segunda-feira, 15 de junho de 2015

WILSON OLIVEIRA, NO MOMENTO É A VERDADEIRA OPOSIÇÃO EM APODI

A verdadeira oposição em Apodi, chama-se Wilson Oliveira. Já sabíamos, mas agora está comprovado, que o radialista Wilson Oliveira é quem faz oposição a atual administração em Apodi. 
Diariamente apresenta um programa na rádio Luta FM, de 17 às 18 horas, onde o povo participa, reivindica, aponta os erros, diz a solução para os problemas, distribui leite, sorteia cestas básicas, faz campanhas para ajudar a quem precisa. 
Por ser oposição, ele é perseguido pela gestão, mudam local de trabalho, descontam no seu salário, é taxado de integrante da imprensa terrorista, e por ai vai.
Mesmo calando Wilson no horário do meio dia, mas Wilson continua sendo a principal oposição em Apodi. Alguns, com vergonha de dizerem que estão passando para o lado do prefeito por causa do dinheiro, chegam a dizer que estão indo  para ajudar na administração desastrosa que ai está. Mas o povo de Apodi sabe muito bem, que a questão é o dinheiro, é o salário!! Wilson Oliveira, ainda não se vendeu e continua fazendo oposição em Apodi, mostrando os problemas que o povo enfrenta com a falta de transporte para universitários, falta de assistência aos mais carentes, obras paralisadas, a falta de reajuste do funcionalismo, o fim da banda de música, e tantas outras coisas que ai estão.

Hoje, se o radialista Wilson Oliveira deixar de falar a verdade, sobre a realidade da administração de Apodi, não teremos mais oposição. Tem gente por ai dizendo, sou oposição, mas estou pronto para ajudar na administração. Isso tem um preço Apodi! Rola muita coisa de baixo do pano, onde flui os arrumados para se chegar ao poder no próximo ano. 2016 tá bem ai!!!

FOGO NO LIXÃO DE APODI E O QUE AS AUTORIDADES ESTÃO FAZENDO?

Mais uma vez, a cidade de Apodi assiste a uma verdadeira nuvem de fumaça. Gerada exatamente no lixão de Apodi. Um verdadeiro crime ambiental. 
Falta de sensibilidade das autoridades, falta de respeito com as crianças, com os idosos e com todos os filhos de Apodi. 
Faz tempo que o problema foi mostrado, até na imprensa televisiva do nosso estado. Eu pergunto, cadê os nossos políticos? O que estão fazendo? O que já foi feito? O que a população espera dos representantes? Próximo ano tem eleições, e o que você pensa em dizer para os eleitores? 
Será que vamos continuar sendo obrigados a conviver com essa fumaça prejudicial à saúde humana? Será que nessa terra só tem lei para pretos, pobres e prostitutas, como dizia Otoniel Maia?

*Imagens retiradas do facebook de: Ellen De Italo

“Sem tetos” realizam manifestação pelas Ruas de Apodi

Dezenas de pessoas realizaram no inicio da manhã desta segunda-feira, 15 uma manifestação pelas Ruas de Apodi, que culminou em uma reunião com a representante da prefeitura municipal.

Em frente a prefeitura, com gritos de ordem, a sem teto Dona Fátima Mendengue, explicou os motivos da manifestação, frisando que quer apenas que o prefeito cumpra aquilo, que prometeu, quer apenas um local digno pra morar. “Só quero minha casa que prometeram”, disse ela.

Ana Paula que está desempregada, com três meses de aluguel atrasado, prestes a ser despejada, explicou o drama vivido pelas 97 famílias que estão sem ter onde morar. “Só queremos um terreno pra construir algo pra gente morar, a maioria está desempregada, sem ter onde morar, é um drama pra todos nós”, explicou ela.

A chefe de gabinete da prefeitura de Apodi, Klébia Karina, que recebeu uma comissão dos manifestantes, afirmou entender o movimento, as reivindicações, mas salientou o momento difícil vivido pelo município, salientando que essa é uma prioridade da gestão que ainda não terminou, afirmando que espera que a tempo, a gestão dê uma resposta para essa questão da habitação.

Os manifestantes terão uma audiência publica na segunda semana de julho, onde juntamente com a promotoria, poderes legislativo e executivo discutirão sobre a questão de moradias na cidade, como explicou Dr. Igor Bandeira, advogado que representa os “sem tetos”.

*Fonte: Josenias Freitas.

PREFEITURA DE MAJOR SALES ENTREGA NOVOS FARDAMENTOS PARA ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Os alunos da rede municipal de ensino de Major Sales têm mais um motivo para comemorar, a prefeitura realizou no início dessa semana a entrega do fardamento escolar para todos os alunos e funcionários do Centro Educacional Infantil São João Batista, Escola Municipal Antônio José da Rocha e Escola Municipal Dona Tonheira Germano.

A entrega do fardamento foi realizada pelo Prefeito Thales Fernandes que visitou todas as escolas juntamente com a primeira dama e chefe de gabinete Ana Lígia, com a secretária municipal de educação Magna Brito, o coordenador pedagógico Marcos Germano e o Assessor de Comunicação Danilo Vidal.

O Prefeito Thales reforçou o compromisso da gestão “Cidade de Todos” em garantir aos major-salenses um ensino de qualidade. “O compromisso da nossa administração é garantir uma escola pública que orgulhe e seja modelo para a sociedade. O uniforme é importante porque dá dignidade e segurança ao alunado, é uma identificação e desonera os pais dos custos com o fardamento para seus filhos.” Explicou.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Educação, foram entregues mais de mil fardamentos para alunos, professores e funcionários no geral.

O chefe do executivo aproveitou a visita para conversar com os diretores, professores, funcionários e alunos, como também acompanhar de perto a rotina estudantil e traçar melhorias necessárias para cada instituição. Na escola Municipal Antônio José da Rocha, Thales visitou a construção de duas novas salas de aulas, e no Centro Educacional Infantil São João Batista o prefeito conferiu a construção da segunda parte da murada e a reforma que está sendo executada para ser entregue nos próximos dias.

Por que em Major Sales tem e Apodi não tem? Major Sales não tem royalties do petróleo e Apodi tem.







Seguranças localizaram o corpo de uma mulher em terrenos da Petrobras no município de Mossoró

A Central de Operações da Policia Militar de Mossoró foi acionada no início da tarde de hoje, 15 de junho para checar a informação da existência do corpo, possivelmente de uma mulher parcialmente queimado e abandonado em um matagal, próximo a uma estação de mistura, na região da BR 110, saída para a cidade de Areia Branca.

O corpo já em estado de Esqueletização e o que pode caracterizar o sexo, são as peças intimas e encontradas no local e as unhas pintadas. As possíveis queimaduras podem ter sido provocadas pela ação da natureza.

Oficiais do 12º Batalhão de Policia Militar de Mossoró foram ao local e juntamente com os investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e a equipe de plantão no Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep, deverão procurar alguma coisa que possa identificar a vítima e as possíveis causas de sua morte.


*Fonte: O Câmera.

Vendedor ambulante foi encontrado morto ao lado do seu próprio veículo na zona rural de Assú

A ocorrência foi registrada no final da noite de ontem, 14 de junho, na RN 016, na comunidade de Linda Flor, na zona rural de Assú, no Rio Grande do Norte.

A família acredita que o vendedor ambulante tenha sido vítima de um crime de latrocínio. Segundo a família ele estava com um pouco de dinheiro, talões de cheques, relógio e cordões de ouro. Nado foi encontrado com ele.

A vítima, conhecida até o momento apenas por Mauricio do Santos, “Cigano” de aproximadamente 50 anos de idade, residente em Jucurutu, mas tem família morando na comunidade, sofreu um corte profundo no pescoço e outro profundo na barriga, com exposição das vísceras.

Cigano ainda conseguiu sair do veículo, um fiat uno de sua propriedade, mas não caminhou muito, antes de cair sem vida as margens da pista.

A família tem informações que Cigano passou o dia bebendo em companhia de amigos e a noite logo após sair do local, já por volta de 23 horas, foi encontrado morto. Informações, não confirmadas com a polícia, os próprios assassinos, ligaram para o Itep comunicando o crime.
A equipe de plantão no Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep, de Mossoró foi acionado para os procedimentos no local. O responsável pela equipe pericial acredita que a morte de Cigano foi provocada por alguém que estaria com ele no carro. O corpo continua no Itep de Mossoró sem identificação. 
*As imagens foram disponibilizadas por Focoelho de Assú.
*O Câmera.

Audiência pública debate inspeção de alimentos no RN

Crédito da foto: Vlademir Alexandre
Representantes de órgãos e instituições envolvidas no processo de inspeção, além de produtores, empreendedores e Poder Executivo debateram a implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) no RN em audiência pública na manhã desta segunda-feira (15), no Plenarinho da Assembleia Legislativa.

A iniciativa partiu das Federações dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do RN (Fetraf-RN) e dos Trabalhadores na Agricultura no RN (Fetarn). O deputado Fernando Mineiro (PT) propôs que os órgãos e entidades participantes do debate criem um grupo de trabalho com metas e ações para resolver o impasse e possibilitar a autonomia dos produtores rurais no âmbito dos Municípios, podendo, dessa forma, comercializar seus produtos em todo o estado e no país. Uma reunião está prevista para o dia 8 de julho, às 14h, na Escola de Governo, para discutir a implementação de uma política pública de inspeção sanitária no Estado.

“A Assembleia Legislativa vai acompanhar de perto esse processo tão importante de elaborar de fato uma política pública de inspeção no RN”, afirmou. “Iremos também dialogar com o Governo do Estado para saber a viabilidade de inclusão da questão no Plano Plurianual”, concluiu.

Na mesa, estiveram presentes Manoel Cândido (Fetarn), Erivaldo Dias (Fetraf-RN), Marcos de Jesus (Ministério Público Federal – MPF), César Oliveira (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater), Dário Andrade (Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA), Geraldo Marcelino (Ministério de Agricultura e Pesca), Renato Dias (Instituto de Defesa de Inspeção Agropecuária do RN – Idiarn) e Andréia Nogueira (Ordem dos Advogados do Brasil – OAB).

Para Dário Andrade, os desafios dentro do SIM passam pela construção de abatedouros de animais com selo dos Serviços de Inspeção Federal (SIF), escoando carne para escolas do território; implantação dos serviços municipais via consórcio e apoio para capacitação de profissionais que participarão diretamente da adesão e adequação às alterações no Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa), que flexibiliza o processo de inspeção para Estado e Municípios.

Marcos de Jesus explicou a ação do MPF no processo. “Não temos atribuição para discutir na essência os abatedouros, o SIM, mas essas temáticas surgem de forma lateral quando investigamos a correta aplicação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), porque acabam travando algumas ações”, disse. Ele acrescentou a importância do fornecimento de alimentação saudável e adequada com desenvolvimento sustentável na aquisição de alimentos preferencialmente locais e da agricultura familiar.

Em sua fala, Renato Dias afirmou que o Idiarn possui procedimentos padronizados para os estabelecimentos aderirem à inspeção. Além disso, disse que tem recaído sobre o órgão demanda de trabalho que deveria ser restrita aos Municípios. “Todos os estabelecimentos que processam carne no RN passam por vistoria no transporte dos animais, mas os Municípios precisam se responsabilizar pelos abatedouros, de forma conjunta”.

Geraldo Marcelino explicou que, hoje, a agricultura familiar tem 12 milhões de pessoas na produção primária e que o SIM beneficiaria o setor na medida em que poderia haver comercialização para todo o Brasil. “O decreto do governo federal criado em maio regulamenta de forma simplificada a adesão de Estados e Municípios ao serviço de inspeção. Ou seja, se o estado ou os municípios tiverem legislação equivalente à federal, podem comercializar para todo o país”. Ele acrescentou que é preciso ter profissionais qualificados para executar a fiscalização.

César Oliveira registrou que o decreto federal de simplificação é motivo de comemoração, visto que “expressa uma luta de bastante tempo dos agricultores”, coroando processo de diálogo que já dura nove anos. Segundo ele, o MDA e a Presidência lançarão o Plano Safra da Agricultura Familiar na próxima segunda-feira (22), com assinatura de portaria conjunta trabalhando um maior nível de detalhamento do decreto. O governo estadual, de acordo com ele, comprou R$ 34 milhões de alimentos da agricultura familiar entre 2009 e 2015, sendo R$ 8,5 milhões somente este ano, beneficiando 64 municípios. “Estamos em processo de aquisição de 100 veículos para a implantação do SIM, proporcionando uma melhor logística para deslocar alimentos”.

Representando a OAB, Andréia Nogueira frisou que esta preocupação com a qualidade dos alimentos é cultural e um problema educacional e social. “Não falta verba, legislação e ação. Precisamos nos mobilizar para resolver a questão”, destacou.

Erivaldo Dias ponderou que a criação do SIM é muito importante, mas que também conhece as dificuldades dos Municípios nessa implantação. Ele sugeriu que os parlamentares estaduais e da bancada federal destinassem recursos para que os matadouros cumpram as exigências, pelo menos em cada região do Estado. Além disso, ressaltou que é preciso que haja uma fiscalização maior e uma integração entre os setores da Educação, Saúde e Agricultura.

Para Manoel Cândido, a estrutura para o SIM já existe, o que precisa é legalizar, com a integração das instituições envolvidas. “O problema não é só logística e transporte, mas começa no momento do abatimento dos animais, por isso precisamos envolver mais os Municípios no debate”, disse. “Minha sugestão é que seja criado um grupo gestor para o Estado dialogar permanentemente com os agricultores tão castigados pela seca e falta de água”.

Caminhão tomado de assalto próximo à divisa com a Paraíba foi encontrado abandonado na zona rural de Mossoró

A Polícia Militar de Mossoró, no Rio Grande do Norte, foi acionada por populares para verificar a informação de um veículo abandonado, próximo ao trevo de acesso a município de Serra do Mel, na Br 110, mas na zona rural de Mossoró.

No início da noite de hoje,14 de junho a polícia localizou o caminhão tipo frigorífico, utilizado para transportar camarão, com placa de Curitiba no estado do Paraná. Ninguém responsável pelo veículo foi localizado. Os militares encontraram no porta luvas do veículo, uma habilitação, em nome de Cristiano Ribeiro Guedes.

Na Delegacia de Plantão, em Mossoró, a polícia descobriu que o carro foi tomado de assalto na tarde de ontem, 12 de junho, próximo à divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba.
 
A Polícia não confirmou se o veículo quando foi tomado estava carregado com algum tipo de produto.
 

*Imagens: Policia Militar
*Informação: O Câmera.

LISTA DE APROVADOS NO SISU 2015 É DIVULGADA PELO MEC

MEC (Ministério da Educação) acaba de divulgar a lista de aprovados no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) do meio do ano nesta segunda (15). Os candidatos se inscreveram com as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2014.
Confira a lista de aprovados no Sisu 2015 do meio do ano

Três pessoas são executadas a bala durante tiroteio em bar na cidade de Limoeiro do Norte no Ceará.

Mais três pessoas foram executadas a Bala na cidade de Limoeiro do Norte na noite desse Sábado dia 13 de junho. Por volta das 20 horas 50 minutos no Bairro Santa Luzia em um Bar localizado na Rua Jose Hamilton de Oliveira.
Três pessoas foram feridas. Duas morreram no local e uma outra ainda foi socorrida ao Hospital de Limoeiro, mas não resistiu.

Geovane Mardênio da Costa Gomes, 31 anos de idade, natural de Limoeiro do Norte, moto taxista e residente na Rua México Nonato, bairro Bom Nome. Geovane respondia um homicídio culposo no trânsito, não tem antecedentes criminais.

José Carlos Rocha de Sousa, 42 anos de idade, natural de Mossoró no RN, Pedreiro e residente no Sitio Bom Fim zonal rural de Limoeiro.

Ozenildo José de Lima, 48 anos de idade, natural da Limoeiro do Norte e residente no Sitio Várzea do Cobra zona rural do município.

As vítimas foram atingidas com disparos de pistola ponto 40 na altura da cabeça, tendo morte imediata, com exceção do José Carlos, que chegou ainda a ser socorrido para o hospital local.

As patrulhas do COTAR, da FTA e do RONDA, sob o comando do Capitão R. Menezes, Cmt da 4ª Cia do 1º BPM, encontram-se realizando diligências no sentido de localizar, identificar e prender os autores da chacina, além de todos os procedimentos de praxes.

Informações e Imagens disponibilizadas pelo Inspetor Everton PC Ceará
*Informações e imagens: O Câmera.

Piora estado de saúde de delegado baleado no Sertão; suspeitos seguem foragidos

Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa

De acordo com boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira (15), quadro clínico de Leonardo Machado é considerado gravíssimo
Piorou o estado de saúde do delegado Leonardo Machado da Costa Souza, de 37 anos, baleado na manhã de sábado (13) em Uiraúna (Sertão do estado, a 477 km de João Pessoa). A informação foi confirmada pelo Hospital de Emergência e Trauma da Capital, para onde o delegado foi transferido. De acordo com boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira (15), o estado de saúde do delegado é gravíssimo.

RELEMBRE

Leonardo Machado da Costa Souza foi atingido por três tiros. Dois homens em uma motocicleta praticaram o crime. A polícia afirma já ter identificado o suposto autor dos disparos, mas tanto ele quanto o cúmplice permanecem foragidos.

Após ser baleada, a vítima foi socorrido para o Hospital Regional de Cajazeiras, onde passou por procedimentos de emergência. No fim da tarde do sábado, o delegado foi transferido para João Pessoa. Conforme boletim divulgado nesse domingo (14) pela unidade de saúde, o delegado foi submetido a uma neurocirurgia e seu estado de saúde era considerado grave.

Às 6h desta segunda-feira, o Hospital de Trauma confirmou o agravamento no quadro clínico do delegado.


*JBelmont.