quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Chá de jaramataia ajudou jovem a engravidar na zona rural de Apodi-RN


Mais um caso registrado com sucesso dos efeitos da planta jaramataia, a jovem Kaysa Monteiro moradora do distrito de Soledade zona rural da cidade de Apodi no RN tinha problemas de engravidar por causa de vários poli cistos nos ovários e há mais de 06 anos vinha tentando engravidar e não conseguia, passado algum tempo e já sem esperanças ela soube através de uma amiga da eficiência do chá de jaramataia no combate aos poli cistos, e por conta própria resolveu provar do chá milagroso, depois de 03 meses de consumo diário para sua surpresa ela conseguiu engravidar, e disse graças a essas folhas estou realizando o meu sonho de ser mãe.

A campanha beneficente para ajudar a saúde das pessoas não tem custo algum, Quem quiser provar do chá é só ligar 84 – 9 9156 3020 ou 9 9820 96 49 ou mandar um e mail para wocampanhas@gmail.com e falar com Wilson Oliveira, a distribuição é gratuita para quem vier buscar aqui em Apodi, mais informações no https://www.youtube.com/user/woapodi

Historiador revela mais provas de que Brasil foi descoberto no RN

Duas mil milhas separam a cidade de Touros, no Rio Grande do Norte, a Porto Seguro, na Bahia. Mas poucos sabem que ambas possuem um ponto em comum: o descobrimento do Brasil. Pois é. A polêmica em torno do lugar exato onde Pedro Álvares Cabral desembarcou pela primeira vez no país voltará à tona nos próximos meses.

O professor universitário Lenine Pinto, historiador e responsável por uma ampla pesquisa em torno do assunto, está finalizando mais um livro, desta vez intitulado “O Bando do Mar”. Na obra, dará continuidade ao seu primeiro livro, que tornou famosa a polêmica tese de que o Brasil foi descoberto no Rio Grande do Norte.

No ano de 1998 Lenine Pinto publicou a primeira edição do livro, que tinha por título “A Reinvenção do Descobrimento”. Naquela época a publicação foi destaque nacional pela abordagem da temática do descobrimento, e rendeu ao professor a participação em diversas palestras e programas de televisão.

Em entrevista ao Portal Agora RN o docente afirmou estar animado com o novo trabalho, que ele já vem desenvolvendo desde 2007 e pretende lançar no próximo mês de novembro, durante um encontro de escritores em Natal.

“Neste novo trabalho pretendo apresentar aos leitores mais detalhes desse importante período de nossa história, detalhes estes que não estavam na primeira edição”, relatou.
Entre os pontos que o professor destaca como fundamentais para a tese da descoberta aqui no Rio Grande do Norte está o fato de Pedro Álvares Cabral, no dia em que implantou o Marco de Posse na praia de Touros, ter convocado todos os capitães para uma reunião em seu navio.
No encontro ele perguntou aos capitães se não seria conveniente enviar um navio de volta a Lisboa para contar ao rei Dom Manoel que eles tinham achado a terra. Ao saber da notícia, o rei de pronto já se dispôs a mandar, no ano seguinte.

Outro ponto que ele ressalta é que Pero Vaz de Caminha, ao descrever a descoberta da terra, disse que a primeira coisa que viu foi um monte alto e redondo, que seria o Pico do Cabugi, segundo a tese de Lenine Pinto. O Monte Pascal, na Bahia, é uma torre, é cortado e não tem pico. “Isso aí é um atestado claro do descobrimento aqui”, ressalta.

O professor também detalhou que o pau brasil nascia aqui no Rio Grande do Norte e se estendia até Cabo Frio, com uma interrupção na Bahia. “Em Porto Seguro não tinha Pau Brasil, muito menos açúcar, essenciais para a economia da época”, completou.

Reivindicação histórica

Questionado sobre a passividade de políticos do RN em reivindicar uma possível correção histórica sobre a descoberta do Brasil, o professor foi bem direto em sua resposta. “Os políticos do Rio Grande do Norte, em outro caso, entregaram a Pernambuco a Ilha de Fernando de Noronha; eles não têm interesse em ajudar a história, não ligam para o nosso registro”, desabafa.

Como benefício ao Estado por essa possível correção histórica, o educador prevê que a mudança poderia ajudar muito a atividade turística potiguar, gerando mais atratividade para o RN.


Fonte: Agora RN

Preso de Alcaçuz ganha TV de Led para usar dentro de cela

Um preso de Alcaçuz, identificado apenas pelo apelido de Pastor, ganhou o direito a ter dentro de sua cela uma TV de Led. O aparelho, de 32 polegadas, tem até mesmo a função de acesso a internet. 
De acordo com o que foi apurado pelo Portal BO, a TV foi levada por familiares e direção de Alcaçuz permitiu a entrada do aparelho, na tarde desta quarta-feira (21).

A reportagem também tentou contato com a direção da penitenciária para saber o motivo da liberação, mas as ligações não foram atendidas nem pelo diretor nem pelo vice.


Fonte: Portal BO

Cunha recebe mais um pedido de impeachment da presidente Dilma

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, foi alvo de um protesto, nesta quarta-feira (21), dentro do Congresso. E recebeu da oposição mais um pedido de impeachment da presidente Dilma.

A oposição chegou com um carrinho para entregar as milhares de páginas do novo pedido de impeachment. Documentos que tratam das pedaladas fiscais de 2014 e trazem quatro decretos assinados pela presidente Dilma em julho, agosto e setembro para mostrar que ela teria gasto este ano R$ 820 milhões, sem autorização do Congresso.

“Ela cometeu crime de responsabilidade com as pedalas fiscais que estão agora nesse documento único apresentado hoje pelas lideranças de oposição. Então deixo claramente que a partir de agora cabe ao presidente analisar e dizer para o país se aceita ou não o pedido de impeachment”, diz o deputado Rubens Bueno, PPS-PR, líder do partido.

O líder do governo na Câmara diz que a oposição continua em campanha e que deveria pensar em outros assuntos para ajudar o país.

“Que tal o Natal com DRU? Com CPMF? Essa ideia brilhante que o PSDB criou em décadas passadas que foi a criação da CPMF”, afirma o deputado José Guimarães, PT-CE, líder do governo.

Cunha não disse sim para a oposição, nem não para o governo. Vai levando o impeachment em banho maria. E ironizou as pedaladas fiscais da presidente Dilma.

“As pedaladas já estão virando motocicleta. Saiu da bicicleta foi para a motocicleta”, comenta o deputado Eduardo Cunha, PMDB-RJ, presidente da Câmara.

Mas não deu prazo para responder ao pedido de impeachment. Enquanto isso, o presidente da Câmara vai segurando críticas mais contundentes da oposição. E vê os deputados governistas seguirem à risca a orientação do Palácio do Planalto para que ele seja poupado dos discursos no Plenário. E nesta quarta-feira (21), entrou para a galeria de ex-líderes do PMDB na Câmara sob elogios de dezenas de deputados.

O PSOL é que não dá sossego ao presidente da Câmara. Com a ajuda de deputados de outros partidos, puxou uma manifestação no salão verde para dizer: não a elogios à corrupção.

Durante a manifestação, Cunha dava entrevista. Alguns parlamentares puxaram um coro pela renúncia. Cunha foi obrigado a terminar a entrevista. “É uma casa democrática, cada um tem o direito de se manifestar do jeito que quiser”, destaca o deputado Eduardo Cunha, PMDB-RJ, presidente da Câmara.

O líder do PSOL comemorou a primeira manifestação aberta contra Cunha dentro da Câmara.

“A insatisfação, por incrível que pareça, por mais que se feche a Câmara, ecoa aqui dentro”, comenta Chico Alencar, PSOL-RJ, líder do partido.

No fim da tarde, o PDT, que faz parte da base do governo, divulgou nota contra o impeachment da presidente Dilma e à favor da renúncia de Eduardo Cunha.

O coordenador jurídico da campanha de Dilma Rousseff, Flávio Caetano, disse que a mudança no pedido de impeachment da presidente Dilma que já tinha sido apresentado é uma manobra política que desrespeita decisão do Supremo Tribunal Federal.

JN

Lava Jato: delator dá detalhes de suposta dívida de campanha de Lula

O delator e ex-gerente da Petrobras Eduardo Musa deu detalhes sobre uma suposta dívida da campanha do presidente Lula que teria sido paga por meio de um contrato da Petrobras.

O depoimento de Eduardo Musa foi no fim de agosto deste ano no Ministério Público Federal em Curitiba.
As afirmações do ex-gerente da Petrobras estão na edição desta quarta-feira (21) do jornal “Valor Econômico”. O Jornal Nacional também teve acesso à delação.
Musa afirmou que soube pela primeira vez da dívida de campanha presidencial do PT de 2006 com o Banco Schahin pelo ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

O ex-gerente afirmou que essa informação foi confirmada depois por Fernando Schahin, ex-executivo do grupo.

Schahin também teria tido para Musa que o empréstimo de R$ 60 milhões foi intermediado pelo pecuarista José Carlos Bumlai. Bumlai é amigo pessoal do ex-presidente Lula.

Musa afirmou que para quitar a dívida o governo entregou o contrato de operação do navio-sonda Vitória 10.000 à construtora Schahin, sem licitação.

Eduardo Musa admitiu que trabalhou diretamente para que o negócio com a Schahin fosse fechado. O contrato foi assinado em 2007. Em troca, Musa recebeu no exterior US$ 720 mil de propina da empresa.

Ele disse também que não era necessário contratar a sonda Vitória 10.000, já que a Petrobras sabia que os poços a serem explorados pela sonda na África estavam secos. Mesmo assim, Eduardo Musa apresentou a contratação da sonda para diretoria da Petrobras como um bom negócio para atender aos pedidos de seus superiores

O ex-gerente da Petrobras Eduardo Musa já é réu na Operação Lava Jato e responde na Justiça por corrupção.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse que a dívida nunca existiu, que é mais uma mentira divulgada de maneira irresponsável para comprometer o partido, que o PT jamais delegou a responsabilidade de arrecadar fundos de campanha e que todas as doações foram legais e declaradas à Justiça Eleitoral.

O advogado de José Carlos Bumlai disse que o cliente contraiu empréstimo no Banco Schahin e pagou com doação de bens, sem nenhum tipo de favorecimento.

A defesa do grupo Schahin afirmou que a empresa era, na época, a única no país em condições de operar a sonda Vitória 10.000.

A advogada de Nestor Cerveró não quis comentar

JN

Vaticano desmente notícia de tumor do Papa Francisco

A divulgação de que o Papa Francisco teria um tumor benigno no cérebro mobilizou a imprensa mundial, nesta quarta-feira. E provocou a reação imediata do Vaticano.

Uma notícia de impacto e vários desmentidos: “O Papa Francisco não tem nenhum tumor no cérebro, afirmou o porta-voz do Vaticano. “Só um problema na perna”, disse.

Embora Francisco tenha comentado este ano que sentia que o seu pontificado duraria pouco, talvez dois anos.

O padre Federico Lombardi chamou de inqualificável a divulgação da notícia pelo Quotidiano Nazionale. 

O médico japonês Takanori Fukushima, que segundo o jornal teria atendido o Papa, também mandou um desmentido.

Enquanto, na Praça São Pedro, o Papa demonstrava boa saúde, conduzindo a catequese, sorridente como sempre, o diretor do jornal italiano afirmava: “Sabíamos que teria um negado. Mas não temos dúvidas do que publicamos”.

Com o passar do dia, as acusações ao jornal se tornaram claras. “Foi uma grande confusão provocada com a intenção de manipular”, denunciou, L'osservatore Romano, órgão de imprensa do Vaticano.

A notícia do suposto tumor no cérebro do Papa pode ter tido a intenção de enfraquecer a figura do pontífice e o seu grupo de cardeais reformistas. Afinal, a grande assembleia dafamília, que acaba sábado deverá tomar decisões, e mais os conservadores, que se opõem a Francisco, são muitos.

G1

Apodi=Carro tomado de assalto é encontrado incendiado na região da areia.

Por volta das 21:30hs da noite desta Terça feira dia 20/10, a central de operações da Polícia Militar foi informada de um assalto a mão armada nas proximidades do Sítio Ponta, Zona Rural de Apodi.

Segundo informações repassadas a polícia pela vítima identificada apenas como Kleber de Altiva, disse que trafegava no seu veículo, um Omega de cor verde, ano 96 e placas HVH-0902, em direção ao Sítio Córrego, quando em um determinado local, dois elementos de estatura alta e magros, numa motocicleta alta e armados de revólver, abordaram o mesmo e anunciaram o assalto.

Ainda segundo a vítima, os elementos levaram seu carro e uma quantia de 300 reais, e seguiram em direção a região da areia.

O GTO de Apodi foi acionado, realizou diligência naquela região, e nas proximidades do Sítio Retiro, localizou o carro em chamas. Os policiais nada puderam fazer para evitar o incêndio, pois o carro já estava totalmente tomado pelo fogo.

A polícia ainda realizou buscas por toda a região, mas infelizmente nenhum suspeito foi preso. O caso será investigado pelo delegado Renato Oliveira, titular da delegacia de Apodi. 


Informações e imagens: Sentinelas do Apodi.

Pau dos Ferros: Banda de Música Antônio Florêncio de Queiroz

Time pronto para todos tipos de desfiles......( Cívico ou Militar ).
Lembrando agora da Banda Antônio de Pádua Leite de Apodi, que desapareceu. Infelizmente!!!

AVISO IMPORTANTE!!!

A Escola Municipal Isabel Aurélia Tôrres (EMIAT) comunica aos alunos do 5º ao 9º anos que AMANHÃ (22/10) às 08:00h, devem estar na referida escola para se deslocarem até a CÂMARA MUNICIPAL DE APODI-RN, com a finalidade de assistirem a Sessão Ordinária, que servirá como "laboratório" para a simulação legislativa referente ao Projeto "Caminhos da Cidadania" (Missão Pedagógica no Parlamento - Câmara Federal)
Na oportunidade CONVIDAMOS também A COMUNIDADE ESCOLAR (pais, professores, funcionários e alunos) do 5º ao 9º anos, para participar da ELEIÇÃO DOS VEREADORES-MIRINS, na REFERIDA ESCOLA, no mesmo dia, no horário vespertino (14:00h às 16:00h).
Certos de contarmos com a vossa participação, agradecemos.

Acidente com dois carros na BR 405 em Apodi causa danos materiais

Na tarde de hoje (21), por volta das 13:30 um acidente envolvendo um Uno e um Cívic na entrada da cidade de Apodi assustou passageiros.

Segundo informações dos próprios motoristas o Civic, que era dirigido por um funcionário administrativo do IFRN, se deslocava do Campus em direção a cidade pela BR 405 quando, ao tentar desviar de um camaleão que passava na pista, acabou colidindo na lateral do Uno. Com o impácto o Uno capotou e quebrou algumas peças do veículo.
O Uno que se deslocava no sentido contrário, levava um idoso que está cirurgiado e iria se apresentar ao médico, más também não sofreu nenhum dano.

Apesar do capotamento nenhum passageiro ficou ferido, pois todos usavam cinco de segurança. Os únicos danos foram materiais, com prejuízos na lataria e no vidro do carro.

Todos passam bem e sente-se aliviados, apesar do susto e os condutores aguardam a chegada da Polícia Federal para registrar a ocorrência.

O local do acidente, em frente a água mineral Cristalina do Oeste, já foi alvo de vários prejuízos, inclusive morte, mas desta vez nada ocorreu além dos danos materiais.
Fonte: http://jairgomesapodi.blogspot.com.br

CONVITE DE CANTORIA!!!

CARAÚBAS: ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LOURENÇO GURGEL DE OLIVEIRA REUNIDA NA MANHÃ DE HOJE

Estudo para sugestões da versão preliminar em gestão democrática do RN na Lourenço Gurgel.

Pedreiro cai sozinho da moto na BR 304 próximo a Maísa e morre no local: A cobertura de um pneu pode ter causado o acidente

O acidente aconteceu no KM 12 de BR 304, próximo a Maísa e teve como vítima Fatal o pedreiro Francisco Marcelo Teixeira de Lira, de 39 anos de idade residente na Vila Central da Maísa.
Segundo informações da família, Marcelo saiu da casa de sua mãe no Assentamento Olga Benário por volta de 19 horas e pouco tempo depois foi encontrado caído e já sem vida, dentro de uma vegetação rasteira as margens da via. 
A motocicleta conduzida pelo pedreiro, rodou alguns metros fora da pista, mas aparentemente, nem ele e nem a motocicleta foi tocado por algum tipo de veículo, antes de sair do trajeto normal. 
Para o Perito Criminal Joaquim Guimarães, vários fatores podem ter contribuído para a saída de pista e o desequilíbrio da motocicleta. No local e ao lado do corpo era possível ver restos de pneus de um veículo, que segundo o perito, pode ter sido a causa mais provável do acidente.  
Equipes da Rodoviária Federal registraram mais um acidente com morte nas BRs do Rio Grande do Norte e auxiliaram os trabalhos da Perícia realizada pela a equipe de Plantão no Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep de Mossoró, para o corpo do pedreiro foi removido e será necropsiado. 

Fonte: O Câmera.

Justiça considera greve ilegal e determina retorno de professores da UERN ao trabalho

Decisão do desembargador Cornélio Alves foi tomada na manhã desta quarta-feira
O desembargador Cornélio Alves, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, decidiu pela imediata suspensão da greve dos professores da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), em curso há quase cinco meses. Na decisão, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (21), o magistrado determinou ainda multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento.

Os professores da UERN cobram o pagamento do plano de cargos e salários acordado entre os profissionais e o Governo do Estado no ano passado. Contudo, o Executivo justificou que não poderia efetuar o pagamento dos 12,3% devido ao limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal.

A proposta do governo foi realizar o pagamento em forma de verbas indenizatórias, o que não configuraria um aumento salarial e, assim, não incidiria aumento na folha de pagamento para fins de aplicação da LRF. Contudo, a proposta foi para o pagamento somente aos professores da ativa, excluindo aposentados. A proposta não foi aceita pela categoria.

Paralelamente à negociação com os professores, o Governo ajuizou a ação pedindo a decretação de ilegalidade da greve e consequente retorno dos docentes às salas de aulas. De forma monocrática, o desembargador Cornélio Alves entendeu que a paralisação é ilegal e que os profissionais devem retornar imediatamente ao trabalho. A decisão foi monocrática (tomada somente pelo desembargador) e cabe recurso ao Pleno do TJRN. Até que exista uma decisão contrária, porém, os professores devem retornar ao trabalho sob pena de multa diária de R$ 10 mil à Aduern, até o limite de R$ 50 mil.

“Cerca de 10.400 estudantes universitários estão fora de sala de aula, em decorrência do movimento paredista que carece de respaldo legal, causando uma série de danos de improvável e difícil reparação, inclusive com evidente risco de perda do semestre”, argumentou o desembargador para determinar o retorno ao trabalho.

Avaliação

O presidente da Aduern, Lemuel Rodrigues disse que os professores continuam em assembleia permanente e, dependendo do resultado do julgamento do pedido de ilegalidade da greve, em que atua como relator o desembargador Cornélio Alves, haverá uma reunião ao meio-dia de hoje ou amanhã para se avaliar a decisão e, justamente por isso, a assembleia não avaliou, ainda, qualquer possibilidade de entrar com recurso à instância superior antes de sair uma sentença judicial da Corte.

Técnicos retornaram

Os técnicos administrativos da Uern, que estavam em greve há mais tempo que os professores – 160 dias, decidiram ontem retornar às atividades a partir de hoje (21). O presidente do Sindicato dos Técnicos Administrativos da Uern, Elineudo Melo, apresentou a proposta do governo que prevê um abono de 12,035% (auxílio-transporte) aos servidores ativos e sinaliza a possibilidade, condicionada ao Limite Prudencial, de concessão do reajuste a partir de maio de 2017, a ativos e inativos.

O governo também se comprometeu a realizar concurso público para o preenchimento de vagas decorrentes de aposentadoria e falecimento, já em fevereiro de 2016, e, ainda, liberar recursos já previstos no orçamento estadual para obras em andamento na Uern, como a reforma e construção do prédio do campu de Caicó, da Faculdade de Ciências Exatas e Naturais, em Mossoró, que vai para o quarto ano de execução de obras.

Os servidores da Uern também cobram do governo estadual o compromisso de pressionar a União no sentido de aprovar a liberação de R$ 850 milhões para obras previstas no Pro-Invest e pedem a continuação das obras da Uern na Zona Norte de Natal, que ainda precisa de R$ 6,2 milhões para o fim das obras.

*Fonte: www.tribunadonorte.com.br/Skarlack.

Macaco não olha pro rabo, diz o ditado popular

Do Xerife: A senadora petista Fátima Bezerra comemorou como conquista extraordinária a retirada do texto da reforma política da proposta de financiamento privado de campanha.

Logo ela que recebeu doações para a sua campanha eleitoral em 2014, das empresas Engevix Engenharia (R$ 50 mil) e da Construtora Andrade Gutierrez (R$ 450 mil), que estão envolvidas no esquema de desvio de dinheiro da Petrobras.

E ainda chama de “corruptos” os políticos que são favoráveis a doação de campanhas.

Vá entender!

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO