terça-feira, 16 de dezembro de 2014

WILSON OLIVEIRA: AS CAMPANHAS CONTINUAM

A pedido de amigos de Apodi, visitamos os familiares da sra. Nilma de Oliveira Medeiros que mora no bairro IPE, que hoje se encontra internada no hospital Rafael Fernandes em Mossoró com suspeita de problema grave nos pulmões. Estamos na localidade com a campanha para ajudá-la, ela está precisando de fraldões, e ajuda nas passagens para as pessoas que vão ficar com ela revezando durante a semana no hospital e todo tipo de ajuda que for possível dos doadores. Quem quiser nos ajudar, é só ligar 9156-3020 ou 9820-9649, já arrecadamos alguns fraldões e mais de R$ 200,00. 

WILSON OLIVEIRA: COLHENDO CASCAS DE PLANTAS MEDICINAIS

Fomos até a chapada de Apodi colher cascas de QUIXABEIRA BRANCA, AMEIXA, AROEIRA para doar às pessoas, que sofrem com problemas de Hérnia de disco, dores na coluna, rins, começo de úlceras, útero inflamado, gastrite, cicatrização e diabetes. Quem quiser as cascas, é só ligar 9156-3020 ou 9820-9649 ou deixe o recado no facebook.

WILSON OLIVEIRA: ENTREGA DE MAIS UMA CADEIRA DE RODAS

Fomos ao Sítio Baixa do Tubarão na chapada de Apodi deixar uma cadeira de rodas para a mãe de Tereza. A mesma passava o dia deitada, dentro de casa, agora ela poderá ficar mais a vontade, com conforto em todos os lugares de sua residência, agradecemos a todos que nos ajudam a ajudar às pessoas do nosso município!
Obs: na janela a mãe de Tereza.

WILSON OLIVEIRA: CONTINUA AJUDANDO A QUEM PRECISA

Fomos ao Sítio Poço de Tilon, a pedido da irmã de Ranilson a casa da dona Rita, que é mãe de Wilson de Sousa Praxedes, que precisa de uma adaptação nessa cadeira de rodas. O mesmo não se segura sozinho, na hora das refeições, passando quase o dia todo deitado. O transporte para levá-lo nós já conseguimos e só falta o local para fazer a adaptação da cadeira. Quem quiser ajudar, ligue: 9156-3020 ou 9820-9649 e deixe a sua informação, que para nós tem muita importância!

HOJE É O ANIVERSÁRIO DE MAYSA MORAIS!!!!

Hoje, (16/12) essa princesa completa mais um ano de vida, e já transmite muitas alegrias para toda a família! Maysa Morais, parabéns e que Deus a abençoe sempre! Felicidades para a prima!!!

EM VISITA A ZÉ MORAIS E VALDEMIRA MORAIS EM SEVERIANO MELO HOJE

Em visita a familiares em Severiano Melo na manhã de hoje (16/1/2014) com meu pai, João Morais.
Tanta receptividade, isso mostra a gentileza da família Morais, que mesmo distante, e tanto tempo sem se ver, não perde as suas origens!
 Valdemira Morais, 89 anos e meu pai João Morais
 José Morais, 85 anos
João Morais, Zé Morais e esposa
 João Morais e José Morais

PASTOR WELITTON DA IGREJA BATISTA DE APODI ESTÁ SE RECUPERANDO

Depois de passar por problemas de saúde, o Pastor Welitton foi cirurgiado e passa bem!
Muitas orações foram feitas e o Pastor recebeu a proteção de Deus, está se recuperando e com os poderes do Deus pai, todo poderoso, ele logo deve estar pregando e agradecendo pelo restabelecimento de sua saúde!

Juiz aceita denúncia contra mais 11 acusados na Lava Jato

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato na primeira instância, aceitou nesta terça (16) denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra 11 pessoas por suspeita de participação em crimes como corrupção, formação de organização criminosa e lavagem de dinheiro. Outras cinco pessoas, que já viraram réus em outras ações, também tiveram esta denúncia aceita.

Moro aceitou denúncias contra os seguintes suspeitos:

Alberto Youssef, suspeito de chefiar o esquema de corrupção e réu em outros processos ligados a Lava Jato;
Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras e réu em outros processos ligados a Lava Jato;
Waldomiro de Oliveira, dono da empresa MO Consultoria e réu em outros processos ligados a Lava Jato;
Carlos Alberto Pereira da Costa, representante formal da GFD Investimentos, pertencente a Alberto Youssef e réu em outros processos ligados a Lava Jato;
Enivaldo Quadrado, ex-dono da corretora Bônus Banval, que atuava na área financeira da GFD e réu em outros processos ligados a Lava Jato;
João Procópio de Almeida Prado, apontado como operador das contas de Youssef no exterior;
Sergio Cunha Mendes, vice-presidente executivo da Mendes Júnior;
Rogério Cunha de Oliveira, diretor da área de óleo e gás da Mendes Júnior;
Ângelo Alves Mendes, vice-presidente da Mendes Júnior;
Alberto Elísio Vilaça Gomes, executivo da Mendes Júnior;
José Humberto Cruvinel Resende, funcionário da Mendes Júnior;
Antônio Carlos Fioravante Brasil Pieruccini, advogado que teria recebido propina de Alberto Youssef;
Mario Lúcio de Oliveira, diretor de uma agência de viagens que atuava na empresa GFD, segundo delação de Alberto Youssef;
Ricardo Ribeiro Pessoa, presidente da construtora UTC, suposto chefe do "clube" de empreiteiras que atuava na Petrobras;
João de Teive e Argollo, diretor de Novos Negócios na UTC;
Sandra Raphael Guimarães, funcionária da UTC.

Os investigados passam agora à condição de réus no processo. Nesta segunda (15), Moro já havia aceitado outras duas denúncias contra dez pessoas investigadas no processo. Entre eles estavam executivos da Galvão Engenharia e da OAS. Na sexta (12), Moro aceitou a primeira denúncia, contra nove pessoas, dentre elas, quatro executivos da construtora Engevix.

Com a decisão do magistrado, dos 39 investigados no processo e que foram denunciados pelo Ministério Público, apenas nove não se tornaram réus no processo. São eles:

Adarico Negromonte Filho, irmão do ex-ministro das Cidades Mário Negromonte (PP-BA), apontado como emissário de Youssef;
Dalton Santos Avancini, presidente da Camargo Corrêa;

Eduardo Hermelino Leite, vice-presidente da Camargo Corrêa;
Fernando Soares, lobista conhecido como Fernando Baiano, apontado como um dos operadores do esquema de corrupção na Petrobras;
João Ricardo Auler, presidente do Conselho de Administração da Camargo Corrêa;
Júlio Camargo, executivo da Toyo Setal;
Mário Andrade Bonilho, sócio e administrador da empresa Sanko-Sider;
Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobras;
Jayme Alves de Oliveira Filho, suspeito de envolvimento com Youssef na prática de lavagem de dinheiro.

O Ministério Público dividiu os 39 denunciados em seis diferentes ações. Alberto Youssef, Paulo Roberto Costa e Waldomiro de Oliveira são citados nas cinco denúncias apresentadas na última quinta-feira (11). Elas foram divididas de acordo com a participação de cada empreiteira no esquema, segundo o MPF. Enquanto Youssef e Oliveira foram apontados como operadores do dinheiro pago pelas empreiteiras, Paulo Roberto Costa era diretor de Abastecimento da Petrobras - núcleo que foi alvo da primeira leva de denúncias. Até o momento, os três já viraram réus em quatro processos.

Entenda a Lava Jato

 
A Operação Lava Jato começou investigando um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões. A investigação resultou na descoberta de um esquema de desvio de recursos da Petrobras, segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

Na primeira fase da operação, deflagrada em março deste ano, foram presos, entre outras pessoas, o doleiro Alberto Youssef, apontado como chefe do esquema, e o ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa.

A sétima fase da operação policial, deflagrada no mês passado, teve como foco executivos e funcionários de nove grandes empreiteiras que mantêm contratos com a Petrobras em um valor total de R$ 59 bilhões.

Parte desses contratos está sob investigação da Receita Federal, do MPF e da Polícia Federal. Ao todo, foram expedidos na sétima etapa da operação 85 mandados em municípios do Paraná, de Minas Gerais, de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Pernambuco e do Distrito Federal.

Conforme balanço divulgado pela PF, 25 pessoas foram presas. Também foram cumpridos 49 mandados de busca e apreensão e foram expedidos nove mandados de condução coercitiva (quando a pessoa é obrigada a ir à polícia prestar depoimento), mas os policiais conseguiram cumprir seis.



*G1

WILSON OLIVEIRA: MAIS UMA CADEIRA DE RODAS FOI ENTREGUE

A pedido de sua filha na noite de sexta feira fizemos uma Campanha Relâmpago para dona Antônia no bairro Malvinas, a mesma não tinha cadeira de rodas e foi preciso agir logo diante da necessidade LEVAMOS UMA CADEIRA DE RODAS NOVA para ajudar La a ter mais conforto, obrigado à todos que nos ajuda a ajudar as pessoas de nosso município.
Obs: no fundo dentro de casa dona Antônia.

WILSON OLIVEIRA: CONSEGUIU UMA CADEIRA DE RODAS PARA O GAROTO NÍCOLAS

Hoje sexta feira 12 de dezembro retornei depois de ''14 dias a casa de dona Toinha'' que é mãe de Keila que por sua vez é mãe do jovem Nícolas de 04 anos do bairro bico torto que estava precisando adquirir uma CADEIRA DE RODAS ESPECIAL, a campanha adquiriu uma CADEIRA DE RODAS NOVA e a quantia de mais de R$ 800,00 reais, que servirá para fretar um transporte para Nicolas ir no dia 21 de janeiro de 2015 se apresentar aos médicos do Hospital Sarah Kubitschek em Fortaleza-CE. agradecemos à todos que nos ajuda á ajudar as pessoas carentes de nosso município.

WILSON OLIVEIRA: COLHENDO FOLHAS DE JARAMATAIA

Hoje de manhã 12 de dezembro colhendo as Folhas da Jaramataia depois de colhida vai para secagem e em seguida colocadas em 100g nas sacolas e doadas gratuitamente para as '' pessoas que sofrem com doenças de próstatas, Hérnia de disco, e nódulos nos seios.

Ônibus escolar atropela e mata garoto de 14 anos na zona rural de Ipanguaçu

Acidente aconteceu nesta segunda-feira 15 de Dezembro na zona rural de Ipanguaçu. 
Adolescente ainda foi socorrido ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Um adolescente de nome Marcos Vinicius da Costa de 14 anos de idade morreu na tarde desta segunda-feira (15) após ser atropelado por um ônibus escolar na zona rural de Ipanguaçu, município da região Oeste potiguar. Segundo o soldado Theógenes Freitas, da Polícia Militar da região, o garoto estava em uma motocicleta quando foi atingido pelo veículo.
"Ainda não sabemos se o ônibus estava cheio. Quando chegamos não havia mais ninguém, e o motorista também não estava mais no local", afirmou o policial.

Ainda de acordo com o soldado, o acidente aconteceu em uma estrada de terra no sítio Tira Fogo. Moradores da região ainda socorreram o garoto para o Hospital Regional de Assú, mas ele não resistiu aos ferimentos. "O ônibus será recolhido para o 10º Batalhão da PM", acrescentou.

*Portal G1/Imagem disponibilizada no Whatsapp/O Câmera.