terça-feira, 22 de dezembro de 2015

chá de jaramataia cura prisão de ventre

Vídeo da Previsão de chuvas no ano de 2016 de acordo com o pássaro João de Barro

INSS estabelece procedimentos para a concessão do seguro defeso

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estabeleceu os procedimentos para a concessão do seguro desemprego do pescador artesanal, conhecido como seguro defeso. As orientações para a concessão do benefício estão na Instrução Normativa nº 83, publicada no Diário Oficial da União (DOU), desta segunda-feira (21).

Tem direto a receber o seguro defeso, no valor de um salário mínimo, o pescador artesanal que trabalha de forma ininterrupta e tem sua atividade profissional paralisada durante o período de defeso para a reprodução das espécies.

O recebimento de auxílio-doença , salário maternidade e pensão por morte não impedem que o pescador receba o seguro defeso. Contudo o este não pode exercer outra atividade remunerada durante este período nem receber benefício assistencial. O benefício é pago por no máximo cinco meses.

Robson Pires

Prefeitura de Caicó recebe equipamentos para modernização do matadouro

A prefeitura de Caicó começou a receber nesta segunda-feira (21) os equipamentos que servirão para adequação e modernização do matadouro público municipal. As novas ações que serão realizadas no matadouro de Caicó incluem ainda instalação dos equipamentos e treinamento de pessoal para manuseio.

A empresa vencedora da licitação que garantiu a compra dos equipamentos fez e entrega de parte do trilhamento, mesas que serão utilizadas em várias atividades dentro do matadouro, tanque de escaldamento, caldeira, entre outros equipamentos que irão modernizar toda forma de realização dos serviços naquele espaço.

Os equipamentos foram adquiridos através de uma ação parlamentar da senadora Ivonete Dantas, que dispôs de uma emenda para que a gestão do prefeito Roberto Germano pudesse realizar os projetos, a licitação e a consequente aquisição de todo material.

O xerife

TCE suspende concorrência para limpeza pública em Macaíba por suspeita de sobrepreço de R$ 8,8 milhões

O Tribunal de Contas do Estado, através de decisão monocrática do conselheiro Tarcísio Costa, suspendeu de forma cautelar a Concorrência 007/2015, da Prefeitura Municipal de Macaíba, cujo objeto é a contratação de empresa especializada em serviços de limpeza urbana.

O conselheiro seguiu parecer do Ministério Público de Contas e informações do corpo técnico da Inspetoria de Controle Externo, que identificou a possibilidade de sobrepreço no valor de R$ 8.838.218,88, o que significa um percentual de 79,24% do orçamento total estimado no projeto básico. O valor total da contratação é de R$ 15,8 milhões.

Segundo informações da Inspetoria, presentes no voto do conselheiro, a comparação entre os custos com limpeza urbana em Natal e Parnamirim com os apresentados na concorrência demonstra disparidade. Em Natal, o custo é de R$ 7,48 mensalmente por habitante; em Parnamirim, R$ 6,83. Já na licitação realizada em Macaíba o custo mensal per capita ficou em R$ 16,92.

TN

Suíça busca herdeiros de R$ 180 milhões ‘esquecidos’ em contas; há brasileiros na lista

Imagine descobrir, de uma hora para outra, uma conta bancária esquecida há anos por um parente seu. Agora imagine poder reaver o dinheiro.

Famosa pelo sigilo bancário, a Suíça divulgou publicamente uma lista com os nomes de contas inativas por mais de 60 anos e que possuem um saldo mínimo superior a 500 francos suíços (R$ 1995).
Segundo as autoridades do país, as contas pertencem a 2,6 mil pessoas, e juntas, totalizam quase 44 milhões de francos suíços (ou R$ 180 milhões).
A lista é composta, em sua maioria, por suíços, mas há pessoas de todo o mundo, inclusive brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil.
Entre os nomes relacionados ao Brasil por residência ou cidadania constam: Jakob Christen, Reimar von Bulow, Wolter Wolthers, Constantino Serafini, Emma Schleich, Henri Potterat Reis Alves, Pantaleão Machado, Tamara Felsch Tschakirow, Maria Magdalena de Moraes Dias de Oliveira e Anne-Marie de Castro.
Ainda há diversos nomes sem informação de origem ou nacionalidade, mas que soam distintamente brasileiros ou portugueses, como por exemplo Francisco Correia Coelho de Campos, Maria Barbara Eberle e Aurélio Manzoni.
A publicação da lista está prevista em uma nova lei que entrou em vigor no começo deste ano.
Após a divulgação dos dados, os possíveis herdeiros têm um ano para se manifestar, ou o dinheiro ficará para o governo suíço e não poderá mais ser reclamado.

Os nomes estão disponíveis no site: https://www.dormantaccounts.ch/.

Verificação
Quem encontrar um possível parente na lista deve preencher um formulário que dará início ao processo de verificação da legitimidade do herdeiro. É necessário submeter documentos, e o trâmite pode demorar vários meses.

Mesmo quem não encontrar um parente na lista mas souber de contas de familiares que estão adormecidas na Suíça pode solicitar uma busca ao Ombudsman. O serviço está disponível no site: http://www.bankingombudsman.ch/en/dormant-assets/ e não é necessário aguardar o prazo de 60 anos.

Aos interessados é recomendado fazer uma pesquisa extensa, consultando diretamente as 156 páginas da lista, e não somente puxando pelo formulário de busca, pois muitas vezes os perfis incompletos não aparecem nos resultados oferecidos pela ferramenta.
A gaúcha Fernanda Oppliger Paradeda foi pega de surpresa com a divulgação da lista. Neta de imigrantes suíços que se mudaram para o Brasil na metade do século 20, ela compartilha o sobrenome com Frieda Bürki Oppliger, uma correntista listada com origem em Zurique.

"Não sei se somos relacionadas. Teria que pesquisar, mas pode até ser", disse à BBC Brasil, ponderando a época de imigração do avô e a origem da família. A famíia Oppliger é original de Thalwil, vilarejo no cantão de Zurique, mesma região da correntista listada.
Os nomes publicados correspondem a contas inativas desde 1954. Essas informações ficarão disponíveis pelo próximo ano, quando novas contas completarão 60 anos e terão o sigilo quebrado. Se os herdeiros da lista atual não se apresentarem dentro desse prazo, o dinheiro irá para os cofres públicos.


Fonte: G1

Portal destaca fechamento de afiliada da Rede Globo em Mossoró no Rio Grande do Norte

O Portal TV Foco, consolidado como referência quando se trata de televisão no Brasil, destacou em uma de suas postagem o fechamento das atividades da InterTV Costa Branca, afiliada da Rede Globo em Mossoró, região Oeste Potiguar. Veja a postagem na íntegra:

A crise está pegando de surpresa até mesmo as emissoras de televisão. No Rio Grande do Norte, a nova emissora que foi aberta no interior, a InterTV Costa Branca, teve as suas atividades encerradas, devido cortes de gastos

A emissora foi inaugurada em março deste ano, com o objetivo de abranger a cobertura regional. Agora, ela atuará como Sucursal da InterTV Cabugi de Natal. Boa parte da equipe foi demitida, já que uma ala inteira da sede foi fechada

O canal estava localizado na cidade de Mossoró. A atual apresentadora do “RNTV 2ª Edição” na emissora, a jornalista Sara Cardoso, extinta será deslocada para a emissora sede em Natal, a InterTV Cabugi, para exercer novas funções.


Fonte: O TV Foco/Fim da Linha

Polícia Civil cumpre mandados em investigação de empréstimos em nome de idosos

A Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso (DEPI) prendeu em flagrante Cláudio Lima da Silva, de 38 anos, na manhã desta terça-feira (22). A prisão de Cláudio Lima

foi desdobramento do cumprimento de dois mandados de busca e apreensão contra suspeitos que são investigados por realizarem empréstimos consignados em nome de idosos, usando documentos falsos. Ele foi detido no sítio Gameleira, na cidade de Ceará-Mirim, portando uma espingarda calibre 12 e munições.

O segundo mandado de busca e apreensão, que foi expedido pela 4ª Vara Criminal da cidade, foi cumprido na residência da namorada de Cláudio, Eliana Ferreira de Lima. No local, foram encontrados muitos documentos que pertencem a idosos, os quais serão analisados pela Polícia Civil.


Fonte: Portal BO