quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

WILSON OLIVEIRA: TODA QUINTA TEM LEITE PARA OS OUVINTES

Todas as quinta feira feira no Programa Noticias de Hoje com Wilson Oliveira tem 100 litros de leite na '' campanha garotos de futuro '' para crianças de 0 à 10 anos, ligue 9156 3020 ou 9820 9649 e indique seu filho, neto, bisneto, sobrinho, ajude nos a ajudar o futuro de nossa terra, que são os garotos de futuro.

WILSON OLIVEIRA: AS CAMPANHAS CONTINUAM

Sonely, cunhada de Déo Cezar Batista de Lima, que sofreu um grave acidente, foi operado e já saiu da UTI e precisou de nossa ajuda com medicamentos, fraldões e hidratantes veio agradecer as ajudas recebidas dessa campanha, agradecemos a todos que nos ajudam a ajudar às pessoas desse município!

WILSON OLIVEIRA: TODA QUARTA TEM A FEIRA DO PESCADOR

Todas as quarta feiras no Programa Notícias de Hoje tem : UMA PALHA DE PEIXE, e uma CESTA BÁSICA ESPECIAL para os pescadores da colônia Z48 de Apodi.

WILSON OLIVEIRA: CONTINUA COM AS CAMPANHAS

Dois dias depois da visita aos familiares da Sra. Nilma de Oliveira Medeiros, que mora no bairro IPE, que hoje se encontra internada no hospital Rafael Fernandes em Mossoró, já foi adquirido um colchão, pomadas, óleo hidratante, mais fraldões e mais de R$ 200 reais, quem quiser ajudar pode ir até a casa dos familiares ou ligar 9156-3020 ou 9820-9649. Agradecemos desde de já, a todos que nos ajudam a ajudar às pessoas deste município!

WILSON OLIVEIRA: CONTINUA COM AS CAMPANHAS

Na tarde de terça feira, dia 16 de dezembro entregamos nas mãos de Erivan Morais mais alguns presentes para o Grupo de Jovens do bairro Bacurau I, agradecemos à todos que nos ajuda à ajudar as pessoas de nosso município.

Ex-marido invade ônibus, esfaqueia cobradora, é espancado por populares e preso

Alexandra Moreira foi socorrida, mas não resistiu e acabou morrendo.
Foto: Cedida

A cobradora de ônibus Alexandra Moreira da Silva, de 32 anos, morreu após ser esfaqueada, na manhã desta quinta-feira (18), dentro do transporte coletivo em que trabalhava. O suspeito do crime é o ex-marido dela, que chegou a ser detido e espancado por populares. O homem teve que ser levado para o Pronto Socorro Clóvis Sarinho.

Alexandra Moreira trabalhava na empresa Conceição. Quando o ônibus passava no bairro de Felipe Camarão, o ex-marido dela entrou no veículo e desferiu golpes de faca no peito e na perna da vítima.

Faca usada no crime foi encontrada quebrada (Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)

Rapidamente, populares que estavam no ônibus partiram para cima do suspeito e conseguiram contê-lo. O homem foi espancado até a chegada da Polícia Militar, que o levou para o hospital. Alexandra Moreira também foi socorrida, no entanto, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo a caminho do hospital.

*Fonte: Porta BO/Blog do Robson Freitas.

Recital de Natal do Campus Apodi será realizado nesta quarta-feira

Ocorrerá nesta quarta-feira (17/12) o Recital de Natal do Campus Apodi.

O evento contará com as participações do Coral do Campus Apodi e do Coral da Igreja Batista Regular Central (Mossoró).

CPI da Petrobras aprova relatório de Maia e recomenda indiciamento de 52

Em sua última reunião, a CPI mista da Petrobras aprovou nesta quinta-feira (18), por 19 votos a favor e oito contrários, o relatório final elaborado pelo deputado Marco Maia (PT-RS) que recomenda ao Ministério Público Federal o indiciamento de 52 pessoas envolvidas nas investigações da Operação Lava Jato. O parecer alternativo elaborado pelos oposicionistas não foi colocado em votação.

O documento pede indiciamento de pessoas que já estão sendo investigadas pela Justiça, como o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, mas poupa políticos que teriam se beneficiado pelo suposto esquema de pagamento de propina instalado na empresa.

A CPI não tem poder de indiciar, por isso o relatório se limita a recomendar as investigações à Procuradoria-Geral da República. Parte dos indiciamentos propostos pela comissão, porém, não terão efeito prático, já que a maioria dos nomes já foi denunciada à Justiça, tornando-se réus em processos.

O parecer aprovado foi alterado pelo deputado Marco Maia após receber diversas críticas da oposição. Até a semana passada, o relator não recomendava nenhum indiciamento e se limitava “corroborar e ratificar” os indiciamentos já adotados pela Justiça e sugerir somente o “aprofundamento” das investigações na operação.

A oposição classificou o relatório como “chapa branca” e defendeu uma nova CPI em 2015 para aprofundar as investigações. “Ele não cita nenhum político, por isso o PMDB, o PT e o PP vieram em bloco votar a favor do relatório chapa branca. Todos estão envolvidos”, criticou o líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR).

O relator saiu em defesa do seu parecer, que, segundo ele, é “denso” e tem condições de “ajudar a Petrobras e o país a superar dificuldades”. “Não é governista, não é chapa branca”, retrucou.

Políticos não foram indiciados, afirmou Maia, porque a CPI não teve acesso às delações premiadas. “Não podemos ser levianos de apresentar indiciamentos para pessoas que foram citadas exclusivamente por um jornal”, justificou-se. “Seria irresponsável”.

O relator voltou a defender a saída de Graça Foster e da diretoria da Petrobras, mas destacou que “não há nenhum indício de participação da atual direção e da presidenta em qualquer irregularidade”. “É por uma questão de condição política, condição emocional”, disse.

Indiciamentos
O novo relatório, que foi aprovado nesta quinta, pede indiciamento de Paulo Roberto Costa pelos crimes de participação em organização criminosa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e destruição de provas. Ao doleiro Alberto Youssef, por participação em organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva. Já ao ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, por participação em organização criminosa e corrupção passiva.

A lista de indiciados também traz o ex-diretor da Petrobras Renato Duque; outros dois ex-dirigentes Pedro Barusco e Silas Oliva; a ex-contadora de Youssef, Meire Poza; as filhas e genros de Paulo Roberto Costa e ainda uma série de empresários e dirigentes de empreiteiras suspeitas de celebrarem contratos irregulares com a petroleira.

O relatório, porém, deixa de lado políticos que podem ter sido beneficiados pelo suposto esquema de pagamento de propina instalado na Petrobras. Políticos de PMDB, PT e PP foram citados pelos delatores do esquema, Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa, mas a CPI mista não teve acesso ao conteúdo desses depoimentos, feitos em acordo de delação premiada e mantidos em sigilo.

O documento ainda aponta “potencial prejuízo de US$ 561,5 milhões aos cofres da Petrobras” pela compra da refinaria de Pasadena, no Texas. A negociação que motivou a criação da CPI e é suspeita de superfaturamento de US$ 792 milhões pelo Tribunal de Contas da União.

Relatório paralelo
O relatório paralelo da oposição só seria colocado em votação caso o parecer de Marco Maia fosse rejeitado. O documento, elaborado pelo deputado tucano Carlos Sampaio (SP) era mais contundente ao recomendar o indiciamento de 60 pessoas, várias delas poupadas pelo relator, como a presidente da Petrobras, Graça Foster; os deputados André Vargas (sem partido-PR), Luiz Argolo (SD-RJ); o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto; o empresário Fernando Soares (conhecido como Fernando Baiano) e o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

O parecer da oposição também pedia o imediato afastamento da direção da Petrobras e a responsabilização da presidente Dilma Rousseff pelos prejuízos decorrentes da compra da refinaria de Pasadena.

A sessão
Antes da votação, houve intensa discussão sobre se a reunião realizada na noite desta quarta-feira (17) era válida ou não, já que ocorreu simultaneamente à ordem do dia no plenário do Senado. Membros da base do governo pediam que a sessão desta quarta fosse anulada e que houvesse nova fase de discussões sobre o documento. Já os oposicionistas pediam que o texto fosse votado logo no início da reunião, argumentando que as comissões só são proibidas de funcionar simultaneamente ao plenário quando se trata de sessão ordinária, o que não era o caso.

Aos gritos, o deputado Onix Lorenzoni (DEM-RS) acusou o senador Gim Argello (PTB-DF), que presidiu a sessão, de se "omitir" ao deixar a sessão da noite desta quarta sem que o relatório final fosse votado. Exaltado, ele se levantou da cadeira e, aos gritos e com dedo em riste, acusou Gim de dar um “golpe” na CPI.

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), criticou os parlamentares oposicionistas por tentarem "ganhar no grito". Para ele, a oposição "não queria fazer discussão" sobre o relatório final da CPI e, por isso, forçava o colegiado a votar o documento.

Depois da discussão, os membros da CPI firmaram acordo para que apenas dois parlamentares da base do governo e dois de oposição falassem antes da votação do relatório final. Pelo governo, fizeram uso da palavra o deputado Sibá Machado (PT-AC) e Humberto Costa, que criticaram a forma como a oposição atuou na CPI. Para Costa, a oposição "não cumpriu o seu papel" pois baseou sua atuação no colegiado em matérias jornalísticas "que não se provaram".

Já pela oposição, falaram o deputado Onix e o líder do PPS, Rubens Bueno. Os dois pediram que o relatório paralelo, elaborado por Carlos Sampaio, fosse aprovado. O líder, inclusive, afirmou que estava presenciando um "teatro cínico" dos parlamentares governistas que, na opinião dele, tentavam "blindar" os envolvidos no esquema de corrupção.

*G1

URGENTE: Vice-Governador eleito e advogada são assaltados em frente ao prédio onde mora Robinson Faria

Do Blog de Thaisa Galvão/JBelmont.

Desafio extra-extra para o governador Robinson Faria: a Segurança.
Por volta de 2 da madrugada, o vice-governador eleito Fábio Dantas e a advogada Tatiana Mendes Cunha, que integram a equipe de transição, foram assaltados.

Sabe aonde?
Na frente do prédio onde mora o governador, na avenida Sílvio Pedroza, em Areia Preta.
Os dois deixavam o apartamento de Robinson, onde participavam de reunião sobre montagem de secretariado que Robinson quer anunciar uma parte amanhã.
Seis garotos armados abordaram Fábio e Tariana.

Botaram armas na cabeça dos dois e fizeram terrorismo.
Os bandidos levaram alianças, relógio, óculos e a bolsa de Tatiana com carteira e celular.
O terrorismo durou mais de 5 minutos.

“Tô ainda sem dormir. Revólver na cabeça e terrorismo. Só me lembrava dos meus filhos, na hora passava um filme”, disse Fábio Dantas ao Blog.

184ª Morte violenta em Mossoró: Jovem de 19 anos foi morto dentro de casa no Sitio Riachinho

Mais uma morte violenta foi registrada no final da noite de quarta feira 17 de Dezembro de 2014 na cidade de Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. Um jovem de 19 anos de idade foi morto dentro de casa, onde dormia com a esposa, no Sítio Riachinho zona rural do município.

Segundo informações da Polícia, Maximiliano Fernandes da Silva, de 19 anos de idade, foi acordado no meio da noite pelo barulho dos elementos, possivelmente dois, quebrando a porta da frente da casa. Ele ainda tentou fugir por uma janela lateral, mas foi alvejado e morreu, antes de sair totalmente da residência.

Segundo o Perito Criminal Renildo Marcelino, do Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep, o jovem foi alvejado 6 vezes, na cabeça, pescoço e na região lateral do abdômen. Renildo acredita que a arma utilizada foi um revólver, já que no local não foram encontradas capsulas de outro tipo de arma.

Familiares informaram a polícia que o mesmo teve seu nome envolvido em um crime de receptação há cerca de três meses. Ele teria sido pego com uma motocicleta com queixa de roubo, mas segundo a família a moto foi comprada no Vuco Vuco. Nem a família nem a polícia confirmam se a morte de Maximiliano tem relação com o caso.

Após os procedimentos no local o corpo de Maximiliano Fernandes da Silva foi removido e será necropsiado na sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró. 


*Informações e imagens: O Câmera.
 
  Veja a galeria de fotos

Abertura do Natal de Todos acontecerá amanhã,18, em Major Sales

A Prefeitura Municipal de Major Sales realizará uma programação especial durante as festas de fim de ano com eventos para toda a comunidade.

Segue a programação completa:
QUINTA-FEIRA – 18/12 : ABERTURA.
17:30 h – Chegada do Papai Noel, desfile pelas principais ruas da cidade.
18:00 h – Inauguração da decoração natalina
Local: Prefeitura Municipal
• Mensagem do Prefeito Thales Fernandes
• Queima de fogos
• Apresentação do coral “Alegria de Viver”
• Encenação do Nascimento de Jesus
• Apresentação do Grupo de Cavaquinhos do SCFV.

SEXTA-FEIRA – 19/12 e SÁBADO - 20/12 : VISITAÇÃO AO PAPAI NOEL
Local: Prefeitura Municipal
Horário: 18:00 às 21:00 horas
Espaço para fotos, entrega de doces e guloseimas as crianças.

QUARTA-FEIRA – 24/12 – MISSA DO NATAL
Local: Igreja Matriz
Horário: 16:00 horas
VISITAÇÃO AO PAPAI NOEL
Horário: 18:00 às 21:00 horas
Espaço para fotos, entrega de doces e guloseimas as crianças.

QUARTA-FEIRA – 31/12 – REVEILLON
Local: Praça da Matriz
Horário: 21:00 horas
• Sorteio de Brindes do IPTU
• Mensagem do Prefeito Thales Fernandes
• Show Pirotécnico
• Shows com Fernando Farias e Os Morenos.

TRILHAS NA ESCOLA: PROJETO DA UFRN QUER GARANTIR, NA PRÁTICA, ICLUSÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

Por Johnston Evangelista

Incluir socialmente estudantes com necessidades especiais a partir dos atos e não apenas das palavras. Esse é o propósito do projeto Trilhas na Escola, iniciativa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que realiza, a partir de 2015, ações em colégios públicos de Natal conduzidas por alunos portadores de necessidades especiais.

O programa conta com oito universitários bolsistas: três deles apresentam deficiência auditiva, dois possuem deficiência visual e dois são autistas. Em novembro, a Escola Berilo Wanderley, no Conjunto Pirangi, recebeu uma atividade piloto do projeto. Entre outras ações, foram promovidas palestras sobre acessibilidade, bullying e alimentação saudável, além de oficinas e peças teatrais.

O estudante Bruno Luan ministrou oficinas de rádio e de photoshop, e participou da palestra sobre acessibilidade. Portador de autismo, Bruno afirma estar satisfeito com o projeto. “A inclusão social é um tema que muitas vezes é jogado para debaixo do tapete e não é discutido. Essa oportunidade que a Universidade proporciona é importante para que o assunto possa ganhar um fluxo maior, pois a exclusão ainda é muito presente”, analisou.

Fabíola Macedo foi intérprete de Libras dos bolsistas surdos, e encarregou-se de traduzir para o público as mensagens que os universitários apresentavam em seus trabalhos por meio da Língua de Sinais. “Procuramos fazer um evento bem diversificado, com atividades esportivas e artístico-culturais, para mostrar que a pessoa com deficiência pode estar presente em todos os setores da sociedade", explicou Fabíola.
São promovidas peças teatrais, além de oficinas e palestras sobre acessibilidade, bullying e alimentação saudável


Lúcia Regina, diretora do Berilo Wanderley, comentou que o evento trouxe mais conhecimento sobre a inclusão social. “O projeto oferece um olhar diferente. Depois que eles passaram aqui, percebemos que precisamos promover condições de acesso, de participação e de aprendizagem aos alunos com deficiência”, declarou.

Em uma época em que o respeito à diversidade e ao direito à participação social de cada pessoa têm emergido como questões éticas, a discussão sobre a inserção social reivindica uma sociedade mais justa e igualitária. Nesse contexto, o Trilhas na Escola pretende refletir com professores e alunos sobre as práticas de combate à exclusão, além de fomentar entre os participantes a cultura da inclusão.

Dirigidos pela Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) e orientados pela Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais (CAENE), os encontros deverão acontecer aos sábados em instituições de Ensino Médio da capital potiguar. A ação quer mostrar que pessoas com necessidades especiais são capazes de realizar trabalhos como qualquer outra.

"Todas as oportunidades que possam aglutinar e permitir o exercício da acessibilidade são sempre importantes. São uma maneira de aprendermos juntos e acharmos soluções para dificuldades. É um grande desafio", comentou a coordenadora do projeto e pró-reitora adjunta de Extensão da UFRN, professora Maria da Conceição Fraga.

Início

A ideia surgiu durante a Copa do Mundo, quando Conceição Fraga, juntamente com membros da CAENE, lideraram o programa Trilhas na Copa. Nessa proposta, o intuito era – a partir de pesquisas acadêmicas, da troca de experiências e da inclusão social – gerar conhecimento entre estudantes portadores de necessidades especiais sobre os países que jogaram em Natal pelo Mundial: Uruguai, Itália, Japão, Estados Unidos, México, Gana, Grécia e Camarões.

“Queríamos fazer um projeto inovador e propusemos que os bolsistas investigassem a cultura, os costumes, a culinária, a educação, a saúde e a arte desses países”, contou Conceição Fraga. Os alunos expuseram os resultados de suas pesquisas na XX Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC) da UFRN e, em vista do sucesso da atividade, resolveu-se dar continuidade ao trabalho: os alunos participantes do Trilhas na Copa foram convidados a integrar também o Trilhas na Escola.

Depois dos bons resultados da iniciativa no Berilo Wanderley, segundo a coordenadora, o próximo passo é levá-lo, com o mesmo êxito, até outros colégios da capital potiguar. “O nosso objetivo é visitar todas as escolas públicas de Natal, mostrando a importância da inclusão social”, enfatizou Conceição Fraga.

Iniciativa visitará todas as escolas públicas de Natal: inclusão social a partir dos atos e não apenas das palavras.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO