domingo, 10 de junho de 2012

MULHER FOI ESPANCADA E MORTA POR ENFORCAMENTO NA ZONA RURAL DE JANDUÍS


 Informações: O Câmera.
Vera Lúcia Brito de Souza, aproximadamente 47 anos de idade, natural de Janduís, foi espancada e morta na madrugada deste domingo 10 de Junho de 2012, no sitio Riacho da Serra, zona rural de Janduís, no Oeste do RN.

Segundo informações do Cb. Silva, comandante do Destacamento de Poliícia da cidade, quatro indivíduos chegaram à residência, durante a madrugada procurando “”Antônio Vianês de Brito”” de 42 anos de idade, mas ele havia saído para o curral tirar leite dos animais. Dois elementos entraram na casa, onde estavam Vera Lúcia e uma criança e outros dois permaneceram na parte de fora aguardando a chegada de Antônio.

Dentro da residência, teve início uma seção de torturas. Vera Lúcia foi espancada e teve as duas mãos amarradas antes de ser colocada uma corda em seu pescoço. Os indivíduos ainda tentaram colocar fogo no corpo da vítima. Eles cortaram a mangueira de um botijão e colocaram fogo.

Quando Antônio Vianês chegava em casa foi recebido a bala. Os elementos efetuaram vários disparos, acertando apenas um nas costas do mesmo. Antônio, mesmo ferido conseguiu fugir até a cidade, onde recebeu os primeiros socorros. Ele foi transferido para o Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró e segundo informações não corre risco de morrer.

A polícia Militar acredita que a mulher tenha sido morta, antes da chegada do marido e que o motivo da tentativa contra Antônio, seria uma confusão envolvendo duas famílias da localidade.

Outra informação, não confirmada pela polícia, os elementos estariam tentando se vingar de um irmão de Antônio, que teria praticado um crime de homicídio e há pouco tempo foi liberado da prisão.

A criança conseguiu fugir dentro de um matagal e só foi localizado por volta de 11 horas da manhã.

O corpo de Vera Lúcia foi removido para o Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep de Mossoró para os procedimentos de Necrópsia.

GIDEL E JÉSSICA FERNANDA NO PROGRAMA APODI CANTA AQUI



ANIVERSARIANTE DE HOJE



CONVITE DE CANTORIA!!!




Baxeiro convida o povo em geral, para uma CANTORIA no dia 12 de junho com os viloeiros Luciano Fernandes e Edilson Calisto em sua residência, na rua Manoel João Dantas, nº 584, na Baixa da Alegria, Apodi.

Acidente com vitima fatal na Br 110 estrada de Upanema

 
*Informações: O Câmera.
O corpo de um homem foi encontrado caído ao lado de uma motocicleta Honda de cor escura de placa MZG 9236, por volta das 9 horas da manhã de domingo 10 de Junho de 2012, na BR 110, trecho carroçável, cerca de 10 km sentido Upanema. O corpo foi encontrado por populares que acionaram a Central de Operações da Policia Militar de Mossoró.

Antonio Carlos Pereira de Mendonça, 29 anos de idade, natural de Alexandria, residente na cidade de Upanema e trabalhava como garçom em um bar em Mossoró. A policia acredita que Antonio tenha perdido o controle da motocicleta, quando retornava para casa na manhã de hoje e caiu. O mesmo sofreu um trauma importante no pescoço e morreu no local.

Uma equipe de socorristas do Samu, ainda foi ao local, mas o garçom já estava morto.

Uma equipe da Policia Rodoviária Federal, registrou a ocorrência e juntamente com uma viatura da Policia Militar de Mossoró fez o isolamento do local do acidente até a chegada dos peritos do Instituto Técnico e Cientifico de Policia Itep, que removeram o corpo para os procedimentos de necropsia na sede do órgão em Mossoró.




AS ELEIÇÕES E A JUSTIÇA


Um capítulo bem interessante da absurda judicialização da vida na sociedade brasileira é referente ao processo eleitoral. Não resta dúvida de que a fundação da Justiça Eleitoral, na década de 1930, bem assim a sua ótima estruturação nestas duas últimas décadas, com a adoção do processo eleitoral eletrônico, dois inegáveis avanços das instituições políticas brasileiras, cada uma a seu tempo.
A tradição autoritária das elites deste país impõe, de modo recorrente, a tutela estatal de todas as atividades socialmente relevantes. Essa dominação sempre lastreada em enorme aparato legal quase sempre atropela princípios fundamentais que compõem a superestrutura jurídico-política, aí incluída a própria Constituição da República. Um exemplo disto é o que vem ocorrendo com o aparato de arrecadação de tributos federais e estaduais. Favorecido pela informatização, o Fisco brasileiro, sobretudo a estrutura mantida pela União Federal, mantém uma presença crescente e mais avassaladora como jamais foi possível na História. Aliás, não há exagero algum na assertiva de empresários de que o governo é sócio de todos eles, tal é o controle que a máquina fiscal tem da atividade privada, como se fosse um Big Brother (o de George Orwell, não o da Tv Globo) ultra eficiente, que tudo sabe, que tudo percebe e que cobra as contas salgadas. Em suma, o Brasil está muito longe daquilo que se conhece como Justiça Tributária.
Outro aparato igualmente avassalador e cada vez mais invasivo da esfera privada é o da Justiça Eleitoral. Começa pelo prerrogativa legal de regulamentação que tem o Tribunal Superior Eleitoral, quando baixa resoluções explicitando aspectos da legislação eleitoral que, na maioria das vezes, vão muito além do imaginou o legislador. Na verdade, as resoluções de TSE tradicionalmente estabelecem regras que diferem muito e em tudo das normas regulamentadas.
O mais grave é que essas resoluções veiculam regras muito severas e que, lidas à risca, podem desfigurar o processo eleitoral, impondo um rigoroso engessamento às atividades de partidos e candidatos. Estes, sobretudo, devem acercar-se de enormes cuidados tanto na divulgação e propaganda, quanto mesmo com a captação de recursos para a campanha e a contabilização de todas essas movimentações financeiras obedecendo a um intrincado cipoal de regras que, de tão complexas, obriga que cada candidato tenha, no mínimo, o seu próprio contador. Tudo isso para garantir a igualdade de tratamento de partidos e candidatos, evitando o abuso do poder econômico e político.
No futebol, quando o árbitro quer ter mais destaque em sua atuação que os jogadores, o mais que consegue é estragar o espetáculo esportivo. Assim pode ser a atuação da Justiça Eleitoral/Ministério Público Eleitoral que, de posse de um arsenal de normas draconianas, pode tornar muito difícil as vidas de partidos, candidatos e até mesmo da imprensa faz a cobertura das eleições. Enfim, se com isso conseguir uma redução dos vícios que cercam esses processos, como o clientelismo e a compra de votos, terá valido a pena, especialmente se mantiver incólumes as bases democráticas de uma festa cujas estrelas devem ser unicamente os partidos, os candidatos e, sobretudo, o povo eleitor.
Dr Paulo Afonso Linhares.
De: Blog do Skarlack.


ACIDENTE NA RN 013, ESTRADA DE TIBAU DEIXA DUAS VÍTIMAS FATAIS

*Informações: O Câmera.
Duas pessoas morreram, vítima de acidente de trânsito, no início da noite de sábado 09 de Junho de 2012, entre o Assentamento Jurema e a Granja de Pitéu, cerca de 20 km de Mossoró a caminho de Tibau na RN 013. O acidente envolveu um Fiat Uno de cor branca e placas HXO 2879, documento em nome de “”Francisco de Assis Silva”” de Mossoró e uma Motocicleta YBR da Yamaha de cor vermelha e placa NNQ 9155.
No local morreram “”Elias Freitas Rodrigues”” de 28 anos de idade, condutor e “”Iraneudo Menezes da Silva”” de 33 anos, carona da motocicleta.
Segundo informações, um dos jovens passou o dia na residência de um irmão, na localidade conhecida como Granja de Pitéu. O mesmo estaria de folga amanhã, pediu a motocicleta de seu irmão para ir a sua residência na Granja Regina, pegar um celular. Como não sabia pilotar, o jovem convidou o amigo para ir com ele conduzindo a motocicleta.
Os dois trabalhadores estavam retornando por volta de 21 horas e no meio da viagem foram colhido pelo veículo, que trafegava na contra mão e morreram no local antes da chegada do socorro médico.
Segundo “”Renildo Marcelino”” Perito do Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep, nem o motorista do veículo, nem os ocupantes da motocicleta, tiveram tempo de evitar a colisão. Um sinal de frenagem existente na via, foi provocado por outro veículo que trafegava logo atrás e no mesmo sentido da motocicleta.
Os corpos dos jovens foram removidos para a sede do Itep em Mossoró, onde serão necropsiados pelo médico legista de plantão.
Informações não confirmadas, o motorista atropelador, acionou o socorro médico e se evadiu do local. Policiais do Departamento de Trânsito de Mossoró realizaram os procedimentos no local e fizeram a remoção dos veículos para o pátio de DPRE em Mossoró.






DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO