sábado, 26 de setembro de 2015

Wilson Oliveira segue com companhas para ajudar o próximo

Aos poucos Wilson vai realizando os sonhos das pessoas através das campanhas beneficentes, todos os dias dezenas de famílias são atendidas com as ações do radialista, registramos aqui mais 03 cidadãos sendo contemplados com essas ajudas

Moisés da baixa do caic precisa de ajuda para construir 01 QUARTO, já CONSEGUIMOS OS TIJOLOS, TELHAS, CAIBROS, e 07 SACOS DE CIMENTO, precisamos de FERRO e MAIS CIMENTO
.
Maria Aparecida do Carmo, 20 anos, grávida de 07 meses precisa de mais fraudas, mamadeiras, lençóis, e tudo que for de recém nascido, JÁ TEM 01 BERÇO, MOSQUITEIRO, e algumas FRAUDAS.
 Talita Daniele grávida de 06 meses de uma menina precisa de mais fraudas e 01 mosquiteiro .

Governador assina Termo de Cooperação com 13 prefeituras para resgatar Casas da Cultura

O governador Robinson Faria assinou termos de cooperação com 13 prefeituras para resgatar o funcionamento das Casas de Cultura. A solenidade foi realizada na Pinacoteca Potiguar, na Cidade Alta, no final da tarde desta quinta-feira (24).

O termo foi assinado com os municípios de Florânia, Grossos, Assu, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas, Pau dos ferros, Nova Cruz, Jardim do Seridó, Goianinha, Viçosa, Campo Grande Angicos e Umarizal. O objetivo do governo, entretanto, é expandir a ação e chegar às 28 Casas de Cultura espalhadas pelo estado.

Além de prefeitos, representantes municipais e autoridades ligadas à cultura, participaram do evento o diretor geral da Fundação José Augusto, Rodrigo Bico, os deputados estaduais Fernando Mineiro e Dison Lisboa, e o empresário Antônio Gentil, representando a iniciativa privada.
Fonte: http://blog.tribunadonorte.com.br/heitorgregorio/governador-assina-termo-de-cooperacao-com-13-prefeituras-para-resgatar-casas-da-cultura/

Obs: Mais uma vez a cidade de Apodi é excluída pela atual classe politica.

Mercadinhos vendem de bolacha a isqueiros dentro de presídios em MT

Mercadinhos funcionam dentro de pelo menos seis penitenciárias do estado.
Governo admite problema por desregulamentação; OAB apura os casos.
Bolachas, cigarros, lâminas de barbear, produtos de limpeza, óleo de cozinha e isqueiros são alguns dos itens que a população carcerária de Mato Grosso não precisa pedir para seus familiares levarem durante as visitas às unidades penitenciárias: os artigos estão disponíveis no interior das próprias prisões, em mercadinhos que funcionam sem regulamentação.

Segundo relatos, os presos são até proibidos de portar esses itens sem que sejam comprados nesses mercados, que praticam preços superiores aos convencionais.

Procurada, a Secretaria estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), que gere o sistema penitenciário em Mato Grosso, admitiu a existência dos mercadinhos em seis unidades prisionais. Uma delas é a maior do estado, a Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.

A situação aparece em imagens obtidas dentro da Penitenciária Major Eldo Sá Correa (conhecida como Mata Grande), a segunda maior unidade prisional de Mato Grosso, localizada em Rondonópolis (município a 212 km de Cuiabá). Em dia de visita, parentes de presos são impedidos de levar determinados itens alimentícios devido à obrigatoriedade de comprá-los no mercadinho dentro da prisão.

No caso, sabe-se que o mercadinho é administrado por uma associação de servidores do sistema penitenciário e são servidores que trabalham nesse comércio, por designação da direção da unidade.

Um agente penitenciário membro desta associação afirma que é desconhecido o uso do dinheiro arrecadado com as vendas. Estima-se que a renda diária do mercadinho seja da ordem de R$ 120 mil. De acordo com o agente, que preferiu manter-se no anonimato, o lucro é geralmente rateado com a direção do presídio.

'Irregular e perigosa'
Após analisar as imagens que mostram o funcionamento dos mercadinhos, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Mato Grosso classificou a situação como irregular e perigosa. Itens à venda como óleo de cozinha e isqueiros, por exemplo, podem causar ou ser utilizados em momentos de turbulência, alertou o presidente Maurício Aude.

Por sua vez, o juiz da Vara de Execuções Penais reconhece a necessidade de regulamentar o funcionamento dos mercadinhos. Ele defende o comércio interno dos presídios, mas desde que o dinheiro arrecadado seja utilizado com transparência (com prestação de contas por parte da Sejudh) para melhorias no próprio sistema carcerário.

Por último, o governo do estado se manifestou afirmando que montou uma comissão com objetivo de finalmente regularizar a situação dos mercadinhos nas penitenciárias. O governo assegura que vai sanar as ilegalidades que ainda ocorrem dentro desses mercados nas cadeias.
Fonte: G1

Dupla assalta agência dos Correios em Mossoró e leva dinheiro,armas e coletes balísticos de vigilantes

A Agência dos Correios do bairro Doze Anos em Mossoró,na região Oeste do Rio Grande do Norte,foi assaltada na manhã desta sexta feira 25 de setembro de 2015.

Segundo informações colhidas no local,por policiais do Grupo Tático Operacional-GTO da PM,dois indivíduos, armados, chegaram e entraram na agência,localizada na rua Felipe Camarão e de armas em punho renderam o vigilante e anunciaram o assalto.

A Dupla fugiu em uma motoneta Traxx, após a ação criminosa,levando um malote com R$: 120.000,00 (Cento e Vinte Mil Reais) ,além do colete balístico e a arma do vigilante.

A Polícia Federal esteve na agência em busca de informações e para analisar as imagens de gravações. Segundo as informações o sistema de circuito interno não está em funcionamento. A polícia acredita que algum veículo deu apoio,conduzindo o material roubado.
Fonte: fim de linha

Universitário é preso depois de colocar pés de maconha na janela

Um estudante de 22 anos, do 6º período do curso de engenharia mecânica da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), foi preso nesta sexta-feira (25), depois de colocar dois pés de maconha na janela do apartamento. A planta chamou a atenção dos vizinhos, que acionaram a polícia. A prisão ocorreu em um condomínio residencial de classe média, localizado no bairro Vila Mocó, na Zona Central da cidade.
Além dos pés de maconha, os policias do Grupo de Apoio Tático Intinerante (Gati), encontraram aproximadamente 1 kg da droga pronta para o consumo, já embalada e dividida. Um outro rapaz de 24 anos, estudante do curso de segurança do trabalho, estava no local e também foi detido. De acordo com a polícia, o estudante de engenharia mora no apartamento com a namorada, uma estudante do curso de medicina.
                                  

“Os moradores reclamaram do cheiro forte de maconha no local. O Núcleo de Inteligência fez um levantamento e encontrou no apartamento 104, duas plantas com características de maconha. Eles acionaram a equipe do Gati, onde verificamos que as plantas eram mesmo de maconha, medindo 50 centímetros. Já no interior do apartamento, encontramos aproximadamente 1 kg da droga pronta para consumo”, explicou o sargento do Gati, Gilvan Francisco.
Os dois envolvidos e o material apreendido foram encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia, no bairro Ouro Preto, Zona Oeste da cidade.
Fonte: G1

Servidores do ITEP decidem entrar em greve por tempo indeterminado no dia 13

Em assembleia geral realizada na noite desta sexta-feira (25), os servidores do Instituto Técnico-Científico de Polícia decidiram deflagrar uma greve por tempo
indeterminado.
O indicativo foi votado para o dia 13 de outubro, quando se iniciará o movimento, após os servidores passarem nove meses em negociação com o Governo do Estado e o Estatuto do ITEP não ser concluído e enviado para a Assembleia Legislativa.
“Os servidores do ITEP chegaram ao entendimento que o Governo do Estado não está com interesse em enviar a minuta do Estatuto do ITEP, pois são nove meses de negociação, de reuniões com Gabinete Civil, com o próprio governador e o que tem sido acordado nas reuniões não tem sido feito pelo Governo”, explica Paulo César de Macedo, presidente do SINPOL-RN.
De acordo com ele, o governador Robinson Faria, quando era pré-candidato e mesmo depois de eleito, deu a palavra que iria enviar para a Assembleia Legislativa o Estatuto do ITEP que estava pronto desde 2013. “No início do ano, aceitamos o pedido de um tempo para o Governo se estabelecer, passamos três meses para sermos recebidos pelo governador e mais uma vez ele disse que iria enviar. O tempo foi passando, os meses foram passando, outras reuniões foram realizadas e, hoje, nove meses depois, o governador não honrou com sua palavra, levando os servidores ao descrédito”.

O SINPOL-RN esclarece que a minuta que estava pronta desde 2013 foi construída ao longo de quatro anos de estudos jurídicos, sendo finalizada pelo então Consultor Geral do Estado, José Marcelo, inclusive com a mensagem para ser encaminhada para a Assembleia Legislativa. “Essa minuta resolveria o problema do ITEP, moralizando, regulamentando e fazendo justiça aos servidores que estão lá há vários anos. Mas, infelizmente, o atual Governo entendeu que essa minuta não era correta e decidiu fazer outra, excluindo cerca de 500 servidores do ITEP”, afirma Renata Pimenta, diretora Jurídica do SINPOL-RN.
Ela declara ainda que, buscando uma conciliação, o SINPOL-RN e os servidores por diversas vezes deram prazos ao Governo para que ele apresentasse uma solução para a situação dos servidores. “O próprio governador, por duas oportunidades, pediu que o Consultor Geral fizesse as ponderações e apresentasse a solução, mas isso não foi feito, sendo pedido mais prazo aos servidores para a finalização do impasse. Por último, o SINPOL-RN e os servidores chegaram a apresentar ponderações e até abriram mão de alguns pontos para o andamento do Estatuto, porém, mais uma vez, o processo travou na Consultoria Geral”, completa Renata.

Para Paulo César de Macedo, todo esse tempo levou ao desgaste e descrédito dos servidores. “São anos e anos de luta até que a minuta fosse finalizada e, diante da palavra dada pelo governador Robinson, os servidores acreditaram que ele teria a boa vontade e o interesse em moralizar o ITEP, mas, agora, diante de tanto tempo, deixaram de acredita na palavra do governador”.

Com a aprovação do indicativo de greve para o dia 13, os servidores devem se reunir em nova assembleia nesse dia, para estabelecerem os moldes da paralisação. “O próprio governador deu aval para os servidores lutarem pelo Estatuto, ao dizer em uma das reuniões que, caso o problema não fosse resolvido em uma semana, a categoria estaria livre para fazer o que quisesse. Desde esse dia, já se passou mais de um mês”, destaca Paulo César.

Fonte: Portal BO

PRESO COMETE SUICÍDIO DENTRO DA CADEIA PÚBLICA DE MOSSORÓ

Francisco Cortez Sobrinho “Leleu” ou “Treme Treme” 43 anos de idade natural de Rafael Godeiro, foi encontrado morto dentro da Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, em Mossoró, no Rio Grande do Norte, na tarde de hoje, 26 de setembro de 2015.

Os agentes da Delegacia de Plantão e o Perito Criminal, Renildo Marcelino acreditam que o mesmo tenha ingerido um tipo veneno liquido utilizado para matar as pragas de plantas.

Ao lado do corpo de Leleu foi encontrada uma caixa fechada de veneno para ratos “Bolinhas” e uma pequena vasilha com restos do liquido que ele ingeriu.

O que causou a morte do preso, segundo o Perito, só será conhecido após a necropsia no corpo, trabalho que será realizado pela equipe de Medicina Legal do Instituto Técnico e Científico de Polícia, Itep, do Rio Grande do Norte.

Há quatro meses, Leleu estava preso acusado de violência doméstica “Lei Maria da Penha” e segundo informações, reclamava que havia sido abandonado pela família “Esposa e filhos”.

Após os procedimentos no local, o corpo de Francisco Cortez Sobrinho foi removido para a sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró.


*Informações e imagens: O Câmera.

Governo economiza R$ 2,6 bilhões em benefícios com a greve da Previdência

A greve no INSS, que começou no início de julho e acabará nesta segunda-feira (28) deve fazer o governo economizar R$ 2,6 bilhões com benefícios que deixaram de ser pagos e ajudará a equipe econômica a conter o crescimento das despesas obrigatórias.

A estimativa consta do Relatório Bimestral de Receitas e Despesas, documento do Ministério do Planejamento divulgado no último dia 22 com previsões sobre o Orçamento de 2015. No documento, o governo reduziu de R$ 438,8 bilhões para R$ 436,2 bilhões a projeção de pagamento de benefícios da Previdência neste ano.

De acordo com o Planejamento, a greve dos servidores do INSS foi a principal responsável pela queda nos gastos. “A variação observada nessa projeção deve-se, sobretudo, à atualização dos dados realizados até o mês de julho, considerando ainda o impacto da paralisação dos servidores do INSS”, destacou o relatório.

A greve não interrompeu o pagamento dos benefícios atuais, mas diminuiu a concessão de novos benefícios. Segundo as estatísticas mais recentes do Ministério da Previdência Social, em julho, primeiro mês da greve, 300,3 mil benefícios foram concedidos em todo o país, contra 456,7 mil em julho do ano passado.

Fonte: blog do xerife

Sem água no RN, associação deixa de receber jumentos abandonados

 Animais recolhidos nas estradas estão morrendo de fome e sede.Crise hídrica do estado agrava situação da falta d'água em alojamento.

Destino de jumentos recolhidos nas estradas do Rio Grande do Norte, a Associação de Proteção aos Animais (Apa) anunciou que parou de receber os animais por falta de água e comida. São 700 jumentos alojados que vêm de diversas cidades do estado, além das divisas com a Paraíba e Ceará. A falta de água e comida tem causado a morte de animais na fazenda.

"Não adianta receber animais abandonados na BR e abandoná-los dentro das fazendas", explica o fazendeiro Eribaldo Gomes, que cobra apoio das prefeituras para alojar os animais. Um dos cuidadores chegou a tirar água da própria casa para ajudar. "Tirei água de casa para tentar diminuir a sede de alguns animais porque era de dar dó", explica Natan Mazaque


A situação da Apa é agravada pela seca que atinge o Rio Grande do Norte. Nesta semana, o governo renovou por mais 180 dias o decreto de situação de emergência em 153 cidades do estado que sofrem com a estiagem prolongada. A renovação, assinada pelo governador Robinson Faria, foi publicada na edição desta quinta-feira (24) do Diário Oficial do Estado. Segundo o governo, esta é a pior seca dos últimos 100 anos.

A crise hídrica fez subir para 13 o número de cidades em colapso no abastecimento de água. Além delas, 42 estão estão recebendo água em sistema de rodízio. As informações são da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

Fonte: G1 RN

Solução: Já que a cidade não tem um prefeito que se preocupe, o jeito é a dica de Wilson Oliveira ele falou que pouco mais de 01km da APA existe o terreno do governo do estado do RN sem uso desde a sua desapropriação, a terra mede mais de 200ha e tem toda a infra estrutura adequada com poço tubular, sistema de irrigação e ótimas terras para a produção de ração, e com a parceria da EMATER-RN com profissionais da área como veterinários e técnicos que tem como dar toda a assistência para receber esses animais jogados nas estradas, falta só atitude de nossos governantes, fica a dica.

Quadrilha explode caixas eletrônicos e ataca posto policial no RN

Ataques ocorreram na madrugada deste sábado em Serra Negra do Norte.
Criminosos cercaram posto da Polícia Militar enquanto explodiam agência.
Uma quadrilha estourou dois caixas eletrônicos e atacou o Destacamento da Polícia Militar da cidade de Serra Negra do Norte, na região Seridó do Rio Grande do Norte. Os crimes aconteceram na madrugada deste sábado (26). Os suspeitos das explosões e tiroteio fugiram em direção à Paraíba e não foram localizados.
Os caixas eletrônicos foram destruídos na agência do Bradesco. Enquanto parte do grupo atuava no banco, outro cercou o Destacamento da Polícia Militar.

Quando tentaram sair do local para o local das explosões, os policiais foram recebidos a tiros. O prédio onde funciona o destacamento foi atingido por diversos disparos.

Os criminosos fugiram em direção ao estado da Paraíba. Um dos carros usado foi abandonado e incendiado. O Fiat Uno de cor prata tinha placas de São Paulo. O carro foi deixado na estrada de acesso ao município de Pombal, na Paraíba.
Fonte: G1RN

PMDB TEM SEU DIA DE FILIAÇÕES E ESCOLHA DE DIRETÓRIO EM APODI

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro, PMDB realizou na manhã deste sábado, 26 de setembro um encontro com correligionários, filiados e a abertura de novas filiações, além da escolha do novo diretório municipal.

O evento foi realizado no Sindicato Patronal dos Agricultores, próximo ao banco do Brasil e contou com as presenças de lideranças políticas e simpatizantes.


HOJE TEM CANTORIA NO SÍTIO TRAPIÁ II

Agricultor foi encontrado morto na zona rural de Martins na noite de ontem

A equipe de plantão no Itep de Mossoró foi acionada no final da noite de ontem, 25 de setembro, para os procedimentos na zona rural de Martins, região Oeste do Rio Grande do Norte. O Agricultor José Cosme Sobrinho, de 67 anos de idade, foi encontrado morto em um terreno baldio, no Sitio Pico Carros, onde morava.

Segundo informações da equipe pericial, “Zé Beato” como era conhecido, foi morto com um disparo nas costas, quando chegava em casa na noite de ontem.

A polícia da cidade de Martins, não tem informações sobre os possíveis acusados e nem a motivação. A polícia foi informada que o agricultor era bem relacionado na comunidade e não tinha inimizade com ninguém.

Após os procedimentos no local do crime o corpo de José Cosme Sobrinho foi removido para a base da Unidade Regional do Instituto Técnico e Científico de Polícia, em Mossoró, onde será necropsiado. 


*O Câmera.

Mossoró foi a 7ª cidade do país que mais gerou emprego, Natal foi a 14ª cidade do país que mais demitiu

A cidade de Natal figura no ranking das 14 cidades brasileiras que mais demitiram no mês de agosto. O ranking foi divulgado pelo Ministério do Trabalho.

Já a cidade de Mossoró foi a sétima no ranking que mais gerou emprego.

Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo foram as cidades com mais postos que deixaram de existir. Na capital mineira, foram registradas 4,5 mil vagas com carteira assinada a menos – mais da metade, na construção civil.

VEJA A LISTA DAS CIDADES QUE MAIS DEMITIRAM

Belo Horizonte (MG): -4.505
Rio de Janeiro (RJ): -4.089
São Paulo (SP): -3.650
Curitiba (PR): -2.947
Salvador (BA): -2.858
Santa Cruz Do Sul (RS): -2.255
Recife (PE): -2.154
Caxias do Sul (RS): -2.055
Venâncio Aires (RS): -1.852
Manaus (AM): -1.810
Jundiaí (SP): -1.656
Joinville (SC): -1.613
Altamira (PA): -1.401
Natal (RN): -1.349
Guarulhos (SP): -1.348
Porto Alegre (RS): -1.323
Contagem (MG): -1.219
Barueri (SP): -1.143
Santos (SP): -1.109
Macaé (RJ): -1.107

VEJA A LISTA DAS CIDADES QUE MAIS GERARAM EMPREGO

São Luis do Quitunde (AL): 1.992
Igarassu (PE): 1.953
Santa Rita (PB): 1.470
Mamanguape (PB): 1.180
Rio Branco (AC): 1.154
Aracaju (SE): 1.144
Mossoró (RN): 877
Petrolina (PE): 866
Bebedouro (SP): 665
Imperatriz (MA): 620
Campos dos Goytacazes (RJ): 588
Cristalina (GO): 583
Casa Nova (BA): 582
Granja (CE): 565
Flórida Paulista (SP): 547
Goiânia (GO): 545
Pontes e Lacerda (MT): 518
Caieiras (SP): 507
Matão (SP): 406
Santa Inês (MA): 374

*Política em Foco.

Pais de Neymar defendem filho de acusação de sonegação fiscal

Tribunal Regional Federal determinou o bloqueio de R$ 188 milhões do jogado

Em uma nota oficial divulgada na tarde desta sexta-feira, os pais de Neymar defenderam o filho da acusação de sonegação fiscal. O desembargador Carlos Muta, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região,determinou o bloqueio de R$ 188 milhões de Neymar, acusado pela Procuradoria da Fazenda Nacional de sonegar impostos de 2011 a 2013.
A nota assinada por Neymar da Silva Santos e Nadine Gonçalves da Silva Santos, pais do jogador, afirma que Neymar não é sócio das empresas e, por isso, não pode declarar do que não se apropria. O esclarecimento destaca ainda que nem o jogador nem as empresas sonegaram impostos.

Na verdade, a acusação fiscal se baseia, sob nosso ponto de vista, em um entendimento equivocado de que os recursos recebidos pela Pessoa Jurídica decorrentes, em sua grande maioria, da cessão e licenciamento dos direitos de imagem do Atleta Neymar Jr., deveriam ter sido objeto de declaração de rendimentos da Pessoa Física, por ser um direito personalíssimo e, portanto, insuscetível de transmissão. Em razão dessa interpretação, a acusação fiscal desconsiderou e desprezou todos os impostos regularmente pagos pelas empresas ao longo dos anos de 2011 a 2013 – diz o texto.
A quantia de R$ 188 milhões é equivalente a uma multa de 150% sobre o valor original que, segundo a Receita, o jogador sonegou, de R$ 63,5 milhões. Como representa mais de 30% do patrimônio declarado do "grupo Neymar", de R$ 244 milhões, foram bloqueados os bens dele, seus pais e três empresas da família: Neymar Sport e Marketing, a N & N Consultoria Esportiva e Empresarial e a N & N Administração de Bens Participações e Investimentos.

Na decisão, o desembargador destaca que o jogador, único responsável pelos rendimentos que envolvem seu trabalho, declarou ao fim de 2013 ter bens e direitos no valor de R$ 19,6 milhões, o que seria apenas 8,05% do patrimônio do grupo, sem qualquer bem móvel ou imóvel registrado em seu nome.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/2015/09/pais-de-neymar-defendem-filho-de-acusacao-de-sonegacao-fiscal.html

LAVA JATAO : Janot defende que STF autorize depoimento de Lula na Lava Jato


PF pediu ao Supremo para ouvir Lula em inquérito como testemunha.
Para Janot, 'nada de objetivo' no momento permite incluir novos investigados.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) no qual concorda com pedido da Polícia Federal para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ex-ministros do governo dele sejam ouvidos na investigação da Operação Lava Jato como testemunhas.
O depoimento de Lula foi pedido pelo delegado da PF Josélio Sousa no inquérito mais importante da Lava Jato no Supremo: o que tem atualmente 39 investigados e no qual se apura se houve a formação de uma organização criminosa na Petrobras para desvio de dinheiro público e pagamento de propina a políticos.

O G1 entrou em contato com o Instituto Lula, que informou não ter sido notificado sobre o parecer e que não comentar o caso.
No parecer em que defende a autorização para o depoimento, Janot ressaltou, no entanto, que "não há nada de objetivo até o presente momento" que justifique a inclusão de novos nomes na investigação. Mas apontou que isso não impede que as pessoas sejam ouvidas como testemunhas. Ele destacou que, para que essas pessoas que serão ouvidas passem a ser investigadas, a Polícia Federal terá que apontar objetivamente o motivo.
"Para que a condição jurídica das referidas pessoas seja alterada – de testemunhas para investigados – é necessário que a autoridade policial aponte objetivamente o fato a ensejar a mudança do status, o que será oportunamente avaliado pelo titular da ação penal", diz Janot, que é quem comanda a investigação.

No relatório no qual pediu para ouvir Lula, o delegado apontou que o ex-presidente pode ter se beneficiado, obtendo vantagens para si, para o seu partido, o PT, ou mesmo para o seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada às custas de negócios ilícitos na Petrobras.

Embora Lula não tenha mais o chamado foro privilegiado, o pedido da PF foi enviado ao STF porque o inquérito envolve políticos que só podem ser investigados pelo tribunal.

A PF pediu para ouvir ainda a ex-ministra da Secretaria de Relações Institucionais Ideli Salvatti, o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gilberto Carvalho e o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que está preso em Curitiba na Lava Jato. Rodrigo Janot concordou com as oitivas deles na condição de testemunhas.

Em relação ao ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, a PF havia apontado suspeitas de que ele tinha conhecimento do esquema. Mas Gabrielli só poderá, assim como os demais, ser ouvido na condição de testemunha.

A polícia pediu mais 80 dias para conclusão do inquérito, para a coleta dos depoimentos, e Janot concordou. A decisão sobre a prorrogação do inquérito e os depoimentos das testemunhas ainda terá que ser dada pelo ministro Teori Zavascki.

No parecer, o procurador ressalta que a inclusão de novos investigados em inquéritos no Supremo deve ser feita com "cautela", uma vez que "via de regra" somente quem tem foro privilegiado por ser investigado na Suprema Corte. "Exceções a essa regra ocorrem somente em casos onde haja íntima conexão entre os fatos, de modo de que a separação dos processos traga prejuízo às apurações", diz Janot.

Para o procurador, "a eventual imputação de fatos criminosos a pessoas sem prerrogativa de foro no âmbito do presente inquérito deve ser precedida de análise de cada caso concreto".
Fonte: G1

Baiano confirma depoimento de outro delator sobre propina para Cunha

Como Camargo, lobista disse que presidente da Câmara recebeu US$ 5 mi.
Cunha não quis comentar. Advogado disse que não fala a partir de notícias.
Investigadores da Operação Lava Jato informaram que o lobista Fernando Soares, o Fernando Baiano, confirmou em depoimento informações dadas por outro delator, o empresário Julio Camargo, de que o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) teria recebido propina de pelo menos US$ 5 milhões por contratos de aluguel de navios-sonda pela Petrobras
Antes de participar de um jantar com empresários na noite desta sexta-feira (25) na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Cunha disse que não comentaria. "Nem sei, não tomei conhecimento. Esse problema, esse fato por mim já está absolutamente negado e qualquer assunto vai ser por parte do doutor Antônio Fernando de Souza, que é o meu advogado. Não vou ficar comentando delação", disse. O advogado afirmou que só vai se manifestar sobre o que está no processo e não sobre notícias.

A Procuradoria Geral da República está em fase de análise dos depoimentos da colaboração premiada de Baiano e ainda terá que remeter o acordo para ser validado pelo ministro Teori Zavascki, relator no Supremo de casos sobre corrupção na Petrobras.

Júlio Camargo já teve o acordo de delação homologado pelo Supremo Tribunal Federal e disse a procuradores que Fernando Baiano intermediava os repasses para Eduardo Cunha.

A delação de Camargo foi a base de denúncia feita pela PGR contra Eduardo Cunha há cerca de um mês. Na denúncia, de 85 páginas, o procurador-geral pede a condenação de Cunha, acusado dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

De acordo com a denúncia, a Samsung Heavy Industry, empresa responsável pelo fornecimento dos navios-sonda, destinados à exploração de petróleo, pagou US$ 40 milhões para o ex-consultor Júlio Camargo, apontado como um dos intermediários da propina recebida pelo esquema e que fez acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

Camargo, segundo a denúncia, foi o responsável por distribuir o dinheiro entre integrantes do esquema. A quantia paga pela Samsung Heavy Industry teria sido depositada no exterior, em contas indicadas por Fernando Baiano.

Fonte: G1