terça-feira, 21 de abril de 2015

MORADORES DE MOSSORÓ BLOQUEARAM POR DUAS HORAS A BR 304

Um ditado que sempre ouvimos, hoje se configurou em Mossoró, é que cada cidade tem o que o povo merece. De fato Mossoró tem o que o povo merece.  
Desde a semana passada que a impressa divulga um protesto marcado para a manhã de hoje (21), por conta da infinita obra de construção do viaduto que nunca termina e quase ninguém chegou na hora marcada, a movimentação foi tímida comparando a importância do protesto para toda a cidade de Mossoró.  
Ate parece que o povo só gosta de protesto sem finalidades. Mesmo assim o movimento aconteceu, e o recado foi dado com a demonstração de indignação dos que estavam presentes. 
O problema desta obra já é conhecido por toda Mossoró, afinal já são mais de 5 anos que o povo sofre as consequências dos transtornos da obra sem fim. 
O protesto só foi possível por conta da iniciativa de Marcos Antonio da Silva “Marcos Locutor”, que foi buscar apoio junto a entidades depois de ter acontecido um acidente com duas vítimas no local.  
Entre os manifestantes estavam presentes o vereador Genivan Vale (pros), o vice prefeito Luiz Carlos de Mendonça (PT), o radialista José Mendes, e vários lideres comunitários como também a polícia rodoviária federal e a policia militar.


Vejam imagens do protesto:


A rádio AM Difusora de Mossoró transmitiu todo o movimento

O vice prefeito Luiz Carlos disse que vai cobrar da senadora Fátima bezerra agilidade

Genivan Vale, diferente dos outros vereadores veio demonstrar seu apoio

Jose Mendes se diz revoltado com a falta de interesse da classe política de Mossoró


Parentes de vítimas de acidente de transito no local expressaram sua revolta mostrando cartazes com fotos



*De: Pedro Cardoso, do Mossoró em Foco.

48ª Morte violenta em Mossoró: Cabo da Policia Militar baleado no mês de Dezembro do ano passado morreu na madrugada de hoje em Natal

Cabo Ribamar foi baleado durante uma movimentação festiva no conhecido Bar Parada Certa, localizado as margens da BR 304, na saída para Natal, no dia 07 de Dezembro de 2014, em Mossoró no Rio grande do Norte.
 

Ele fazia segurança da festa juntamente com outro Segurança de uma empresa particular e os dois foram baleados depois que separaram uma briga.

O Militar que estava na reserva remunerada foi alvejado com um disparo penetrante na região lombar, enquanto Vinicius Diniz Lima de 19 anos de idade foi alvejado duas vezes nas regiões dos ombros - Ver:

No dia do atentado os dois foram socorridos para o Hospital Tarcísio Maia e aparentemente estavam bem. Na imagem aparece o militar dentro do hospital conversando.

Ribamar teve complicações de saúde em Mossoró e foi transferido para Natal e segundo informações, o responsável pela equipe médica que o atendeu, atestou que a munição estava “Batizada” com veneno, o que teria provocado a sua morte, no final da noite de ontem, 20 de Abril.

Os agentes da Delegacia de Plantão já foram comunicados e devem procurar a família do mesmo para os detalhes da ocorrência.


*Informações: O Câmera.

APODI ESTÁ FICANDO NAS TREVAS! E A POPULAÇÃO PAGANDO A TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA

A situação está ficando cada vez mais complicada em Apodi. A escuridão toma conta de diversas luas e parece não haver solução para o problema. 
A praça da Redenção ou da Maternidade está às escuras e a população pede providências.
A rua Arara Azul, no bairro Bacurau 1, desde o mês de setembro de 2014 também está às escura e a população pede providências, mas o poder público municipal não resolve. De 15 a  19 de abril houve os festejos de Santo Expedito, padroeiro da comunidade, mas a escuridão foi intensa, que alguns moradores ligaram lâmpadas para clarear.
A população não sabe onde o município está aplicando os recursos da taxa de iluminação pública, que não deixa de ser paga todos os meses.
Vergonha Apodi!! O prefeito deveria dar uma boa explicação a população, que está ficando nas trevas!

Sesap recebe visita de representantes da União Cigana do RN


Na tarde desta segunda-feira (20) a Subcoordenadoria de Informação, Educação e Comunicação (SIEC) recebeu a visita dos dois representantes ciganos do Comitê de Promoção das Políticas de Equidade no Rio Grande do Norte, Francisco Antonio e Diana Rorarani. Eles vieram apresentar um relatório das atividades conjuntas da União Cigana do RN com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Uma parceria que acontece desde 2012.

Segundo a representante da UCIRN, no território potiguar atualmente há uma população de 10 a 12 mil ciganos, das etnias Rom e Calon, com predominância desta última. A subcoordenadora da SIEC, Eufrásia Ribeiro apresentou as propostas da Sesap para o fortalecimento das políticas públicas de saúde nas Regiões de Saúde do estado.

“O desconhecimento sobre os ciganos é certamente uma das causas da invisibilidade desta população, o cerne das muitas iniqüidades no Sistema Único de Saúde (SUS). Mas com o comitê e as ações conjuntas intra e intersetorial a Sesap têm avançado para colocar na pauta da saúde pública as vulnerabilidades a que certos grupos populacionais estão mais expostos. Para isso a secretaria, por meio da Coordenadoria de Promoção da Saúde tem desenvolvido um trabalho de cogestão interna no intuito de fortalecer a atenção a essas populações específicas, colocando a pauta no planejamento das ações de saúde no estado”, enfatiza Eufrásia.

Na reunião de hoje estavam presentes Ivana Fernandes subcoordenadora de Ações de Saúde e Ximenya Lopes da Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Sesap, além dos técnicos da SIEC Cinthya Vieira e Geraldo Cavalcanti.

ASCOM/SESAP.
ASCOM/SESAP