terça-feira, 29 de janeiro de 2013

CORTE DE ENERGIA CAUSA PREJUÍSOS A COOPAPI

Com a suspensão do fornecimento de energia a COOPAPI sofre grandes prejuísos e envia nota de esclarecimentos.

Prezados Cooperados e parceiros;

Vimos informar que por motivo de problema elétrico, estamos com os serviços suspensos na sede da COOPAPI. No entanto, estamos trabalhando provisoriamente na Central de Comercialização da Agricultura Familiar localizada no bairro Garilândia (por trás da Secretária de Agricultura) Nossos contatos: 9990-5762 – 9636-4445 – 9117-4084.

Agradece

A direção.

ESCURIDÃO TOMA CONTA DA BR 405, ESTRADA DO BICO TORTO

Na noite de ontem (28/01) quem trafegou pela BR 405, trecho que liga a cidade ao bairro Bico Torto enfrentou uma escuridão tremenda.

As pessoas já estavam acostumadas com a iluminação, mas agora voltou às escuras. Os moradores exigem do poder público as providências, no sentido da iluminação voltar a funcionar e assim garantir mais segurança para os que por ali trafegam.

Membros da COOAFAP falam sobre os projetos da cooperativa


Em entrevista ao programa Conversa Franca na FM Lagoa no Distrito de Soledade aos Radialistas Castelo Morais e Josenias Freitas, os membros da COOAFAP (cooperativa da agricultura familiar) Irapuã Ângelo, Dedé do Vila Nova, Raimundo Moizés e Titico da Aurora falaram sobre o balanço desses dois anos de mandato, onde o presidente Irá juntamente com sua diretoria comercializou cerca de 1 milhão e nove mil reias, enumerando vários avanços na agricultura familiar deste ano.

Irapuã Ângelo afirmou que um dos gargalos do seu mandato foi a questão da falta do selo da polpa de fruta, o que causou inúmeros problemas a cooperativa, inclusive multa de mais de 100 mil reais, e ainda uma queda na comercialização devido a falta deste selo. Raimundo Moizés falou sobre a questão do Selo o SIM, onde afirmou que após a aprovação na CMA, o segundo passo seria a criação de uma equipe de trabalho, mas que isso foi atropelado pelo processo eleitoral.

Dedé do Vila Nova afirmou que entre os mais de 300 sócios mais de 250 estão aptos a participar da eleição que acontece na próxima quinta-feira, 31 onde terá chapa única encabeçada pelo próprio Dedé do Vila Nova, tendo como vice Titico da Aurora da Serra. Dedé explicou que quem comanda a eleição será a própria secretaria da cooperativa.

A cooperativa foi criada a 12 anos atrás e hoje é uma das mais fortes do nosso município, um crescimento considerável em meio a tantas crises, principalmente aos períodos de estiagem.

A chapa ficou constituída da seguinte forma: Dedé de Vila Nova (Presidente), Titico da Aurora (vice-presidente), Laiane (tesoureiro), Ana Lucia (segunda tesoureiro), Nazaré do Ameno (primeira secretaria), Ângela de Milagres (segunda secretaria), conselho fiscal: Irapuã Ângelo, Elielma Souza, Francisco Jorge, suplentes: Carlos de Agrovila, Marluce do Portal da Chapada, Zózimo do Moaci.

O candidato a presidente Dedé do Vila Nova, afirmou que se eleito for, pretende em sua gestão continuar com os projetos da cooperativa, citando três projetos que totalizam quase 200 mil reais, afirmando que espera que a questão da descentralização da merenda escolar seja mantida, já que é um dos canais mais fortes da cooperativa.

Fonte: Josenias Freitas.