quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Homem é executado com mais de 10 tiros enquanto levava seu automóvel em Tangará

Um homicídio foi registrado por volta das 16:40 hrs desta quarta-feira (14) na cidade de Tangará. Segundo informações obtidas pelo Blog O Paralelo, a vítima de nome Alessandro Enedino da Silva, 34 anos, conhecido pelo nome de Nem de Juvenal, foi morto próximo a um lava jato na saída de Tangará via Sítio Novo, enquanto lavava o seu veículo, um Honda Civic. A vítima ainda chegou a ser socorrida pelos familiares até o hospital Santa Terezinha, onde foi contatado o óbito.

Imperando a lei do silêncio ninguém deu informações dos possíveis autores dos disparos.

O caso será investigado pela Polícia Civil de Tangará.

Fonte: blog o paralelo/Blog do Robson Freitas.

Por sugestão de Garibaldi, comissão destina R$ 600 milhões para transposição do São Francisco

Do Xerife: A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) aprovou parecer do senador Ricardo Ferraço referente às emendas da Comissão ao Orçamento da União de 2016. Uma das emendas aprovadas, do senador Garibaldi Filho, destina R$ 600 milhões ao Ministério da Integração Nacional para serem utilizados no programa de integração do Rio São Francisco com as bacias dos rios Jaguaribe, Piranhas-Açú e Apodi, no eixo norte. A Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) será comunicada da decisão da CI.

Dilma sobe tom e defesa da democracia norteia 12º CONCUT

De Ozamir Lima: Dilma lembrou também que as pedaladas fiscais são atos administrativos também usados pelos governos que a antecederam. “Não tivemos nenhum interesse nesses atos nada que não seja executar nossas políticas de investimento”,

Para mudar o cenário, disse a presidenta, é necessária a estabilidade política que a oposição não quer.

“Há uma busca incessante da oposição de encurtar seu caminho ao poder, de dar um salto e chegar ao poder fazendo um golpe. Disse fazendo porque se trata de construir de forma artificial o impedimento a um governo eleito democraticamente por 54 milhões de votos. Jogam sem nenhum pudor no quanto pior, melhor. E pior para a população é o melhor para eles.”

A presidenta ressaltou também que a oposição vota contra medidas que ela mesma criou no passado quando estava no poder e tratou da aliança dos setores conservadores com os grandes meios de comunicação para minar sua gestão. “Envenenam a população todos os dias nas redes sociais e na mídia e o pior é que espelham o ódio e a intolerância”, criticou, sendo interrompida, nesse momento, por um uníssono “o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo”.

Ao dizer que a hora é de unir forças, combater o pessimismo e a intriga política, Dilma desafiou. “Quem tem força moral, reputação ilibada ou biografia limpa o suficiente para atacar minha honra?

Lula classificou a intervenção de Dilma como um divisor de águas e, para ele, a presidenta assumiu a postura de quem foi escolhida por 55 milhões de brasileiros.

“Hoje deixamos de ter apenas uma presidente para ter uma líder política. Hoje a Dilma não fez um discurso de presidenta, com relatório do que cumpriu, mas veio dizer ‘eu sou a presidenta desse país com voto conquistado pelo povo e vou exercer meu mandato na sua plenitude. Hoje é como se ela estivesse falando, mulheres e homens do meu Brasil, não deem ouvidos aos nossos adversários porque eu assumi definitivamente a presidência do Brasil”, classificou.

Porém, o ex-presidente cobrou que Dilma vire a chave da política econômica, de um modelo de corte, para outro de crescimento e geração e emprego.

Motorista perde o controle do volante e capota o carro na Serra de São Miguel

O capotamento aconteceu no início da tarde de hoje, 13 de outubro, na RN 117, em uma curva, próximo ao trevo de acesso a cidade de Dr Severiano, entre os municípios de Encanto e São Miguel, no Oeste do Rio Grande do Norte.

Segundo informações, o motorista sobrou na curva e saiu da pista, capotando várias vezes. Ele ficou preso às ferragens sendo necessário a intervenção do resgate do Corpo de Bombeiros, para retirá-lo.
O motorista, ainda sem identificação, foi socorrido por uma equipe do Samu para o Hospital Regional de Pau dos ferros e segundo informações, seu estado de saúde é considerado muito grave.
 
*Informações e imagens: O Câmera.
 

Nélter Queiroz destaca projeto que beneficia consumidores potiguares e criticou a demissão do Xerife

Em pronunciamento na sessão plenária da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (14), o deputado Nélter Queiroz (PMDB) abordou o Projeto de Lei de sua autoria que estabelece que as cobranças das empresas públicas e privadas do Estado sejam emitidas aos clientes com o prazo mínimo de 10 dias em relação à data de vencimento.

“Este projeto de lei é direcionado principalmente às administradoras de cartão de crédito, por exemplo, que muitas vezes enviam as suas cobranças com um prazo tão curto que quando chegam aos seus destinatários já estão vencidas. Dessa forma, iremos evitar o pagamento de multas por pagamento em atraso”, justifica Nélter.

Durante a sessão, o deputado também enalteceu a moção de agradecimento aprovada pela Câmara Municipal de Jucurutu dedicada aos funcionários da Caern e da Polícia Militar (RN) que operaram a mudança nos pontos de captação da água da barragem Armando Ribeiro Gonçalves para melhoria do abastecimento de água nos municípios da Serra de Santana. Nélter questionou a atitude do vereador da cidade, Márcio Soares, que segundo ele “tentou obstruir com o seu veículo o trabalho dos servidores da Caern para mudança dos pontos de captação da água”, afirmou.

Em resposta ao pronunciamento de Nélter Queiroz, o deputado George Soares (PR) criticou a postura dos servidores da Caern na abordagem ao espaço instalado na propriedade do vereador Márcio Soares. “A equipe da Caern foi enviada à propriedade para substituição do ponto de captação e durante a operação o vereador Márcio Soares constatou danos ao capinzal, cercas e outras estruturas da fazenda. Ele então questionou a necessidade de recuperação dos estragos provocados em sua propriedade”, argumentou o deputado, criticando a homenagem e atribuindo à questão política de Jucurutu.

Outro ponto abordado pelo parlamentar durante o pronunciamento de hoje na Assembleia foi a recente demissão do radialista Robson Pires, ex-funcionário da Rádio Rural de Caicó. O parlamentar comentou a nota de apoio emitida pelo Sindjorn e criticou os motivos que levaram à demissão do profissional. “A atitude da Rádio não condiz com o momento de democracia em que vivemos”, disse o parlamentar, externando solidariedade ao radialista.

Fussura: Foragido da Mario Negócio foi recaptura na tarde de hoje

Francisco Andrade da Silva, “Fusura”, foragido da Penitenciaria Agrícola Mário Negócio em Mossoró no Rio Grande do Norte foi recapturado, no início da tarde de hoje, 13 de outubro

Fussura é condenado e cumpria pena no complexo penal por assalto, mas havia fugido do regime semiaberto, há alguns dias. Ele foi localizado por um agente penitenciário, próximo à Praça Vilma Maia no bairro Belo Horizonte.

Depois de detido pelo agente “Bião”, Fussura foi acompanhado pelos agentes do Grupo de Escolta Penal, e deverá cumprir o restante de sua pena no presidio de onde saiu sem autorização da Justiça.


*O Câmera.

CONVITE DE CANTORIA!!!

Prefeito é linchado e queimado vivo por populares

O prefeito de uma cidade da Guatemala foi linchado e queimado vivo neste domingo por um grupo de moradores enfurecidos que o acusavam de ser o responsável por um ataque a tiros que deixou duas adolescentes mortas. Basílio Leja, prefeito do município de Concepción, no departamento guatemalteco de Sololá, estava em sua casa quando uma multidão de manifestantes enfurecidos cercou a residência. A casa teve suas portas arrombadas e o prefeito foi arrastado para a rua, onde apanhou muito e posteriormente foi queimado enquanto ainda estava vivo. Carros que estavam na rua também foram queimados.
Segundo os investigadores, o ataque aconteceu porque as pessoas acusavam o prefeito de ser o responsável por um ataque que aconteceu de manhã contra o ex-candidato ao governo local Lorenzo Sequec Juracán. O político foi baleado quando estava em uma caminhonete junto com sua família em uma estrada perto de Concepción. Aparentemente, um veículo bloqueou a estrada e os ocupantes, uma dezena de pessoas, atiraram contra eles, matando Lesbia Noraida Sequec, de 17 anos, e Hermelinda Bocel, de 16, filha e sobrinha de Sequec Juracán, respectivamente. No atentado ficaram feridas outras cinco pessoas, entre elas o político.

 Robson Pires

Dagoberto Bessa, Alberoni e Zé Júlio são três bons exemplos de gestão no RN




Os três prefeitos Dagoberto Bessa de Severiano Melo, Alberoni do Encanto e Zé Júlio de Antônio Martins vem fazendo a diferença em seus municípios foram unânimes em seus discursos em dizerem que quando se é escolhido para administrar não adianta ficarem no lenga-lenga tentando enganar suas populações, se elegeram propondo melhorar, não adianta ficar dizendo que o outro era assim, nem que o tempo está difícil, as dificuldades existem, mas boas gestões sabem as alternativas para enfrentá-las.
Bons exemplos existem, segue os maus quem quer.

João Moacir

Metade da riqueza mundial está nas mãos de 1% da população, diz estudo

A desigualdade econômica está aumentando, com metade da riqueza do planeta nas mãos de 1% da população. Isso é o que aponta

estudo do banco Credit Suisse.
Segundo o estudo, a desigualdade aumentou continuamente desde 2008. Agora, a porção mais abastada é dona de 50% da riqueza mundial. Em 2014, o índice era de 48,2%.
Para entrar na metade mais rica da população mundial, uma pessoa deve ter US$ 3.210 (R$ 12,4 mil). Com US$ 68,8 mil (R$ 266,2 mil), chega aos 10% mais endinheirados. Para estar no 1%, é preciso mais de US$ 759,9 mil (R$ 2,9 milhões). Segundo o estudo, a riqueza é o conjunto de posses, incluindo dinheiro, imóveis e ações, mas descontando as dívidas.
Cerca de 3,4 bilhões de pessoas, pouco mais de 70% da população adulta mundial, têm menos do que US$ 10 mil (R$ 38,7 mil). Um quinto da população, cerca de 1 bilhão de pessoas, tem entre US$ 10 mil e US$ 100 mil (R$ 387 mil). O restante, 383 milhões de adultos, ou 8% da população, têm mais de US$ 100 mil.
O estudo também apontou que o total da riqueza global caiu para US$ 250 trilhões, depois de atingir US$ 263 trilhões em 2014.
Além disso, pela primeira vez, a classe média chinesa é maior do que a americana. São 109 milhões de chineses nessa situação, contra 92 milhões de americanos.

Fonte: Uol

PT pedirá prisão de Cunha se ele se decidir a favor do impeachment


Setores do PT estão dispostos a pedir a prisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), caso ele tome a decisão de despachar favoravelmente algum

dos pedidos de impeachment contra Dilma Rousseff.

Congressistas e advogados do PT ouvidos pelo Blog entendem que a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, proibiu Eduardo Cunha de tomar qualquer tipo de decisão em relação aos pedidos de impeachment. Inclusive de aceitar um desses requerimentos.
Dentro do governo, é a favor dessa interpretação o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, segundo o Blog apurou.
O autor da tese é o deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), também mentor das ações que governistas apresentaram ao Supremo Tribunal Federal. Os congressistas reclamaram de uma decisão de Eduardo Cunha a respeito do rito procedimental em casos de pedidos de impeachment.
As ações dos governistas no STF renderam decisões favoráveis ao Planalto. Duas decisões foram do ministro Teori Zavascki e uma da ministra Rosa Weber.
Na sua decisão, Rosa Weber –segundo interpretação de Damous– impediu Cunha de decidir qualquer coisa sobre os pedidos de impeachment. Leia aqui a íntegra da decisão de Weber, proferida no meio da tarde desta 3ª feira (13.out.2015).
Ao Blog, o deputado Wadih Damous, que também foi presidente da OAB no Rio de Janeiro, disse: “Se houver, por parte do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, desobediência a decisão judicial, no caso, à ordem da Suprema Corte Brasileira, ele torna-se passível de prisão por desobediência”, afirmou. “Eu entendo que a base aliada deveria entrar com um pedido de prisão, caso, e e eu espero e tenho certeza de que não ocorrerá, caso ocorra a desobediência”, disse.
A ministra Weber determina na sua decisão que “a autoridade reclamada [Eduardo Cunha] se abstenha de receber, analisar ou decidir qualquer denúncia ou recurso contra a decisão de indeferimento de denúncia de crime de responsabilidade contra presidente da República”.
A seguir, um extrato do documento do STF com a decisão de Weber mostrando o trecho evocado por Damous.

CUNHA DESPACHA 5 PEDIDOS

Na tarde desta 3ª feira (13.out.2015), depois da decisão de Rosa Weber, o deputado Eduardo Cunha mandou para o arquivo mais 5 pedidos de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Para Wadih Damous, porém, Eduardo Cunha não violou a decisão do STF nesse caso. Ao apenas arquivar pedidos, não teria confrontado a decisão judicial.
A oposição discorda da interpretação de Damous. “Não é isso que está escrito na decisão. A ministra vedou a que se recorra à qualquer inovação presente na questão de ordem. No mais, fica preservado o direito do presidente Eduardo Cunha decidir conforme o rito anterior'', disse o líder do Democratas, deputado Mendonça Filho (PE).
“Se há alguma dúvida quanto à decisão de um ministro do Supremo, o que cabe são os chamados agravos de instrumento. E não esse tipo de ameaça. Cabe ao presidente [da Câmara] responder à ameaça de Wadih'', concluiu Mendonça.
O líder do PT na Câmara, Sibá Machado (AC), disse que a posição de Damous não é consensual na bancada. “Há uma grande dúvida na bancada sobre qual a extensão dessa decisão da Rosa Weber. Ele (Wadih) está seguro, mas muita gente não está. Estamos analisando com carinho”, disse o petista.
Por meio de sua assessoria, Eduardo Cunha afirmou que tem entendimento jurídico diverso do de Damous. Disse também que a oposição recorrerá ao Supremo contra as decisões proferidas por Teori Zavascki e Rosa Weber. Sobre o eventual pedido de prisão caso decida favoravelmente a respeito de um pedido de impeachment, Cunha declarou que não comentaria a “ameaça'' feita pelo deputado petista.

Fonte: Uol

No RN, juiz suspende transferência de ex-governador preso para presídio

O ex-governador do Rio Grande do Norte Fernando Freire – pelo menos por enquanto – não vai mais cumprir pena em uma unidade prisional comum, conforme havia decidido o juiz Henrique Baltazar Vilar dos Santos, titular da vara de Execuções Penais de Natal. A decisão de suspender a transferência foi publicada nesta terça-feira (13) pelo próprio magistrado. Condenado por crime de peculato (desvio de recursos públicos), Freire foi preso no dia 25 de julho na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Dois dias depois, já em Natal, foi levado para a o quartel do Comando Geral da Polícia Militar, onde encontra-se neste momento.

Nesta terça-feira (13) o magistrado decidiu suspender a ordem de transferência do apenado, que deverá permanecer provisoriamente sob a guarda da Polícia Milita. Na decisão, Henrique Baltazar relata que o Comando Geral da Polícia Militar informou que está ultimando a construção de um presídio adequado e noticiou "grave risco" para a vida do apenado no sistema penitenciário.

"Nos últimos dias ocorreram várias mortes de presos dentro do sistema prisional do Rio Grande do Norte, demonstrando a perda do controle estatal sobre a segurança de tais unidades A situação informada nos autos impõe providências imediatas, ao menos enquanto não se esclarece melhor a situação", diz o juiz na decisão.

Após ser preso no Rio de Janeiro, Fernando Freire foi transferido para o Quartel da PM do RN no dia 27 de julho. No dia 24 de setembro, o juiz Ricardo Arbex, titular da Comarca de Nísia Floresta, autorizou a transferência para uma unidade prisional. Fernando Freire seria transferido para a Penitenciária de Alcaçuz no dia 25 de setembro, mas passou mal e foi internado no Hospital São Lucas na capital potiguar. Ele permaneceu na unidade hospitalar até o dia 6 de outubro quando foi transferido para o Quartel do Bope. No dia 9 de outubro ele voltou a ser transferido para o quartel da PM onde permanece preso.

Condenações

O ex-governador foi detido no dia 25 de julho na orla da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Freire morava havia três meses na capital carioca e residia no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste da cidade.

Fernando Freire possuía quatro mandados de prisão em aberto de processos em que foi condenado. As penas somadas chegam a 39 anos de prisão.

De acordo com o procurador-geral, três das quatro condenações são relativas ao escândalo conhecido como 'Máfia dos Gafanhotos', e a quarta se refere a um processo sobre concessão ilegal de incentivo a uma empresa potiguar e pagamentos indevidos para agentes públicos.
G1 RN

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO