terça-feira, 9 de junho de 2015

É grave o estado de saúde do deputado estadual Agnelo Alves

É grave o estado de saúde do deputado estadual Agnelo Alves. Ele se encontra internado na UTI da Casa de Saúde São Lucas, desde a sexta-feira passada, devido agravamento ocasionado por uma rejeição a um antibiótico, que lhe causou um princípio de convulsão.

Agnelo enfrenta um câncer no esôfago. É o terceiro câncer e, aos 82 anos, sua saúde encontra-se debilitada. Ex-prefeito de Natal, ex-prefeito de Parnamirim e ex-senador da República, Agnelo já superou um câncer de próstata e outro no reto. Familiares e amigos se revezam visitando-o no hospital.

*Visor Político/O Xerife.

Apodi: policia cumpre mandado de prisão em desfavor do acusado de matar Neném de Polo.

Acusado: Dede (Foto: Policia Civil de Apodi)

No final da tarde desta segunda-feira (09/06), uma equipe de policiais coordenada pelo Delegado de Policia Civil Renato Oliveira, cumpriu um mandado de prisão em desfavor da pessoa conhecida por “Dede de Lucia Miranda”, acusado de matar com seis tiros de revólver a pessoa de José de Arimateia, mais conhecido por “Neném de Polo”.

O crime de homicídio ocorreu no dia 31/05, em uma Rua do Bairro Baixa do Caic, e segundo informações da polícia, o Dedé teria discutido com a vítima, e esta teria ameaçado ele, e por este motivo o acusado teria matado o Neném.

O mandado de prisão foi expedido pela Comarca de Apodi, e o acusado foi encaminhado e entregue no Centro de Detenção Provisório de Apodi, onde ficará à disposição da justiça.

*BLOG F5 APODI.

Aluno do Cursinho Pró IFRN é contemplado com livro de estudos pelo programa Wilson Oliveira.

O aluno Fernando José de Oliveira Tôrres, residente no Sítio Córrego, foi contemplado com um dos melhores livros que há no momento para concursos públicos. Fernando é aluno da Escola Municipal Isabel Aurélia Torres e é aficionado por estudos. Este ano, através da funcionária Alessandra Lopes, que trabalha na escola, ele conseguiu uma bolsa de dois anos no Cursinho Pró IFRN do professor Givanilson.

CONVITE DE CANTORIA!!!!!


FELIPE GUERRA RECEBE ORNAMENTAÇÃO JUNINA

Mês de Junho é o mês tradicional das festas juninas, Felipe Guerra se veste com os símbolos tradicionais do mês junino, vamos festejar com muita alegria.
Parabéns ao povo de Felipe Guerra, que vive o período junino numa cidade enfeitada!!!

APODIENSE RECEBE DOIS TIROS DE ARMA DE FOGO EM TENTATIVA DE ASSALTO NA ESTRADA DA BICA-CE


Numa tentativa de assalto ocorrida na manhã de hoje (09/06) na estrada de acesso a Olho D’água da Bica, Ceará, Nilton Marinho, mais conhecido como Nilton do Bar sofreu disparos de arma de fogo e foi socorrido e encaminhado para Fortaleza-CE.

De acordo com informações fornecida por familiares, Nilton foi abordado por dois homens, que anunciaram o assalto, mas Nilton reagiu, se recusando entregar a sua motocicleta. Os assaltantes efetuaram dois disparos contra a pessoa de Nilton do Bar, deixaram a suam motocicleta, mas levaram todos os documentos, cartão de crédito e uma certa quantia em dinheiro.

Mesmo baleado, Nilton conseguiu chegar na casa de um irmão. O mesmo desmaiou, foi socorrido, transferido para a capital Alencarina e passa por intervenção cirúrgica.

Márcia Maia cobra providências para Casas do Estudante

Durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, hoje (09), a deputada Márcia Maia falou sobre os problemas enfrentados pelos moradores das Casas do Estudante. A deputada disse que os discentes estão sem receber alimentação do governo há seis meses, além de problemas de estrutura na unidade.

“Esta Casa vai discutir o caso nos próximos dias e gostaria de sugerir que formássemos uma comissão e fôssemos ao Ministério Público para discutir o que pode ter feito com relação ao local, além de discutir a possibilidade de retomada da Sethas para o fornecimento de alimentação aos estudantes”, sugeriu Márcia Maia.


*O Xerife.

Olho D’água dos Borges: Individuo matou uma mulher por causa de uma dívida de 100 Reais

 
 
Uma mulher de 55 anos foi assassinada na manhã desta terça-feira (9), na rua Mário Solano, no conjunto Alfredo Xavier, na cidade de Olho D’água do Borges, na região Oeste potiguar.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima identificada posteriormente como Maria Cleide de Freitas Pereira, sofreu um disparo de arma de fogo na região da cabeça após uma discussão com o namorado, um homem de 27 anos, motivada por uma dívida de R$ 100,00, que o assassino teria com a Maria Cleide.

Ela teria ido cobrar o dinheiro na residência do autor do crime que após o desentendimento atirou contra ela que caiu já sem vida. A Polícia militar esteve no local, mas não conseguiu localizar o suspeito que fugiu para a região da mata e está sendo procurado.

*O Câmera.

65ª Morte brutal em Mossoró: Ex presidiário foi executado dentro de casa na zona rural do município

O crime aconteceu na madrugada de hoje 09 de junho na Vila de Pacheco na comunidade rural de Pau Branco, cerca de 40 km de Mossoró no Rio Grande do Norte. Vingança foi a motivação mais provável.

Francisco Jocélio Pessoa, 33 anos de idade, que residia na rua seis de janeiro em Mossoró e há pouco tempo, morando na comunidade, foi executado dentro de casa com descarga de uma arma tipo cartucheira.

Francisco Jocélio, chegou a cumprir pena em Presídios de Mossoró por tráfico de droga. Depois que foi solto e com medo de ser morto aqui em Mossoró, passou a residir na comunidade de Pau Branco.

Dias antes de ser morto, Jocélio se envolveu em uma confusão e teria agredido um senhor, morador da comunidade e segundo informações ele teria sido ameaçado de morte pelos filhos do tal senhor.

As informações com a identidade do possível matador estão sendo mantidas em sigilo para não dificultar as investigações.

Após os procedimentos no local o corpo de Francisco Jocélio Pessoa foi removido para a sede do Instituto Técnico e Científico de Polícia, Itep, onde será necropsiado.


*Informações Sd Gilliard do Destacamento da Maisa
*O Câmera.
Veja a galeria de fotos

Tabagismo na idade escolar

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 90% dos fumantes tiveram o primeiro contato com o tabaco em idade escolar, na faixa etária entre 5 e 19 anos. O programa Educação em Debate, da Super Rede Boa Vontade de Rádio, abordou esse grave tema, procurando demonstrar a enorme responsabilidade dos educadores, bem como da família, na busca de mecanismos que previnam a aproximação com o fumo, porta de entrada para drogas mais pesadas.

Em entrevista concedida à pedagoga Suelí Periotto, a dra. Mônica Andreis, mestre em psicologia clínica pela USP, vice-diretora da Aliança de Controle do Tabagismo (ACT), destacou o papel da escola na prevenção desse vício: “É a oportunidade que o educando tem de aprender um pouco mais sobre o tabagismo e, com isso, ter mais consciência da importância de não começar a fumar. A escola pode contribuir bastante não só enfocando a questão da saúde, contudo ir além, com a discussão sobre por que as pessoas fumam, o papel da propaganda, o quanto isso afeta não só a saúde, mas o meio ambiente em que se vive. Os estabelecimentos de ensino podem abordar o assunto sob diferentes ângulos. O acúmulo de bitucas, por exemplo, é uma das coisas que mais poluem as praias brasileiras, que matam animais marinhos, porque se engasgam com aquilo; muitas florestas acabam sendo devastadas para a produção de cigarro, pois se usa lenha, se usa papel. E essas informações são muito importantes. Os alunos podem levar esse conhecimento para casa e partilhar com seus pais, familiares ou a própria comunidade. A escola pode organizar uma feira de ciências, e esse pode ser um tópico a ser discutido; apresentar um filme, chamar a família para participar e depois fazer um debate. Temos várias maneiras de explorar o assunto, e os educadores têm um papel fundamental na prevenção do tabagismo”.

Lei antifumo

Segundo a dra. Mônica, a lei antifumo contribui de fato para o desinteresse da criança pelo cigarro: “Hoje, esse impedimento é um desestímulo para que ela comece a fumar, porque as pessoas não estão mais fumando em todos os lugares como se fazia antigamente. Isso, aliado a uma abordagem da escola sobre o tema, de uma forma constante, acaba favorecendo para que não se comece a fumar na adolescência”.

O poder da influência
Indagada a respeito dos aspectos emocionais que podem influenciar a criança e o jovem com relação ao tabagismo, a dra. Mônica esclareceu ainda: “Alguns fatores acabam favorecendo para que elas experimentem ou comecem a fumar. A gente sabe que filhos de pais fumantes têm maior tendência de se tornar fumantes no futuro. Muitas crianças começam a fumar por causa desse modelo que elas têm em casa, ou mesmo na escola, daquele professor que admiram e que fuma. Daí a necessidade dessa consciência por parte dos familiares e dos professores, do poder de influência que possuem sobre a vida de uma criança. Além disso, na adolescência, a gente passa por uma série de modificações. É natural que a insegurança apareça e, às vezes, o cigarro é a válvula de escape na busca de um prazer instantâneo. É importante que a criança tenha essa percepção de que fumar não irá lhe trazer sustentabilidade ou lhe garantir sucesso na vida. O cigarro é uma droga e, uma vez que a criança o experimente, pode torná-la facilmente uma dependente química. Então, se ela tiver essa consciência, consegue, naturalmente, dizer não”.

Morte evitável

Em suas considerações finais, a psicóloga Mônica Andreis enfatizou que “o fumo passivo é considerado pela Organização Mundial da Saúde a primeira causa de mortes potencialmente evitável. É uma dimensão muito grande. Na verdade, como a gente tinha antes toda uma avaliação cultural de que o tabagismo não era um problema tão grave assim, as pessoas negligenciavam um pouco isso. Hoje temos informações e a clareza do malefício do tabaco para a saúde. É importante também que a escola possa valorizar isso e, de fato, implantar atividades para auxiliar os jovens no conhecimento e na prevenção”.

Grato, dra. Mônica. Nas escolas da Legião da Boa Vontade e nos seus programas socioeducacionais, o assunto é tratado com a seriedade devida. É o nosso contributo a fim de alertar principalmente as futuras gerações quanto ao efeito destruidor do tabagismo.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

Indivíduo que matou outro em São Francisco do Oeste está na Cadeia.

Henrique Neto da Cunha Castro de 29 anos de idade, natural da cidade de Tabuleiro Grande, foi preso no final da tarde de ontem, 08 de junho de 2015, por força de um mandado expedido pelo Juiz Rivaldo Pereira da Vara Criminal de Pau dos Ferros.

O magistrado atendeu o pedido do Bacharel Inácio Rodrigues da Delegacia Civil Regional de Pau dos ferros.

Henrique está sendo acusado de matar Juarez Dias Amorim Júnior “Junior da feira” 27 anos de idade, dentro de uma churrascaria na cidade de São Francisco do Oeste no último dia 03 de junho.

Segundo o Delegado Inácio Rodrigues, o acusado se apresentou e como não havia mandado de prisão foi liberado. Hoje, já com o mandado expedido, Henrique foi localizado e preso pela equipe comandada pelo Sgt Roseno, comandante do Destacamento da Polícia Militar de São Francisco do Oeste.

Henrique Neto da Cunha Castro, fica detido no Centro de Detenção Provisória de Pau dos Ferros a disposição da Justiça. 


*O Câmera.

Ações de combate à Seca são debatidas por deputados do RN e PB

Crédito da foto: João Gilberto
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte recebeu na tarde desta segunda-feira (8), o deputado estadual da Paraíba, Jeová Campos (PSB), líder da Frente Parlamentar de Combate a Seca na Paraíba para debater desafios do enfrentamento a seca no Nordeste. A Frente Parlamentar é representada no Rio Grande do Norte pelo deputado estadual Galeno Torquato (PSD), com apoio do presidente Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB).

Durante a reunião o parlamentar paraibano, Jeová Campos (PSB) explanou sua experiência diante do desafio da seca, uma realidade também do estado potiguar. A reunião foi proposta pelo deputado estadual Galeno Torquato (PSD), e contou com a participação dos deputados George Soares (PR), Gustavo Fernandes (PMDB) e do presidente da Casa, o deputado Ezequiel Ferreira (PMDB).

“Debatemos a questão da seca que atinge a Paraíba, o Rio Grande do Norte e todo o Nordeste com deputado estadual da Paraíba, José Campos (PSB), presidente da Frente Parlamentar da Água na Paraíba, trocamos também experiências com a iniciativa no estado vizinho e procuramos unir forças nas bancadas estaduais, federais e defender o Nordeste que sofre com os problemas de abastecimento de água,” afirmou o presidente da Casa.

O deputado Galeno Torquato (PSD) defende a criação formal da Frente Parlamentar da Água no Rio Grande do Norte, a exemplo do que vem ocorrendo na Paraíba, com isso, pretende reunir prefeitos, deputados estaduais, federais, senadores e o governador em torno recursos hídricos, tema que afeta diariamente a população norte-rio-grandense. “Nos unirmos para solicitar a bancada federal para minimizar esse desafio,” salientou o deputado Galeno.

O deputado paraibano, Jeová Campos (PSB), defendeu que a questão da água deve ser tratada como prioridade em todos os estados do Nordeste e reforçou a necessidade de uma ampla aliança das casas legislativas com o objetivo de trazer mais legitimidade para a causa.

Entre as iniciativas adotadas na Paraíba vistas como exitosas, o deputado Jeová elencou a realização de visitas às obras de enfrentamento à seca, além da realização constante de audiências públicas em municípios onde o colapso do acesso à água é mais evidente. “Os deputados estaduais do RN e o presidente Ezequiel Ferreira estão preocupados em encontrar soluções para o problema gritante,” finaliza Campos.

“O político é para servir e não ser servido”, diz o juiz José Herval Sampaio Junior!

O juiz José Herval Sampaio Junior, da 2ª Vara Civil de Mossoró, em a entrevista, destaca que “a regra geral hoje é a corrupção deslavada, o desvio de dinheiro público” e que para se combater é preciso "nós temos que transformar a regra geral hoje em exceção”.
O juiz contou como ingressou na magistratura, falou sobre a carreira política do pai José Herval Sampaio por 32 anos, o seu gosto pela dança, das eleições em 2012, que foi salvo por Deus num atropelamento que sofreu em Mossoró, sobre o trabalho no Poder Judiciário.

Herval fala principalmente sobre o movimento de combate a corrupção que encabeça no Brasil ao lado do juiz Marlon Reis, autor do livro Nobre Deputado, e centenas de outras que buscam, através do fim do financiamento de campanha, reduzir a corrupção eleitoral.

“O político é para servir e não ser servido”, diz o juiz José Herval Sampaio Junior

Em trechos transcritos e em vídeo, A ENTREVISTA é de tirar o fôlego.
 

*Via: O Mural de Riacho da Cruz/Gardênia Oliveira.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO