sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

OAB/RN acompanha investigação da morte de advogado em Apodi/RN

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte lamenta, com pesar, a morte do advogado Marcelo Roverlando, que foi assassinado na noite de ontem (9), no município de Apodi.

O presidente da Subseção de Mossoró, Aldo Fernandes, juntamente com o delegado Renato Oliveira e o Promotor de Justiça Silvio Brito, foram até o local do crime para apurar os fatos. Segundo o delegado, a polícia ainda não sabe o real motivo do crime, mas ele apresenta fortes indícios de execução.

Marcelo Roverlando estava em uma motocicleta, a 300 metros de casa, quando foi alvejado com cinco tiros, por dois homens que também estavam em uma moto. Ele morreu no local, antes da chegada do socorro médico.

Conforme o presidente da OAB/RN, Sérgio Freire, a Seccional Potiguar vai acompanhar as investigações sobre esse crime bárbaro e exigir sua imediata apuração e punição dos envolvidos. “A advocacia está entristecida com esse episódio de violência e vai buscar a solução do caso”, disse.

Marcelo Roverlando Jorge de Moura nasceu no município de Apodi em 1974. Filho de Jeovani Jorge de Moura e Maria M. de Moura, se formou em Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Norte em 2003.

O Câmera.

Moradores denunciam despejo de aterro próximo a Lagoa do Apodi


Recebemos ontem, 09 duas ligações de moradores do Bairro Malvinas onde nos afirmaram que uma caçamba ligada a municipalidade estava despejando entulhos no final da Rua onde ficava a antiga fábrica de doce de Apodi, e fomos até o local para acompanhar o fato.

Chegando lá nos deparamos no momento com uma caçamba fazendo o despejo de entulhos, e também com uma pessoa que preservamos o nome por questões éticas, que afirmou que o terreno pertencia a ele e que por isso estava fazendo o aterro.

Cremos que o terreno de fato é privado, o que não sabemos precisar e se trás algum prejuízo ambiental para a Lagoa já que a cerca que demarca o terreno fica praticamente dentro da Lagoa do Apodi. Agradecemos a atenção dos moradores, estamos sempre as ordens.

FONTE: JOSENIAS FREITAS.

Aldo Fernandes solicita delegado especial para apurar assassinato de Advogado em Apodi


O Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção de Mossoró, Aldo Fernandes solicitou ao Secretário de Segurança do RN, Aldair Rocha, e ao Delegado Geral de Polícia Civil Fábio Rogério da Silva, que designasse um delegado especial para apurar as circunstâncias do crime do advogado Marcelo Roverlando José de Moura, assassinado na noite de ontem (09/01), na cidade de Apodi.
Aldo Fernandes e o conselheiro da OAB de Mossoró, o advogado Gladson Roverlland de Oliveira e Silva, deslocaram-se à Apodi na mesma noite do crime para prestar apoio e solidariedade aos familiares do advogado assassinado. O presidente da OAB de Mossoró participava de uma solenidade de Colação de Grau na UERN quando foi informado do assassinato e, de imediato, solicitou empenho da polícia nas investigações.
Marcelo estava em uma motocicleta, modelo Suzuki 750, de placa KJK 9072 e sofreu a emboscada na Rua Sebastião Paulo, no Bairro Nossa Senhora da Conceição, duas quadras de onde residia.
Segundo informações, eram dois criminosos que estavam em uma motocicleta e efetuaram cerca de cinco disparos na vitima que morreu no local antes da chegada do socorro medico. O advogado foi atingido com um disparo na cabeça, um no ombro e três na região lombar. Após os disparos, os indivíduos fugiram com destino ignorado.
O delegado Renato Oliveira, titular da regional da cidade esteve no local do homicídio e ouviu familiares e testemunhas presentes. Segundo Renato a possibilidade de latrocínio está praticamente descartada, já que nada foi levado da vitima. O delegado informou ainda que o Advogado, ultimamente, tinha ganho muitas causas na justiça e não descarta a possibilidade do mesmo ter sido executado a mando de um de seus desafetos.
De acordo com o delegado Renato Oliveira, ainda não se sabe o que teria motivado o assassinato. Ele disse que o advogado “Marcelo Roverlando” era bastante atuante, bem relacionado na cidade e nos municípios vizinhos por sua atuação no exercício da profissão. Marcelo trabalhava como Agente Penitenciário antes de ser advogado. A família não informou se a vitima vinha sofrendo ameaças de morte.
O corpo de Marcelo ficou caído no meio da rua ao lado da motocicleta. O celular do mesmo foi recolhido como peça de investigação. O local foi isolado pelas viaturas de Radio Patrulha e do Grupo Tático Operacional da cidade para os procedimentos, realizados pela Equipe do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) de Mossoró.


O Câmera

Apodi registra o 1° homicídio do ano


Apodi- Por volta de 21:40h, de ontem, 09, a policia Militar foi informada que na Rua Sebastião Paulo, nas proximidades do colégio Ferreira Pinto, havia sido ouvido disparos de arma de fogo. De imediato a Rádio Patrulha se deslocou até o local e deparou-se com a pessoa de Marcelo Roverlando Jorge de Moura, 39 anos, natural de Apodi, caído ao chão sem vida. Segundo informações repassadas para a policia, dois elementos em uma moto não identificada teria efetuado cerca de cinco tiros, que atingiram Marcelo na cabeça, tórax e costas, o mesmo vinha pilotando sua moto, uma suzuki 750cc de placa KJK-9072, que ficou caída ao lado do corpo, e depois da ação os elementos tomaram destino ignorado. Marcelo era muito conhecido na cidade, era advogado e atleta nas horas de folga, de acordo com a policia, ainda não se sabe o que teria motivado o assassinato. O ITEP fez a remoção do corpo para a sede do orgão em Mossoró, e a investigação, ficará na responsabilidade do delegado de Apodi, Renato Oliveira.

Nota: Que Deus possa confortar toda a família nesse momento tão difícil




capacete perfurado de bala
Fonte: Sentinelas do Apodi