sábado, 9 de março de 2013

APODI: OPOSIÇÃO BASTANTE "ATIVA"

Em meio da rede de comunicação mais perplexa (a Internet), nota-se que a "Oposição" de Apodi está bastante ativa sobre a atuação do recém Prefeito, Flaviano Moreira Monteiro, sobre o comando de Apodi, pelos seus comentários tanto nas redes sociais, como em rádios, Blogs, ou no cotidiano popular, percebe-se que à oposição afirma que o novo gestor não pensa com os "pés no chão", ou seja, que ele estaria querendo impor mais do que a capacidade permite, com projetos bastantes "complicados" de serem implantados, e de uma forma, criticando a antiga gestão, por não te-lo comprido com determinada ações, mais como o atual gestor já avia ressaltado, que quer fazer jus a livre expressão, então, esta seria a reclamação (ou opinião) da "Oposição".


Samuel Williams

Ministro da Justiça garante a implantação do Brasil Mais Seguro no RN

*Informações: O Câmera.

A governadora Rosalba Ciarlini recebeu na manhã deste sábado (9), a visita do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O ministro veio a Natal para discutir com a chefe do executivo estadual a implantação do programa Brasil Mais Seguro, que prevê investimentos para a modernização e melhoria da segurança no estado do Rio Grande do Norte.

“Nós temos uma pauta de discussões sobre várias coisas relacionadas à segurança pública, a mais importante é a priorização do Rio Grande do Norte com o projeto Brasil Mais Seguro. Neste programa federal contamos com a parceira dos estados, nós dividimos as responsabilidades e o objetivo é reduzir os crimes violentos. O Brasil Mais Seguro tem se mostrado um projeto vitorioso”, afirmou o ministro.

A reunião aconteceu na sede da governadoria, e contou com a presença do ministro da Previdência, Garibaldi Alves, do senador José Agripino e do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves. A governadora Rosalba Ciarlini destacou a união dos políticos potiguares. “Para ter uma real diminuição da violência é preciso, além de investimentos, força e união. Precisamos trabalhar em conjunto e é isso que estamos fazendo aqui. Com essa união de forças vamos com certeza conseguir o nosso objetivo, que é o pacto pela vida, o pacto pelo Rio Grande do Norte.

Segundo o ministro da Justiça, a aplicação deste programa depende, primeiro, da realização de um diagnóstico, por meio das estatísticas e levantamentos é possível traçar um plano para combater a violência. “A criminalidade é um grande problema no Brasil. Queremos aqui firmar uma grande parceria, Governo Federal e Estadual, sem disputas políticas, sem disputas ideológicas, somando forças. Vamos criar uma série de metas e dividir as responsabilidades. Vamos pactuar com o legislativo, com o judiciário, com o Ministério Público e vamos fazer uma grande ofensiva contra a criminalidade”, pontuou José Eduardo Cardozo. O programa Brasil Mais Seguro já foi aplicado nos estados de Alagoas e Paraíba.

Para a governadora Rosalba Ciarlini, o Governo do Estado está investindo na área de segurança pública, mas ainda é preciso fazer muito. “A fase de discussão já está perto de acabar, porque nós já temos as estatísticas, a nossa Secretaria de Segurança já mostrou os dados, e agora precisamos colocar em prática as ações deste projeto. O nosso Governo tem feito investimentos na área de segurança, mas ainda não é suficiente e o Governo Federal entende isso”.

O secretário de Segurança, Aldair da Rocha destacou a criação do projeto Metrópole Segura e também destacou a união da bancada federal potiguar. “Estamos reforçando o policiamento ostensivo nas ruas, mas isso não fica só por aí, vamos incrementar o trabalho da polícia judiciária, com a criação da divisão de homicídios que já vamos colocar em funcionamento e agora com o apoio do Governo Federal, e com a bancada federal do estado unida para nos apoiar, eu tenho certeza que o reforço chegou no momento certo, na hora que o RN precisa”.

Além do secretário de Segurança, também participaram da reunião o Delegado Geral da Polícia Civil, Fábio Rogério; o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Francisco Canindé de Araújo e o Comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel Elizeu Lisboa Dantas.

LIDERANÇAS DE APODI PARTICIPAM DE HOMENAGEM A HENRIQUE

O presidente da Câmara dos Deputados afirmou que fará, como fez um importante anúncio para o Estado. "Não vim apenas ser homenageado, farei também um importante anúncio", destacou.

Ao comentar a homenagem, o deputado potiguar afirmou: "Transfiro ao meu Estado, só sou o que sou, só cheguei onde cheguei, por conta do povo do Rio Grande do Norte. Esse é momento ímpar para cuidar do Rio Grande do Norte".

No discurso, o presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Henrique Eduardo Alves, anunciou, durante a homenagem que recebeu das entidades empresariais, que a licitação da duplicação da BR 304 será lançada no prazo de 15 dias.

“Há oito meses, quando conversava com a presidente Dilma o assunto era um só: a duplicação da BR 304. Uma obra de R$ 1 bilhão. Pois depois de terça-feira, quando o orçamento for aprovado, em 15 dias a licitação sairá. A obra será feita, o projeto já está pronto”, destacou.

 Ex prefeita Gorete, ex governador Geraldo Melo e vereador Júnior souza.
 Gorete, Carlos Algusto Rosado e vereador Laete Oliveira.
 Gorete com o ministro da Previdência Social Garibaldi Alves Filho.
 Vereador Laete, Gorete, deputado João Maia e vereadores Nilson Fernades e Júnior Souza.


MP Eleitoral pede afastamento imediato de Claudia e Wellington da Prefeitura de Mossoró


Mais um capítulo na novela envolvendo a cassação da prefeita de Mossoró, Claudia Regina, e o vice Wellington Filho. O Ministério Público Eleitoral protocolou junto a 33ª Zona Eleitoral o pedido para que gestor e vice sejam afastados imediatamente.

A notícia foi postada no blog de Pedro Carlos. Na peça jurídica, as promotoras pediram que o juiz eleitoral Pedro Cordeiro Junior torne nula a decisão dele próprio de suspender temporariamente a cassação de Claudia Regina e Wellington Filho.

As promotoras Ana Ximenes e Karine Crispim explicam que Pedro Cordeiro deveria ter solicitado parecer do MP antes de proferir a decisão.




Sobre a ação (embargo de declaração dos advogados Humberto Fernandes e Emanuel Antas) pedindo para o juiz eleitoral suspender a decisão e promover a correção de erros que eles apontaram no processo, seguido de posterior anulação do mesmo, as promotoras classificaram de “manobras jurídicas para ganhar tempo”.

Na concepção de Ana Ximenes e Karine Crispim, os advogadas de Cláudia e Wellington perderam o prazo de três dias para recorrer da sentença de cassação de mandato, assinada pelo juiz Herval Sampaio, da 33ª Zona Eleitoral, no dia 1 de março.

*Informações: J Belmont.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO