segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Eleições da OAB: Advogado Sérgio Freire é eleito presidente da OAB-RN





O advogado Sérgio Freire é o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (seccional do Rio Grande do Norte). A apuração dos votos terminou agora a pouco, já na noite desta segunda-feira (19). Sérgio derrotou o colega Aldo de Medeiros e tem pela frente a missão principal de defesa das prerrogativas dos advogados - reclamação quase unânime da categoria para os seis anos da última gestão.

Sem disponibilidade de urnas eletrônicas pelo TRE/RN, a votação e apuração foi manual e mais demorada. A vitória de Sergio Freire foi conquistada com diferença pequena para Aldo de Medeiros.

O novo presidente eleito é o 25º da história de 80 anos da OAB/RN, que teve como primeiro presidente, Franciso Ivo Cavalcanti.

A votação apertada já se vislumbrava. Milhares de advogados compareceram ao Centro de Convenções, em Natal, onde foi contabilizada a apuração. Camisas azuis (Chapa 1, de Sergio Freire) e vermelhas (Chapa 2, de Aldo de Medeiros) se dividiam em gritos, abordagens e distribuição de panfletos, santinhos e adesivos dos candidatos. Nenhuma alteração no proclamado estado democrático - inerente à luta da OAB - foi registrada.

O novo presidente da OAB/RN terá mandato de três anos, podendo ser reeleito uma vez. Foi o caso da última gestão, do advogado Paulo Eduardo Teixeira, do qual Aldo de Medeiros foi vice.

Embora de mesma chapa, Paulo Eduardo - que obteve aproximados 70% de aprovação da categoria - apoiou o adversário de Aldo, Sérgio Freire, e agora tenta a presidência do Conselho Federal da OAB.

Ao contrário da disputada vaga do Quinto Constitucional, cujo salário de desembargador chega próximo ao teto do STF, a atividade de presidência da OAB não possui remuneração, nem expediente regular. O titular da cadeira atende conforme demanda. A vantagem apontada é o reconhecimento e a projeção do nome no meio jurídico. Boa parte dos ex-presidentes é lembrada como grandes advogados da história do Estado.

A opinião de advogados experientes e novos é a mesma quanto aos seis anos de gestão de Paulo Eduardo: faltou mais atenção às prerrogativas dos advogados e sobrou participação ativa nos problemas da sociedade, do qual a OAB também deve se fazer presente. "Sem

desconhecer o contexto social que vivemos - e a OAB tem um peso na sociedade - faltou defender mais o advogado", opinou o advogado Jussier Santos, da turma de 1967.

O 21º presidente da OAB/RN, Valério Marinho, acredita que faltou à última gestão se relacionar melhor com a classe e promover o intercâmbio entre os advogados, o judiciário e o Ministério Público. "E que apesar do posicionamento ideológico e partidário visto aqui hoje, terminada a

eleição a OAB/RN não vire uma entidade dividida em facções, mas que possamos lutar juntos", disse Valério Marinho.

O advogado e memorialista Ticiano Duarte, 83, relembra uma OAB/RN firme no combate contra a opressão dos "anos de chumbo". "Lutávamos contra a ditadura e as restrições à liberdade. Sou do tempo de Varela Barca, Roberto Furtado, Mário Moacyr Porto. Hoje, tudo evoluiu e a luta deve ser focada na cidadania, no combate à corrupção", opina Ticiano.

Eleições OAB: Aldo Fernandes é eleito com 28 votos de maioria em Mossoró

Por:  Pedro Carlos

O advogado Aldo Fernandes (Chapa 1) foi eleito presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Mossoró. A informação foi confirmada pela comissão do pleito da ordem. O causídico venceu ao candidato da chapa 2, Aurino Carlos, por 28 votos de maioria.

A disputa foi voto a voto. Na primeira urna, Aldo venceu por dois votos. Na segunda, por 14 votos e na terceira por doze votos. Ao final, 350 votos para Aldo - que teve o apoio do atual presidente da OAB, Humberto Fernandes - e 322 para Aurino Carlos, o candidato da oposição.

A vitória de Aldo é comemorada duplamente pelos seus correligionários. É que o seu grupo também conseguiu eleger Sérgio Freire em nível estadual. O candidato situacionista já tem  vantagem suficiente para ser declarado eleito, embora não haja ainda um número oficial.

Fonte:  www.jornalistapedrocarlos.blogspot.com.br

PREFEITO ELEITO DE APODI, FLAVIANO MONTEIRO ANUNCIOU NOMES DE SECRETÁRIOS DE APODI NA SUA GESTÃO

Em evento realizado na sede da Câmara Municipal de Apodi na noite de hoje, o prefeito eleito nas últimas eleições de outubro, Flaviano Monteiro ao lado do seu vice José Maria da Silva anunciou os nomes, que comporão o seu governo a partir de janeiro de 2013.



 
Secretaria de Finanças – Roberto Morais (contador experiente e competente, já participou de outras gestões, como a última do prefeito Pinheiro, e tem um ótimo perfil para o cargo, por ser competente ao extremo);

 
Secretaria de Urbanismo e Transporte – Reginaldo da Oficina (como é popularmente conhecido, um dos braços forte do futuro prefeito durante a campanha, inclusive lançou na última eleição sua filha como candidata a vereadora pela coligação vitoriosa nas eleições);

 
Secretaria de Agricultura – Chico de Marinete (vereador reeleito, deve assumir a pasta para que o suplente Charton Rêgo ingresse na Câmara de Vereadores, esse teria sido um pedido do deputado Getúlio Rêgo, que apoiou a candidatura vitoriosa em Apodi);

 
Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer – Francisco Gama (homem forte do esporte apodiense, uma boa escolha para o cargo, inclusive terá a oportunidade de realizar projetos que sempre cobrou da municipalidade);

 
Secretaria de Obras – Samuel Nogueira (filho do ex-prefeito Simão Nogueira, que também migrou para o lado do professor após a desistência de Pinheiro, um dos mais jovens entre os nomes escolhidos);

 
Secretaria de Saúde – Paulo Viana (bastante competente e dedicado ao projeto da Nova Geração, um dos homens de confiança do futuro prefeito, atual presidente do PC do B em Apodi);

 
Secretaria de Educação – Mara Marlizete (já atuou no cargo, esposa do ex-prefeito Vandinho, foi candidata a vice na chapa de Pinheiro Bezerra e com a desistência do mesmo fez aliança com Flaviano);

 
Gabinete Civil – Pedro Júnior do Hospital (candidato a vereador pelo PDT nas últimas duas eleições, fez parte da última gestão de Dr. Pinheiro, nome bastante influente dentro da Nova Geração);

 
Secretaria de Ação Social – Aloma Cavalcante (inicialmente cotada para secretaria de educação, a diretora da Escola Zenilda Gama é também uma aposta do blog, visto que a secretaria da mulher será integrada a essa pasta);

Secretaria de Administração – Wilsinho, candidato a vereador nas últimas eleições, indicação da juventude militante que esteve ao lado do prefeito eleito.
Tesoureiro – Josivan Alves, ligado ao contador Gilvan Alves, um dos braços fortes do PC do B de Apodi.

Secretaria de Turismo e Cultura – Indicação do Vereador Evangelista Isaac Newton, que trabalhou ao lado do vereador na campanha como assessor direto, projetando a vitória do mesmo.

*Fonte: Josenias Freitas.

ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL NA BR 304, EM MOSSORÓ

Foto Erisberto Rego (TCM)
Condutor do veículo morreu no local
Temos a informação, que um grave acidente no início da noite desta segunda feira (19/11) por volta das 17:40hs, colisão frontal entre um Celta e uma Caçamba agora na BR-304, sentido Mossoró/Fortaleza, em frente a porcelanatti deixa uma pessoa morta e outra gravemente ferida, mais dois veículos se envolveram no acidente, um capotou para não bater de frente.
De acordo com informações, até o momento, o Celta branco de placa MYE-2005 Mossoró, seguia em direção a Tibau-RN, e o pneu estourou indo de frente a uma caçamba branca de placa NNU-8697 Mossoró-RN pertencente a empresa TERRA, que seguia no sentido contrário. Após a colisão uma L-200 preta placa KXD-0212 Boa Viagem-CE que vinha logo atrás do celta para evitar a colisão frontal com a caçamba, o condutor perdeu o controle e capotou o veículo, outro carro tipo Voyage prata placa NNQ-8448 Natal-RN também se elvolveu no acidente, mas ninguem se feriu.
Jéssica Barbosa Andrade, 21 anos passageira do celta foi socorrida pela ALFA-01 SAMU para o HRTM (Hospital Regional Tarcísio Maia) com politraumatismo e seu estado de saúde é grave, o condutor não teve a mesma sorte e morreu no local antes do socorro.




















Imagem fortíssima abaixo

»»LEIA MATERIA COMPLETA»»

*Informação e imagens do Blog Passando na Hora.

Dominguinhos doa sanfona para o Museu do Vaqueiro

O Museu do Vaqueiro, localizado na Lagoa do Bonfim, município de São José de Mipibu, ainda não foi inaugurado, mas a importância do local começa a ser mensurada pelo acervo e visitas registradas no espaço destinado à valorização da cultura nordestina. Na tarde deste sábado, o cantor e compositor Dominguinhos esteve no local para fazer a doação de uma sanfona retirada de seu acervo pessoal. Além de conhecer o espaço, o "herdeiro" de Luiz Gonzaga tocou e conversou com a turma de alunos do projeto de aprendizes de sanfoneiro.
A sanfona doada por José Domingos de Morais é uma réplica do instrumento tocado pelo próprio Gonzagão e foi presente de outro sanfoneiro conhecido em terras potiguares: Amazan. "Ganhei essa sanfona de Amazan. Ela é muito especial, porém, muito grande e pesada. Não posso mais usá-la. Não podia vender, nem entregar a outra pessoa. Resolvi então deixar no lugar mais correto. Por isso fiz essa doação", explicou Dominguinhos.
Marcos Lopes, idealizador do Museu do Vaqueiro, explicou a importância do gesto. "Esse tipo de sanfona, com as teclas na cor preta, é rara. De tantas sanfonas que Luiz Gonzaga tocou, apenas três tinham o teclado preto. Esse modelo, que estamos recebendo de Dominguinhos, é uma destas. É uma doação muito especial", pontuou. A sanfona ficará exposta numa espécie de redoma de vidro, juntamente com uma foto do "pai do forró".
O Museu do Vaqueiro abre as portas oficialmente no dia 9 de dezembro. Será possível conferir um acervo sobre a cultura sertaneja em textos, fotos e peças originais. O espaço começou a ser idealizado por Marcos Lopes há 10 anos. Paralelo ao museu, Lopes se dedica a outro projeto: uma escola de sanfoneiros. Atualmente, 15 crianças e adolescentes participam do projeto. Hoje, parte da turma ouviu ensinamentos e tocou ao lado de Dominguinhos. "É uma emoção boa. Tenho dois ídolos: Dominguinhos e Waldonys. Quero ser um sanfoneiro igual a eles", disse o jovem Mateus da Rocha, 15 anos.
A turma ouviu histórias de Dominguinhos. "Comecei a tocar com meus irmãos, quando tinha oito anos. Luiz Gonzaga foi muito importante para minha vida e carreira", resumiu.
Este ano, comemora-se o centenário de nascimento do Rei do Baião. A inauguração do Museu do Vaqueiro, bem como a realização de uma edição do "Forró da Lua" estão inseridas nesse contexto. "Teremos, depois de um ano sem festas, uma edição especial do Forró da Lua", disse Marcos Lopes. No dia 1º de dezembro, Dominguinhos sobe ao palco do projeto ao lado da cantora Elba Ramalho. "Será um grande evento e a expectativa é de casa lotada", completou.
Dominguinhos não adiantou como será o show, mas disse que vai conversar com Elba Ramalho para acertar o repertório. "É possível que ela cante comigo, ou o contrário, eu cante com ela (risos). Só precisamos conversar. E isso é o mais fácil (risos)".

*TN Online.

Para ministro, RN tem que investir em criação de peixes


O ministro da Pesca e da Aquicultura, Marcelo Crivella, destacou a necessidade de se investir na criação de peixes para conseguir aumentar a produção de pescado no Brasil. Durante a sua palestra no Seminário Motores do Desenvolvimento, Crivella ressaltou a estagnação da pesca extrativa, por conta da diminuição dos estoques de peixes, e o crescimento da aquicultura.

"O Rio Grande do Norte, como outros locais do país, tem grande possibilidade de crescimento. Cada corpo d'água, e eu vi que há muitos no Estado, é um foco para a criação de peixes", disse o ministro.

A solução apontada pelo ministro para conseguir dar um salto na produção de pescado no RN e no Brasil é o Plano Safra da Pesca, que irá investir R$ 4,1 bilhões na aquicultura nos próximos anos, lançado no último mês pela presidenta Dilma Rousseff. 
"O que o Governo Federal quer é que o Brasil seja o líder no mercado de pescados no mundo. Assim como é um dos líderes no mercado de carne bovina, de carne suína e etc", apontou Crivella.

Dentre as formas de se conseguir esse aumento citadas pelo ministro da Pesca, está a simplificação na hora de conceder licenças ambientais e o investimento na grande indústria, sem esquecer os pequenos produtores.

*TN Online.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO