terça-feira, 15 de abril de 2014

49ª Morte violenta em Mossoró em 2014 – Individuo morto com um disparo na cabeça e o corpo foi localizado na região do lixão as margens da Estrada do Óleo no Santa Helena

Luzmanir Cicero da Silva 37 anos de idade - Jovem encontrado morto na manhã de hoje em Mossoró

Luzmanir Cicero da Silva, de 37 anos de idade, foi encontrado morto com um disparo de arma de fogo na cabeça, na manhã de hoje, terça feira 15 de Abril de 2014, na região do lixão as margens da Estrada do Óleo no Santa Helena em Mossoró no Rio Grande do Norte.

Populares informaram aos policiais que atenderam a ocorrência que durante a madrugada foram ouvidos estampidos de disparos de arma de fogo na região, mas o corpo só foi encontrado na manhã de hoje 15 de Abril.

Segundo o Perito Criminal Joaquim Guimarães, a vitima apresentava uma perfuração no lado esquerdo da cabeça e pelo estado de rigidez do corpo, a morte deve ter acontecido nas primeiras horas da madrugada de hoje. Sem identificação, o corpo foi removido para a sede regional do Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep, onde será necropsiado. Familiares fizeram o reconhecimento do corpo.


*Informações e imagens: O Câmera.

Galeria com imagens fortes

BOLETIM DAS CHUVAS CAÍDAS EM TODO O RN


Per.: das 7:00hs de 14/04/2014 as 7:00hs de 15/04/2014

No. Postos Existentes: 197 No. Postos sem Contato: 66

No. de Postos com Chuva: 19 No. de Postos sem Chuva: 112

MESORREGIAO OESTE POTIGUAR

Felipe Guerra(Prefeitura) 38,0

Campo Grande(Particular 2) 28,0

Jucurutu(Emater) 26,7

Campo Grande(Particular) 22,1

Parau(Prefeitura) 15,0

Sao Rafael(Emater) 14,6

Apodi(Prefeitura) 6,5

Apodi(Base Fisica Emparn) 4,5

Marcelino Vieira(Emater) 4,5

Itaja(Emater) 3,1

Upanema(Prefeitura) 1,0

Rafael Godeiro(Emater) 0,1

MESORREGIAO CENTRAL POTIGUAR

Florania(Sitio Jucuri) 42,7

Florania(Inemet) 18,8

Santana Do Matos(Emater) 16,0

Cerro Cora(Emater) 2,4

Caico(Acude Itans) 0,4

MESORREGIAO LESTE POTIGUAR

Nisia Floresta(Particular) 3,0

Natal 0,3

VITÓRIA, COMPLETA MAIS UM ANO DE VIDA!!!!

 
 Maria Vitória da Silva Oliveira completa mais um ano de vida hoje e queremos desejar tudo de bom para essa menina estudiosa!!! Que Deus a abençoe e proteja!!!
Feliz Aniversário Vitória!!!

Acidente envolvendo carro e moto deixa o condutor da moto ferido

Um acidente na noite de segunda feira 14 de Abril de 2014, envolvendo carro e uma moto deixa o condutor da moto ferido no Bairro Alto da Pelonha em Mossoró.

Emerson Pablo de Lima, 20 anos de idade, trafegava na motocicleta por uma estrada carroçável próximo ao Conjunto Vingt-Rosado e foi colhido por um carro tipo Saveiro, que fazia a manobra e não viu a aproximação do motoqueiro. Segundo informações o veiculo era dirigido por um adolescente que nada sofreu.

Emerson foi socorrido consciente, por uma ambulância do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia. 


*Informações e imagens: O Câmera.

Mossoró: Apodiense é presa com 15 quilos de maconha

 Delegado Renato Oliveira (Foto: Benedito)

A Divisão de Polícia Civil do Oeste (Divpoe) apreendeu 15 quilos de maconha na tarde desta segunda-feira (14/04/2014), em Mossoró. A droga estava prensada em 17 tabletes grandes em uma casa no bairro Barrocas. O suspeito de ser dono da maconha fugiu antes da chegada dos policiais. Uma adolescente de 16 anos, natural de Apodi, namorada do suspeito, foi apreendida.

A operação foi comandada pelo delegado Renato Oliveira, titular da Divpoe. A casa já estava sendo monitorada pela Polícia Civil, que aguardou a chegada de um carregamento maior de droga para realizar a abordagem. A adolescente foi apreendida quando chegava ao local com comida. O suspeito já havia fugido.

De acordo com o delegado Renato Oliveira, as investigações ficarão sob a responsabilidade da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Mossoró.

*Fonte: G1 RN/F5.

Candidatos em Mossoró enfrentam impugnações

A eleição suplementar de Mossoró está com cinco processos de impugnação de candidatura. O juiz Herval Sampaio Júnior, da 33ª Zona Eleitoral, confirmou que quatro dessas impugnações serão sentenciadas até amanhã. Os cinco processos são referentes a três candidatos. A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) está tendo o seu registro questionado pelo Ministério Público Eleitoral e pelo prefeito em exercício Francisco José Júnior. Situação semelhante enfrenta a ex-prefeita Cláudia Regina (DEM), que também enfrenta dois processos de impugnação de registro.

Herval Sampaio analisa as alegações dos pedidos para indeferir os registros das candidaturas

O quinto processo já impetrado na Justiça Eleitoral é de Cláudia Regina contra o registro do prefeito em exercício Francsico José Júnior. O juiz Herval Sampaio confirmou que até amanhã estará sentenciando os processos referentes aos registros de Cláudia Regina e Larissa Rosado. O magistrado explicou que já se antecipou ao caso das duas candidatas porque, desde a semana passada, que elas foram notificadas para se pronunciarem sobre os registros. Tanto Larissa quanto Cláudia foram condenadas pelo Tribunal Regional Eleitoral com inelegibilidade por oito anos.

Trâmite

“Mas o caso do prefeito Francisco José Júnior envolve uma tese então estaremos seguindo todos os prazos processuais e só deveremos julgar na semana seguinte”, disse o magistrado. Ele explicou ainda que o processo contra o prefeito em exercício está com o prazo de manifestação do político. Em seguida será remetido para parecer do Ministério Público Eleitoral. Nessa ação de impugnação o advogado Olavo Hamilton, que representa Cláudia Regina, argumentou que para ser candidato ao Executivo Francisco José Júnior teria que se desincompatibilizar do cargo até 48 horas após a homologação do seu nome na convenção.

Segundo Olavo Hamilton o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral é o de que o interino de um cargo no Executivo adquire as mesmas condições de quem ele substitui. “Ou seja, o prefeito interino pode concorrer no cargo quando se trata de reeleição. Mas no caso dele (Francisco José Júnior) ele é candidato a eleição. Veja que se ele fosse candidato teoricamente poderia disputar duas reeleições, porque já está no cargo agora e ainda poderia disputar a reeleição daqui a quatro anos, caso fosse vencedor nesse pleito”, explicou o advogado. Ele ressaltou que quando um candidato concorre a eleição não pode permanecer no cargo. “O instrumento da reeleição é que permite a candidatura estando no cargo”, Olavo Hamilton.

A eleição suplementar de Mossoró tem o pedido de seis registros de candidatura: Cláudia Regina (DEM), Larissa Rosado (PSB), Francisco José da Silveira Júnior (PSD), Gutemberg Henrique Dias (PCdoB), Josué Moreira (PSDC) e Raimundo Nonato (PSol).

Bate-papo - Herval Sampaio Júnior, Juiz eleitoral

Com as representações questionando os registros de candidatura, como será o procedimento?

No caso da representação de Cláudia Regina contra Silveira Júnior estou dando andamento, estamos na fase de manifestação de Silveira Júnior. Depois abrirei vista para o Ministério Público. Já no caso dos questionamentos com relação a Larissa Rosado e Claudia Regina (que tiveram os registros) iremos julgar até quarta-feira (amanhã). Veja que nós nos antecipamos ao abrir o prazo para elas se manifestarem desde a semana passada. Em tese já posso até decidir.

Há questionamentos do Ministério Público e de advogados, o senhor proferirá duas decisões ou apenas uma para cada candidata?

Irei julgar uma única vez. Não farei mais do que uma decisão para cada candidato. Ou seja, julgarei esses dois processos em uma única decisão. Tratarei em um rumo só.

Os processos envolvendo Larissa Rosado e Cláudia Regina o senhor decide agora. Por que o de Francisco José Júnior não sai esta semana também?

Porque nesse caso (de Francisco José Júnior) não há um caso de inelegibilidade ou ausência de condição de elegibilidade. O que está se levantando (os advogados de Claudia Regina) é uma tese e por isso seguirei todos os prazos de lei. O processo está para manifestação do prefeito (Francisco José Júnior) e depois abro para vista do Ministério Público.

Como o senhor avalia esse início de campanha da eleição suplementar de Mossoró?

Pela experiência que tive nas eleições anteriores eu já esperava. Veja que tivemos, na eleição passada, a judicialização e a confirmação pelo Tribunal Regional Eleitoral. É natural. Estou preocupado com cada momento. Estou trabalhando, estou no meio da rua. Aliás, eu vou para o meio da rua e vejo que o meu trabalho de poder de polícia preventivo tem surtido efeito. Veja que no caso das convenções eu determinei que fosse cartoriais e todas foram. Agimos preventivamente para que as convenções não se transformassem em comícios. Estamos seguindo todas as fases e com fiscalização.

*TN/JBelmont.