quinta-feira, 13 de setembro de 2012

SÓ FALTA UM DIA PARA VOCÊ VOTAR...


Muitos questionamentos surgiram nos últimos dias, quanto ao Projeto de Irrigação da Chapada do Apodi. Inclusive, temos candidatos em Apodi, que não comentam o assunto e não falam para os seus eleitores se é contra ou a favor. E você, é a favor ou contra a execução do Projeto?
Vote, participe e pergunte ao seu candidato se ele é contra ou a favor... A sua opinião é importante!!!
Você concorda com o pensamento de seu candidato? Votaria nele, mesmo ele sendo contrário ao seu pensamento? A resposta é com você!!!

REPUBLICANDO: Esclarecimento e opinião sobre a questão da perda da UFERSA (Apodi-RN).

O Decreto nº 6096 Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI__Art. 4º: O plano de reestruturação da universidade que postule seu ingresso no Programa, respeitados a vocação de cada instituição e o princípio da autonomia
universitária, deverá indicar a estratégia e as etapas para a realização dos objetivos referidos no art. 1º.
Parágrafo único: O plano de reestruturação deverá ser aprovado pelo órgão superior da instituição.
Art. 5o O ingresso no Programa poderá ser solicitado pela universidade federal, a qualquer tempo, mediante proposta instruída com:
I - o plano de reestruturação, observado o art. 4º;__A UFERSA, pessoa jurídica de direito público, com patrimônio próprio, receita própria, consequentemente dotada de autonomia, segundo bem diz seu estatuto jurídico, tem competência para instalar seu plano de reestruturação e expansão, de acordo com o REUNI. Logo, não podemos atribuir o insucesso pela não vinda da UFERSA para apodi a esse ou aquele político. De fato há sim interesses políticos, mas temos que colocar em primeiro plano o princípio da autonomia das universidades.
A grande questão é que, como o braço político do Magnífico Reitor da Ufersa, Josivan Barbosa, não foi vitorioso em nossa cidade, ele não mediu esforços pra levar o campus para Caraúbas, sua terra natal, onde possuía um lado político vitorioso (já que tinha intenções de ser candidato a deputado estadual...). Ou seja, a Ufersa era somente um objeto político a ser usado pra promoção individual de poucos, e não como um bem geral pra população.
O motivo OFICIAL e que, infelizmente possui uma certa parcela de lógica, é o de que seria mais viável expandir a EDUCAÇÃO FEDERAL para onde ela ainda não existisse. Como Apodi já possuía um IFET (IFRN), seria mais adequado levar um IFES (UFERSA) para a cidade de Caraúbas. Isso não quer dizer que Apodi não poderia ter um IFES e, OBVIAMENTE, havia todo um contexto político a ser considerado, mas essa foi a DESCULPA oficial.
A INFLUÊNCIA política dos deputados federais não implica em poder de decisão. A decisão do destino do campus era interna e os deputados obviamente aceitaram e usaram isso pra promoção própria em caraúbas, já que ela não viria pra Apodi de modo algum.
Mesmo assim, se resolverem ignorar TUDO QUE FOI DITO e jogar a culpa disso tudo para os políticos que apoiam a candidata a reeleição, Gorete Silveira, como Henrique Alves e Fátima Bezerra, os demais merecem a mesma PARCELA de culpa nessa história. Então por que fazer subir ao palanque, por exemplo, Wilma de Faria, que afirmou ter levado a UFERSA para Caraúbas porque AMA aquela cidade? Por que se juntar a Sandra Rosado, que foi tida como Traidora por esse grupo político??
“Eu tenho uma história de amor com Caraúbas”, declarou a candidata, sempre preocupada com o desenvolvimento do município do Médio Oeste. “Vocês podem contar comigo no Senado, continuarei defendendo os interesses do povo de Caraúbas como fiz com a vinda do campus da Ufersa”.
Botem uma coisa na cabeça: A perda da UFERSA foi um fracasso de todos os grupos políticos da Cidade. Não se pode culpar esse ou aquele e é um absurdo votar num candidato se baseando nessa questão.
ABRAM DOS OLHOS, NÃO SEJAM ILUDIDOS!
De: Daniel Bandeira: Estudante da Universidade Federal de Campina Grande - PB.

Unicef: mortalidade infantil caiu 73% no Brasil nas últimas duas décadas

Brasília – No Brasil, o número de mortes de crianças com menos de 5 anos caiu 73%, nas últimas duas décadas, segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Os dados do Brasil colocam o país em quarto no ranking de avanços, atrás apenas da Turquia, do Peru e de El Salvador na relação das nações que mais obtiveram conquistas na prevenção de doenças infantis.
Em 1990, foram registradas 58 mortes em cada grupo de mil crianças. Já em 2011, foram registradas 16 mortes para cada mil crianças. No entanto, no Brasil as famílias ainda perdem muitos bebês devido às chamadas causas neonatais – problemas ocorridos no pós-parto.
Os dados estão no Relatório de Progresso 2012, intitulado O Compromisso com a Sobrevivência da Criança: Uma Promessa Renovada. A publicação também menciona o elevado número de mortes de crianças devido à diarreia e à pneumonia, assim como a doenças sem definições específicas.
A assessoria do Unicef informou que os números oficiais de cada país nem sempre são iguais aos usados pelo organismo, pois há uma adequação técnica para fazer a comparação entre as nações. O relatório pode ser lido na íntegra no site do Unicef.
Nos últimos 20 anos, houve queda da mortalidade infantil na maior parte dos países examinados pelo Unicef, segundo a publicação. Os dados mostram que as mortes de crianças com menos de 5 anos caíram de 12 milhões, em 1990, para 6,9 milhões, em 2011.

Jovem encontrada morta no Planalto 13 de Maio em Mossoró

*Informações e imagens: O Câmera.
** Atualizado 9h54 para identificação.
Mistério: Uma Mulher, de aproximadamente 25 anos de idade foi encontrada morta nas primeiras horas da manhã de quinta feira 13 de Setembro de 2012, na Rua Vicente de Albuquerque, no Inocoop, bairro Planalto 13 de Maio em Mossoró.
Moradores da rua informaram a policia que o corpo da jovem estava no local desde a noite de ontem e teria sido confundido com uma pessoa drogada dormindo em via publica.
** Eudivania Selma Oliveira da Silva, 28 anos de idade, moradora do Planalto 13 de Maio e trabalhava como Auxiliar administrativo em uma empresa prestadora de serviços a Petrobras. Ela era casada mãe de três filhos. Segundo informações de um familiar que fez a identificação do corpo no Itep, a moça sofria de problemas cardíacos.
Segundo informações da equipe do Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep, no corpo da jovem, que não portava documentos de identificação, não havia sinais externos de violência. O perito “Eduardo Alexandre”, responsável pela pericia no local, acredita na possibilidade de morte natural.
Após a pericia no local o corpo foi removido para a sede do Itep e aguarda a presença de familiares para a identificação.

ANIVERSARIANTE DE HOJE...

Hoje quem faz aniversário, é o Professor José Amado. Queremos desejar muitos anos de vida e que o Senhor Deus esteja sempre ao teu lado e sua família.
Parabéns!!!

94ª Morte violenta em Mossoró em 2012

*Informações e imagens: O Câmera.
Mais uma morte de forma violenta foi registrada pela Central de Operações da Policia Militar, no inicio da noite de quarta feira 12 de Setembro de 2012, em Mossoró.
O crime aconteceu, na Rua Filgueira Filho, no trevo de acesso a Br 110, na Ilha de Santa Luzia no Bairro Alto de São Manoel, por volta de 20 horas e 30 minutos.
Francisco Justino das Neves, 39 anos de idade, mecânico, residente na Avenida Antonio Bento, no Bairro Dom Jaime Câmara, foi ferido a bala, fugindo de dois indivíduos que tentavam tomar sua motocicleta. O mecânico ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do Hospital Regional Tarcisio Maia.
Populares informaram que Francisco, que estava de motocicleta tipo shineray Fhênix, foi seguido por dois elementos que estavam em uma moto Pop de cor Preta. Ainda de acordo com populares a vitima parou no local, retirou a chave da ignição de sua moto e quando tentou correr foi alvejado pelas costas.
Os Policiais que atenderam a ocorrência não descartam a possibilidade de uma tentativa de assalto, já que o mecânico de acordo com informações de familiares, não tem envolvimento com negócios ilícitos.
Do Câmera: Para as estatísticas oficiais, foi mais uma morte provocado por ferimentos a bala. Quando a vitima recebe atendimento medico, mesmo que morra a caminho do hospital, não é crime de homicídio.

Menores mossoroenses praticam arrombamentos e furtos na cidade de Apodi

*Informações: Sentinelas do Apodi.
Apodi- No fim da tarde de ontem (11), a Policia Militar foi informada do acontecimento de um furto na conveniência do Posto Kurió, saída para Caraúbas. De imediato o GTO foi ate o local e segundo a vítima, em um momento de distração, jovens que se deslocavam em um veículo tipo Vectra de cor verde, furtaram dois litros de Wisque e a carteira da funcionária da conveniência. No momento em que procuravam os meliantes na região, a Policia foi informada de um arrombamento nos barracos da Barragem de Santa Cruz,. Chegando ao local foram pegos em flagrante com materiais furtados os jovens: D.F.S. 16 anos, A.B.S. 14 anos, D.A.S. 16 anos, F.B.L. 17 anos, juntamente com duas menores, três deles com passagens pelo CIAD em Mossoró, todos moradores do Bairro Macarrão; ao serem levados ao posto Kurió foram reconhecidos. O motorista do Vectra não foi encontrado, mas a Policia já dispõe do nome do mesmo, pois ele já é velho conhecido em Mossoró. Os adolescentes e os produtos roubados foram entregues na Delegacia de Polícia Civil de Apodi para que seja feito os procedimentos legais.

Pesquisa mostra que 28% das prefeituras estão em atraso


Pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Municípios apontou que 65,74% dos prefeitos confirmaram atrasos com os fornecedores. No caso das empresas contratadas a média de atraso com fornecedor chega a 2,42 meses. Das prefeituras potiguares, 28,78% admitem estar com algum atraso no pagamento dos salários. A média de atraso é de 1,33 mês.
"Os municípios não contam com orçamentos para administrar; contam com previsões. Apesar das dificuldades, as prefeituras estavam enfrentando os problemas, mas nos últimos três meses, a crise de 2009 ressurgiu, quando os prefeitos já eram candidatos à reeleição, em virtude da redução do IPI e da devolução do Imposto de renda", analisou o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, João Gomes.
Para ele, uma das alternativas de retomada do FPM dos municípios seria através da reforma tributária, redistribuição dos royalites de petróleo e aprovação da emenda 29 em prol do financiamento da saúde. "Os pequenos e médios municípios necessitam da ajuda do governo federal e dos estados para sobreviverem, mas os estados que recebem o FPE (fundo de participação dos estados) estão na mesma situação dos municípios. Do bolo tributário nacional, o Governo Federal sozinho fica com 62%. Os 27 Estados dividem entre si 23% da receita e os 5.562 municípios brasileiros repartem os 15% que restam", destacou.
Ele criticou a redução do Imposto sobre Produção Industrial (IPI) feito pelo Governo Federal. "O Governo Federal nunca corta na própria carne. Faz 'cortesia com o chapéu alheio' quando reduz o IPI que impacta direto nas receitas dos estados e municípios", disse João Gomes.
Ele observou que o FPM de agosto foi 10% menor do que o de julho. A expectativa para setembro é encerrar 16% menor do que a soma dos repasses feitos em agosto. "A maioria dos municípios do Rio Grande do Norte, 102 das 167 prefeituras, conta com a recepção do valor mínimo de FPM (coeficiente 0,6 de arrecadação), e outra expressiva fatia ainda paga parcelas de negociações com o INSS, descontadas automaticamente da folha", citou o presidente da Femurn para, logo em seguida, ressaltar: "diante desta equação matemática desequilibrada, dezenas de municípios já não estão conseguindo honrar com pagamento de folha de pessoal, fornecedores e repasses obrigatórios às Câmaras Municipais".
Para reivindicar transferências de recursos do governo federais que ajudem a equilibrar as contas das prefeituras, a Confederação Nacional dos Municípios articula novas mobilizações, semelhante à Marcha dos Prefeitos organizada neste ano.
Fonte: TN Online.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO