforço fazem economias para comprarem a sua motocicleta e facilitar o seu deslocamento até o local de trabalho, venderem leite, frutas, verduras, etc.
Nós não temos nenhum posto da polícia de trânsito em Apodi e por isso as pessoas muitas vezes andam desprevinidas.
Algumas pessoas, pelo fato de terem a carteira de habilitação, não se preocupam com as pessoas que têm o seu transporte apreendido e são obrigadas a pagarem multas desnecessárias.
Mas, eu sou diferente... não sou contra a apreensão da motocicleta de pessoas que trafegam sem capacete, embriagadas, levantando pneu. E sou a favor da moralização do nosso trânsito, desde que façam como fizeram todos usarem o capacete, desde que sinalizem as nossa ruas com faixas, placas e semáforos e ainda ofereçam as condições para se tirar a carteira de habilitação. Alguns policiais dizem: mas é lei... e lei é prá ser cumprida. Também existe uma lei que diz, que as pessoas de baixa renda vão tirar a carteira de habilitação gratuitamente. Por que não fazem com que essa lei seja cumprida também? As leis devem funcionar para todos.
Pelo menos, essa é a minha opinião!

ACIDENTE DE AVIÃO NA NIGÉRIA COM 150 PESSOAS ABORDO

LAGOS, Nigéria - Um avião de passageiros, com cerca de 150 pessoas a bordo, se chocou contra um prédio de dois andares no centro de Lagos, cidade densamente populada na Nigéria, neste domingo. A Agência Nacional de Gerenciamento de Emergência do país informou que o acidente ocorreu no bairro de Ishaga, região de Agege, próxima ao centro da cidade. Fontes afirmam que a aeronave pertencia à empresa privada Dana Air e seguia da capital Abuja para o aeroporto internacional de Lagos.

 Angela Davies, moradora da área onde ocorreu o acidente, confirmou que a aeronave tinha a marca da companhia Dana Air. Funcionários da empresa ainda não se manifestaram sobre o assunto. Testemunhas disseram que assim que o avião atingiu o prédio, ele explodiu em chamas. Autoridades da Agência de Aviação Civil da Nigéria acreditam que todos os passageiros podem ter morrido.

- Eu não acredito que haja sobreviventes - disse Harold Denuren, chefe da Agência de Aviação Civil da Nigéria.

Canais de TV nigerianos mostram uma densa coluna de fumaça em uma área de casas baixas em Lagos. Mais de uma casa foi danificada pelo choque e ainda não se sabe a causa do acidente.

O aeroporto internacional de Lagos é o maior do oeste da África. Dados da Autoridade Federal de Aeroportos na Nigéria mostram que mais de 2,3 milhões de pessoas passaram por ele só ano de 2009. Em 2010, a Agência Nacional de Aviação dos EUA deu a ele o estatus mais alto de classificação de segurança apurada pelo país.
 
Agência: O Globo.

RN vai receber 26 retroescavadeiras

O ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Pepe Vargas, entrega, amanhã, dia 4, o total de 26 retroescavadeiras para atender aos municípios do Rio Grande do Norte mais afetados pela falta de estrutura de suas estradas vicinais, que ligam a zona rural à urbana. Cada máquina será encaminhada a uma cidade diferente. A entrega será feita, às 10h, no município de Parnamirim, pertencente à Região Metropolitana de Natal, capital do estado. O investimento total do MDA para a aquisição das máquinas foi de aproximadamente R$ 4,5 milhões. A doação dos equipamentos integra as ações da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Na ocasião, será divulgado um acordo de cooperação com o governo local para a implementação da Rede Brasil Rural e, também, um mutirão de documentação para as trabalhadoras rurais.

De acordo com o delegado federal do MDA no Rio Grande do Norte, Raimundo Costa Sobrinho, as retroescavadeiras farão a diferença na vida dos agricultores familiares dos 26 municípios beneficiados. "As nossas estradas precisam de recuperação constantemente e as máquinas vão suprir essas necessidades. Vão garantir o transporte dos alimentos e produtos cultivados pelos agricultores familiares por meio do melhoramento da malha municipal de acesso à zona rural", afirma.

Como no caso do agricultor rural Antônio Josenilton de Castro, 47 anos, que mora com a esposa e os quatros filhos em um sítio no município de Upanema. O sustento da família vem todo da comercialização dos grãos, legumes, frutas e animais criados em sua propriedade, que possui uma área de trabalho de cinco hectares.

Para vender os produtos, ele percorre 24 quilômetros até a feira do município. O caminho tem nove quilômetros asfaltados e 15 quilômetros de estrada de chão, que pioram nos tempos da seca e da chuva. "O que eu faria em 15 minutos, demoro meia hora. Quando a gente chega atrasado não consegue vender tudo na feira e, às vezes, os produtos estragam. O pessoal só compra de quem chega primeiro", conta. O agricultor acredita que o cenário irá mudar com as retroescavadeiras. "Quando temos condições, chegamos mais rápido", acrescenta.

No município de Encanto, a 420 quilômetros da capital potiguar, a máquina doada pelo MDA vai dar infraestrutura à metade da população. "Nosso município é bem dividido, 50% dos habitantes vivem na zona urbana e 50%, na rural. A retroescavadeira vai possibilitar ao agricultor familiar se estruturar para que não sofra tanto na próxima seca", conta o prefeito de Encanto, Alberone Néri de Oliveira Lima.

Além de melhorar a infraestrutura das estradas, as prefeituras utilizarão os equipamentos para construir barragens e poços. Esses recursos irão captar e armazenar a água das próximas chuvas, que serão usadas pelas famílias rurais quando o período da seca chegar. O próprio material retirado das estradas vicinais poderá ser utilizado na construção das barragens e dos poços amazônicos.

Antes da entrega das máquinas, a delegacia do MDA, em parceria com a unidade regional da Controladoria-Geral da União do Rio Grande do Norte, promoveu um curso sobre a gestão do uso dos equipamentos e o controle social com os 26 prefeitos das cidades contempladas. Com duração de oito horas, a orientação ocorreu no dia 22 de março.

Já o treinamento dos 52 técnicos - dois para cada município - que irão operar as máquinas, foi realizado nos dias 11 e 12 de maio, em Natal.

Serviço:

Data: 4 de junho, segunda-feira

Horário: 10h

Local: Associação Norteriograndense dos Criadores (Anorc)

Endereço: Parque de Exposições Aristófanes Fernandes - BR 101, Km 13 - Parnamirim (RN). 
 
TN Online.