quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

CHEIROX COM O MATERIAL ESCOLAR PARA O SEU FILHO!!!

CARAÚBAS: HOJE NA ESCOLA LOURENÇO GURGEL

Hoje, equipe da Escola Estadual Professor Lourenço Gurgel de Oliveira muito orgulhosamente, recebendo das mãos de nossa coordenadora Rossana Amaral Paiva, os Certificados de conclusão do Pacto pelo Ensino Médio. Aliás, que foi, é e será esse PACTO, o "carro chefe", das mudanças da escola.
 Diretor Wilton Firmino muito orgulhoso!
 Socorro Lino e Rossana!
 Rossana e Canindé Costa!
 Rossana e Aleandro!
 Ana Paula e Rossana!

TJ nega pedido de habeas corpus e Fernando Freire continuará preso

O voto do desembargador Gilson Barbosa, na sessão da Câmara Criminal do TJRN, nesta quinta-feira (4), definiu que o ex-governador do Estado, Fernando Freire, permanecerá preso no Comando Geral da Policia Militar.

A decisão do integrante do órgão julgador desempatou o julgamento do pedido de concessão do Habeas Corpus, sustentando haver fundamentos suficientes para a manutenção da situação atual, de prisão na qual se encontra o ex-chefe do Executivo potiguar.

Na sessão anterior, do dia 28 de janeiro, o desembargador Glauber Rêgo votou pela concessão do Habeas Corpus, com o argumento de que não haveria fato atual que justificasse a manutenção da prisão e condicionou a liberdade provisória à aplicação de medidas cautelares previstas no artigo 319 do Código de Processo Penal, como a proibição de se ausentar do país e a proibição de contratar com a administração pública ou direitos políticos, dentre outros.

O ex-governador foi condenado a mais de seis anos de prisão, além de multa de R$ 217.200 mil, em sentença proferida pela 4ª Vara Criminal, a qual apreciou as acusações de que Freire, junto à servidora pública Katya Maria Caldas Acioly, no crime, ocasionado na concessão de gratificação de representação de gabinete, através de cheques salário.
No suposto esquema fraudulento, a importância de R$ 4.455,00 foi desviada em seu proveito e o valor do desvio se refere à soma de seis fraudes.

A defesa, por meio do advogado Flaviano da Gama Fernandes, alegou, dentre outros pontos, que em nenhum momento foi subtraída a necessidade de aplicação da lei penal e pediam a imposição das medidas alternativas previstas no artigo 319 do Código de Processo Penal, a exemplo das reconhecidas e concedidas pelo Superior Tribunal de Justiça em outro processo. “Iremos, sem dúvida, recorrer ao STJ. Esse é o próximo passo.
Queríamos resolver nesta instância (TJRN), mas temos degraus e, agora, moveremos recurso, que chega mais forte ao Superior Tribunal de Justiça”, antecipa.

Fundamentos para a prisão

No entanto, no voto, o desembargador Gilson Barbosa, entendeu que a sentença está devidamente fundamentada, pois considerou, concretamente, o fato do réu encontrar-se foragido no momento da prisão, que se deu no Rio de Janeiro, em julho de 2015, o que demonstraria a contemporaneidade dos fatos, justificadores dos riscos que a referida prisão pretendia evitar.

“Ora, ao tempo em que foi proferida, como bem destacou o magistrado de primeiro grau, o paciente estava em local incerto e não sabido, com prisão preventiva decretada nesta e em outras ações, fatos estes que impõem atitudes processuais enérgicas com vistas a resguardar a aplicação da lei penal”, definiu Gilson Barbosa em seu voto nesta quinta-feira.

Para o desembargador, o julgamento de hoje, não se trata da mesma situação posta no HC 50.180, cuja decisão do Superior Tribunal de Justiça, que decidiu pela concessão da ordem, uma vez que, naquela ação penal originária, não ficou comprovado a condição de foragido do réu.

“Além disso, o fato do acusado não mais exercer cargo público não elimina a gravidade das condutas praticadas, as quais resultaram em vultoso dispêndio de dinheiro público”, ressaltou o desembargador, o qual acompanhou o voto da relatora desembargadora Maria Zeneide Bezerra, presidente da Câmara Criminal.

* Fonte: Tribunal de Justiça do RN/De Fato.

Quadrilha explode caixa eletrônico do Banco do Brasil na cidade de Upanema.

Homens armados usaram dinamite e explodiram o caixa eletrônico do Banco do Brasil na cidade de Upanema, na região Oeste do Rio Grande do Norte.

O crime, segundo a Polícia Militar, aconteceu na madrugada desta quinta-feira (04).
Os suspeitos são cinco homens, não identificados, que chegaram à cidade por volta das 2:30h, explodindo o terminal. Todo o dinheiro foi levado, mas a quantia não foi divulgada.

Ainda de acordo com a polícia, após explodirem o terminal os suspeitos fugiram efetuando disparos para o alto para intimidar a população. A PM realizou diligências, mas o bando não foi encontrado.

Este foi o terceiro caso de explosão de caixa eletrônico em Upanema. A cidade tem pouco mais de 13 mil habitantes, segundo o IBGE.

Por Renato Medeiros - Contexto Upanemense/O Câmera.

Fátima Bezerra tenta defender Lula mas Cássio Cunha Lima não concede palavra e diz que ela “tem mania de interromper”

Como PSDB e PT não se bicam, o senador tucano Cássio Cunha Lima, da Paraíba, não concedeu aparte à senadora petista Fátima Bezerra, do Rio Grande do Norte.

Foi ontem no plenário do Senado, quando Cunha Lima falava de impechment da presidente Dilma e em denúncias que envolvem o ex-presidente Lula.

O senador do PSDB disse que a senadora potiguar tinha “mania de interromper”, e não lhe concedeu o espaço no meio do seu discurso, justificando que ela já tinha feito o discurso dela e ele tinha ouvido.


*Fonte: Thaisa Galvão.

DEPUTADO JOSÉ DIAS VAI TROCAR O PSD PELO PSDB

O deputado estadual José Dias (PSD) confirmou agora ao Blog que vai deixar o partido do governador Robinson Faria, como já anunciado desde o começo do ano passado, para se filiar ao PSDB.

Dias afirmou que se o deputado federal Rogério Marinho (PSDB) for candidato a prefeito de Natal é ele que irá apoiar.

Mas, se Rogério não for candidato, seu voto será do provável candidato a prefeito, o deputado federal Rafael Motta.

Apesar de ser marido da tia do prefeito de Natal, Carlos Eduardo, Dias disse que não vota no prefeito.

Já Diúda Alves, sua mulher e tia do prefeito, deve votar.

Questionei se José Dias não se considerava tio afim do prefeito e ele disse que não, pois o prefeito nunca se considerou seu sobrinho afim.

Policia Militar e Ministério Publico Estadual participam de Operação no Oeste do RN

Por volta das 05 horas da manhã de hoje, 04 de fevereiro, foi dado início a "Operação Alcateia", com o intuito de cumprir 18 mandados de busca e apreensão na cidade de Apodi, região Oeste do Rio Grande do Norte.

Segundo informações, a Operação Alcateia, investiga crimes autorizados de dentro dos presídios do Estado e praticados aqui fora. São investigados crimes de organização criminosa, homicídios, roubos, tráfico ilícito de entorpecentes, dentre outros.

Participaram da operação a polícia militar e Ministério Público Estadual, tendo a frente Dr Silvio Brito, o capitão brilhante, capitão Aderlan e o comandante da 3ª Companhia, o Tenente Júlio Batista.


*O Câmera.

Hermano Morais estaria com um pé no Solidariedade

Segundo contam lá da capital, o deputado estadual Hermano Morais (PMDB) está migrando para o Solidariedade, presidido pelo colega Kelps Lima. Essa articulação inclui a disputa de Hermano pela prefeitura de Natal e, quem sabe, um dos dois disputando vaga na Câmara Federal, em 2018.

*O Xerife.

Casal preso utilizava motocicleta da moça para praticar assaltos em Mossoró

Policiais da Viatura de Rádio Patrulha do bairro Belo Horizonte, composta pelo Cb Muniz e o Sd Eriberto, prenderam na tarde de hoje, 03 de fevereiro, um casal acusado de uma série de assaltos na cidade de Mossoró.

Uma senhora que saia do consultório médico no centro da cidade, teve sua bolsa com todos os documentos e o celular tomados e quando os assaltantes, "um casal" fugiam do local, um popular anotou a placa da motocicleta utilizada e repassou para a Central de Operações da Policia Militar.

A motocicleta, uma Bis, pertence a Larissa Gabriela Fernandes Alves de 18 anos de idade e foi localizada na rua Benjamin Constant no bairro Boa Vista. A moça juntamente com motocicleta foi conduzida a Delegacia de Furtos e Roubos para os esclarecimentos.

Larissa foi reconhecida, confessou o crime e apontou a local onde escondeu os pertences da vítima e a localização do seu namorado, Ícaro Reno Elias Chagas de 18 anos de idade, acusado de participar com ela do assalto. Ele foi preso quando chegava em casa, já no início da noite.

O casal foi autuado em flagrante pelo assalto e depois dos procedimentos na Delegacia, ele foi conduzido para a Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza e ela para o setor feminino na Penitenciaria Agrícola Mario Negócio.


*O Câmera.

SALÁRIO DOS SERVIDORES DA ASSEMBLEIA SERÁ EQUILIBRADO, GARANTE O PRESIDENTE

Auditoria na folha de pagamento da Assembleia Legislativa constatou que 170 servidores recebem abaixo do salário mínimo. 
O caso está na mesa do presidente Ezequiel Ferreira de Souza, que vai assinar a garantia de adicional aos salários. O impacto para a AL será de pouco mais de 40 mil reais por mês.