quarta-feira, 4 de março de 2015

ESTUDANTES DE APODI ESTÃO PERDENDO AULAS POR FALTA DE TRANSPORTE

Mães de alunos de várias comunidades de Apodi participaram do Programa Luta ao Meio Dia, da rádio Luta FM cobrando do município uma explicação da falta do transporte escolar.
Em Apodi, tem estudantes que voltam chorando por falta de professora e outros por falta de transporte escolar.
É preocupante a situação, pois já são 4 de março, o ano letivo já começou e ainda não se sabe quem vai assumir a 13ª DIRED. 
No ano passado de 2014, o município de Apodi não fez o convênio com o estado para o transporte escolar.
A verdade é, que os estudantes estão perdendo aulas por falta do transporte.

Acidente com vítima fatal na BR 110 no Bairro Sumaré em Mossoró

Um acidente com vitima fatal foi registrado na manhã de quarta feira 04 de março de 2015, envolvendo uma moto e um caminhão, na BR 110 no Bairro Sumaré em Mossoró.

Djany Kennedy da Silva Marques, 29 anos de idade, morador da Rua Genésio Xavier Rebouças no bairro Planalto 13 de Maio, seguia em uma moto tipo Bros de placa MNX 8543, quando colidiu com um caminhão, de cor branca possivelmente pertencente a uma granja da cidade, o mesmo não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. motorista causador do acidente evadiu-se do local.

Segundo informações de populares o caminhão teria invadido a pista causando o acidente.

Uma viatura da Polícia Militar e da Policia Rodoviária Federal, estiveram no local realizando o isolamento até a chegada do Instituto Técnico e Científico de Policia que fez a remoção do corpo para sede do órgão.


*Fonte: O Câmera.

WILSON OLIVEIRA CONTINUA COM AS CAPANHAS EM APODI

Entregamos uma TV DE 29'' à família dona Francisca esposa do sr Nelim, moradores da rua Luis Jacinto em Apodi, e outra de 14'' ao sr Zizil da Baixa do Caic. Agradecemos a Segundo, esposo de dona Lindalva pela doação, quem tiver algo em casa, que não use mais e se quiser doar, é só ligar (84) 9156-3020 ou 9820-9649 que ajudaremos mais pessoas com essas ações!
''Gratuitamente recebemos, gratuitamente doaremos''!

24ª Morte violenta em Mossoró em 2015: Popular foi morto quando saia de casa no Alto da Conceição

Registro de mais uma morte violenta na cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte. O crime aconteceu na Rua Major Romão, próximo ao Bar do Mutuca no Alto da Conceição.

Antonio Alcimar das Neves, 58 anos de idade, morador da Rua Major Romão, ex presidiário, foi alvejado com vários disparos de arma de fogo e morreu no local.

Segundo informações, o mesmo estava saindo da sua residência em uma carroça, quando foi surpreendidos por elementos em uma motocicleta que chegaram, efetuaram os disparos e fugiram.

Uma viatura da Polícia Militar esta no local realizando o isolamento até a chegada do Instituto Técnico e Científico de Polícia que fará a remoção do corpo para sede do órgão. O mesmo já cumpriu pena por homicídio. 


*Fonte: O Câmera.

Cadê o dinheiro?... Ministério Público constatam irregularidades na saúde de Pau dos Ferros!

O Hospital Regional Cleodon de Andrade, de Pau dos Ferros, recebeu recursos do Governo Federal, através de convênio com o Ministério da Saúde, e, até o momento, não investiu no projeto Rede Cegonha, para o qual foi destinado para ser aplicado de 2012 a 2014.
Esta e outras irregularidades foram constatadas por uma inspeção técnica realizada pelo Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho e Ministério Público Estadual, nesta terça-feira, 24 de fevereiro, nos hospitais e maternidade de Pau dos Ferros.

O projeto Rede Cegonha para o Hospital Regional Doutor Cleodon Carlos de Andrade inclui a implantação de 16 leitos da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), a construção da Casa da Gestante, a adequação do centro obstétrico, entre outras.

Neste caso, conforme contatou o promotor de justiça Paulo Roberto Andrade, o procurador do trabalho Afonso de Paulo Pinheiro e a promotora Iara Maria Pinheiro, os recursos foram liberados para elaboração dos projetos, porém não foram executados.

Durante a inspeção, os órgãos fiscalizaram também as condições sanitárias das unidades hospitalares, além das condições de trabalho dos servidores, existência de insumos essenciais nos centros obstétricos e a permanência de equipe de médicos e enfermeiros.

Após as inspeções constatando as irregularidades, os promotores de Justiça Federal, Estadual e do Trabalho informaram, através de suas assessorias, que vão adotar providências nas três esferas judiciais, solicitando da justiça determinação para sanar os problemas.

*Fonte: Mossoró Hoje/Tabuleiro Grande News.