sábado, 5 de abril de 2014

Morre no Rio o ator José Wilker

O ator José Wilker morreu na manhã deste sábado (5) em sua casa no Rio de Janeiro. Ainda não há informações oficiais sobre a causa da morte, mas suspeita-se que ele tenha sofrido um infarto.

A última participação do ator em novelas foi em 2013, em "Amor à Vida", de Walcyr Carrasco, na qual interpretou o médico Herbert. Em 2012, ele interpretou o coronel Jesuíno no remake de "Gabriela", baseado no livro "Gabriela Cravo e Canela", de Jorge Amado. Em 2008, na novela Duas Caras, o ator fez o papel do professor Fernando Macieira.

Começo
José Wilker de Almeida nasceu em Juazeiro do Norte no dia 20 de agosto de 1946 e se mudou com a família, ainda criança, para o Recife. A mãe, Raimunda, era dona de casa e o pai, Severino, caixeiro viajante.

Sua carreira no teatro começou no Movimento Popular de Cultura (MPC) do Partido Comunista, onde ele dirigiu espetáculos pelo sertão e realizou documentários sobre cultura popular.

Em 1967, Wilker se mudou para o Rio para estudar Sociologia na PUC, mas abandonou o curso para se dedicar exclusivamente ao teatro.

Em 1970, após ganhar o prêmio Molière de Melhor Ator pela peça "O Arquiteto e o Imperador da Assíria", foi convidado pelo escritor Dias Gomes o para o elenco de "Bandeira 2" (1971), sua primeira novela.

Wilker interpretou o primeiro protagonista em 1975: fio Mundinho Falcão em "Gabriela", adaptação de Walter George Durst do romance de Jorge Amado, um marco na história da teledramaturgia brasileira.

Personagens conhecidos
Wilker tem em seu currículo personagens memoráveis, como o jovem Rodrigo, protagonista da novela "Anjo Mau" (1976), de Cassiano Gabus Mendes. Em 1985, viveu Roque Santeiro, personagem central da trama homônima escrita por Dias Gomes e Aguinaldo Silva. Em 2004 interpretou o ex-bicheiro Giovanni Improtta, de "Senhora do Destino", de Aguinaldo Silva, um personagem com diversos bordões como “felomenal” e “o tempo ruge e a Sapucaí é grande”.

O artista dirigiu o humorístico "Sai de Baixo" (1996) e as novelas "Louco Amor" (1983), de Gilberto Braga, e "Transas e Caretas" (1984), de Lauro César Muniz. Durante uma rápida passagem pela extinta TV Manchete, acumulou direção e atuação em duas novelas: "Carmem" (1987), de Gloria Perez, e "Corpo Santo" (1987), de José Louzeiro.

Apaixonado pelo cinema, o ator participou de filmes como "Xica da Silva" (1976) e "Bye Bye, Brasil" (1979), ambos de Cacá Diegues, e foi o personagem Antônio Conselheiro em "Guerra de Canudos" (1997), de Sérgio Rezende.

Wilker também se destacou em minisséries como "Anos Rebeldes" (1992), de Gilberto Braga; "Agosto" (1993), adaptada da obra de Rubem Fonseca; e "A Muralha" (2000), escrita por Maria Adelaide Amaral e João Emanuel Carneiro. Em 2006, interpretou o presidente Juscelino Kubitschek na minissérie "JK", de Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira.

O artista ainda escreveu textos para revistas e jornais e comentou a cerimônia do Oscar durante vários anos.

 *G1.

CARLINHOS CONTINUA DESAPARECIDO

Continua desaparecido, o Carlinhos de Melancias e a família pede para quem souber do seu paradeiro, por favor informar, através dos telefones 9146-3707 ou 9833-3304.
Você também pode ligar para as rádios da Cidade: Luta-FM: 33332854, Cidade FM: 3333-3179 e AM Vale do Apodi: 3333-2512.
A família está aflita! Ajude a encontrá-lo!

45ª Morte violenta em Mossoró - Jovem é encontrado morto com marcas de tiros na cabeça no Belo Horizonte

Breno Venâncio Medeiros Dantas, 18 anos de idade, residente na Rua Marinho Dantas no Bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio Grande do Norte, foi encontrado morto com duas perfurações na cabeça, no final da noite de sexta feira 04 de Abril de 2014. Seu corpo foi encontrado caído ao lado de sua motocicleta em um terreno baldio, por trás da Escola Francisco Antônio de Medeiros e próximo ao campo de futebol do bairro Belo Horizonte.

Segundo informações de familiares o rapaz foi visto pela ultima vez, no final da manhã de ontem, quando saiu de casa e não retornou mais. A Central de Operações da Policia Militar foi informada da localização do corpo por volta de 23 horas e 50 minutos. A família não tem suspeita da morte do jovem, já que o mesmo não tinha envolvimento com negócios ilícitos.

O Perito Criminal Jader Viana, acredita que pelo estado de rigidez do corpo, a morte de Breno tenha acontecido ainda na tarde de ontem. Segundo Jader, foi possível identificar duas perfurações na cabeça da vitima, uma na região frontal e outra na parte posterior. O Perito não descarta a possibilidade de ter ocorrido apenas um disparo transfixante.

Após os procedimentos no local o corpo de Breno Venâncio Medeiros Dantas foi removido e será necropsiado da sede do Instituto Técnico e Científico de Polícia Itep de Mossoró. 



*Informações e imagens: O Câmera.

Obs: Breno era sobrinho de José Nilson Fotografo do Itep de Mossoró Galeria Aqui

Mães do Distrito de Soledade e do Sítio São Francisco em Apodi reivindicam professor

Cansadas de promessas e de esperar, um grupo de mães do pré I da Escola Municipal Francisco Targino da Costa no Distrito de Soledade em Apodi, procurou o Blog na manhã desta sexta-feira, 04 insatisfeitas com a situação, onde 24 alunos são assistidos por apenas um professor, que segundo as mães é um bolsista.

“Desde o inicio do ano que cobramos da direção, são justificativas as mais diversas e sempre a mesma promessa, mas nunca temos este outro professor ou professora que venha auxiliar no ensino dos nossos filhos, eles não fazem outra coisa a não ser pintar” disse revoltada a mãe Poliana.

A escola do Distrito é considerada uma das maiores do município já que abriga alunos de toda Chapada do Apodi, e segundo alguns pais e mães de alunos, tem melhorado, mas ainda existem falhas como estas, 25 alunos para um único professor.

“Nós entramos na sala com nossos filhos para deixa-los na aula, o professor entra, conta os alunos, vai rodar a atividade e nós que temos que ficar vigiado nossos filhos, pois do contrário eles ficam sozinhos, pois só tem esse professor, às vezes ficamos até meia hora lá empalhadas, é isso que nos revolta,pois somos donas de casa temos nossas atividades do lar” disse Andrelina Targino.


De: Josenias Freitas.

Observação:
Nessa sexta, (04/04) uma mãe do Sítio São Francisco participou do Programa Luta ao Meio Dia e disse, que faz uma semana, que a sua filha está sem aula, por falta de professor. Ela pediu encarecidamente, para o prefeito mandar a professora, pois a sua filha não pode mais perder aula.
As crianças não podem se prejudicar no ano letivo e só quem pode resolver problema é o senhor prefeito. Caso demore, as mães devem procurar o Ministério Público.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO