terça-feira, 23 de abril de 2013

Boletim das chuvas no Rio Grande do Norte


Período.: das 7:00hs de 22/04/2013 as 7:00hs de 23/04/2013

No. Postos Existentes: 196 No. Postos sem Contato: 103

No. de Postos com Chuva: 30 No. de Postos sem Chuva: 63


REGIAO OESTE POTIGUAR

Campo Grande(Particular) 67,6

Jucurutu(Emater) 55,0

Mossoro(Prefeitura) 47,9

Upanema(Prefeitura) 22,8

Apodi (Prefeitura) 20,0

Barauna(Emater) 9,5

Apodi (Base Fisica Emparn) 9,0

Janduis(Emater) 6,0

Grossos 5,8

Patu(Particular) 5,0

Caraubas(Particular) 4,8

Messias Targino(Prefeitura) 4,2

Olho D'agua Dos Borges(Particular) 3,5

Pendencias(Emater) 3,4

Serra Do Mel(Prefeitura) 1,5


REGIAO CENTRAL POTIGUAR

Caico(Acude Mundo Novo-emparn) 65,0

Caico(Emater) 35,0

Sao Jose Do Serido(Associacao Usuarios Agua) 20,0

Parelhas(Emater) 5,7

Pedro Avelino(Particular) 2,2

Fernando Pedroza(Emater) 1,0

Santana Do Serido(Emater) 0,4

Serra Negra Do Norte(Emater) 0,1


AGRESTE POTIGUAR

Ielmo Marinho(Prefeitura) 4,6

Passa E Fica(Prefeitura) 4,1

Sao Pedro(Emater) 1,2


REGIAO LESTE POTIGUAR

Maxaranguape(Particular) 5,0

Montanhas(Prefeitura) 0,7

Senador Georgino Avelino(Particular) 0,7

Baia Formosa(Destilaria Vale Verde) 0,6.

Meteorologista discorda de previsão e aponta cenário favorável

O chefe do Setor de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, defende mudanças sobre a avaliação de previsão de chuvas para a região litorânea e semiárida. Ele discorda, inclusive, do resultado da previsão de chuvas divulgado na sexta-feira, 22/04, em Maceió (AL), com relação à região do litoral nordestino. “Está um pouco distorcida da realidade, sou obrigado a discordar um pouco daquela previsão”, afirmou o meteorologista da Emparn.

Gilmar Bristot diz que a previsão levou em consideração o litoral e o agreste e uma pequena faixa regional do Nordeste, onde que as condições globais não interferem muito nas condições de chuvas para essa região. “A previsão que foi feita, de chuvas abaixo do normal, não vem muito de encontro a essa realidade que vemos hoje”, ponderou ele.

Bristot disse que na reunião de quinta e sexta-feira, dias 18 e 19, foi colocado que se estava vivendo um novo momento “e nós precisávamos analisar modelos de um cunho mais regional”. Segundo ele, esses modelos foram analisados “mas não foram levados em conta na hora de se fazer a previsão”. O meteorologista da Emparn acredita na possibilidade de chuvas de 700 milímetros nos próximos três meses, “com contribuição maior para o litoral”.

Ele ainda acrescentou que, pessoalmente, discorda da previsão anunciada de que “as chuvas serão abaixo da média no litoral”, mas não da metodologia utilizada. “A nossa opinião é um pouco diferente deles, mas não podemos colocar lá, porque a previsão é de consenso e, infelizmente, essa metodologia que está sendo adotada nessas previsões e nessas reuniões climáticas não leva em conta mais adiante o conhecimento técnico dos meteorologistas”, ponderou.

Segundo Bristot, as reuniões climáticas com os meteorologistas do Nordeste, que são feitas a cada mês em capitais e cidades diferentes, “estão considerando mais os resultados modelos, que diga-se de passagem, tem algumas deficiências e precisam ser melhorados”.

Para ele, em alguns momentos estão acertando as previsões, como acertaram para o semiárido, “mas aqui para o litoral, achamos que estão pecando um pouco porque estão considerando condições globais e nós queremos condições regionais para fazer a previsão para o litoral”.

Já a respeito da possibilidade dos agricultores plantarem neste fim de abril, Bristot disse que devem aproveitar as vazantes e as margens dos rios e reservatórios para aproveitar essa umidade.

Da Tribuna do Norte/ RG EM FOCO

OS PARABÉNS HOJE VÃO PARA O ANAEL PESCADOR...

Ele, que faz o Programa A VOZ DO PESCADOR, todos os sábados na LUTA FM, das 12 às 13 horas comemora aniversário hoje.
Anael, desejamos muita saúde, paz e disposição para continuar na luta do dia-dia e que DEUS seja o seu guia!
Parabéns Anael Pescador!

Dilma promete “pacote de medidas” para enfrentamento da seca no Nordeste


A presidente Dilma Rousseff prometeu nesta segunda-feira investimentos de R$ 5 bilhões na compra de equipamentos para combater os efeitos da seca que assola a região Nordeste. Os equipamentos incluem retroescavadeira, motoniveladora, caminhão caçamba, caminhão-pipa e pá carregadeira.

“Eles (municípios) vão poder recuperar, de uma forma mais rápida, açudes e barreiros e também vão poder levar água para a população nos caminhões-pipa, diminuindo os efeitos da estiagem na sua região. Essa iniciativa faz parte de um conjunto de ações do governo federal em parceria com os municípios para enfrentar a pior seca dos últimos 50 anos.

Do Blog do Carlos Santos: Apodi vive um péssimo momento com gestão desastrosa de Flaviano

 
Estoura a crise na administração do prefeito de Apodi, Flaviano Monteiro (PC do B). Dois secretários exonerados e outro pediu para sair. Consequência do péssimo início de gestão, que tem deixado os apodienses decepcionados e alimentado uma série de críticas.

Flaviano exonerou Reginaldo Ponciano e Regina Duarte das pastas de Urbanismo e Finanças. E o secretário Paulo Viana pediu para deixar o comando da Saúde, insatisfeito com os rumos que o governo municipal está tomando.

A saída de dois auxiliares em pouco mais de 100 dias de gestão, mostra a escolha errada feita pelo prefeito. Ele priorizou amizades na hora de formar o secretariado, enquanto a gestão pública exige competência. Com isso, a sua administração tornou-se um fiasco até aqui.

Para piorar, surgiu a suspeita de desvio de dinheiro público através de pagamento de despesas do carnaval 2013. O prefeito nega, mas é possível que o Ministério Público estabeleça linha de investigação.

O prefeito Flaviano diz que não sabe de nada, mas na cidade todos sabem o que aconteceu.
Apodi vive um péssimo momento

Nota do Blog: Atentem que foi o Jornalista Carlos Santos que externou sua opinião! Eu só copiei o texto!

Prefeito de Apodi afasta secretários de Finanças e de Urbanismo

Em pronunciamento oficial, o prefeito de Apodi, Flaviano Monteiro, pôs fim às especulações em torno de um possível afastamento de secretários da sua gestão e anunciou no programa Panorama Político, da Rádio Vale do Apodi, as demissões do secretário de Urbanismo, Reginaldo Ponciano e da secretária de Finanças, Regina Duarte.

Em reunião com secretários e assessores, Flaviano anunciou a difícil decisão. “Não está sendo fácil, mas não havia outra saída. Para o bem do nosso governo, foi preciso tomar essa decisão”, lamentou o prefeito, acrescentando que o gestor é fiscalizado pelas redes sociais e as informações se disseminam com muita rapidez na mídia. “São decisões difíceis por envolver colegas de lutas, mas agimos de forma democrática, ouvindo o grupo”, pontuou.

O prefeito reconheceu ter problemas internos. “Reginaldo é um amigo e foi meu braço direito durante a campanha de construção do nosso mandato, Devo muito a ele. E Regina, é uma guerreira. Ela não merece a difamação que está sendo feita nas redes sociais, sendo mal interpretada por ser uma guardiã dos recursos públicos. Trata-se de uma profissional muito competente, mas tivemos que afastar esses dois grandes companheiros para poder dar sequência ao nosso mandato”, justificou.
 
Fonte:Raniele Gomes/Serrinha de Fato

Prefeito que não aplicar percentual mínimo de 25% em educação fica inelegível


Está na Constituição Federal: estados e municípios devem aplicar o percentual mínimo de 25% da receita em educação.O problema é que nem sempre isso acontece e a Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) tem opinado pela inelegibilidade de candidatos ao cargo de prefeito que não tenham cumprido a obrigação em mandatos anteriores, ainda que os percentuais de omissão sejam mínimos.

Um dos casos recentes que chegou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tratou da omissão de 2,5%; em outro, o percentual aplicado em educação alcançou 24,11%, quando a Constituição exige o mínimo de 25%.

Fonte:Cidade News Itaú.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO