sexta-feira, 4 de março de 2016

ELEIÇÕES 2016 : PRÉ CANDIDATURA ESTÁ MANTIDA PELO HOMEM QUE SUSTENTOU A VERDADEIRA OPOSIÇÃO POLÍTICA EM APODI

Em contato com o nosso Blog, Wilson Oliveira, o homem que não deixou a oposição em Apodi, nenhum dia, desde o ano 2013, afirmou que o seu nome está à disposição do seu partido (PRP) que lhe fez o convite e o convite foi aceito.
Alguns pré candidatos que se dizem da oposição em Apodi, sempre tiveram uma postura de caladinhos, aceitando o que acontece no município e sem mostrar os erros que poderiam ser consertados pela atual gestão.
Wilson Oliveira é funcionário público do município de Apodi e sofreu muita perseguição política na atual gestão para se ter uma ideia, já mudaram seu local de trabalho 09 ( nove ) vezes e dessas nove, três vezes num só dia, tiram dinheiro do próprio salário, foi afastado de um programa de rádio ( LUTA AO MEIO DIA E NOTÍCIAS DE HOJE ) porque ajudava a população com campanhas beneficentes e mostrava a realidade do abandono das políticas públicas abrindo espaço para o povo participar.

A verdade é que o povo já sabe nesse ano de política aonde Wilson estiver é onde estará a verdadeira oposição a administração do Flaviano !

PARABÉNS PARA OS ANIVERSARIANTES DE HOJE!!!

Parabéns Matheus!!!!
Parabéns Ivoneide Freire!!!!
Parabéns Raimunda Marinho!!!
Parabéns Aroldo Ferreira, Prefeito de Felipe Guerra!!!
Parabéns Adriana Gurgel!!!
Parabéns Genildo Cardoso, Radialista, Compositor e Cantor apodiense!!!

Presidente do PT convoca reunião de emergência após operação contra Lula

Ao saber da operação contra Lula, Rui Falcão, presidente nacional do PT, convocou uma reunião de emergência do diretório nacional do partido. O encontro será na manhã desta sexta-feira, em São Paulo.

A Operação Lava Jato, que começou em março de 2014 e investiga um esquema bilionário de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, chegou à 24ª fase nesta sexta-feira (4). Segundo a Polícia Federal (PF), a operação ocorre na casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, e em outros pontos em São Paulo, no Rio de Janeiro e na Bahia. O Instituto Lula também é alvo da ação da PF.

Segundo a PF, o ex-presidente é alvo de um dos mandados de condução coercitiva – quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. Ele não foi preso.
Perto das 8h40, Lula foi levado para o Aeroporto de Congonhas, em um carro descaracterizado, para depor à PF. Às 8h51, ele prestava depoimento dentro do aeroporto. 


*Blog Jair Sampaio.

Operação Apóstolo: TJ volta a apreciar Habeas Corpus para ex-presidente da Câmara de Apodi

O desembargador Gilson Barbosa negou o pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Apodi, João Evangelista de Menezes Filho, o qual é um dos envolvidos na chamada Operação ‘Apóstolo’, que apura um suposto pagamento de despesas particulares de combustíveis mediante recursos provenientes da Câmara. Contudo, a decisão final para que o réu seja posto em liberdade só deverá ocorrer na próxima terça-feira (8), uma vez que o desembargador Dilermando Mota pediu vista dos autos.

Antecipadamente, em seu voto, o desembargador Gilson Barbosa declarou que, ao contrário do que alegou a defesa, a interceptação telefônica destinada à apuração de crimes verificou o envolvimento do réu, então presidente da Câmara Municipal, e destacou a existência de documentos com identificação de terceiros favorecidos com o fornecimento de combustíveis, a exemplo de relatórios, notas e cupons de abastecimentos encontrados na Casa Legislativa, cujos recursos favoreciam o esquema.

A decisão também destaca o que foi dito pelos frentistas sobre o abastecimento dos veículos e os elementos de prova até agora colhidos apontam para a prática dos crimes de peculato, extravio de documentos públicos, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, associação criminosa, denunciação caluniosa, usurpação de função pública e falso testemunho, cujo somatório das penas pode chegar a até 47 anos de prisão.

*Fonte: O Xerife.

'Me senti um prisioneiro', diz Lula sobre condução coercitiva em SP

Do G1: O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na tarde desta sexta-feira (4) que se sentiu "prisioneiro" por ter sido levado coercitivamente para prestar depoimento à Polícia Federal. Ele depôs no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo e, em seguida, foi à sede nacional do PT, no Centro da capital paulista, onde fez um pronunciamento.

O presidente afirmou ainda que "acertaram o rabo da jararaca", mas "não mataram". E também falou sobre a presidente Dilma Rousseff: "Não permitem que a Dilma governe esse país".

Lula é alvo da 24ª fase da Operação Lava Jato, que foi deflagrada nesta sexta. Além do depoimento, foi realizada busca a apreensão em sua casa, na sede do Instituto Lula e outros locais ligados ao petista. Investigadores suspeitam que o ex-presidente tenha recebido vantagens indevidas de empreiteiras suspeitas de desvios na Petrobras. 

Depoimento na PF
 
"Me senti prisioneiro hoje de manhã", afirmou diante de militantes. "Já passei por muita coisa na minha vida. Não sou homem de guardar mágoa, mas nosso país não pode continuar assim. Nosso país não pode continuar amedrontado."

Ele disse que "jamais se recusaria a prestar depoimento. Não precisaria ter mandado uma coerção". "Era só ter convidado. Antes deles, nós já éramos democratas." "Se o juiz [Sérgio] Moro e o Ministério Público quisessem me ouvir, era só ter me mandado um ofício e eu ia como sempre fui porque não devo e não temo", declarou.

Polícia Federal faz operação em sítio frequentado por Lula em Atibaia, SP

Agentes da Polícia Federal cumprem na manhã desta sexta-feira (4) dois mandados de busca e apreensão e um de condução coercitiva no sítio frequentado pelo ex-presidente Lula em Atibaia, no interior de São Paulo. Os mandados fazem parte da 24ª fase da Operação Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Os procuradores de Justiça apuram se Lula omitiu às autoridades ser o dono do sítio frequentado por ele e familiares no interior de São Paulo. A suspeita é que obras feitas no sítio tenham sido bancadas pelo empresário José Carlos Bumlai e pela empreiteira OAS. Tanto a construtora quanto o pecuarista amigo de Lula são investigados pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.

Os agentes da Polícia Federal estão desde o início da manhã no sítio em Atibaia e permaneciam no local até as 9h55. São pelo menos seis veículos da Polícia Federal e Receita Federal que estão no local.

*Blog Jair Sampaio.

QUARTA GRANDE VAQUEJADA DO PARQUE FRANCISCO FERREIRA DA SILVA

Nos 01, 02 e 03 de abril você não pode perder a Vaquejada que já é tradição na região! Atrações: O Coroão, Arreio de Ouro, Danilo Nixon, Zé do Fole, Júnior Viana, Willison dos Teclados e Feras do Forró!!!
Contatos com Jairo Ferreira! (84) 9 9627 - 7457   (84) 9 9110 - 0664 Participe da maior e melhor vaquejada da região!!!

Alvo da 24ª fase da Lava Jato, ex-presidente Lula é levado pela PF para depor

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi levado para depor à PF (Polícia Federal), na manhã desta sexta-feira, por conta da 24ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nas primeiras horas do dia. Agentes se dirigiram à casa de Lula em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, e de seu filho Fábio Luiz Lula da Silva, o Lulinha, em São Paulo, assim como às sedes do Instituto Lula e da construtora Odebrecht, ambas localizadas na capital.

O ex-presidente Lula foi levado para depor nas dependências do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Havia a expectativa de que ele poderia ir para a sede da PF no bairro da Lapa, mas o prédio em questão foi fechado por questões de segurança – inclusive, A PF cancelou a emissão de passaportes no local no dia de hoje


*Blog Jair Sampaio.

Popular é assassinado enquanto caminhava em rua de Areia Branca

Uma pessoa foi morta a tiros no início da tarde desta sexta-feira (04), em Areia Branca-RN. Leandro Mendonça da Silva, de 26 anos, caminhava entre as ruas Jorge Caminha e Travessa dos Calafates, quando foi surpreendido pelos disparos.

Conforme adiantou à imprensa, o capitão da Polícia Militar Jailson Andrelino, o suspeito usava uma motocicleta ao ter se aproximado da vítima e atirado duas vezes. Logo após, fugiu com destino ignorado.

Andrelino disse também que a vítima não é conhecida da polícia de Areia Branca, e os motivos para o assassinato ainda são desconhecidos.

O corpo de Leandro Mendonça foi removido para ser necropsiado no ITEP, em Mossoró. O crime será investigado em inquérito na Delegacia de Polícia Civil de Areia Branca, pelo delegado Evandro Santos.

*Voz de Areia Branca/O Câmera.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO