segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

GREVISTAS DE APODI VÃO A PREFEITURA E POLÍCIA É ACIONADA

O prefeito da cidade de Apodi que adora dizer que é do povo, que é um político que presa um bom diálogo, dessa vez decepcionou ainda mais a população apodiense, e principalmente os servidores municipais, o fato aconteceu hoje pela manhã na sede da prefeitura onde os servidores municipais resolveram ocupar novamente a prefeitura e só sair de lá com uma resposta definitiva já que o prefeito resolveu não aparecer na assembléia que aconteceu hoje pela manhã, mais o prefeito não gostou da atitude dos servidores e acionou a polícia para se blindar dos mesmos.

Os servidores ficaram indignados com a situação, um gritou "não estamos quebrando nada, somos trabalhadores e só queremos o que é nosso por direito, não somos bandidos", já outro revoltado com a situação exclamou, "eu votei em você, te coloquei aí, mais nunca imaginei ser tão humilhado, nunca mais você me engana", o fato é que todos de modo geral se sentiram ofendidos pois não estavam bagunçando, uma ainda disse "nossa presença já te incomoda?, essa é a cara da nova geração, um governo que não está ao lado do povo".

Depois de algum tempo, o prefeito resolveu conversar com uma comissão, e ficou decidido que amanhã terá uma assembleia para discutir as exigências dos servidores.

*Informações: Emerson Medeiros.

Servidores Municipais se reúnem em assembléia, professores estão em greve

Aconteceu hoje na sede do salão paroquial uma assembléia, realizada pelo sindicato dos servidores municipais, reunindo a classe de professores, assistentes de serviços diversos, agentes de saúde e edemia, técnicos de enfermagem, garis, e toda classe de servidores.
O presidente João Bosco falou sobre as lutas dos servidores, explicou que só estão lutando pelo que é deles por direito, seguindo a lei, ele explicou o que está sendo perdido com a falta de compromisso do atual gestor,e que outras cidades estão cumprindo o piso, e exclamou "precisamos nos manter forte na luta em busca dos nossos direitos, vamos nos unir"
A vereadora Hortência Regalado e o vereador Laete Oliveira participaram da assembléia, e levaram suas palavras de apoio aos servidores, o vereador Laete disse achar legítima a luta, e reconheceu que as prefeituras passam por dificuldades financeiras, mais se o piso e o reajuste do salário é lei tem que ser cumprido, Hortência parabenizou todos pelo ato, e saudou a classe de servidores em nome dos professores, a jovem disse que se orgulha de ter sido aluna da zona rural, e que até hoje é grata ao seu professor Francisco de Assis mais conhecido como Cizinho, e disse que a educação precisa ser prioridade do poder municipal, pois é ela que transforma o cidadão, falou ainda dos garis, dizendo que o trabalho dos mesmos é muito importante, e que se o carro do lixo deixa de passar um único dia ja sentimos a falta do serviço, externou as palavras a classe da saúde dizendo que é muito importante que se tenha apoio para que realmente funcione, finalizou dizendo que os servidores podem contar com a câmara municipal.
Vários servidores fizeram uso da palavra , todos com o mesmo objetivo fortalecer a luta, e continuar firme, uma delas disse, "não podemos continuar sendo tratados assim pela gestão, lembrem-se gestão de 4 em 4 anos muda, mais nós ficamos, precisamos de respeito, afirmou a servidora Laura. Outros servidores agradeceram a presença do vereador Laete e da vereadora Hortência Regalado, começaram um belo debate que findou na decisão de ocupação da prefeitura municipal, só lembrando que os professores estão em greve, e as demais classes estão com indicativo, podendo decretar greve a qualquer momento.

Ao fim da reunião todos se dirigiram a prefeitura onde passaram horas, com a promessa de uma assembléia para amanhã Terça Feira.

*Informações: Emerson Medeiros.

Eleições 2014 - Informações sobre as próximas eleições

A seguir, estão listadas as páginas da Justiça Eleitoral que contêm dados acerca do pleito de 2014.

Audiências públicas - Eventos em que são debatidas as instruções que regerão as eleições gerais deste ano.

Calendário eleitoral - Indicação dos períodos a serem observados nas práticas eleitorais.

Normas e documentações - Íntegra de resoluções e normas que disciplinam as Eleições 2014.

Pesquisas eleitorais - Informações sobre o registro de pesquisas eleitorais e a consulta aos avisos de registro das eleições de 2014.

Prestação de contas - Informações sobre as prestações de contas de comitês, candidatos e partidos políticos.

SEGUNDA CHAMADA DO PROUNI SAIU HOJE

Os estudantes que se inscreveram no Programa Universidade Para Todos (ProUni) poderão conferir, a partir hoje (3), o resultado da primeira chamada pelo site do programa, pelo número 0800 616161 ou nas instituições participantes. Os selecionados têm até quinta-feira (6) para comprovar as informações.

Os candidatos selecionados precisam comprovar renda bruta familiar até um salário mínimo e meio por pessoa, para quem quiser bolsa integral, e até três salários mínimos por pessoa em caso de disputa por bolsa parcial de 50%. É necessário ainda ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter alcançado nota mínima de 450 pontos, além de não ter tirado 0 na prova de redação.

Os candidatos que não conseguirem apresentar a documentação exigida ou perderem o prazo serão reprovados. Cabe ao estudante selecionado verificar na instituição os horários e o local onde deve comparecer para comprovar as informações.

Os candidatos que não tiverem sido aprovados em nenhuma das duas chamadas poderão manifestar interesse por uma vaga na lista de espera nos dias 13 e 14 de fevereiro. As bolsas remanescentes serão distribuídas para esses candidatos conforme as notas no Enem. Caso seja chamado na lista de espera, o candidato terá os dias 19 e 20 de fevereiro para comparecer à instituição com a comprovação dos dados da ficha de inscrição.

Para o primeiro semestre de 2014, o ProUni oferece 191,6 mil bolsas, sendo 131.636 integrais e 59.989 parciais, em 25,9 mil cursos em instituições particulares de ensino.

*Agência Brasil.

Moradores do municipio de Baraúna interditaram a RN 015 pedindo segurança para a cidade

Moradores da comunidade de Juremal, no município de Baraúna interditaram a RN 015, de acesso à cidade, cobrando por segurança. O protesto foi realizado e reunia moradores da própria comunidade.

Segundo informações o protesto era pacifico e foi encerrado por volta de 11 horas, com a presença de autoridades políticas e policiais.

Os moradores receberam a promessa que em 15 dias um posto policial existente na comunidade voltaria a funcionar com dois policiais de plantão e uma viatura fazendo o patrulhamento na região.

P.S: Informamos que o protesto era realizado pelos moradores de Baraúna. Na realidade foram os moradores de Juremal, que faz parte do Município.
Tudo esclarecido, aguardemos pois.
 
*Informações e imagens: O Câmera.

Sem Tetos invadem conjunto da Caixa Econômica em construção em Mossoró

Cerca de 400 casas construídas em parceria da Caixa Econômica Federal com a Prefeitura, dentro do programa Minha casa minha vida do Governo Federal em Mossoró foram ocupadas por sem tetos, no final da noite de sábado 01 de fevereiro de 2014. Na manhã de domingo todas as casas do conjunto já estavam ocupadas.

Mais da metade das residências estão prontas há mais de um ano e ainda não foram entregues pelo fato da Caixa Econômica ter condenado algumas, construções em locais impróprios.

Segundo informações, a construtora responsável teria abandonado a obra. As casas ocupadas fazem parte da complementação do habitacional Mons. Américo Simonetti, “Abolição V” construído na mesma região e entregues no final de 2012. Quando a policia militar chegou no local as casas já estava ocupadas.

Segundo informações, algumas pessoas invadiram a casa de apoio da construtora, retiram as chaves das residências e distribuíram umas e jogaram as outras no meio da rua. Ninguém assume o feito.
Ainda segundo informações de uma moradora a Policia Federal teria detido as cinco pessoas que praticaram o ato. A informação não foi confirmada.
 
*Informações e imagens: O Câmera.