segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Mossoró: Desfile Cívico-Militar marca comemorações do Dia da Independência

O Brasil comemora neste 7 de setembro 193 anos de sua independência. Em Mossoró, a data foi celebrada com o tradicional desfile cívico-militar, que levou um grande público à Avenida Alberto Maranhão na manhã desta segunda-feira. O evento foi acompanhado pelo prefeito Francisco José Júnior, e demais autoridades locais e estaduais.

A programação do desfile teve início às 7h, com café da manhã na Escola de Artes, oferecido pelo prefeito Francisco José Júnior aos oficiais militares e autoridades presentes. Em seguida, o chefe do Executivo local passou em revista as tropas, acompanhado pelo major João Sérgio Fagundes, comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar.

“Esse é um momento em que a democracia é fortalecida, o nosso patriotismo é reforçado, e onde devemos ter consciência da responsabilidade em dar continuidade à força da independência, alcançada há 193 anos. Não há liberdade sem fraternidade, nem fraternidade sem liberdade. Que possamos continuar livres, independentes, contribuindo para uma sociedade cada vez mais justa”, destacou Francisco José Júnior.
Após passar em revista as tropas, o prefeito seguiu em carro aberto até o palanque oficial montado no adro da Igreja de São Vicente, onde foram hasteadas as bandeiras com execução do Hino Nacional com a banda Artur Paraguai. O desfile teve início na sequência, com apresentação dos ex-combatentes de Mossoró, e a parte cívica, através da Rede Municipal de Ensino, Rede Estadual de Ensino, UFERSA, Desbravadores: Cruzeiro do Sul, Grupos dos Escoteiros e Grito dos Excluídos.
Os órgãos que integram as forças de segurança da cidade deram continuidade ao evento, iniciando a parte militar com o Tiro de Guerra, que tem o prefeito Francisco José Júnior como diretor. Na sequência, o público acompanhou o desfile do 2º e do 12º Batalhão de Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Civil, Guarda Civil, Polícia Ambiental e viaturas da frota operacional das unidades do 2º e 12º BPM e do Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE).
O 7º Pelotão, formado por policiais da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM), a Polícia Rodoviária Federal, Penitenciária Federal e a Guarda Civil motorizada encerraram a programação do desfile. “Acompanho o cortejo há muito tempo e acho esse momento muito importante, pois resgata o nosso patriotismo, sem falar que é tudo muito bonito. Faço questão de estar presente todos os anos”, comentou a dona de casa Maria de Lourdes.
A organização do desfile foi elogiada pelo público. Ao lado da sobrinha de apenas dois anos, a aposentada Dilvanice Reginaldo parabenizou a Prefeitura de Mossoró pela realização do evento. “Fazia alguns anos que não vinha ao desfile, e hoje trouxe minha sobrinha para assistir e estou gostando bastante, está muito bonito e organizado. Um evento como esse nos faz ter esperança no Brasil”, afirmou.
O desfile cívico-militar foi prestigiado por autoridades locais como o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Jório Nogueira, secretários e secretárias municipais e por autoridades estaduais, como o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Mairton França, representando o governador Robinson Faria.

“Tivemos mais um belíssimo desfile e a cada ano que passa o público presente é ampliado, o que nos deixa muito felizes. Estão todos de parabéns por essa festa, de democracia, respeito e independência”, conclui a secretária da Educação, Iêda Chaves.

*Fotografia: Raul Pereira e Gildo Bento.

*Informações: JBelmont.

Caicó: Desfile Cívico encerra Semana da Pátria

Do Xerife: O desfile cívico de 07 de Setembro encerra, na manhã desta segunda-feira (07), a Semana da Pátria 2015 em Caicó. O evento foi iniciado com a revista às tropas pelo prefeito municipal, Roberto Germano; tenente-coronel Márcio Carneiro Barbosa (C Barbosa), comandante do 1º BEC; tenente-coronel Romualdo Borges, comandante do 6º BPM; e o coronel Laurêncio Menezes de Aquino, diretor de operações do Corpo de Bombeiros.
Ainda integram o dispositivo das autoridades o comandante do 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros de Caicó, tenente Alcione Araújo; inspetor Gilbene Queiroz, da PRF; secretária municipal de Educação, Socorro Mariz; diretor da 10ª DIREC, Sérgio André de Araújo; e o bispo diocesano de Caicó, dom Antônio Carlos Cruz Santos. O desfile foi aberto pela Filarmônica Recreio Caicoense e prossegue com a seguinte ordem: no bloco 1 as escolas privadas; bloco 2 escolas municipais; bloco 3 escolas estaduais e no intervalo entre os blocos, desfilarão as outras entidades.

Brasília: Protestos marcam desfile de Sete de Setembro na Esplanada

10h58 - Um carro de som chama o povo para a sétima marcha contra a corrupção. "Não aguento mais ser roubado" é uma das palavras de ordem.

10h47 - Enquanto a Esquadrilha da Fumaça faz a apresentação, manifestantes tentam encher o Lula Inflado, mas sem sucesso.
10h38 - Escritora paraense Giselle Sousa, 34 anos, que se diz ex-petista, compareceu na Esplanada dos Ministérios vestida de Dilma Rousseff. "O país está desgovernado. A saída de Dilma é só o começo", afirma. A manifestante se tornou uma sensação, com muitas pessoas tirando foto dela.

10h29 - Polícia Militar confirma que a presença de 100 a 200 manifestantes pró-Dilma na Catedral e aproximadamente 1000 contra concentrados no Museu Nacional da República. Ao todo, são 25 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios.

10h29 - Polícia Militar confirma que a presença de 100 a 200 manifestantes pró-Dilma na Catedral e aproximadamente 1000 contra concentrados no Museu Nacional da República. Ao todo, são 25 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios.
10h18 - A área destinada aos populares que acompanham o desfile ficou ainda mais restrita nesta edição do desfile. As pessoas protestam batendo colheres e as mãos no muro de tapumes metálicos que protege a área da arquibancada oficial e de convidados. O barulho pode ser ouvido do outro lado.


*JBelmont.

24ª Morte violenta na cidade de Barauna no ano de 2015

Mais uma pessoa foi morta na cidade de Baraúna, Região Oeste do Rio Grande do Norte. O crime aconteceu na manhã de segunda feira 7 de setembro, na região da Rua Professor Amaury Ribeiro.

Um popular conhecido até o momento como “Paulinho” foi morto dormindo no quarto da residência, onde morava há uma semana, na Rua Neo Targino, no centro da cidade.

Segundo informações, dois indivíduos encapuzados quebraram a porta da frente e invadiram a residência, onde Paulinho se encontrava dormindo em companhia do responsável pela casa, conhecido apenas como “Raimundo Macumbeiro”.

Paulinho foi baleado com dois disparos transfixantes, de revólver calibre 38, no peito e morreu na hora. A polícia não tem muitas informações sobre a vítima, apenas que ela morava na comunidade rural de Alagoinha, zona rural de Mossoró, e falava que constantemente vinha sendo ameaçado de morte.
Depois dos procedimentos realizados no local pela equipe de plantão, o corpo de Paulinho foi removido e será necropsiado na Unidade Regional do Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep, em Mossoró onde será necropsiado.
 
*Informações e imagens: O Câmera.

07 de Setembro – Dia da Independência do Brasil

O Dia da Independência do Brasil é celebrado em 07 de setembro, dado que foi nesse dia em que, às margens do rio Ipiranga, D. Pedro tornou o país independente.
A Independência do Brasil é celebrada em todo dia 07 de setembro. Essa comemoração acontece desde a época do Primeiro Império, que, a cada ano, rememorava a ocasião em que o país se tornou independente de Portugal no ano de 1822. O processo de independência do Brasil teve como principais atores históricos, além do príncipe regente D. Pedro (que se tornou o imperador D. Pedro I), alguns representantes da elite interessada na ruptura entre Brasil e Portugal. Entre esses representantes, encontrava-se aquele que também se tornou um dos maiores articuladores do Império, José Bonifácio de Andrada e Silva.

De certa forma, a possibilidade de um “Brasil independente” remonta à época da vinda da família real para o Brasil em 1808, acontecimento que inaugurou em nosso país o chamado Período Joanino. D. João VI veio com sua corte para o Brasil por ter se recusado a ser conivente com a política do Bloqueio Continental, imposta por Napoleão Bonaparte contra o Reino Unido. Como Portugal possuía importantes acordos econômicos com os ingleses, D. João VI achou por bem desobedecer às ordens do imperador francês e abandonar a Península Ibérica, sendo escoltado por navios ingleses até a costa brasileira.

Nessa época, o Brasil foi alçado à condição de Reino Unido, junto a Portugal e Algarves, deixando assim a condição de ser colônia. Muitas das ações empreendidas por D. João VI no Brasil durante o período em que aqui esteve (1808-1821) colaboraram para que o país ganhasse uma relevância que ainda não possuía. Essa relevância tinha dimensões econômicas, políticas e culturais. Entretanto, nos anos que seguiram após o fim da Era Napoleônica (1799-1815), Portugal passou por intensas turbulências políticas. Essa situação exigiu a volta do rei D. João VI com sua corte em 1821.

O rei português deixou no Brasil como seu representante D. Pedro, seu filho, que recebeu o título de príncipe regente. Durante o ano de 1821 e até os primeiros dias do mês de setembro de 1822, as turbulências políticas de Portugal fizeram-se refletir também no Brasil. As assembleias que ocorriam em Lisboa (que contavam também com representantes brasileiros) ganhavam pautas que defendiam o retorno de Portugal como o centro político do referido Reino Unido e, por consequência, a submissão do Brasil à sua posição.

Ao mesmo tempo, em terras brasileiras, o príncipe regente, orientado por representantes das elites políticas locais, promovia uma série de reformas que desagradavam as elites lusitanas. As ações de de D. Pedro mobilizaram a corte portuguesa a pedir a sua volta imediata para Portugal no início de 1822. D. Pedro recusou-se a abandonar o Brasil e, em 09 de janeiro, optou pela sua permanência no país. Esse dia ficou conhecido como Dia do Fico.

As indisposições entre Portugal e Brasil continuaram ao longo do primeiro semestre de 1822. Esse período de intensas discussões e propostas direcionadas à efetivação da independência foi exaustivamente estudado por muitos historiadores, tanto portugueses quanto brasileiros. No Brasil, destacam-se os nomes de Oliveira Lima e Nelson Werneck Sodré. No mês de setembro, as cortes portuguesas deram um ultimato para D. Pedro voltar para Portugal, sob ameaça de ataque militar. O príncipe que estava em viagem ao estado de São Paulo recebeu a notícia e, antecipando uma decisão que já estava quase nas “vias de fato”, declarou o país independente às margens do rio Ipiranga, no dia 07. Esse gesto implicaria a futura organização do país enquanto nação e enquanto império, um projeto que não era fácil de ser conduzido, como acentua o historiador Boris Fausto:

“Alcançado em 7 de setembro de 1822, às margens do riacho Ipiranga, dom Pedro proferiu o chamado Grito do Ipiranga, formalizando a Independência do Brasil. Em 1° de dezembro, como apenas 24 anos, o príncipe, regente era coroado Imperador, recebendo o título de dom Pedro I. O Brasil se tornava independente, com a manutenção da forma monárquica de governo. Mais ainda, o novo país teria no trono um rei português. Este último fato criava uma situação estranha, porque uma figura originária da Metrópole assumia o comando do país. Em todo de dom Pedro I e da questão de sua permanência no trono muitas disputas iriam ocorrer, nos anos seguintes.” [1]

NOTAS

[1] FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2013. p 116.

Por Me. Cláudio Fernandes
.

Wilson Oliveira continua a campanha beneficente ajudando as gêmeas do sitio carrilho em Apodi.

Estivemos na casa de Margarete Alves no Sítio Carrilho, zona rural de Apodi fomos deixar mais fraudas tamanho M que servirá para dar mais conforto as gêmeas Ana Beatriz e Ana Vitória, quem quiser e puder ajudar é só ligar (84) 9 9156-3020 ou 9 9820-9649 e fazer a sua doação.

APODI: IGREJA BATISTA COMPLETA 53 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO

A Igreja Batista de Apodi está completando 53 anos que prega o evangelho de Jesus Cristo na nossa cidade, são mais de cinco décadas restaurando vidas para glória de Deus; e temos a honra de convidá-los para dividir este grande momento conosco nos próximos dias 04, 05 e 06 de setembro, o culto de sábado acontecerá na praça da Bíblia, os demais dias acontecerão nas dependências do nosso templo na Rua Antonio Lopes Filho 59; Estará pregando a palavra de Deus o pastor Celso Adriano-Igreja Batista da Esperança-Natal; Venha celebrar ao eterno Deus conosco!

Programação:


Segunda-feira(07/09): Atividade em prol da construção do novo templo. Noite de Louvor a Deus Local: Colégio Nossa Senhora da Conceição. COHAB Horário: 20h:00min Disponibilizaremos de uma variadíssima cantina no local;
Adquira sua senha no valor simbólico de 5,00 reais e seja parceiro desta obra!

Jaramataia a planta atrai centenas de visitantes á cidade de Apodi - RN

Campanha beneficente para melhorar a vida das pessoas idealizada pelo radialista Wilson Oliveira recebe centenas de pessoas todas as semanas, elas vêm a procura da solução de seus problemas de saúde, e estão conseguindo graças as folhas da jaramataia que são distribuídas gratuitamente. ‘’ a todo instante as pessoas ligam de vários lugares do mundo pedindo folhas, explicações e orientações sobre o consumo do chá milagroso, são muitos depoimentos de cura e agradecimentos e me sinto bem em saber que o dia dia dessas famílias estão cada vez melhor’’ comenta Wilson.

se você quiser provar do chá milagroso que serve no tratamento de mais de 30 tipos de doenças é só ligar 84 – 9 9156 3020, 9 9820 9649 ou mandar um e mail wocampanhas@gmail.com e falar com Wilson Oliveira, todas as informações da planta você encontra no you tube no endereço https://www.youtube.com/user/woapodi

TUCANOS À PROCURA DE UM CANDIDATO OU CANDIDATA A PREFEITURA DE MOSSORÓ

Segundo o deputado federal Rogério Marinho, ele tem compromisso com a direção nacional do PSDB, de lançar candidaturas a prefeito no Rio Grande do Norte em todas as cidades com mais de 100 mil habitantes.

Em visita a Mossoró no sábado passado, Rogério anunciou que os tucanos vão lançar aqui na cidade uma candidatura própria disputando a Prefeitura. Ele não sabe ainda qual será o nome.

O principal expoente do PSDB na cidade é o vereador Tassyo Mardonny. Mas este confirma que é candidato a reeleição. O PSDB está a procura de um nome.

CONVITE DE CANTORIA!!!