quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Quatro bandidos foram mortos em confronto com a Policia do estado do Ceará após explodirem caixas eletrônicos na cidade palhano

 
Cerca de 8 bandidos fortemente armados, invadiram o batalhão de policia, subtrairam algumas armas de fogo, renderam dois policiais da cidade de Palhano, no estado do Ceará.

Os bandidos seguiram com os policiais para o Banco do Brasil e explodiram os caixas eletronicos da agencia. Segundo informações os meliantes não conseguiram subtrair dinheiro dos caixas.

Os elementos fugiram da cidade em dois veiculos tipo Corola de cor cinza, um de placas HVG 3036, levando os dois militares, "Marques" e "Peixoto" como refens. Os militares foram liberados no distrito de São José, cerca de 30 km da sede do municipio. Segundo as informações repassadas para as cidades proximas, os individuos teriam fugido em direção ao Rio Grande do Norte.

O comando do Policiamento do Interior do Estado de Ceará, comunicou a ocorrencia a Central de Operações da Policia de Mossoró e pediu uma atenção especial em caso de confronto.

O bando foi localizado na cidade de Serra do Felix, na região de Russas. No confronto, quatro foram mortos e um preso. Os policiais foram resgatados sem ferimentos.

As informações fornecidas pela Central de Operações da Policia Militar da Cidade, estão incompletas, pois a policia ainda se encontra em diligencia - Fone 88 3411 8554.

*Informações: Câmera.

126ª Morte violenta em Mossoró em 2012 - Disparos de arma de fogo

Adolescente foi morto dentro de casa com vários disparos de arma de fogo, durante a madrugada de Hoje.
O crime aconteceu por volta de meia noite e 30, de quarta feira 05 de dezembro na Avenida Presidente Costa e Silva no Abolição IV, em Mossoró.
Francisco Breno da Silva, "Bacteria" 16 anos de idade, natural de Mossoró, residente na Avenida Presidente Costa e Silva, no Abolição IV, foi alvejado com vários disparos de arma de fogo e morreu no local.
Um familiar do mesmo contou que por volta de meia noite percebeu uma movimentação estranha, alguém no meio da rua com uma lanterna, focando em direção a sua casa.
O familiar foi ao banheiro e ouviu vários disparos de arma de fogo, quando retornou Breno estava caído e já sem vida no meio da casa. A mãe de Breno disse que escapou, se escondendo em baixo de uma cama.
De acordo com informações, Breno, era viciado, tinha vários inimigos e já tinha passagens pela polícia. Em 2011, Breno foi aluno do Caic do Abolição IV.
Após a perícia no local o corpo foi removido para a sede do Instituto Técnico e Científico de Polícia, ITEPI, aguardando a documentação para liberaração o corpo.


Informações e imagens: O Câmera.

TRE suspende cassação de Klébia Bessa prefeita de Tabuleiro Grande

O desembargador Nilson Cavalcante, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte(TRE/RN), suspendeu a decisão que cassou na semana passada o registro de candidatura da prefeita eleita de Taboleiro Grande, Klébia Bessa, e seu vice, José Lenário.

A decisão tem efeito suspensivo e, segundo o Cartório Eleitoral da 66ª Zona Eleitoral de Portalegre - que jurisdiciona a justiça eleitoral em Taboleiro Grande, assegura a diplomação de Klébia e Lenário, que serão diplomados no dia 18 de dezembro e consequentemente deverão assumir o cargo de prefeito e vice em 1º de janeiro. O pedido de liminar foi apresentado pelo advogado Aliatá Pereira Pinto Júnior.

A decisão do desembargador do TRE/RN, suspende temporariamente a sentença assinada pelo juiz eleitoral Cornélio Alves de Azevedo Neto, no processo 18.392, relacionado à representação eleitoral movida pela Coligação “Vitória do Povo” contra a coligação “Unidos Venceremos”, liderado por Klébia Bessa.

A sentença anterior tem como base a acusação de que a prefeita eleita teria, conforme consta na ação, prometido uma "ajuda" para o eleitor tirar a bandeira da adversária da casa dele. E "ajudou". Além de perder o registro de candidatura, Klébia Bessa também teria que pagar uma multa de R$ 26 mil.

O juiz da 63ª Zona Eleitoral entendeu que as provas arroladas no processo eram suficientes para cancelar o registro de candidatura de Klébia Ferreira e, como ela conseguiu tirar mais de 50% dos votos, determinaria a realização de uma nova eleição.

*JBelmont.

Censo 2010: Número de jovens que não estuda nem trabalha aumentou para 17,2% em dez anos

Entre os anos 2000 e 2010, o número de jovens que não estuda, não trabalha e não procura emprego aumentou em 708 mil pessoas. A proporção passou de 16,9% para 17,2% das pessoas entre 15 e 29 anos.
 
Em nota técnica divulgada hoje pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), as pesquisadoras Ana Amélia Camarano e Solange Kanso alertam para as implicações sociais dessa constatação do Censo 2010. "Isso [os dados] coloca a necessidade de políticas públicas que contribuam para uma inserção adequada desses jovens, seja na escola ou no mercado de trabalho", dizem as pesquisadoras.
 
Entre os homens nessa faixa etária, 11,2% estavam nessa situação em 2010, enquanto entre as mulheres o percentual foi 23,2%, sendo que dois terços das mulheres que não estudavam e não trabalhavam eram casadas e 61,2% tinham filhos.
 
A grande maioria dos homens vivia com os pais, mesmo com a queda de 71,8% em 2000 para 62,6% em 2010. A proporção de chefes de domicílio subiu de 10,8% para 11,2%. Enquanto a renda familiar média das residências com jovens que não estudam nem trabalham era R$ 1.621,86 , nas famílias com jovens que estudam e trabalham o valor sobe para R$ 3.024,34.
 
Quanto à escolaridade, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) 2011 mostra que os homens nessa condição tinham em média sete anos de estudo, enquanto as mulheres tinham oito anos. A escolaridade do chefe do domicílio na faixa estudada era mais baixa, o que aponta, segundo as pesquisadoras, que a escolaridade da pessoa de referência na família influencia na frequência escolar do jovem e na renda familiar.

Fonte: Agência Brasil