sábado, 14 de julho de 2012

ARRAIÁ DO BACURAU I SUPERA TODAS AS EXPECTATIVAS

O Arraiá do bairro Bacurau I em Apodi foi um sucesso. Organizado pelo Conselho Comunitário o evento, que aconteceu em sua terceira edição, teve a escolha da princesinha e rainha junina 2012.
Também houve a apresentação das quadrilhas dos jovens da terceira idade, que fazem parte do grupo de Apoio ao Idoso de Apodi. Uma quadrilha improvisada foi puxada por Anael Alves, que também contou com muitos casais participando.
Depois das apresentações, Feras do Forró fez a festa prá galera jovem, que gosta de curtir e dançar forró.

 Rainha junina 2012 - Geciane
 Segundo lugar - Anielly
Terceiro lugar - Anike








É HOOOOOOOOJE!


É HOJE O MAIOR ARRAIÁ DE APODI, NO BAIRRO BACURAU I.
APRESENTAÇÕES, QUADRILHAS, BARRACAS COM COMIDAS TÍPICAS, REFRIGERANTES, CAIPIRINHA, CERVEJA E LOGO EM SEGUIDA, FORROZÃO COM: FERAS DO FORRÓ!
PARTICIPE!

ELEIÇÕES 2012: Instituto Certus/TRIBUNA DO NORTE: Carlos Eduardo lidera com 55,71%, Rogério é segundo com 7,43%

O ex-prefeito Carlos Eduardo lidera a intenção de votos ESTIMULADA (quando o entrevistador cita o nome do candidato). Os números foram mostrados pela pesquisa Certus, encomendada pela TRIBUNA DO NORTE e registrada na Justiça Eleitoral com o número 031/2012.
Veja os números:
Carlos Eduardo: 55,71%
Rogério Marinho: 7,43%
Hermano Morais: 7,29%
Fernando Mineiro: 5,14%
Roberto José: 0,43%
Robério Paulino: 0,14%.

Governo faz proposta definitiva com aumento de até 45% para os professores universitários

A Ministra do Planejamento, Miriam Belchior, apresentou ontem (13) uma proposta definitiva de aumento para professores universitários e de escolas técnicas de aumento dos salários de até 45% em três anos. O reajuste terá um impacto no orçamento da União de R$ 3,9 bilhões. Participam da reunião com os representantes dos sindicatos a ministra Miriam Belchior e o ministro da Educação, Aloísio Mercadante. O movimento grevista nas federais, em alguns estados, dura cerca de dois meses.

A proposta do governo tem como critério o estímulo à dedicação exclusiva e a produção acadêmica nas universidades e escolas técnicas. Por essa proposta, o salário de um professor universitário com doutorado e dedicação exclusiva vai passar dos atuais R$ 11.700 para R$ 17 mil até 2015. Será um reajuste de 45% em três anos.

Para professores com doutorado e pouco tempo de vida acadêmica, o reajuste será de 33%, passando dos atuais R$ 7.300 para R$ 10 mil. Pela proposta, haverá uma estratégia de alongar a carreira do professor universitário com novas faixas salariais. Os professores com mestrados terão reajustes de entre 25% e 27%. Também será estimulada a titulação dos professores de escolas técnicas.

“Essa não é uma proposta para negociação. Essa é a proposta do governo para valorizar a educação”, disse Miriam Belchior ao Blog. Ela lembra que os professores universitários já tiveram reajuste de 4% esse ano. “Os professores estão no topo da lista de prioridades. Mas houve precipitação dessa greve. Com essa proposta, o governo confia que atende as reivindicações da categoria”.

A ministra do Planejamento ressaltou ainda que é preciso fazer uma proposta realista para as contas públicas num momento de crise financeira internacional. Sobre as reivindicações das demais categorias, ela é cautelosa. “Nós não temos carreiras com perda salarial. Agora, estamos fazendo as contas para fazer uma proposta responsável. É preciso ver o que é possível para 2013”, ressalta Miriam Belchior.

DAVI CALISTO: O ELEITOR E A URNA


O ELEITOR E A URNA

O eleitor e a urna
Cada um tem seu conceito
A urna trás no seu ventre
O que o povo tem direito
O eleitor faz escolha
De Vereador e Prefeito.

Precisa se ter respeito
Acatar as decisões
Porque através do voto
É que faz transformações
São as urnas que revelam
Quais as nossas intenções.

O eleitor nos botões
Digita a sua vontade
Cada tecla digitada
Representa a liberdade
De expressar seu desejo
Com a sua autoridade.

A sua sinceridade
A urna fica sabendo
Com essa cumplicidade
Os dois ficam se entendo
Em quem o eleitor votou
Só ele e a urna estão vendo.

Na tela fica aparecendo
A foto do candidato
O eleitor ao votar
A urna não faz relato
Guarda segredo do gesto
E também esconde o fato.

Diante desse retrato
Devemos analisar
Se em quem estamos votando
Nós podemos confiar
Que depois do voto dado
Não tem como consertar.

A urna não vai mudar
O eleitor faz mudança
A urna recebe o voto
Num gesto de segurança
Lugar onde o eleitor
Deposita a esperança.

Quem o seu desejo alcança
Depois que a urna diz
Quem perde se sente triste
Quem ganha fica feliz
O voto é o instrumento
Que engrandece o País.

Eu estou como aprendiz
Buscando me afirmar
Mas eu como cidadão
Eu não posso recuar
Exercendo o meu direito
Dia sete eu vou votar.

A urna vai esperar
Que eu cumpra o meu dever
No dia sete de outubro
Eu devo isso fazer
Esperando que meu voto
Faça APODI crescer.

Escreveu: Davi Calisto Neto
Antônio Martins-RN, 10/07/2012.

