sexta-feira, 22 de maio de 2015

ANIVERSARIANTES DE HOJE...

Parabéns Fátima Nobre!!! Hoje você faz mais um ano de vida, concedido por Deus e com certeza ele vai lhe conceder muitos e muitos anos de vida. Feliz aniversário!!!!
Professor Pedro Pinto, parabéns e muitos anos de vida!!!
Grande Silvano, parabéns e muitos anos de vida!!! Muitas chages, muita inspiração! Parabéns!!!

A denúncia do prefeito de Mossoró sobre extorsão é grave

A denúncia do prefeito de Mossoró em relação ao uso de redes sociais para extorsão é grave. É verdade o que Silveira Júnior disse. Serve de alerta para a justiça que deve usar a lei com rigor para coibir os abusos praticados por internautas que denigrem interesseiramente a moral e honra das pessoas como forma de conseguir dinheiro ou favores.

Outra observação que deve ser levada em consideração: é quando a rede social, seja ela qual for, é usada a mando de políticos para denegrir a imagem de alguém.

É crime! A justiça ao receber qualquer tipo de processo neste sentido deveria punir o agressor severamente.


Vi no Xerife.

JÚNIOR MOURA FAZ MUITA GENTE RELEMBRAR O DISCURSO DA NOVA GERAÇÃO E AGORA, VERGONHOSA GERAÇÃO

Suplente de deputado estadual, Júnior Moura mostra a sua insatisfação com o poder público de Apodi na sua página do facebook:
Venho através dessa postagem re-lembrar ao Excelentíssimo Senhor Prefeito de Apodi, que em 2012, quando era candidato somente obteve uma maioria de 2924 porque seu principal discurso foi justamente o discurso de que a educação seria a sua prioridade maior, por isso Excelentíssimo senhor Prefeito Flaviano Monteiro que a grande maioria dos universitários vestiram a camisa e lhe ajudaram a construir uma vitória, que aos olhos de muitos era impossível.

A força política que você tinha em nossa cidade, nasceu na base do diálogo com os vários seguimentos da sociedade Apodiense.

Saiba que agora com essa sua atitude desrespeitosa em marcar com os Universitários e simplesmente não ir, simplesmente mandar recado, e com as demais que vem tomando, consolida a imagem que todo Apodiense passa a ter, de que você agora está fazendo o caminho inverso, o contrario de tudo que fez, se distanciando das discussões da sociedade, descumprindo o que prometeu em praça pública, se tornando um legítimo representante da VERGONHOSA GERAÇÃO.

VEREADORES APODIENSES VÃO A BRASÍLIA NOVAMENTE!

 (Foto do Jornal De Fato)
Vereador Laete Oliveira diz prá colegas vereadores que irão a Brasília, para cobrarem dos nosso Senadores e Deputados federais, que digam a eles, que Apodi esperam deles, os compromissos de campanha, inclusive autorizou que fossem ao gabinete do Deputado Antonio Jácome, deputado em quem votou e pediu a amigos prá votarem.

"Eu, Erivan Morais, filho de Apodi, quero saber o que chegou em Apodi, referente às garantias da última viagem que os vereadores fizeram a Brasília!! Como está o prestígio dos nossos vereadores??? Será que vão cobrar recursos, ou será que vão cobrar as promessas das coisas que garantiram na última viagem??? Aguardo resposta. O que foi que chegou em Apodi, resultado da última viagem dos vereadores de Apodi"???

Movimento sem teto em Apodi ganha mais adepto.

Na manhã de 22 de maio de 2015 aconteceu uma reunião entre o grupo de pessoas que, necessitadas por habitação, pleiteiam a construção de moradia no terreno estatal destinado a programa de habitação próximo ao Fórum. Para a reunião fora convidado o Advogado Dr. Igor Bandeira, que de pronto se colocou à disposição para ajudar e lutar pela necessidade do grupo. 
É bom que se diga, nesse sentido, que anseiam por moradia mais de 90 famílias. Tratam-se de pessoas de baixa renda, muitas delas desempregadas, vivendo, então, do subemprego, e que às duras penas pagam aluguel ou residem nas casas de parentes. Durante a reunião foram discutidos os pontos centrais da causa, tendo sido montada uma comissão representativa, a qual contará com a participação de membros do próprio movimento e com o auxílio do Doutor Igor Bandeira. 
Discutiu-se ainda a necessidade de uma política municipal destinada a habitação, na qual não só os participantes do movimento, mas também todos os filhos de Apodi possam usufruir de uma moradia digna. O movimento mostra-se coeso, unido e carente de uma resposta municipal e estatal.

Sete municípios do RN devem receber cargas de milho em grãos da Conab

Sete municípios do Rio Grande do Norte devem receber cargas de milho em grãos oriundos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). As cidades potiguares estão entre outros 37 municípios do país que também devem ser beneficiados com a medida.

No RN, as cidades atentidas serão Açu, Caicó, Currais Novos, João Câmara, Mossoró, Natal, e Umarizal. A entrega também será feita para os estados e seus respectivos municípios: Alagoas (Maceió, Palmeira dos Índios), Bahia (Entre-Rios, Irecê, Itaberaba, Santa Maria da Vitória), Ceará (Crateús, Icó, Iguatú, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Russas, Senador Pompeu, Sobral), Maranhão (São Luís), Minas Gerais (Montes Claros), Paraíba (Campina Grande, João Pessoa, Monteiro, Patos), Pernambuco (Recife), Piauí (Parnaíba, Picos, Teresina), Sergipe (Itabaiana), Acre (Rio Branco), Amazonas (Manaus), Distrito Federal (Brasília), Espírito Santo (Vitória), Minas Gerais (Juiz de Fora), Pará (Ananindeua), Rondônia (Porto Velho, Cacoal), Roraima (Boa Vista), Tocantins (Araguaína).

Os leilões para contratação dos produtos serão realizados pela Conab na próxima sexta-feira (29). O cereal está armazenado em depósitos do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e irão para os postos de distribuição dos estados que vem sofrendo com o desabastecimento. As operações estão detalhadas nos avisos de Nº 60 e 61 e preveem a remoção de até 86,6 mil toneladas do produto.

Os embarques deverão ter início em 48 horas após a convocação formal a ser realizada pela Conab. O prazo para conclusão dos serviços e fluxo semanal varia de acordo com a quantidade embarcada, sendo o mínimo de dois e o máximo de 59 dias úteis.

Estas operações foram autorizadas pela Resolução Nº 2, de 29 de abril, que permite a venda de até 100 mil toneladas de milho dos estoques públicos por meio do Programa de Vendas em Balcão na região de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

O limite de aquisição por beneficiário/mês é de seis toneladas e o preço de venda é referenciado nas cotações do produto no mercado local.

*Com informações do Porta Brasil/De Fato.

Vacinação contra gripe seguirá em 7 estados e DF

Campanha nacional termina hoje.
Do G1: A campanha federal de vacinação contra a gripe acaba oficialmente nesta sexta (22), mas o Distrito Federal e alguns estados, como São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Pará e Alagoas, anunciaram prorrogação local. Entre as cidades que seguirão vacinando estão, por exemplo, Santarém (PA) e Petrolina (PE).

Técnicos do Ministério da Saúde avaliam se a campanha será prolongada nacionalmente. Segundo a pasta, a um dia do fim da campanha nacional de vacinação contra a gripe, 38,6% dos 49,7 milhões de pessoas que formam o público alvo da mobilização haviam sido vacinados. São 19,1 milhões de brasileiros receberam a vacina desde o dia 4 de maio, quando a campanha teve início. A meta do governo é atingir ao menos 80% do total previsto.

Fazem parte do grupo vulnerável as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, doentes crônicos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional, além da população indígena.

A dose, via injeção, protege contra os subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e B.

De acordo com o ministério, como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe, é fundamental realizar a vacinação no período da campanha para garantir a proteção antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe vai do final de maio até agosto.

No ano passado, 1.794 pessoas foram internadas em decorrência de complicações da gripe e 326 morreram. A cepa H1N1 foi a que provocou o maior número de óbitos (163), seguido do H3N2 (105).

De acordo com o ministério, o medicamento é contraindicado a pessoas com histórico de reação anafilática em doses anteriores e a quem tem algum tipo de alergia grave à proteína do ovo, uma vez que a dose é produzida em embriões de galinha.

O imunologista Jorge Kalil explica que a vacina da gripe evita a contaminação e que falar que alguém tem gripe porque tomou a vacina é um mito. “A vacina é feita com vírus morto e fragmentado. Ela vai proteger o individuo depois de três semanas”. O que pode ocorrer é que a pessoa pode pegar um resfriado comum e confundir com a gripe. Veja o VÍDEO.

Teoria e Prática: Estudantes de Comunicação Social lançam radionovela e documentário

Alunos do curso de Comunicação Social lançaram na noite desta quarta-feira, 20 de maio, dois projetos que aliam a teoria e a prática: a Radionovela "Promessa” e o Documentário "Lembrança”.

O professor Albery Silva, que orientou os 16 estudantes envolvidos na radionovela "Promessa”, afirma que o projeto é o resultado prático da teoria. “Depois de trabalhar em sala de aula o conceito da radionovela, que é um produto importante do rádio, a gente decidiu se permitir ao desafio de criar um produto novo a partir de uma experiência tão antiga”, explicou Albery.

O roteiro da Radionovela foi adaptado de um texto do aluno Murilo Santos, originalmente escrito para o teatro. “O texto é de 2012, quando o professor falou que o tema seria cangaço, apresentei esse texto e começamos o trabalho de adaptação. Foram 8 meses de trabalho, gravamos até nas férias e contamos com o apoio do pessoal do Conservatório de Música e do curso de Música”, destacou Murilo.

A radionovela mescla fatos reais e fictícios da cultura local. Trata-se de um romance ambientado na época da invasão do bando de Lampião a Mossoró, em 1927. O primeiro de sete capítulos pode ser conferido pela Internet, no site: www.promessaradionovel.wix.com/promessa.

 
DOCUMENTÁRIO – O documentário “Lembrança – Do idoso ao abrigo” foi lançado na mesma ocasião. Gravado e produzido por alunos de Comunicação Social – Isaiana Carla, Johnatan Cruz, Alexandre Fonseca e Murilo Santos – o documentário foi gravado durante cinco meses no Abrigo Amantino Câmara.

O trabalho contou com a orientação dos professores Esdra Marchezan e William Robson. Com uma fotografia apurada, o documentário provoca reflexões sobre a velhice. (foto: reprodução).


*UERN.

XI CONEUERN: DCE entrega carta do congresso ao vice-reitor

A presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Lidiane Samara, entregou nesta quinta-feira (21), junto com a organização do XI Congresso das/os Estudantes da UERN (CONEUERN), a carta do congresso ao vice-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), prof. Aldo Gondim Fernandes.

A carta foi construída durante o encontro, que aconteceu entre os dias 14 e 16 de maio, no Campus Central da UERN, reunindo estudantes dos cinco campi avançados da instituição. O documento contém os principais temas discutidos durante o evento, como a necessidade apresentada pelos estudantes, de uma UERN afirmativa, com democratização do acesso, assistência e permanência estudantil, rompendo com machismo, racismo, LGBTfobia e quaisquer formas de opressão.

O documento também apresenta uma série de reivindicações, como a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, bolsa-auxílio para estudantes da UERN de baixa renda, restaurantes universitários em todos os campi, circuito de arte e cultura, democratização da comunicação para todos os centros acadêmicos e múltiplas organizações e coletivos que existam na universidade; formulação de uma grade curricular voltada para estudantes da classe trabalhadora, que contemple as pautas discutidas no congresso, como estudantes negros e negras e cotistas; mulheres e as vozes feministas; LGBT; acessibilidade e inclusão social e anti-proibicionista.

Na oportunidade, a presidente do DCE agradeceu o empenho da administração universitária para a realização do evento. “A UERN foi de fundamental importância para o congresso acontecer. Foram cinco anos sem acontecer, o que representou um atraso. Retomar o congresso foi o primeiro passo e é um desafio para as próximas gestões do DCE dar continuidade”, afirmou Lidiane.

A pró-reitora de recursos humanos e assuntos estudantis da UERN, Cicilia Raquel, também esteve presente à reunião e recebeu a carta do congresso com satisfação. “A Universidade precisa cada vez mais estar articulada com o DCE, na busca de vencer pautas importantes, como o restaurante universitário, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, o circuito de arte e cultura, propiciando um melhor conhecimento para o nosso principal público, que são nossos discentes”, afirmou a Pró-reitora.

O vice-reitor Aldo Gondim reforçou as palavras de Cicília, destacando que os primeiros passos já foram dados na maior parte das reivindicações. “Desde o início da gestão estamos trabalhando essas questões, pois conversamos com os estudantes e ouvimos suas reivindicações. Os estudantes estão de parabéns por terem retomado o congresso”, afirmou Aldo Gondim.


*UERN.

Diocese de Mossoró vive momento histórico: Dom Mariano Manzana ordena quatro seminaristas com diáconos transitórios e três diáconos permanentes

Desde que Dom Mariano Manzana assumiu a Diocese de Mossoró, em 2004, manifestou o desejo de estudar com calma a implantação do Diaconato Permanente. Enfim, chegou o grande dia. Em 24 de maio de 2015, às 9 horas, na Catedral de Santa Luzia, serão ordenados diáconos os seminaristas Deivid Franklin, Demétrio Júnior Freitas, Davi de França e Gláudio Fernandes Costa e três diáconos permanentes George Carlos da Silva ( Paróquia São João Batista, em Mossoró), Jorge Luiz Torres e Luiz Alberto Paiva ( Paróquia de Apodi). Durante a 53ª Assembleia Geral, em Aparecida, foi divulgada uma mensagem aos mais de 3,4 mil diáconos permanentes do Brasil que atuam em 160 dioceses. O texto recorda os 50 anos da restauração do Diaconato Permanente, ocorrida durante o Concílio Ecumênico Vaticano II. Os bispos afirmam ser “testemunhas do bem que os diáconos têm feito à Igreja no Brasil”.
O diaconato permanente faz parte da história da Igreja e na Igreja Oriental ele nunca deixou de existir. Trata-se de uma vocação específica que deverá ser acolhida pela Igreja. Essa realidade pode ser percebida no Livro dos Atos dos Apóstolos – Atos 6,1-11.
O trabalho do diácono permanente tem muito a colaborar nas paróquias e comunidades. O diácono pode realizar batizados, assistir e abençoar casamentos, fazer as celebrações da Palavra, encomendações, assessorias de pastorais e movimentos diocesanos, além de estender seus trabalhos na formação para lideranças. Além dessas atividades, exerce ações de caridade pastoral como atendimento aos doentes e ações sociais.

Escola Diaconal

A Escola Diaconal vai chegar em Pau dos Ferros para atender toda aquela região com aulas aos sábados e gratuitas. O curso terá duração de quatro anos com os seguintes requisitos: idade mínima de 35 anos para casados ( na data de ordenação) e consentimento da esposa; 25 anos para solteiros ( na data de ordenação). Lembrando que o candidato a diácono permanente solteiro não pode casar e nem ser padre. Tanto solteiros como casados devem ser indicados pelo padre e aceito pelo Bispo e devem fazer parte de alguma pastoral. O curso será gratuito e no momento oportuno as fichas de inscrição estarão sendo enviadas para as paróquias. A Diocese solicita aos padres que incentivem as vocações diaconais e divulguem a Escola Diaconal. Mais informações: 9611-1261 e 8116-1809 – George Carlos.

Depoimentos

“Vamos fortalecer nossa Igreja particular com o serviço fundamentado na caridade, a Palavra e a Liturgia” - Diácono Permanente - Luís Alberto de Paiva

“Em 1998, senti um chamado especial para o sacerdócio, foi quando fiquei na Matriz de São João Batista como coroinha. Mas, em 2003, conheci, me apaixonei e casei com uma moça que hoje é minha esposa. Mas a voz nunca calou até que fiz Teologia e pedi a ordenação diaconal ao Bispo Dom Mariano e hoje me sinto pronto para servir” - Diácono Permanente -George Carlos da Silva

“Eu, Jorge, futuro diácono da Diocese de Santa Luzia de Mossoró, venho apresentar a importância do diaconato na minha vida, pois inicia-se uma nova etapa, tenho uma tese de ser caminho para o povo de Deus, assíduo e convicto no evangelho. Nessa etapa, sou convidado a realizar e cumprir o que nos pede o nosso Salvador, Jesus Cristo. Ide e tornai discípulas todas as criaturas, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (Mat. 28,19 ). Vocação é um dom de Deus, não se trata de um direito, mas da gratuidade de Deus, onde servirei à Igreja na Diaconia da Liturgia, da Palavra, da caridade em comunhão com a Igreja. Amém! O FILHO DO HOMEM NÃO VEIO PARA SER SERVIDO, MAS PARA SERVIR”. (MT, 20, 28) - Diácono Permanente - Jorge Luís Torres.