sábado, 5 de outubro de 2013

ABC 3 X 2 PALMEIRAS - SP - Tumulto atrasa início de jogo em Natal

No Frasqueirão:
Classificação
CLUBE PG JG
1 Palmeiras-SP 59 27
2 Chapecoense-SC52 26
3 Sport-PE 46 27
4 Paraná-PR 45 27
5 Avaí-SC 44 27
6 Icasa-CE 42 27
7 Joinville-SC 42 27
8 Ceará-CE 41 27
9 Figueirense-SC39 26
10 América-MG 39 26
11 Bragantino-SP36 26
12 Boa Esporte-MG35 27
13 Oeste-SP 34 27
14 Guaratinguetá-SP32 27
15 ABC-RN 29 27
16 Paysandu-PA 28 26
17 Atlético-GO 27 27
18 América-RN 27 27
19 São Caetano-SP24 26
20 ASA-AL 23 27

PM vê indícios de superlotação. Presidente do ABC nega. Crianças pulam o alambrado do Frasqueirão em meio ao tumulto / Frankie Marcone/Futura Press/FolhapressCrianças pulam o alambrado do Frasqueirão em meio ao tumulto Frankie Marcone/Futura Press/Folhapress Da Redação, com Band esportes@band.com.brVeja também 
Veja a classificação e todos os números da Série B.
O estádio Frasqueirão, em Natal (RN), esteve perto de ser palco de uma tragédia na tarde deste sábado. Antes da partida entre ABC e Palmeiras, pela Série B, um grande fluxo de pessoas minutos antes de começar o jogo causou tumulto na entrada do lado da torcida do time potiguar. Com isso, o início do duelo atrasou 32 minutos, somente após a situação melhorar e com a autorização da PM.

Alguns torcedores ficaram imprensados entre a multidão que entrava no estádio e o alambrado. Entre eles, crianças e algumas pessoas tiveram que pular para dentro do campo, para evitar que se ferissem.

Segundo o capitão Albuquerque, do Batalhão de Choque da PM, há indícios de superlotação no estádio, que tem capacidade para 18 mil pessoas.

O presidente do CBD, Rubens Guilherme, negou que haja superlotação. Mas disse apenas que foi vendida a carga de ingressos referente ao tamanho do estádio. Durante a semana, a expectativa era de 15 mil ingressos vendidos.

O dirigente ainda culpou o planejamento da PM. “O contingente da PM não está adequado e retardou a entrada das pessoas”, disse o cartola.

Ainda do lado do ABC, o técnico Roberto Fernandes também não acredita em superlotação. “Respeito a opinião do capitão, até porque é um especialista. Mas não concordo. Tem espaço nas cadeiras, do outro lado. Faltou uma sinalização e comunicação melhores”, declarou o treinador, mostrando preocupação com os desdobramentos fora de campo.

“Perder o mando de campo agora seria o fim”, disse.

*Fonte: JBelmnt.

MAINA SILVA SE FILIA AO PSB E DEVERÁ SER A VICE DE EDUARDO AMPOS

Deu na Folha – A ex-senadora Marina Silva decidiu se filiar ao PSB e sair como candidata a vice na chapa do governador Eduardo Campos (PE). A decisão foi tomada após conversas iniciadas na noite de ontem e concluídas na manhã deste sábado (5). Até então, Marina era, assim como Campos, virtual candidata à Presidência da República nas eleições de 2014.

Segundo a Folha apurou, Marina está discutindo com aliados a melhor maneira de explicar publicamente as razões pelas quais seria vice na chapa. Em 2010, ela concorreu à Presidência e foi o “fator surpresa” ao conseguir 19,6 milhões de votos e ficar em terceiro lugar.

Para ampliar a força do grupo contra a polarização PT-PSDB, o PPS está sendo chamado a integrar a coalizão. O partido foi uma das legendas que ofereceu abrigo a Marina após o veto da Justiça Eleitoral ao partido que ela tentou organizar, a Rede Sustentabilidade.

A união tem o objetivo de formar uma consistente terceira via na corrida ao Planalto, em contraposição à candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e à postulação do oposicionista Aécio Neves (PSDB).

Secretário de obras dispara contra repórter

Extraído do Facebook
O secretário de obras do município de Apodi, Samuel Nogueira, causou polêmico hoje (05/10) após tecer comentário ofensivo contra o jovem repórter Josemário Alves do Jornal Tribuna do Vale, chamando-o de despreparado e arrogante.

Josemário Alves fez uma matéria para o Jornal, na qual, falava sobre a pavimentação do bairro IPE, que há meses está jogada por baixo do tapete. Na matéria, o mesmo procurou o secretário de obras para colher informações, porém, não foi obtido êxito.

Mesmo sem a palavra de Samuel, Josemário concluiu a matéria, entretanto, o secretário não gostou de ser mencionado na mesma.

A matéria
No Facebook, Samuel declarou:

ESCLARECIMENTO

“Gostaria de esclarecer um ponto que considero importante já que meu nome foi citado de maneira Irresponsável, descabida, infundada e acima de tudo faltando com a verdade. Pois bem, recebi uma ligação lembro-me perfeitamente e no momento estava visitando uma execução de uma Obra, a pessoa despreparada em um tom arrogante me fez uma pergunta sobre uma "Possível promessa" em calçar as ruas citadas, seria mais inteligente da parte desta pessoa gentilmente começar perguntando se no momento eu poderia falar sobre tal assunto que considerei que foi muito mais uma cobrança do que uma pergunta. Mesmo assim disse que estaria na secretaria em 20 minutos e que falaríamos pessoalmente, Sendo assim acordado fui até a Secretaria e esperei por 1 hora e meia tenho os funcionários de prova quando no ensejo disse às recepcionistas que estaria esperando alguém de um Jornal para prestar tais esclarecimentos. Vejo muito mais intenções do que de fato querer saber da verdade, por tanto EM NENHUM MOMENTO DURANTE ESSES MESES QUE ESTOU A FRENTE DESTA PASTA NEGUEI QUALQUER ESCLARECIMENTO, agora não serei omisso quando inverdades são ditas e me negarem o Direito do Contraditório da Ampla Defesa usarei os meios que cabe para combater o que acho incorreto. Da minha parte espero humildemente que da próxima vez se houver eu seja ouvido de fato e CONTINUO dizendo que estou à inteira DISPOSIÇÃO.”

Repórter Josemário Alves
Em conversa com o jovem Josemário, o mesmo retrucou as acusações e disse o seguinte:“Conversei com ele, por telefone, educadamente. Jamais demonstrei ignorância alguma. Em relação ao tempo de espera, confesso que me atrasei um pouco, contudo, fiquei esperando-o na sede da secretaria das 11:40 ás 13:00. Alguns funcionários chegaram a dizer que ele tinha ido lá a Humberto do Hotel Passeio e que viria logo. Mas, caso queira, o jornal está disposto a ceder um espaço para sua resposta à matéria."

Josemário Alves ainda disse que se sentiu ofendido com a dura acusação do secretário, pois, sempre busca a veracidade nas informações com seriedade.

Promessa da pavimentação do bairro IPE é destaque negativo na Tribuna do Vale

Como diz o ditado: “Promessa dada, é promessa cumprida”, pois bem, parece que as autoridades maiores de Apodi não fizeram jus a sua palavra.
Em reunião do Projeto Plurianual (PPA) ocorrido no bairro São José (IPE) no mês de março, foi dito pelas mesmas “autoridades” que dentro de 30 dias iriam concluir a pavimentação no bairro referido, vale salientar que os mesmos assinaram a ata do bairro reafirmando o “compromisso” com a população. 30 dias equivale há um mês, não há seis meses. Já estamos em outubro, e caminhando ao sétimo mês de espera.
O fato foi destaque em blogs locais, com a repercussão tomada, virou destaque negativo no Jornal quinzenal Tribuna do Vale.
Os moradores anseiam pela boa vontade de nossos políticos. Nenhuma “autoridade” apodiense se pronunciou em questão deste assunto, que é de necessidade imprescindível para o desenvolvimento do bairro.
NOTA: 'Loading'....

Alunos de 18 cursos da Ufersa colam grau


Quase 300 alunos receberam grau pela conclusão do curso de graduação na Universidade Federal Rural do Semi Árido (Ufersa), nesta última quarta-feira, dia dois de outubro, durante solenidade realizada no salão de eventos do Hotel Garbos. Os concluintes são oriundos dos cursos de Administração, Agronomia, Biotecnologia, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Ciência e Tecnologia (diurno e noturno), Ecologia, Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Energia, Engenharia Mecânica, Engenharia de Pesca, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Medicina Veterinária e Zootecnia.
A noite começou com a apresentação dos formandos, realizada pelo professor Carlos Augusto Pavão, Pró-reitor de Graduação. Já o aluno Magno Sobrinho veio em seguida e com a solicitação grau, quando cada um dos alunos concluintes recebeu simbolicamente o diploma de conclusão do curso.
A maratona de discursos foi aberta pela oradora especial das turmas, a concluinte Germanda Guimarães Rebouças que ressaltou em sua fala a importância da presença dos pais e ainda as frustrações e conquistas durante o percurso de graduação, fechando com palavras otimistas para o sucesso profissional dos novos profissionais. “A Universidade ainda é um sonho. Sentimo-nos honrados pelo trabalho que teremos daqui para frente.”, conclamou.
Anualmente, o colegiado de alunos formado pelas comissões de formatura elege o paraninfo das turmas. O professor Marcelo José Pedrosa Pinheiro foi o homenageado deste ano. Efetivo do quadro permanente da Esam-Ufersa, Marcelo Pedrosa é um dos profissionais mais antigos da Universidade. Em seu texto para a assembleia, Marcelo Pedrosa pontuou o crescimento da Instituição e a sua importância para o cenário de crescimento do Rio Grande do Norte.
Na última avaliação para recadastramento da Ufersa, realizada pelo Ministério da Educação, a Instituição obteve conceito 4 de uma escala que o máximo é cinco. “Consolidamo-nos como uma instituição de alto nível na formação de recursos humanos para o desenvolvimento da região”, pontuou Marcelo Pedrosa.
Em uma noite permeada de homenagens, os alunos que concluíram a graduação com os melhores rendimentos no curso também foram homenageados com a entrega de comendas pelo Paraninfo e pelo reitor, professor José de Arimateia de Matos.
Ficou a cargo do graduando Nielton Sandson o discurso de homenagem aos pais. Em palavras de gratidão e reconhecimento, Sandson relembrou o papel da família do processo de aprendizado e formação humana do ser. “Os pais são os responsáveis por todas essas conquistas. Hoje é uma complementação do que vocês [os pais] nos ensinaram”, relembrou ele.
A sessão solene foi encerrada com o pronunciamento do magnífico reitor, que destacou a importância do momento da vida de cada um, haja vista as dificuldades e o caminho traçado para ingressar e concluir um curso superior. “Hoje é mais uma fase na formação de cada um dos concluintes que irão contribuir com o desenvolvimento social em cada área escolhida para sua atuação profissional”.
Professor José de Arimatea parabenizou os concluintes e os contextualizou da importância de concluir uma graduação. O Brasil tem aproximadamente 7 milhões de matrículas no Ensino Superior e, deste montante, apenas 15% estão nas Universidades Federais, como a Ufersa.

Constituição cidadã completa 25 anos em constante mudança

Aos 25 anos, ela deveria estar mais valorizada e inspirando vitalidade como qualquer jovem politicamente consciente, formada em meio aos debates ideológicos e exercitada nos embates do dia a dia. Mas, a analogia com a biologia não se aplica. Na idade em que um corpo está no auge do vigor físico e a mente mais alerta para o presente e o futuro, a Constituição Cidadã do Brasil, promulgada em 05 de outubro de 1988, mostra-se cansada por falta de regulamentações, cheia de emendas - 80 em apenas duas décadas e meia – e clama por revisão. 

A Carta Magna, fruto da Assembleia Nacional Constituinte que reconduziu o país à democracia após 21 anos sob o regime militar, concedeu direitos políticos e sociais – como saúde, educação segurança, moradia, saúde, entre outros - a toda a nação. Mas, na prática, se mostra menos operante do que o pretendido. 

Muitas reformas no âmbito político e social sequer saíram do papel. Há mais de 140 dispositivos da CF 88 até hoje não regulamentados e 180 mil normas em conflito entre si ou com a CF, ou seja, nunca foram revistas. O artigo 26 dos Atos das Disposições Constitucionais Transitórias, que determina a realização de auditoria da dívida externa brasileira e o 192 que limitava os juros a 12% ao ano foram revogados sem ser regulamentados. 

Isso não faz da Constituição uma carta ineficiente, na avaliação do advogado constitucionalista e professor do Departamento de Direito Público da UFRN, Fabiano André Souza Mendonça. “O objetivo da Constituição é a mobilização social. E diante do que vemos nas ruas ela está muito eficiente. O povo vai às ruas pelos mais diversos motivos embasado na Constituição Federal”, observa Mendonça. 

O clamor para sanar tais pendências ecoou nas ruas em protestos populares de junho deste ano, quando milhões de brasileiros se dirigiram ao Congresso buscando uma representatividade política. “A Constituição trouxe estabilidade institucional ao país”, enfatizou.

A reforma política levanta questões como a do suplente de senador; a coincidência de datas de eleições; o voto secreto; financiamento de campanhas eleitorais e votos distritais pontua o professor.
 
Muitas propostas de alteração estão tramitando na Câmara e no Senado. Ao todo, são 1.532 PECs apresentadas por deputados e senadores que dependem de aprovação para tornarem-se norma constitucional. 

Mas o número de emendas vem diminuindo se comparado aos primeiros anos da sétima Carta republicana. No governo Dilma foram 7 emendas contra 28 emendas constitucionais aprovadas nos 8 anos do governo Lula. “Há um amadurecimento e maior conscientização”, afirma.

O jurista defende que a conscientização se traduz no voto. “A causa de toda crise institucional brasileira é o poder legislativo e se percebe que até eles estão nesse processo de conscientização”, afirma. A possibilidade de revisão do texto constitucional a cada cinco anos foi levantada na Assembleia Constituinte, mas rejeitada e mecanismos foram criados para “proteger” e evitar a descaracterização daquela que é, até hoje, considerada a maior conquista da democracia.

*TN.

FESTIVIDADES DE SÃO FRANCISCO EM APODI

Aconteceu ontem, 04/10 o encerramento dos festejos de São Francisco em Apodi. Foram várias noites de novenas, com um bom acompanhamento do público católico e devoto de São Francisco.
Padre Maciel Rodrigues, pároco de nossa cidade acompanhou os festejos e celebrou a Festa de São Francisco.  

141ª morte violenta em Mossoró em 2013

Um jovem de 28 anos de idade foi morto com vários disparos de pistola quando chegava em casa na rua das Flores, próximo a LE Pneus no Alto de São Manoel, por volta de 1 hora e 40 minutos de sábado 05 de Outubro de 2013.

Francisco das Chagas da Silva, “Toquinho”, 27 anos de idade, natural de Mossoró, lavador de carros foi alvejado e morreu no local antes da chegada do socorro médico. Moradores da rua onde “Toquinho” morava e foi assassinado foram acordados com os disparos. Ninguém viu os responsáveis pelos disparos que terminaram com a morte da vitima.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, a motivação para o crime pode ter sido o envolvimento de “Toquinho” com o uso de droga. Familiares não informaram se a vitima vinha sofrendo algum tipo de ameaça.

O local foi isolado pela Polícia Militar para os procedimentos da equipe do Instituto Técnico e Científico de Polícia, Itep. O corpo de Francisco das Chagas da Silva foi removido para a sede do órgão onde será necropsiado.

*Informações e imagens: O Câmera.

140ª Mortes violentas em Mossoró em 2013

Agricultor foi morto a golpes de faca peixeira no Projeto de Assentamento São Romão, localizado nas proximidades da comunidade de Pau Branco, cerca de 40 Km na zona rural de Mossoró. O crime aconteceu por volta de 23 horas e 30 minutos e segundo informações a motivação pode ter sido uma briga de bar. O acusado é agricultor, mora na mesma comunidade onde aconteceu o crime e foi detido por volta de 5 horas da manhã.

Ronaldo Pereira dos Santos, 25 anos de idade, agricultor natural de Brejo do Cruz no estado da Paraíba e residia no Projeto de Assentamento São Romão, no município de Mossoró, foi ferido na região abdominal com uma cutilada de faca peixeira em um bar onde bebia em companhia de varias pessoas.

Mesmo ferido Ronaldo ainda caminhou cerca de 200 metros e morreu sentado em uma cadeira enquanto aguardava o socorro medico. Uma ambulância da Maísa ainda tentou reanimar o agricultor, mas sem sucesso.

Uma viatura de Radio Patrulha do destacamento da Maísa comandada pelo Sub Tenente Vandilson e o Sd Joseias, fizeram o registro do caso e isolaram o local para os procedimentos da equipe do Instituto Técnico e Cientifico de Policia Itep de Mossoró onde o corpo será necropsiado.

*Informações e imagens: O Câmera.
v

139ª Morte violenta em Mossoró em 2013

Jovem alvejado com disparos de arma de fogo em frente a uma casa lotérica localizada na avenida Presidente Dutra em Mossoró, morreu no Hospital Regional Tarcísio Maia para onde foi levado.

Jean Carlos dos Santos 18 anos de idade, residente na favela do Tranquilim, nas malvinas foi alvejado com cerca de 3 disparos, sendo um na cabeça. Os dois indivíduos responsáveis pelos disparos deixaram o local em uma bicicleta em direção a favela do Pirrichil.

A Central de operações foi acionada por volta de 17 horas de sexta feira 04 de Outubro, para uma ocorrência de tentativa de assalto na casa lotérica, com uma pessoa baleada, mas a vitima foi surpreendida pelos acusados quando estacionava uma motocicleta no local. Acerto de contas é o mais provável motivo para o crime.

Segundo informações dos policiais da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas, “Rocam”, Jean veio a casa lotérica fazer um pagamento.

A equipe de uma Unidade de Suporte Avançado “Alfa” do Samu realizou os primeiros socorros e conduziu “Jean” para o Hospital Regional Tarcísio Maia. O mesmo chegou a receber atendimento na Unidade Hospitalar, mas não resistiu e morreu por volta de 22 horas.

Informações e imagens: O Câmera.