CARRO TOMADO DE ASSALTO NA ZONA RURAL DE APODI FOI ENCONTRADO EM GOVERNADOR DIX SEPT ROSADO


Recebemos a notícia, que o carro tipo wolksvagem voyage de cor preta e Placas MZI-5232, registrado em nome de Francisco Vinicius, que foi tomado de assalto na comunidade de Poço Tilon, às margens da BR 405, na noite de sexta feira (06/07) foi localizado no município de Governador Dix Sept Rosado.
Segundo informações, o carro se encontrava com a placa alterada e os pneus trocados.
Durante toda a semana houve diligências, no sentido de se encontrar o veículo e prender os assaltantes, que seguiram com destino ignorado.
Mas, o importante, é o carro já foi achado...

Professora dá dez dicas para se sair bem em redações do Enem


As inscrições para a edição 2012 do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio, foram recordes. De acordo com o balanço final do Ministério da Educação, mais de 6,5 milhões de pessoas se inscreveram. E para quem está se preparando para prestar esse e outros exames, é importante dar uma atenção especial à escrita, já que a prova de redação costuma ser um dos itens com mais "peso" nas avaliações.

A Doutora em Linguística e em Língua Portuguesa Vera Lúcia Pereira dos Santos, também suporte pedagógico de Português no Ético Sistema de Ensino, da Editora Saraiva, dá dez dicas para ajudá-lo a produzir um texto que seja bem-avaliado.

1ª- Organize as ideias antes de começar a escrever. Faça um plano, um roteiro de seu texto e siga o planejado. Partindo da situação-problema oferecida na prova, redija um material dissertativo-argumentativo, com fatos e argumentos para defender a sua opinião sobre o tema e possíveis soluções para o problema proposto;

2ª- Tenha cuidado com a gramática. Além de escrever de modo lógico e objetivo, é preciso saber acentuar, ficar atento à concordância verbal e nominal, conhecer os preceitos de ortografia e ter habilidade com conectivos, pronomes e verbos. É importante ainda o conhecimento da regência verbal e nominal.

3ª- Evite períodos longos e usar expressões como "eu acho" e "eu penso". Torne as frases leves e curtas, sem inversão da sequência de dados e opiniões usando linguagem simples. Desde que usados adequadamente, para encerrar frases que expressam ideias diferentes, não faça economia de pontos finais.

4ª- Saiba cercar-se de fontes. O estudante pode manejar uma coletânea de textos, que deve ser usada somente como referência para encaminhar seu próprio texto, mas sem transcrever frases alheias. A redação precisa ter autonomia em relação à proposta, ou seja, deve ser compreendida até por um leitor que desconhece o tema do exame;

5ª- Concilie tema e proposta. Seja qual for a sua opinião, defenda-a com sensatez. Leia atentamente o que é proposto, avalie os conceitos e os argumentos em contrário. Mostre que compreendeu o tema e que sabe contextualizá-lo, de forma crítica e reflexiva, em um texto em prosa que seja claro e coerente;

6ª- Evite fórmulas prontas. Há redatores que colecionam fórmulas mágicas e técnicas em um amontoado de efeitos que levam a um texto pífio ou sem noção de autoria. Utilize termos que sejam adequados ao seu tom e não tente usar expressões eruditas para impressionar os avaliadores. Seja simples e direto;

7ª- Tenha estilo próprio. É muito importante que a redação tenha um rosto, por meio do qual se vislumbre um estilo por parte do redator;

8ª- Enriqueça seu repertório. Manter-se atualizado e a par dos principais fatos é essencial;

9ª- Título e tema devem estar em sintonia. É comum desvirtuar o tema proposto quando o vestibulando coloca um título sem relação com o mote e discorre sobre outro assunto. Se houver necessidade de título, coloque-o depois de elaborar o texto, sintetizando o que foi dito ao longo da redação;

10ª- Utilize a norma culta prioritariamente. Fuja das abreviações do "internetês", das marcas de oralidade como "né" e "ok" e de equívocos insistentes como "mortandela", "rúbrica" e "perca" (em vez de "perda").

Para finalizar, a Doutora em Linguística e em Língua Portuguesa destaca que os dois maiores vilões de uma redação, em que a oralidade não deve predominar, são os modismos e os clichês. "No primeiro, incluo expressões ou hábitos, modo de falar admitido pelo uso de uma língua, com caráter passageiro, nem sempre contrário à norma culta. Já em clichês estão as frases feitas e os vícios de linguagem, caracterizados pela durabilidade. Ambos têm em comum a repetição, o fato de empobrecer o vocabulário e denotar falta de estilo próprio. Então, devem ser evitados", explica Vera.

Idoso vítima de atropelamento no BH morre no Tarcísio Maia em Mossoró





*Informações: O Câmera.

Miguel Ramalho Filho de 84 anos de idade, morador da Rua Dom Helder Câmara, no Bairro Belo Horizonte em Mossoró, morreu na tarde de sexta feira 13 de Julho de 2012, no Hospital Regional Tarcisio Maia em Mossoró.

Miguel Ramalho saia de casa pela manhã e foi atropelado por uma motocicleta, em frente a sua residência. Segundo informações de familiares, um motoqueiro trafegava pela rua em alta velocidade e quando avistou o idoso na via, se assustou e pulou da moto. A vitima foi atingido pela motocicleta desgovernada.

Socorrido por uma equipe de socorristas do Samu, Miguel não resistiu os ferimentos e faleceu em um dos leitos do Hospital regional Tarcio Maia.

O corpo está sendo velado na Igreja Batista, na Avenida Cunha da mota no Bairro Alto da Conceição e o sepultamento será na tarde de sábado, no Cemitério São Sebastião, no Centro de Mossoró.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO