quinta-feira, 5 de setembro de 2013

VEREADOR BRÁULIO RIBEIRO FAZ REQUERIMENTO BENEFICIANDO A ZONA RURAL DE APODI

O vereador Bráulio Ribeiro de Apodi requereu ao prefeito municipal de Apodi e ao secretario de urbanismo Júnior Costa, que sejam colocadas placas de identificação nas as estradas vicinais de município, com distancia em km, da próxima comunidade da sede, com nomenclatura de comunidades, acesso, cruzamentos a outras comunidades e identificando fronteiras com outras cidades e outro estado.
Segundo o vereador, o município de Apodi com suas belezas naturais e grande potencial turístico, deixa a desejar em relação a placas que identificam sitio e comunidades causando certo desconforto para usuários locais bem como para que queira visitar um amigo ou um parente.
As comunidades Rurais têm as tradições de eventos populares e religiosos, o que atraem o turista regional.

População de Felipe Guerra vive dias de incertezas

Desde que passaram às Eleições Municipais 2012 em Felipe Guerra, há uma luta travada na Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte, entre a Coligação “Juntos Nós Podemos Mais” (segunda colocada) e a Coligação “O Futuro em Suas Mãos” (vitoriosa).

Até aqui, foram tantas ações, audiências, sentenças favoráveis e desfavoráveis à ambas as partes, que a sociedade felipense vive mais um extenso período de incertezas.

A lentidão na tramitação dos processos, não tem trazidos as respostas que a sociedade felipense e até mesmo às partes (recorrentes e recorridos), para que possamos seguir em frente com nossos destinos políticos.

*Vi no Xerife Robson Pires.

Juíza absolve Cláudia de acusação de compra de votos


O Mossoroense destaca que a juíza da 34ª Zona Eleitoral Ana Clarisse Arruda absolveu de cassação a prefeita Cláudia Regina (DEM) em processo em que ela era acusada de compra de votos. A ação da coligação Frente Popular Mossoró Mais Feliz era alusiva ao caso registrado no Sítio Hipólito, em setembro do ano passado, em que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) prometeu um título de terra a um morador em troca de ele mudar de voto.

Ela decidiu assim mesmo com a própria assessoria da campanha enviando e-mail para blogs com a informação e fotografias de Marlos Ciarlini (filho de Rosalba e atual subsecretário de Trânsito) e Betinho Rosado Segundo (filho do deputado federal homônimo e subsecretário de Desenvolvimento Agrário) arrancando cartazes da candidata adversária.

A magistrada entendeu que Rosalba agiu no caso na função de chefe do Executivo estadual. “O discurso da governadora contém compromissos assumidos por esta enquanto agente político, desprovido, no entendimento da magistrada, de conteúdo ofensivo à objetividade da norma insculpida no art. 41-A, posto que externados sem menção direta ou vinculação ao voto dos eleitores à candidata por ela apoiada”, destacou.

Essa é a segunda absolvição de Cláudia por Clarisse Arruda. A primeira foi numa ação de conduta vedada (não confundir com abuso de poder) em que a então candidata teria se beneficiado da propaganda do governo e da associação de obras a seu projeto de chegar ao Palácio da Resistência. Os dois processos serão alvo de recurso da coligação Frente Popular Mossoró Mais Feliz.

*O Xerife.

CONVITE ESPECIAL!!!


Vereador Bráulio Ribeiro apresenta Indicação de grande importância para a sociedade de Apodi

Indicação 121/2013 – De autoria do Vereador Bráulio Ribeiro

Indica ao prefeito municipal de Apodi e ao secretario de urbanismo Júnior Costa que sejam instalados placas de identificação em todas as estradas vicinais de nossa cidade, com distancia em km, nomenclatura de comunidades, acesso, cruzamentos a outras comunidades e identificando fronteiras com outras cidades e outro estado.

APROVADA de forma unânime.

*Josenias Freitas.

“Eu não estou cobrando que o governo faça o impossível, mas que faça sua obrigação” disse Laete Oliveira


O Vereador Laete Oliveira voltou a tribuna legislativa nesta quinta-feira, 06 no grande expediente falando inicialmente sobre os cinco projetos do poder executivo pedindo abertura de crédito suplementar, afirmando que tem sido muito criticado pela imprensa que defende o prefeito, onde dizem que ele fala muito, dizendo que essa fala é em defesa da ética, da transparência, enfim em defesa da cidadania. Ele pediu que se fizesse uma analise afirmando que o prefeito já deveria ter vindo a casa prestar contas desses primeiros oito meses de mandato, mas, no entanto não veio. “Eu não estou cobrando que o governo faça o impossível, mas que faça sua obrigação” disse Laete Oliveira.

Laete afirmou que á foram utilizados pelo governo mais de R$ 6 milhões de reais, mas que até agora a PMA não enviou se quer um relatório a casa, cumprindo a lei, desrespeitando os Vereadores, e agora pede mais outro montante alarmante mesmo não tendo prestado contas desse dinheiro público.
Ele fez um apelo ao prefeito no tocante ao projeto que pede abertura de credito adicional de R$ 880 mil reais, sem haver especificações para onde vão estes valores, defendendo que se pudesse contemplar três Ruas, duas no Conjunto Garilandia, e Avenida Jeronildes Cabral no Bairro Betel, afirmando que a gestão e Apodi ganharia muito com isso.

O Vereador Laete ainda disse que não está sendo injusto, que tem visto melhorias nas estradas, no transporte universitário, mas que é necessário avançar cada vez mais, citando, por exemplo, a questão da saúde, informando que foram gastos menos o que manda a lei com esse quesito.

*Josenias Freitas.

Nilson de João Lucas critica atendimento do BB em nossa cidade


No grande expediente o Vereador Nilson de João Lucas, usou da tribuna da casa do povo nesta quinta-feira, 05 iniciando sua fala pedindo atenção de toda sociedade apodiense para o tratamento dispensado pelo Banco do Brasil de Apodi, defendendo que a casa convoque o senhor gerente para explicar essa situação de descaso para com a população, afirmando que é necessário que isso melhore imediatamente, até porque esse atendimento é crivado por uma lei municipal, mas que acontece totalmente contraria a esta lei. “É hora desta casa fazer com que essa lei seja cumprida através do executivo” disse o Vereador.

Falando sobre os projetos de creditos adicionais propostos pelo executivo, ele falou especificamente do projeto destinado a saúde, pedindo que através desse montante demais um milhão de reais que se resolva pequenos problemas para que a população não seja penalizada por falta de pequenos atendimentos e ações.

Nilson cobrou da municipalidade que a PMA insira no contracheque dos servidores o montante aprovado sobre o retroativo, alertando para que futuramente o município não passe por dificuldades.
Ele falou sobre os mais de vinte vetos do executivo, onde a municipalidade perdeu os prazos desse veto, informando que na próxima semana trará cada um desses a tribuna, explicando a sociedade a importância de cada um deles para nossos cidadãos.

*Josenias Freitas.