sábado, 25 de julho de 2015

90ª/91ª Morte violenta em Mossoró: Duas pessoas foram encontradas mortas próximo a entrada do Assentamento Lorena as margens da Br 110

A violência não dá trégua na Região Oeste do Rio Grande do Norte. Em Mossoró, Sete pessoas foram assassinadas e três feridas por disparos de arma de fogo nas últimas 48 horas.
No início da noite de hoje, 25 de julho, a Policia Militar e o Samu foram acionados para uma ocorrência, em uma estrada carroçável, próximo à entrada do Assentamento Lorena, às margens da Br 110, a caminho da cidade de Upanema, com a informação de duas pessoas encontradas mortas com disparos na cabeça e as mãos amarradas para trás.

A princípio a polícia acreditava que os corpos foram abandonados “Desovados” as margens da via. O Perito Criminal Luiz Antônio, que realizou os procedimentos no local, acredita que as vítimas foram executadas no local.

Antes de serem mortas, as vítimas, que não conduziam documentos de identificação, foram amarradas nos pés e nas mãos. Marcas de cordas ficaram visíveis nos pés.

Quinta feira 23 de julho, o adolescente Manoel Savio da Silva Souza, de 15 anos de idade, residente na Rua Chico Teófilo, no Ouro Negro foi baleado quando caminhava na Rua Januário Pereira Pimenta, próximo de sua residência e morreu quando estava sendo socorrido para o Tarcísio Maia. Veja.

Sexta Feira 24 de julho, o adolescente Pedro Gabriel Rebouças Alves, "Pedrinho" de apenas 15 anos de idade, foi baleado na porta de casa na Rua Ricardo Guilherme de Lima, no bairro Aeroporto e morreu no Hospital Regional Tarcísio Maia, para onde foi socorrido pela família. Veja:

Sexta Feira 24 de Julho, Francisco Alison Pereira da Silva, "Cagadin" de 19 anos de idade, foi alvejado com dois disparos de escopeta e morreu na porta da casa onde morava na Rua Ramiro dos Santos, no Loteamento Pousada dos Thermas. Veja:

Madrugada de Sábado 25 de julho, Maria Consuelo de Souza, 61 anos de idade, foi atingida com um disparo na boca com saída do projetil na região do pescoço e Adelson Florêncio da Silva, de 32, foi atingido com um disparo no olho. A ação criminosa aconteceu em um bar na Avenida Lauro Monte no Abolição I. Veja: Na manhã de sábado, José Vicente da Silva, de 80 anos de idade, residia na Rua Francisco Pascoal no Santo Antônio, que foi baleado e morreu dentro do Hotel Caraúbas. João Cardoso Neto, de 68 anos de idade, residia na Rua Pedro Falcão, no Conjunto Vingt Rosado, principal acusado, reagiu a abordagem e foi morto pela polícia. Francisco Canindé Carvalho de 54 anos de idade residente na Maísa foi ferido na perna com uma bala perdida. Ele foi socorrido e não corre riscos de morrer. Veja:


*Informações e imagens: O Câmera.

HOMEM COLOCA VENENO E PROVOCA MORTE DE PÁSSAROS NA ZONA RURAL DE UPANEMA-RN. SEGUNDO A PM FOI PROPOSITAL

A CIPAM, comandada pelo Cabo Josafá foi até a Zona Rural de Upanema-RN, na tarde desta sexta feira 24 julho 2015, verificar uma denúncia em quê a denunciante informou que o proprietário de um sítio estaria colocando veneno em planta propositalmente para causar a morte de vários pássaros que andavam em seu sítio e o mesmo se sentia incomodado. Chegando ao local foi constatado e encontrado diversos pássaros mortos ver fotos. O acusado segundo o Cabo Josafá da Polícia Ambiental se identificou como "Zé Campina", e após assinar um T.C.O (Termo Circunstanciado de Ocorrência) na delegacia em Mossoró, pagará multa de cerca de R$ 500,00 (Quinhentos reais) para cada animal morto. A informação que ele colocou veneno propositalmente foi confirmada pela polícia.

Passando na Hora.

WILSON OLIVEIRA CONTINUA AJUDANDO SEM OLHAR A QUEM

Campanha para ajudar a jovem Maria Daniela de Freitas Marcelino de 18 anos grávida de 07 meses residência temporária na casa de uma amiga na rua Pe. Orígenes Monte, 116 em Apodi, Daniela quer doar a criança, assim que nascer a mãe a colocou para fora de casa e ela não tem condições de criar o bebê. Com esse, já é o segundo filho, o pai da criança também não quer, POR ISSO TENTAREMOS ENCONTRAR UM LAR PARA ESSE FUTURO RECÉM-NASCIDO, QUEM SE INTERESSAR PROCURE DANIELA QUE DE LÁ VAI SER FEITO TODOS OS TRÂMITES LEGAIS PARA ADOÇÃO.

WILSON OLIVEIRA CONTINUA REALIZANDO CAMPANHAS EM APODI

Estamos com essa '' CADEIRA DE RODAS PARA DOAR '' nos ajude a indicar a pessoa que esteja precisando, ligue 84 - 9 9156-3020 ou 9 9820-9649, deixe nome e endereço que entregaremos. Agradecemos a todos que nos ajudam a ajudar às pessoas que precisam!

FECAM pede explicações sobre abuso em operação na Câmara de Apodi

Por Josemário Alves

A Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM) quer explicações sobre a maneira como foi conduzida a operação que apreendeu documentos na Câmara Municipal de Apodi, na última terça-feira (21).

De acordo com a FECAM, foram recebidas diversas denúncias de que a operação foi deflagrada de forma agressiva e que portas e gavetas da sede do legislativa apodiense teriam sido arrombadas de forma desnecessária.

“A Federação manifesta solidariedade aos vereadores apodienses e funcionários da Casa Legislativa e espera que o caso seja elucidado, para ficar comprovado se houve ou não abuso de poder no cumprimento da ordem judicial”, informa a presidência.

A operação, que culminou na apreensão de vários documentos, foi deflagrada pelo Ministério Público Estadual com o apoio da Polícia Militar, e visa coletar provas sobre supostas compras de combustíveis e materiais de expediente superfaturados.

O alvo da ação, segundo o promotor de Justiça Silvio Brito, é a presidência da casa. A operação teve início em meados de 2014 e não tem data para conclusão.

O presidente da Câmara Municipal de Apodi, o vereador Evangelista Filho, se defendeu alegando que não houve qualquer superfaturamento nas contas do órgão, mas que acredita na justiça.

“Eu tenho plena consciência e confio na Justiça. Nós gastamos cerca de R$ 2 mil em combustíveis por mês. Se o promotor achou melhor investigar desta forma, que seja. Eu tô pronto pra abrir meu sigilo bancário e mostrar que não teve nada de errado”, declarou o vereador.

88ª/89ª Morte violenta em Mossoró: Tiroteio no centro da cidade com duas pessoas mortas e uma ferida

A ocorrência foi registrada na manhã de hoje, 25 de julho de 2015, no Hotel Caraúbas, no centro da cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte e terminou com duas pessoas mortas e uma ferida por bala perdida.

Segundo informações, o acusado João Cardoso Neto chegou ao local para um acerto de contas com um desafeto José Vicente da Silva, residente na Rua Francisco Pascoal no Bairro Santo Antônio, que foi baleado e morreu dentro do Hotel Caraúbas. A vítima foi atingida com disparos de pistola.

De acordo com um funcionário do estabelecimento, que presenciou tudo e preferiu não se identificar, a vítima costumava beber todos os dias no mesmo local. Ele disse ainda que não houve discussão entre vítima e acusado.

Francisco Canindé Carvalho de 54 anos de idade residente na Maísa foi ferida na perna com uma bala perdida e não corre riscos de morrer.

Segundo informações, o acusado, João Cardoso Neto, quando estava fugindo do local do crime, sacou a arma para uma guarnição na Policia Militar. Ele foi perseguido e caiu baleado em frente ao Supermercado Rebouças da Avenida Alberto Maranhão.

Neto Cardoso recebeu os primeiros socorros no local e foi socorrido pela Equipe de uma Unidade com Suporte Avançado “Alfa” do Samu, mas não resistiu e morreu no Hospital Regional Tarcísio Maia. 


*Informações e imagens: O Câmera.

Veja a galeria de fotos

LISTA COM APROVADOS DA PM ESTÁ DIÁRIO DOFICIAL DESTE SÁBADO

VAZAMENTOS EM CAIXAS D'ÁGUA, LAJES E CALHAS AGORA TEM SOLUÇÃO!


Executivo da OAS se oferece para contar à Lava Jato segredos devastadores sobre Lula

Em troca de benefícios legais, Léo Pinheiro promete revelar, em delação premiada, o que viu, ouviu e fez nos anos em que compartilhou da intimidade do ex-presidente.
Léo e Lula são bons amigos. Mais do que por amizade, eles se uniram por interesses comuns. Léo era operador da empreiteira OAS em Brasília. Lula era presidente do Brasil e operado pela OAS. Na linguagem dos arranjos de poder baseados na troca de favores, operar significa, em bom português, comprar. Agora operador e operado enfrentam circunstâncias amargas. O operador esteve há até pouco tempo preso em uma penitenciária em Curitiba. Em prisão domiciliar, continua enterrado até o pescoço em suspeitas de crimes que podem levá-lo a cumprir pena de dezenas de anos de reclusão. O operado está assustado, mas em liberdade. Em breve, Léo, o operador, vai relatar ao Ministério Público Federal os detalhes de sua simbiótica convivência com Lula, o operado. Agora o ganho de um significará a ruína do outro. Léo quer se valer da lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff, a delação premiada, para reduzir drasticamente sua pena em troca de informações sobre a participação de Lula no petrolão, o gigantesco esquema de corrupção armado na Petrobras para financiar o PT e outros partidos da base aliada do governo.

Por meio do mecanismo das delações premiadas de donos e altos executivos de empreiteiras, os procuradores já obtiveram indícios que podem levar à condenação de dois ex-ministros da era lulista, Antonio Palocci e José Dirceu. Delatores premiados relataram operações que põem em dúvida até mesmo a santidade dos recursos doados às campanhas presidenciais de Dilma Rousseff em 2010 e 2014 e à de Lula em 2006. As informações prestadas permitiram a procuradores e delegados desenhar com precisão inédita na história judicial brasileira o funcionamento do esquema de sangria de dinheiro da Petrobras com o objetivo de financiar a manutenção do grupo político petista no poder.

É nessa teia finamente tecida pelos procuradores da Operação Lava-Jato que Léo e Lula se encontram. Amigo e confidente de Lula, o ex-presidente da construtora OAS Léo Pinheiro autorizou seus advogados a negociar com o Ministério Público Federal um acordo de colaboração. As conversas estão em curso e o cardápio sobre a mesa. Com medo de voltar à cadeia, depois de passar seis meses preso em Curitiba, Pinheiro prometeu fornecer provas de que Lula patrocinou o esquema de corrupção na Petrobras, exatamente como afirmara o doleiro Alberto Youssef em depoimento no ano passado. O executivo da OAS se dispôs a explicar como o ex-presidente se beneficiou fartamente da farra do dinheiro público roubado da Petrobras.

Para ler a continuação desta reportagem compre a edição desta semana de VEJA no tablet, no iPhone ou nas bancas. Tenha acesso a todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no iba clube.

  
*Via Carlos Sarlack.

EX GOVERNADO FERNANDO FREIRE FOI PRESO RIO DE JANEIRO

Segundo a assessoria da secretaria de Segurança Pública, o ex-governador do Rio Grande do Norte, Fernando Freire, que estava foragido da justiça, foi preso na manhã deste sábado (25), em Copacabana, no Rio de Janeiro.

A ação contou com a participação do serviço de inteligência da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sesed) que agiu repassando informações à Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro. Fernando Freire vinha sendo monitorado nas duas últimas semanas.


Não prenderam há mais tempo, porque não quiseram! Deve ser para mostrar que foi esse serviço de inteligência. 

87ª Morte violenta em Mossoró: Ex presidiário é morto no Pousada das Thermas com disparos de escopeta

O Mês de julho aparece como um dos mais violentos de todos os tempos na cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. Até o início da noite de hoje, 24, já foram mortas 17 pessoas, nas zonas urbana e rural do município, elevando para 87 o número de mortes violentas em 2015.

Francisco Alison Pereira da Silva, "Cagadin" de 19 anos de idade, foi alvejado com dois disparos de escopeta e morreu na porta da casa onde morava na Rua Ramiro dos Santos, no Loteamento Pousada dos Thermas.

A polícia foi informada que Alison estava na calçada de casa, quando foi surpreendido e morto por dois homens que chegaram em veículo tipo Cobalt de cor cinza e efetuaram os disparos. Ele foi atingido na perna e nas costas e morreu na hora.

De acordo com a polícia, Alison teve seu nome envolvido em vários delitos na região e tinha passagens pelos presídios da cidade e não descarta a possibilidade de acerto de contas.

Uma Viatura de Rádio Patrulha comandada pelo Cb Ezenildo e o Sd Michel, fez o isolamento do local para os procedimentos da Delegacia de Plantão e da equipe de Plantão no Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep, Unidade Regional de Mossoró para onde o corpo foi removido e será necropsiado. 


*Informações e imagens: O Câmera.
 
  Veja a galeria de fotos 

PARARAM O PROGRAMA LUTA AO MEIO DIA, MAS AS CAMPANHAS PARA O BEM DO POVO CANTINUA

Toda sexta feira no programa de rádio Notícias de hoje com Wilson Oliveira é dia de feira, sopa e pão. Ligue 84 - 9 9156-3020 e 9 9820-9649 e participe e nos ajude a ajudar cada vez mais às pessoas que precisam. 
Agradecemos a '' josivânia da sopa, da rua 1ª de maio em Apodi, que fez a sopa, a padaria Boa Massa e as dezenas de pessoas que doaram real por real para comprar as cestas básicas no valor de R$ 850,00 reais!

86ª Morte violenta em Mossoró: Adolescente baleado no Aeroporto morreu no Tarcísio Maia

Mais uma morte violenta foi registada pela Central de Operações da Policia Militar, no início da noite de hoje, 24 de julho de 2015, em Mossoró no Rio Grande do Norte.

O adolescente Pedro Gabriel Rebouças Alves, "Pedrinho" de apenas 15 anos de idade, foi baleado na porta de casa na Rua Ricardo Guilherme de Lima, no bairro Aeroporto e morreu no Hospital Regional Tarcísio Maia, para onde foi socorrido pela família.

Segundo informações da polícia, os acusados estavam em um veículo Siena de cor prata. Eram quatro acusados e todos encapuzados. A família informou que o menor não tinha envolvimento com coisas ilícitas e não sabem se ele estava sofrendo algum tipo de ameaça.

Pedro Gabriel chegou a ser socorrido e ainda chegou com vida na unidade hospitalar, mas não resistiu. Foi o segundo adolescente morto na mesma região da cidade "Aeroporto" em 24 horas.


*O Câmera.

PARARAM O PROGRAMA LUTA AO MEIO DIA, MAS AS CAMPNHAS PARA O BEM DO POVO CONTINUA

CAMPANHA '' Cesta básica para doar '' FOI REALIZADA COM SUCESSO, VOCÊ INDICOU AS FAMÍLIAS e NÓS ENTREGAMOS PARA AS PESSOAS ESSA AJUDA QUE CHEGOU EM BOA HORA. 
AGRADECEMOS A TODOS QUE NOS AJUDAM A AJUDAR ÀS PESSOAS QUE PRECISAM!

HOE TEM CANTORIA E VOCÊ É CONVIDADO!!!


Ipern: delegado e advogada são indiciados por vários crimes

O Xerife: Os delegados Aldo Ribeiro e Laerte Jardim Brasil concluíram as investigações do crime de fraudes em pensão por morte no Ipern e decidiram pedir o indiciamento do delegado Olavo Dantas de Medeiros Júnior, suspeito de envolvimento, por nove crimes.

O inquérito foi remetido à Justiça. Nove pessoas foram indiciadas na “Operação Prata da Morte”, que investigou o desvio de recursos no Instituto da Previdência dos Servidores Estaduais do RN (IPERN). O grupo fraudou a pensão por morte de pelo menos um ex-auditor fiscal do Estado, segundo apurou os delegados.

Olavo Dantas foi indiciados pelos crimes de peculato, associação criminosa, favorecimento pessoal, falsificação de documento particular, uso de documento falso, falsidade ideológica, estelionato, advocacia administrativa e coação do curso do processo.

VAZAMENTOS EM CAIXAS D'ÁGUA, LAJES E CALHAS AGORA TEM SOLUÇÃO!