domingo, 26 de outubro de 2014

Henrique agradece pelos votos

Com o resultado nas urnas favorável ao adversário, o deputado Henrique Eduardo Alves falou à imprensa, no final da apuração, quando agradeceu os votos conseguidos nas urnas e o apoio dos diversos partidos e lideranças. O presidente da Câmara dos Deputados diz que não se arrepende de nada e que deixa campanha de cabeça erguida.
Confira a mensagem de Henrique Eduardo Alves:

"Eu agradeço a todos os que me apoiaram, a cada cidadão que me confiou o voto e conseguimos fazer esta bonita campanha. Eu enfrentei de cabeça erguida, uma quando fui convocado para esta luta pelo meu partido, o PMDB, por outros partidos, e lideranças e me dediquei totalmente. Eu me entreguei de corpo e alma e dei o que eu tinha de competência, de experiência na vida política, desde os 28 anos de idade. E saio bastante tranquilo.

Como tenho uma formação democrática e por aprendizado também, venho aqui desejar ao futuro governador eleito, Robinson Faria, que cumpra com todos os seus compromissos. De nossa parte, ele terá uma oposição vigilante e democrática, como deve ser.

Não me arrependo de nada do que fiz. Pelo contrário, a trajetória que tenho de 11 mandatos de deputado federal, com o que consegui, com os projetos que realizei para o meu estado, acredito ter chegado a hora de oferecer ao meu Estado tudo que fiz e minha experiência, com muita honra, dedicação serenidade e minha campanha mostrou esse posicionamento.

E do jeito que entrei, eu saio de cabeça erguida por ter dado o melhor de mim, no momento que o Estado mais precisou de mim, seja nos debates, na campanha no contato porta a porta, e isso me fez reconhecer essa bonita campanha pelas estradas do meu Estado.”
 


*TN .

Dilma se diz 'disposta ao diálogo' e afirma que país não está dividido

Reeleita neste domingo (26), presidente fez pronunciamento em Brasília.
Petista agradeceu no discurso ao ex-presidente Lula, seu padrinho político.
Em seu primeiro pronunciamento após ser confirmada como presidente reeleita do Brasil, Dilma Rousseff (PT) afirmou neste domingo (26) não acreditar que a acirrada disputa eleitoral, decidida por uma diferença de cerca de 3,4 milhões de votos, tenha “dividido” o país. A petista ressaltou ao longo dos 26 minutos de discurso que está "disposta ao diálogo" e que quer ser uma presidente "melhor" em seu segundo mandato.

“Conclamo, sem exceção, a todas as brasileiras e brasileiros para nos unirmos em favor do futuro de nossa pátria. Não acredito que essas eleições tenham dividido o país ao meio. Creio que elas mobilizaram ideias e emoções às vezes contraditórias, mas movidas por um sentimento comum: a busca por um futuro melhor”, declarou Dilma no pronunciamento realizado em um hotel de Brasília pouco mais de uma hora após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmar que ela estava matematicamente eleita.

Dilma venceu Aécio Neves (PSDB) na disputa em segundo turno e foi reeleita para um novo mandato como presidente da República (2015-2018). O resultado foi confirmado pelo sistema de apuração do TSE às 20h27min53, quando 98% das urnas estavam apuradas e não havia mais possibilidade matemática de virada.

Até a última atualização desta reportagem, com 99,98% das urnas apuradas, a petista tinha 54.493.372 votos (51,64%) e o tucano, 51.034.114 votos (48,36%).

Ao final de uma campanha eleitoral marcada por ataques mútuos entre Dilma e Aécio, a presidente reeleita disse que quer governar “da forma mais pacífica e democrática”. Ela destacou que está disposta a abrir um grande espaço de diálogo com todos os setores da sociedade para acelerar a busca para os principais problemas do país.

"Minhas primeiras palavras são, portanto, de chamamento e união. Democracia madura e união não significam necessariamente unidade de ideias nem ação monolítica conjunta, mas, em primeiro lugar, disposição para o diálogo. Esta presidente aqui está disposta ao diálogo", complementou.

Dilma afirmou que pretende efetivar grandes projetos e que a prioridade será a reforma política. “Entre as reformas, a primeira e mais importante é a reforma política. Quero discutir esse tema profundamente com o Congresso e a população ”, disse.

Em meio a investigações de um suposto esquema de propina na Petrobras que teria sido utilizado para abastecer o caixa do PT, a presidente reeleita disse que vai combater a corrupção.
“Terei o compromisso rigoroso com o combate à corrupção, propondo mudanças na legislação atual para acabar com a impunidade”, disse.

Dilma encerrou o discurso dizendo que “não fugirá da luta”. “Vamos dar as mãos e avançar nessa caminha que vai nos ajudar a construir o presente e o futuro. Brasil, mais uma vez essa filha tua não fugirá da luta. Viva o Brasil, viva o povo brasileiro”, disse, sendo aplaudida pela militância.

Após a fala, o público presente ao evento cantou um trecho do hino nacional. A presidente acompanhou e, em seguida, passou a abraçar os aliados que estavam no palco, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente do PT, Rui Falcão.


*G1 Brasília.

Aécio deseja sucesso a Dilma e diz que prioridade é unir o Brasil

Em Belo Horizonte, tucano citou apóstolo Paulo: 'combati o bom combate'.
Ele agradeceu aos eleitores, mais de 50 milhões que 'apontaram mudança'.


Derrotado na disputa para a Presidência da República, o candidato do PSDB, Aécio Neves, afirmou neste domingo (26) que ligou para a presidente reeleita Dilma Rousseff, do PT, para desejar sucesso no novo mandato e que "a maior de todas as prioridades é unir o Brasil".

"Cumprimentei agora há pouco, por telefone, a presidente reeleita e desejei a ela sucesso na condução de seu próximo governo. E ressaltei que considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado e que dignifique a todos os brasileiros", afirmou.

Em pronunciamento em Belo Horizonte, o tucano também agradeceu a seus eleitores, "mais de 50 milhões de brasileiros que apontaram o caminho da mudança", disse.

Até a última atualização desta reportagem, as urnas contabilizavam 51 milhões de votos para Aécio (48,36% dos votos válidos) e 54,4 milhões para Dilma (51,64%).

Ao finalizar sua declaração, Aécio citou o apóstolo São Paulo, dizendo que combateu "o bom combate". "Mais vivo do nunca, mais sonhador do que nunca, eu deixo essa campanha ao final com o sentimento de que cumprimentos nosso papel. Combati o bom combate, cumpri minha missão, e guardei a fé. Muito obrigado a todos os brasileiros", concluiu.

De acordo com um policial militar que acompanhou a movimentação, cerca de 300 apoiadores e eleitores de Aécio Neves estiveram em frente e dentro do hotel, onde o candidato fez seu pronunciamento de encerramento de campanha.

Eles gritavam palavras de ordem e de apoio a Aécio, como "Aécio não desista" e "Aécio guerreiro, orgulho brasileiro". Os militantes também hostilizaram Dilma, gritando "Fora Dilma", além de ofensas. Apesar da derrota, foi um clima tranquilo, sem a presença de militantes do PT. Depois que o senador Aécio Neves deixou o hotel, a multidão se dispersou.

*G1 BH

ELEIÇÕES 2014: DILMA VENCE AÉCIO NEVES E SE REELEGE PRESIDENTE DA REÚBLICA


98%das seções apuradas
  1. Dilma
    Dilma
    51,48%
    Eleito
  2. Aécio Neves
    Aécio Neves
    48,52%

ELEIÇÕES 2014: RESULTADO PARA GOVERNADOR EM APODI



Confira os resultados para Governo do RN em Apodi - 100% dos votos apurados.

Robinson 10.879 votos 50,70%

Henrique 10.577 votos 49,30%

Maioria de 302 votos.

ELEIÇÕES 2014: PARA PRESIDENTE

97%das seções apuradas
  1. Dilma
    Dilma
    51,26%
  2. Aécio Neves
    Aécio Neves
    48,74%

ELEIÇÕES 2014: PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Presidente

50,99 %
Total: 51.382.612
X
49,01 %
Total: 49.392.582

Governador

54,43 %
Total: 872.191
X
45,57 %
Total: 730.352

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR CE

91%das seções apuradas
  1. Camilo
    Camilo
    53,10%
  2. Eunício
    Eunício
    46,90%

Garibaldi diz que talvez faltou visibilidade para Henrique

Por volta das 18h15, o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, se pronunciou sobre a derrota nas urnas do primo Henrique Eduardo Alves (PMDB). “É preciso fazer uma análise mais profunda para não cometermos nenhuma injustiça. Faltaram votos. Henrique teve a seu favor toda uma experiência no Legislativo, mas talvez faltou visibilidade”.

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR RN

98%das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    54,42%
    Eleito
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    45,58%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR CE

79%das seções apuradas
  1. Camilo
    Camilo
    52,79%
  2. Eunício
    Eunício
    47,21%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR RN

94%das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    54,38%
    Eleito
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    45,62%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR PB

97%das seções apuradas
  1. Ricardo Coutinho
    Ricardo Coutinho
    52,63%
    Eleito
  2. Cassio Cunha Lima
    Cassio Cunha Lima
    47,37%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR RN

91% das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    54,29%
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    45,71%

VOTAÇÃO NO BRASIL SÓ VAI SAIR 20h

TSE já apurou 73,35% dos votos no Brasil. Primeira parcial está prevista para às 19h, quando acaba a votação no Acre.

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR RN

82%das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    54,02%
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    45,98%

RJ, RS, GO e DF têm eleitos; siga apuração em 6 estados

RJ = GOVERNADOR ELEITO: LUIS FERNANDO PEZÃO - 55,89% DOS VOTOS APURADOS
RS = GOVERNADOR ELEITO: JOSÉ IVO SARTORI - 61,21% DOS VOTOS APURADOS
GO = GOVERNADOR ELEITO: MARCONI PELILO - 57% DOS VOTOS APURADOS
DF = GOVERNADOR ELEITO: ROLLEMBERG - 55,56% DOS VOTOS APURADOS

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR RN

63%das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    53,46%
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    46,54%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR CE

35%das seções apuradas
  1. Camilo
    Camilo
    52,24%
  2. Eunício
    Eunício
    47,76%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR DO RN

47%das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    53,18%
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    46,82%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR DO RJ

97%das seções apuradas
  1. Luiz Fernando Pezão
    Luiz Fernando Pezão
    56,03%
    Eleito
  2. Marcelo Crivella
    Marcelo Crivella
    43,97%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR DO RN

39%das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    52,78%
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    47,22%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR CE

19%das seções apuradas
  1. Camilo
    Camilo
    52,99%
  2. Eunício
    Eunício
    47,01%

ELEIÇÕES 2014: PARA O GOVERNADOR DE GOIÁS

95%das seções apuradas
  1. Marconi Perillo
    Marconi Perillo
    57,49%
    Eleito
  2. Iris Rezende
    Iris Rezende
    42,51%

ELEIÇÕES 2014: PARA GOVERNADOR DO RS

87%das seções apuradas

  1. José Ivo Sartori
    José Ivo Sartori
    61,23%
    Eleito
  2. Tarso Genro
    Tarso Genro
    38,77%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR DO RN

16%das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    52,25%
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    47,75%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR RN

10%das seções apuradas
  1. Robinson Faria
    Robinson Faria
    52,16%
  2. Henrique Eduardo
    Henrique Eduardo
    47,84%

ELEIÇÕES 2014: GOVERNADOR RJ

79%das seções apuradas
  1. Luiz Fernando Pezão
    Luiz Fernando Pezão
    56,67%
  2. Marcelo Crivella
    Marcelo Crivella
    43,33%

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO