terça-feira, 22 de julho de 2014

Mossoroense cursará doutorado em universidade australiana

A universitária mossoroense Valéria Ingrith Almeida Lima passou na seleção de PhD do Programa de Doutorado em Engenharia Química da The University of New South Wales, em Sidney, na Austrália.
Ela informou pelas redes sociais que já se encontra em terras australianas onde fará pós-graduação. Valéria Andrade é aluna do curso de Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa).
O doutorado da estudante mossoroense será custeado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) através do programa federal Ciências Sem Fronteiras.
*Com informações do Blog de Paulo Martins/De Fato.

Saida de pista na RN 117 com vitimas presas dentro do carro

Aconteceu agora há pouco um capotamento na RN 117, bem próximo a saída para a cidade de Governador Dix Sept Rosado. Lucia Maria da Silva Dantas de Medeiros, 52 anos de idade, contadora, tentou desviar um obstáculo na via, perdeu o controle do volante e seu carro tipo Pajero, desceu o barranco indo para la em baixo dentro de uma vegetação rasteira. Lucia e o esposo ficaram presos dentro do carro sendo necessária a intervenção da equipe de resgate do Corpo de Bombeiros para retirá-los. Todos estão bem, apenas Lucia foi conduzida para avaliação medica no Tarcísio Maia.
 
Imagens do Camera 2
 
Passando na Hora
Passando na Hora
*Via O Câmera.

Rapaz que pegava comida no lixo muda o destino e se forma em medicina

Cícero Pereira Batista encantou-se com um livro de biologia que encontrou no lixo quando estava na 4ª série.

“Eu queria te dizer que determinismo social não existe”. É assim que Cícero Pereira Batista define sua história de vida. Ele nasceu em uma família pobre, seu pai morreu quando ainda era novo, sua mãe tornou-se alcoólatra e, para sobreviver, ele e seus sete irmãos viviam com os restos de comida que catavam no lixo ou nos mercados. Ele tinha tudo para continuar na miséria ou entrar no mundo das drogas. Mas decidiu seguir outro caminho.

Este ano, no início de junho, com 33 anos, Cícero formou-se em medicina por uma universidade particular de Brasília, a Faciplac. Para colocar a mão no diploma, teve que se esforçar mais do que a maioria de seus colegas de curso. Ele não deixou de trabalhar mesmo frequentando aulas que aconteciam de manhã e à tarde.

O interesse de Cícero pela biologia começou nos primeiros anos da escola. Apesar de não ter muito apoio da mãe, uma vizinha o matriculou no colégio. Enquanto não estava na aula, ele continuava revirando as lixeiras da capital brasileira. Mas, às vezes, acabava levando mais do que alimentos. Começou a pegar também livros e discos de vinil. Foi assim que descobriu uma apostila didática de biologia e a música de Johann Sebastian Bach. O primeiro, ele lia com curiosidade. O segundo, levava para a vitrola da vizinha.

Um dia, encontrou uma máquina fotográfica descartável. Desmontou o aparelho e ficou só com a lente, que usava como lupa para observar as pulgas dos cachorros com os quais convivia. Achou fascinante quando descobriu a semelhança entre os artrópodes e as figuras que apareciam em algumas páginas do livro.

O tempo passou e, no último ano do ensino fundamental, Cícero resolveu fazer o vestibulinho para cursar o ensino médio profissionalizante com especialização em técnico de enfermagem. Mesmo com os estudos exigindo mais dedicação, ele continuou fazendo alguns “bicos”, como vigiar carros e, depois, como profissional de enfermagem. Porque não tinha dinheiro para o ônibus, às vezes ia a pé de sua casa em Taguatinga para a escola na Ceilândia – cidades satélite de Brasília.

*Fonte: JH/Blog do Robson Freitas.

Ariano Suassuna sofre AVC hemorrágico e passa por cirurgia no Hospital Português

O Diário de Pernambuco noticiou que o escritor Ariano Suassuna foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Real Hospital Português, na noite desta segunda-feira (21), após ter sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico. De acordo com os médicos, o estado de saúde do dramaturgo é considerado grave, porém estável. Ariano Suassuna foi hospitalizado às 20h desta segunda com um sangramento intracraniano. Ele foi levado para a sala de cirurgia em um procedimento emergencial. A operação neurológica foi considerada bem sucedida e terminou por volta das 23h.

De acordo com o Hospital Português, ele foi encaminhado para a UTI Neurológica da unidade de saúde e não tem previsão de alta. Na última sexta-feira (18), o escritor concedeu uma aula espetáculo no Festival de Inverno de Garanhuns, no Agreste. Na manhã do sábado (19), ainda tirou fotos com fãs que participavam do evento. Segundo Samaroni Lima, assessor de Ariano, ele estava ótimo e muito animada. “Não se queixou de fraquezas ou qualquer outro problema. Ele estava normal, estava bem”, contou. Ainda de acordo com o assessor, o autor não tinha aulas programadas para esta semana.

*O Xerife.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO