quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

COMEÇOU ONTEM MAIS UMA JORNADA PEDAGÓGICA DA 13ª DIRED DE APODI

Começou na manhã de ontem (05/02) no auditório da Churrascaria Apodi mais uma Jornada Pedagógica da 13ª DIRED. Diretores, professores e a Secretária de Educação do estado do Riop Grandedo Norte, Betânia Ramalho e a diretora da 13ª DIRED Raimunda Ferreira Freire.
 Com o auditório lotado, a Secretária proferiu uma importante palestra abordando: direitos de aprendizagem, inovação pedagógica e currículo no contexto da educação do Rio Grande do Norte.
 Professores concursados foram empossados no evento. Foi um momento muito marcante para os que foram aprovados no último concurso realizado no estado do Rio Grande do Norte.
A Secretária Betânia aida concedeu uma importante entrevista a Erivan Morais da Rádio Luta e Alivaci da Rádio Vale do Apodi.

IFRN-APODI REALIZOU REUNIÃO DO CPA

O IFRN Capus Apodi realizou na última segunda feira (04/02) com a Comissão Própria de Avaliação CPA no auditório do próprio instituto.
O CPA é representado por representante dos docentes, dicente e sociedade civil. A coordenadora loca é a Professora Ana Maria. Na representação da Sociedade Civil está Raimundo Moizé e na suplência Erivan Morais, os docentes são representados por Leonardo e Samuel e o corpo técnico está Lailson, Rinaldo e Ana Maria.
Nesta quinta feira (07/02) haverá um novo encontro às 09 horas da manhã.

GOVERNO DA NOVA GERAÇÃO ADOTA VELHAS PRÁTICAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS - PÃO E CIRCO

A política do Pão e circo (panem et circenses, no original em Latim) como ficou conhecida, era o modo com o qual os líderes romanos lidavam com a população em geral, para mantê-la fiel à ordem estabelecida e conquistar o seu apoio. Os imperadores romanos se aproveitavam da população que não tinha qualquer interesse em assuntos políticos, e só se preocupava com o alimento e o divertimento.

O governo da nova geração adota a milenar arte de manipular as massas e ainda declara as suas “boas intenções”: “vamos gastar metade do que foi gasto no ano passado e mesmo assim, faremos um grande carnaval” a bagatela de R$ 500.000,00 (Quinhentos mil reais) e ainda diz que segue a orientação do Ministério Público – orientação ou desorientação? A segunda assertiva me parece a mais adequada, frente às dificuldades enfrentadas pelo município diante do flagelo da seca. De acordo com o jornalista César Santos de Mossoró, o prefeito Flaviano Monteiro, autorizou a contratação de quase duas dezenas de atrações musicais, inclusive da Bahia. Pelo visto, a crise financeira passou longe da chapada, emendou.

Vamos analisar o uso do poder discricionário do prefeito à luz do princípio da razoabilidade: “A razoabilidade é um conceito jurídico indeterminado, elástico e variável no tempo e no espaço. Consiste em agir com bom senso, prudência, moderação, tomar atitudes adequadas e coerentes, levando-se em conta a relação de proporcionalidade entre os meios empregados e a finalidade a ser alcançada, bem como as circunstâncias que envolvem a pratica do ato”. Ao usar o seu poder discricionário o prefeito não informou a origem dos recursos, por exemplo, apenas alegou “não podíamos deixar de realizar um evento que faz parte da nossa tradição”. A administração pública, ao exercer suas funções, deve primar pela razoabilidade de seus atos a fim de legitimar as suas condutas, esperava-se dessa administração agir de forma condizente com as lutas encampadas nos movimentos sociais protagonizadas pelo então professor de história Flaviano Monteiro.

Temos em andamento, no município, várias obras que poderiam ser continuadas ou finalizadas com esses recursos, mas alguém pode alegar e porque a prefeita anterior não concluiu. Respondo que não estou aqui pra defender a administração anterior, apenas como cidadão demonstro a minha indignação com o que eu considero mau uso dos recursos públicos. A administração pública tem a obrigação de agir onde a iniciativa privada não tem interesse de investir, essa é a razão de ser da administração pública. Em carnaval, deixa que a iniciativa privada invista, se tiver interesse.

Do blog do professor Toinho tenho a seguinte lista de obras inacabadas: Creche modelo, passagens molhadas, Praça Getúlio Vargas, UBS de Soledade e Praça da Juventude, com certeza esses recursos seriam bem-vindos em qualquer uma dessas obras, onde se aplicaria melhor e não tenho dúvidas também que nenhuma empresa privada gostaria de investir na conclusão de nenhuma delas.

Desta forma, esta competência discricionária vem sendo utilizada, no desempenho da função pública, como forma de melhor atender as conveniências da administração e não as necessidades coletivas. Fica o meu protesto.

Por: Vandilson Targino, tecnólogo em administração pública.

Para o Blog do amigo Joseinas Freitas com o propósito de contribuir com o bom debate das coisas públicas. Peço que não sejam aceitos comentários anônimos ou apócrifos.

FONTE: JOSENIAS FREITAS.

ACIDENTE NA BR 304 EM FERNANDO PEDROZA TIRA A VIDA DE PROFESSOR DA UNP

*Informações e imagens: O Câmera.
Uma colisão envolvendo três veículos no KM 162 da BR 304 em Fernando Pedrosa termina com a morte do arquiteto “Marco Aurélio de Lima Albuquerque Filho” de 33 anos de idade, residente em Natal. O acidente aconteceu por volta de 22 horas de terça feira 05 de Fevereiro de 2013.

Segundo informações a vitima e mais três amigos, todos arquitetos, estavam vindo de Natal para Mossoró fazer uma entrevista de emprego na Universidade Potiguar, quando o veiculo que os mesmos trafegavam, um Palio de placas NNO 0478, foi colhido por uma Pick-Up Strada de placa MYE 4545, de Fernando Pedrosa que trafegava na contra mão. Marco Aurélio, morreu no local e os demais ocupantes foram socorridos para o Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró.

O condutor da Strada, antes de atingir o Palio, colidiu na lateral de uma carreta com placa OKX 4966 de Camaçari no estado da Bahia. Segundo o motorista da carreta, seu veiculo foi atingido já no acostamento pelo Pick-Up que trafegava na contra mão e o motorista parecia está dormindo ou muito embriagado. O motorista disse ainda que sentiu a pancada no seu carro e quando olhou pelo retrovisor percebeu a colisão dos dois veículos.

Populares informaram que o condutor da Strada, ficou gravemente ferido, mas foi socorrido com vida para o hospital da cidade de Angicos. Segundo os populares ele perdeu sua esposa no ano passado em um acidente de carro no trevo de acesso a cidade de Angicos.

Uma guarnição de Radio Patrulha da Policia Militar de Fernando Pedrosa, vez o isolamento da área, em apoio a Polícia Rodoviária Federal. Após os procedimentos no local o corpo de Marco Aurélio foi removido para o Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep de Mossoró.