segunda-feira, 18 de junho de 2012

A NOSSA ENQUETE CONTINUA


As pessoas estão votando na nossa enquete e só faltam 5 dias para terminar.
PARA VOCÊ, É CERTO A POLÍCIA ESTADUAL DE TRÂNSITO FAZER O TRABALHO DE APREENSÃO DE MOTOS EM APODI?
SIM
  113 (43%)
NÃO
  137 (52%)
TANTO FAZ
  11 (4%)

Alterar seu voto
Votos até o momento: 261
Dias restantes para votar: 5   
Tenho sido de alguma forma interpretado por alguns, como uma pessoa que quer a continuação do erro no trânsito de Apodi.
Repito: Se não temos uma fiscalização permanente, uma orientação no trânsito, uma sinalização no trânsito e alguém vem de Mossoró só multar os Apodienses, eu sou contra.
Temos deficiência no trânsito. E essa deficiência será corrigida só com multas e apreensões de veículos? Quem tem carteira de habilitação está livre de acidentes? As apreensões de motos, têm evitado acidentes em nossa cidade?
É lei, andar habilitado, mas também é lei oferecer condições para se tirar a carteira. Essa lei ainda não chegou aqui. Aqui em Apodi só chegou policiais de trânsito, para multar e apreender veículos...
Vote! Dê a sua opinião.
Observação: O semáforo do centro de Apodi continua quebrado e dizem que custa 27 mil reais! Dá prá entender?

AVIÕES DO FORRÓ BATEU TODOS OS RECORDES DE PÚBLICO DO MCJ


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Fotos: JBelmont.

PASSEIO DE CARROÇAS NA FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA 2012

Escola Municipal Francisco Alcivan Pinto
























Fotos : Lidiane Morais

APODI SE DESPEDIU DE BIMBINHA

Foi grande o acompanhamento de pessoas que gostavam de Bimbinha na tarde desse domingo 17 de junho de 2012.
O cortejo saiu de sua residência até a Igreja Matriz de Apodi, logo em seguida foi acompanhado por uma grande multidão de pessoas de moto, de carro e a pé até o Cemitério Parque da Saudade, onde o mesmo foi sepultado.
As pessoas que ali estavam sabiam, que estava partindo uma pessoa amiga de muita gente.




61ª Morte violenta em Mossoró em 2012

*Informações: O Câmera.
A Central de Operações da Policia Militar Registrou mais uma morte violenta em Mossoró. O crime aconteceu por volta 20 horas e 30 minutos no conjunto Wilson Rosado localizado as margens da BR 304 saída para Fortaleza.
Idário Alves da Silva, "Homem Aranha", 56 anos de idade, natural da cidade de Areia Branca, morador da rua Celso Rego, conjunto Wilson Rosado, foi atingido com varias cutiladas de arma branca “”Gargalho de Garrafa”” na região do abdômen. A principal acusada uma mulher conhecida como “Marli ou Galega” foi detida quando tentava fugir do local do crime e levada para a delegacia de plantão.
Segundo informações colhidas pelos policiais que atenderam a ocorrência, a vitima estava bebendo em uma residência na esquina das Ruas Celso Rego com Antonio A. Filho, de propriedade “Galega”, quando teve inicio uma discussão envolvendo vitima e acusada. Uma terceira pessoa conhecida como Gilvan que também se encontrava no local teria tentado acalmar os ânimos.
Ainda segundo a policia, Homem Aranha teria desacatado, “Galega” com palavras de baixo Calão “”Ofensas”” e que já era acostumado a fazer isso com outras pessoas. A mulher não gostou e passou a agredir a vitima com gargalhos de garrafas de bebidas. Gilvan ainda teria tentado apartar a briga. Idario foi ferido na região abdominal com duas perfurações e caiu sem vida no meio da rua, poucos metros do local da bebedeira.
Jader Viana, Perito do Itep de Mossoró, disse que "Idario" perdeu muito sangue, a demora ou a falta do socorro medico, pode ter sido determinante para a sua morte no local. Ele disse ainda que as perfurações foram superficiais e não atingiram órgãos importantes, mas só os procedimentos do legista apontará o que causou a morte de Idario.
Policiais da viatura 214 comanda pelo Sd Manoel e Lucio, foram os primeiros a chegar para o isolamento do local do crime. Peritos do Instituto técnico e Cientifico de Policia, Itep removeram o corpo para os procedimentos de necropsia na sede do órgão.




60ª Morte Violenta em Mossoró em 2012

*Informações: O Câmera.
A Central de Operações da Policia Militar registrou na noite de Sábado 16 de Junho de 2012, mais uma morte violenta em Mossoró. O crime aconteceu na Rua Professor Anderson Araujo, na favela do Velho no Bairro Malvinas.
Genilson de Paula da Silva, ””Mosquito”” 23 anos de idade, morador da Avenida Antonio Bento, foi alvejado com dois disparos de arma de fogo, um disparo transfixante em um dos braços e outro na parte posterior da cabeça. Ele morreu no local antes da chegada do socorro medico.
Segundo informações colhidas pelos policiais que atenderam a ocorrência, eram dois indivíduos em uma motocicleta de cor escura. Os indivíduos se evadiram do local e não foram reconhecidos pelos moradores do bairro.
Segundo informações de um irmão, Mosquito cumpria pena na Penitenciaria Agrícola Mario Negocia, acusado de Assalto a mão armada. Ele havia sido liberado no dia 29 de Março desse ano. O irmão não sabe informar se Mosquito vinha sofrendo ameaças de morte.
Uma viatura de Suporte Avançado ""Alfa"" do samu ainda tentou reanimar a vitima, mas sem sucesso.
O corpo foi removido para o Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep, para os procedimentos de necropsia.