quarta-feira, 10 de julho de 2013

Imperdível !!!

BISPO DO MARIANO ESTÁ ENTRE OS PREGADORES DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE (JMJ-RIO 2013)

Mais de 250 bispos de diferentes nacionalidades vão fazer pregações que aprofundam o lema da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013) nas três manhãs de catequese. Selecionados pelo Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), eles serão alocados cada dia em um ponto de catequese diferente. De acordo com o diretor do Setor Preparação Pastoral, padre Leandro Lenin, não será divulgado a alocação dos bispos. “Nós queremos que esse contato entre o jovem e o bispo aconteça como uma surpresa nessas manhãs”, disse.
Dois ex-bispos de Caicó estão entre os catequistas de língua portuguesa. O arcebispo metropolitano de Natal, dom Jaime Vieira Rocha, e dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, atualmente na diocese de Campina Grande/PB. Dom Mariano Manzana, da diocese de Mossoró, também participará das catequeses, que acontecem de quarta a sexta. No dia 24 de julho, o tema abordado será “sede de esperança, sede de Deus”. No dia 25, será “ser discípulo de Cristo”. Já no dia 26, os bispos vão meditar sobre “ser missionário, Ide!”.

Interessados já podem se inscrever no Programa Mais Médicos

Os médicos brasileiros e estrangeiros interessados em participar do Programa Mais Médicos, lançado pelo governo federal na última terça-feira (8), já podem se inscrever por meio de um site específico do Ministério da Saúde (http://maismedicos.saude.gov.br). Para isso, os profissionais terão que preencher um cadastro informando, entre outros dados, sua nacionalidade, o país de formação e a instituição em que concluíram a graduação.

A quantidade de vagas disponíveis só será conhecida a partir da demanda apresentada pelos municípios, que têm até o dia 22 de julho para aderir ao programa, também por meio do mesmo site disponibilizado pela pasta. As prefeituras deverão indicar a quantidade de profissionais de que precisam e apontar as unidades de saúde que têm capacidade instalada para atuação dos médicos.

*Deu no Xerife.

Folha de cargos comissionados da PMA não para de crescer

Fazendo uma analise minuciosa entre os meses de maio e junho nos cargos comissionados da PMA, nota-se um crescimento considerável em número de cargos contratados como também no valor pago, ou seja, temos tido várias acomodações.

Em maio a lista tinha 103 nomes, já em junho esse numero pulou para 117 com salários de no mínimo R$ 587,60 a R$ 2.700,00 cargos de subcoordenador e secretário respectivamente, estando em um valor bruto de R$ 104.088,90 em maio e pulando para R$ 122.464,76, um aumento significativo.

Claro que temos duas explicações óbvias para esse crescimento, a primeira seria a questão de fato de falta de material humano, para exercer essas funções denominadas na folha, ou a segunda que seria a tal acomodação política, ou seja, aquela velha prática que sempre existiu em Apodi, cumprir promessa de campanha, mas daí não seria nada novo.

Faça sua própria analise no link, lá você verá nomes e valores:
Link: http://www.prefeituradeapodi.com.br/index.php/portaldatransparencia

*Josenias Freitas.

Arena das Dunas alcança 78,25% de sua conclusão

 Grama será plantada com fim da instalação da drenagem

Um novo balanço realizado na Arena das Dunas indica, que o estádio que irá abrigar os jogos da Copa do Mundo de 2014 em Natal, atingiu o percentual de 78,25% do projeto total. O anuncio foi realizado ontem a tarde pelo consórcio responsável pela obra. O percentual do estádio potiguar está ligeiramente a frente do Itaquerão e ambos possuem o cronograma mais adiantados em relação as demais sedes que faltam entregar os projetos.

Os números foram coletados no Portal da Copa 2014, que mostram a Arena Pantanal com 70% do seu projeto concluído, o Beira-Rio com 71%, a Arena da Baixada com 68% e a lanterninha nessa corrida contra o tempo — uma vez que de acordo com a determinação da Fifa todas as praças devem ser entregues até o próximo dia 31 de dezembro — vem a Arena Amazônia, cujos trabalhos atingiram 62% do total.

No próximo mês de agosto, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, vai iniciar uma nova rodada de inspeção pelas cidades que ainda não entregaram os seus estádios e deve encontrar a cobertura da Arena das Dunas com algumas peças implantadas. O maquinário e as peças que estão sendo utilizadas para o processo de montagem da cobertura já podem ser observados no canteiro de obras. Paralelamente estão sendo finalizadas diversas etapas de acabamento, como o revestimento de banheiros dos vestiários, da sala médica e da sala de técnico, impermeabilização de lajes e instalação de cerâmicas e esquadrias nos camarotes e lounges.

O último mês foi marcado pela conclusão de toda a fase de superestrutura principal de arquibancadas e também pelo início dos serviços de execução do sistema de drenagem do campo para o plantio do gramado. Avanços significativos ocorreram nas áreas de instalações de sistema de ar condicionado, da rede hidrossanitária, rede elétrica, redes de incêndio e redes de sistemas (controle de acesso, alarme de incêndio e outros), além dos elevadores. Destaca-se também a pavimentação.

*Tribuna do Norte.

Durante assembleia, médicos do RN decidem participar da Greve Geral do dia 11 de julho

Durante assembleia ocorrida na noite de ontem (9), no Sindicato dos Médicos do RN, foi debatida a participação do sindicato na mobilização do próximo dia 11 e novas paralisações da categoria.

Diante do posicionamento cada vez mais equivocado do governo federal perante o futuro da medicina no país, os médicos decidiram alguns encaminhamentos para serem levados pelo presidente da entidade, Geraldo Ferreira, a reunião que acontece amanhã em Brasília com os representantes de todos os sindicatos médicos do país e a Federação Nacional dos Médicos (Fenam).

As propostas são paralisações por tempo determinado, manifestações, operação padrão nas urgências, denuncias nas delegacias de polícia, divulgação de notas oficiais, disseminação de vídeos mostrando a realidade da saúde pública e ações judiciais.

De acordo com os presentes na reunião, todas estas medidas são necessárias para mostrar a população a realidade do SUS e as implicações que pode haver ao trazer médicos estrangeiros sem o Revalida, sem conhecimento da língua portuguesa e ao precarizar o trabalho do médico brasileiro.

A primeira paralisação dos médicos será marcada por uma manifestação durante a Greve Geral que acontece no próximo dia 11 de julho. Diversas categorias profissionais vão parar em todo o Brasil por insatisfações diferentes em vários setores, convocadas pelas Centrais Sindicais.

Os médicos marcaram concentração na Associação Médica do RN, às 9h. Em seguida, caminham até o cruzamento das avenidas Hermes da Fonseca e Bernardo Vieira, onde encontram a concentração dos demais manifestantes.

Reunião com sindicatos do Brasil

A reunião com representantes dos sindicatos médicos do país acontece no dia 11 de julho, às 10h, na sede da FENAM, em Brasília.“Discutiremos ações judiciais e políticas para enfrentar o governo, além de avaliar a possibilidade de uma greve geral dos médicos do Brasil”, enfatizou Geraldo Ferreira.



*JBelmont.

Prefeito quer usar o povo como moeda de troca

A Campanha está chegando e esta bem claro o que o Senhor Prefeito quer fazer, quer usar o povo como moeda de troca, sabendo ele que tá mais que paga essa faculdade ou qualquer coisa que um dia estes Senhores conseguirem e se conseguirem para nossa amada Apodi, UERN SIM, Mais prefeito não use mais voto como moeda de troca! Já estamos cansados de ser usados!

COMENTÁRIO DA MÚSICA "O PREFEITO" DE TON OLIVEIRA

Interessante! Ontem eu ouvia um programa de rádio, e o apresentador fazia comentários da música "O Prefeito" do cantor e compositor, Ton Oliveira. Música essa, que faz muito sucesso em Apodi.
O apresentador citou, que a música é uma sátira. E que tem gente atirando para todo lado e ainda frisou algumas partes da música.
Segundo o apresentador, tem Blogueiro mudando de opinião, mas acho que isso não está acontecendo com Blogueiros que fazem oposição não. Vejo isso acontecendo com alguns da situação.
Pelo menos esse humilde e simples Blogueiro tem seguido com uma só opinião. E até digo aos vereadores de Apodi, que vereador de situação, é prá ser situação e vereador de oposição, é prá ser oposição.
Entendi que ele quiz dizer, que as críticas da música são direcionadas a quem publicou e tocou a música. Mas não é isso não... A música, é muito parecida com a realidade de nossa cidade. É só ouvir os programas de rádio da  cidade, quando os ouvintes não param de ligar e reclamar de coisas erradas, de falta de atenção com os mais necessitados e de contradições na gestão.
Nessa gestão, fala-se muito de trabalho para a coletividade, mas se houvesse realmente o trabalho em prol da coletividade, haveria tantas reclamações?
O Prefeito disse em um programa de rádio, que desafia: qual o gestor que fez mais em 6 primeiros meses de mandato? E eu desafio, qual o prefeito que recebeu mais reclamações em 6 primeiros meses de mandato? A não ser, que as reclamações não estejam chegando aos ouvidos do gestor.
O gestor até disse, que não é de olhar para o retrovisor, mas é o que os seus seguidores sabem fazer. Tudo que se fala, é em gestões anteriores, só sabem dizer que em anos anteriores, não havia cobranças, mas isso é uma tremenda berração, porque o povo de Apodi sabe da verdade.
A verdade é que a prática anda longe do discurso que era pregado para o povo de Apodi. Exemplo: o Campus da UREN não vinha porque não havia interesse do gestor municipal.
Caro radialista, o povo está reclamando de muitas coisas, como de bloqueio do Programa Bolsa Família, invasão de animais na cidade, lixo nas ruas, das viagens de pacientes para Natal, que às vezes ficam lá, de máquinas utilizadas para serviços particulares, de atraso na iniciação do programa do PETI, problema de abastecimento de água em algumas comunidades, etc. Quero lhe dizer, que as pessoas nos procuram todos os dias, para fazerem essas e outras reclamações. Então, é por isso que postei a música "O Prefeito", que o povo pede prá cantar corretamente...
Quero dizer também, que se eu postar somente o que é de agrado para certas pessoas, estarei fazendo propaganda.

Hospital da Solidariedade tem fornecimento de energia interrompido por falta de pagamento

O Hospital da Solidariedade, mantido pela Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC), teve a energia cortada por volta do meio-dia de ontem. Segundo Pedro Nobre, diretor administrativo da entidade, faltam alternativas para manter a unidade de radioterapia, já que o hospital não começou a funcionar.

“O investimento para implantação do hospital foi muito alto com a compra de equipamentos, contratação de pessoal, entre outros. No entanto, a unidade ainda não entrou em funcionamento porque falta um gerador e o valor de R$ 125 mil prometido pela Prefeitura, além do credenciamento ao Sistema Único de Saúde (SUS). Está tramitando a solicitação de apoio financeiro junto ao poder público municipal, mas não existe perspectiva com relação a isso”, explica.

Os problemas gerados pela falta de energia são muitos. “Hoje ainda tem medicamentos na farmácia de manipulação. No entanto, sem energia não há como fazer os remédios. Outro problema grave é que o serviço de telemarketing, que é o que está custeando o hospital, não tem como funcionar sem computadores”, elenca o diretor administrativo.

Outro problema criado com a falta de energia é a manutenção das máquinas. “As máquinas do serviço de radioterapia precisam ser ligadas todos os dias e também precisam ficar em um ambiente com ar-condicionado. Foi um investimento muito alto na compra dessas máquinas e nos preocupamos com essa situação que precisa ser resolvida com urgência”, afirma Pedro Nobre.

A LMECC adquiriu um acelerador linear, uma máquina de Braquiterapia e uma de Radiocirurgia que integram o serviço completo de radioterapia. Com o hospital em funcionamento, os pacientes em tratamento contra o câncer não precisarão mais se deslocar para os grandes centros como Natal e Fortaleza para a radioterapia.

A previsão inicial para o Hospital da Solidariedade entrar em funcionamento era entre os meses de dezembro de 2012 e janeiro deste ano. No entanto, a falta de um gerador prometido pelo Governo do Estado, o não repasse da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) e entraves burocráticos vem inviabilizando o início do serviço.

Máquinas precisam ser ligadas todos os dias

Na próxima semana, a Comissão Nacional de Energia Nuclear fará uma visita ao Hospital da Solidariedade para fazer a liberação do serviço. No entanto, com o corte de energia, a liberação fica ameaçada, segundo Eider Lima, físico-médico da unidade de radioterapia.

“Precisamos colocar as máquinas em funcionamento para liberação do serviço. Dessa forma, esse problema precisa ser resolvido com urgência para que possamos receber a visita da comissão. Essa é uma das etapas para que o hospital entre em funcionamento”, destaca Eider Lima.

O físico-médico ressalta a importância de ligar as máquinas todos os dias. “Pela manhã, o acelerador linear foi ligado e eu estava fazendo os testes. Todos os dias precisamos repetir esse procedimento para os cálculos. Sem energia o funcionamento fica inviabilizado”, esclarece.

*Do mossoroense/JBelmont.