quinta-feira, 21 de abril de 2016

Dezessete dias sem o Professor Alcivan Medeiros faz população caminhar no “Queremos Justiça” em Felipe Guerra

 Um silêncio que perdura dezessete dias aliado a vários questionamentos, fizeram da manhã de hoje, mais uma vez de um dos principais motivos quando Professores, estudantes e população da cidade de Felipe Guerra, região Oeste Potiguar do Rio Grande do Norte, caminharam na Avenida Mira – Selva, impuseram bandeiras, faixas e cartazes pedindo solução para o desaparecimento do Professor Alcivan Medeiros da Silva.

Pela segunda vez que o Movimento “Queremos Justiça” saiu hoje da Escola Municipal Maria Bernadete, entrada da cidade e tendo encerramento,no Largo da Caraíba,quando na oportunidades pessoas da comunidade escolar falaram a respeito do Professor Alcivan Medeiros.

Segundo a funcionária pública municipal, Lidiane Silveira “Estamos a dezessete dias engasgados com um grito de revolta, um grito de apelo para que se faça justiça pela perca irreparável de uma pessoa que sempre lutou por seus direitos e nunca se calou diante da injustiça”, disse ela, prosseguindo com suas palavras “Nosso clamor hoje é para que nos ouça, e veja que essa barbaridade não pode ficar impune. Sabemos que nada trará de volta o nosso amigo e companheiro de luta, e que essa separação material está doendo muito.

Também sabemos que o criminoso deve pagar por tal ato, porque ao tirar uma vida de uma pessoa boa, honesta e trabalhadora, ele fez chorar uma cidade inteira que hoje pede uma resolução para o caso. Estamos à mercê da criminalidade, pessoas de bem são assassinadas diariamente, e poucos são os culpados que pagam pelo mal que fazem à sociedade. Isso chega a ser revoltante”,enfatizando,durante o encerramento do Movimento “Queremos Justiça”,ao lado da Caraíba,no Centro da cidade de Felipe Guerra,numa amanhã não tão simples como de praxe.

Para o Professor Elias Góis, esteve fazendo uma reflexão perante aos professores, comunidade escolar e população ““ Pode se matar uma pessoa, mas não se mata uma ideia. E o exemplo que Alcivan foi de guerreiro, de lutar pelos seus direitos, hoje está sendo refletida aqui. Estamos imitando aquele bom exemplo dele. Então quando o semeador falece, suas sementes germinam. Que mais fruto possa aparecer pelo trabalho daquele grande educador.

E que haja justiça contra esse criminoso que machucou toda uma cidade", ressaltou ele pedindo a sociedade felipense para que o caso não venha cair no esquecimento e que as autoridades e órgãos competentes possam apurar o desaparecimento do Professor Alcivan Medeiros,dando respostas concretas há milhares de pessoas,sejam de Felipe Guerra,Mossoró,Santana do Matos ou de outras cidades do estado do Rio Grande do Norte ou no Brasil,que tinha o Professor Alcivan Medeiros como um cidadão exemplar e admirado pelo seu brilhantismo.

Coleta de abaixo assinado começará na próxima sexta-feira,22,em Felipe Guerra-RN

Logo após a caminhada do Movimento “Queremos Justiça” pelo desaparecimento do Professor Alcivan Medeiros, professores da Escola Municipal José do Patrocínio Barra e Escola Estadual Antônio Francisco, decidiram que estarão realizando um abaixo-assinado para que dentro de próximos dias seja entregue as autoridades competentes da Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Norte.

No abaixo assinado serão colhidos assinaturas, e aonde a comunidade escolar da cidade de Felipe Guerra e população irão pedir a elucidação do desaparecimento do Professor Alcivan Medeiros da Silva, além de punição para quem cometeu o possível o bárbaro assassinato dele.

O abaixo assinado irá percorrer todas as comunidades rurais da cidade de Felipe Guerra e zona urbana.O movimento “Queremos Justiça” realizado pela comunidade escolar de Felipe Guerra conta com o apoio dos blogueiros de Felipe Guerra, Salomão Medeiros, Márcio Costa, Tiago Gama, Edvaldo Barbosa, Ailton Costa e João Paulo Barra.Fotos:Márcio Costa/Divulgação

NOTA DE HENRIQUE ALVES SOBRE A APREENSÃO DE SUA CARTEIRA DE HABILITAÇÃO

Sobre a apreensão de sua carteira nacional de habilitação ((CNH), em blitz na madrugada de hoje (21), o ex-ministro do Turismo, Henrique Alves (PMDB), emitiu a seguinte nota:

“Sobre a retenção de minha carteira de habilitação noticiada por alguns veículos de comunicação, tenho a informar que vejo o fato com naturalidade. Fui abordado pelos policiais da blitz de forma educada e respeitosa, como deve ser.

Em relação à divulgação de nossas identidades nas redes sociais, reconhecer que faz parte de quem tem imagem pública. Por fim, elogiar esse trabalho que comprovadamente diminui os índices de acidente em nossa cidade”.

Recebido com protestos em Assú, Robinson Faria é chamado de golpista e traidor



O governador do estado do Rio Grande do Norte Robinson Faria (PSD) esteve em Assú nesta quarta-feira, dia 20 de abril onde acompanhou a inauguração do residencial Maestro Cristóvão Dantas localizado na comunidade rural de Baviera as margens da RN 016 que liga a cidade ao vizinho município de Carnaubais. O empreendimento imobiliário foi construído com recursos do programa de habitação federal ‘Minha Casa, Minha Vida’. Um grupo de manifestantes com faixas, cartazes e gritos protestou contra o chefe do executivo potiguar e contra o seu filho o deputado federal Fábio Faria que mesmo não estando presente ao evento não escapou da manifestação contrária. Os dois foram chamados de golpistas e traidores. A razão da insatisfação segundo os manifestantes foi o fato do deputado e filho do governador seguir o posicionamento da direção nacional do PSD favorável a admissibilidade do processo de impeachment da presidente da República Dilma Rousseff (PT) aprovado no último domingo na Câmara dos deputados em Brasília por 367 votos favoráveis e 137 contrários. O fato levou o Partido dos Trabalhadores (PT) a romper politicamente com o governador entregando inclusive os cargos que ocupava na administração estadual. Enquanto o governador discursava e exaltava a administração municipal na pessoa do prefeito Ivan Júnior, o grupo continuou protestando.
Robinson disse durante entrevista à imprensa local que a sigla partidária rompeu com o seu governo porque quis. A respeito dos protestos ele disse que “é um direito que cada um tem de se manifestar e faz parte da democracia”.
Clique aqui e veja a galeria de fotos.


*Fonte: Blog Assu RN.

Campanhas beneficente de Wilson Oliveira ajuda a fortalecer a cidadania através da pratica esportiva em Apodi.

Recebemos o pedido de ajuda de um grupo de desportistas de Apodi, eles estavam precisando de alguns materiais para dar continuidade a sua pratica esportiva, '' trabalhamos e estudamos durante o dia, e a noite ficamos sem alternativas de recreação, graças a esse apoio vamos seguir em frente '' comenta Junin um atleta de futuro promissor que ver no esporte uma alternativa de se construir cidadãos com dignidade.

FESTA DE SANTO EXPEDITO, PADROEIRO DO BAIRRO BACURAU I

A VII Festa de Santo Expedito, padroeiro do bairro Bacurau 1 em Apodi/RN aconteceu no período de 15 a 19 de abril na Capela da comunidade com boa participação popular. O tema da festa neste ano foi: Santo Expedito homem da misericórdia, assim como o pai é misecordioso!
Procissão, novenas e apresentações culturais com a participação também das crianças do bairro.

Henrique Alves tem CNH retida após se negar a soprar bafômetro em Natal

Ex-ministro do Turismo foi parado em blitz na madrugada desta quinta (21). Operação Lei Seca prendeu 16 pessoas; 6 PMs também foram autuados.
O ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves (PMDB) se recusou a fazer um teste de bafômetro ao ser parado em uma blitz realizada pela Polícia Militar e Detran na madrugada desta quinta-feira (21) na Zona Sul de Natal. "Como não soprou o aparelho, a carteira de habilitação dele ficou retida", afirmou o capitão Styvenson Valentim, coordenador da Operação Lei Seca no estado. Seis policiais militares também foram autuados.

Ainda segundo o capitão, Henrique Alves tem até cinco dias úteis para ir ao Detran reaver o documento. "Sem o teste do bafômetro não ficou comprovada a ingestão de bebida alcoólica. Assim, ele não vai responder criminalmente. Mas, ele ainda vai responder administrativamente e vai pagar multa de R$ 1.915,40", explicou Styvenson. O G1 tentou falar com a assessoria de Henrique, mas não conseguiu contato.

Ainda de acordo com o capitão, a blitz realizada na madrugada terminou com 16 pessoas presas e 132 CNHs recolhidas. A fiscalização aconteceu na rotatória da avenida Engenheiro Roberto Freire com a Rota do Sol, via de acesso às praias do litoral Sul potiguar.

Um carro oficial do Estado foi apreendido. O veículo era conduzido por um policial militar, que também foi autuado por ser recusar a soprar o bafômetro. PMs da Paraíba, Pernambuco e de Brasília também irão responder administrativamente.


Lei Seca
 

 As regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito: 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.

Nesse caso, a pena é de detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação.

Condutores autuados por esse tipo de infração pagam R$ 1.915,40 de multa, perdem 7 pontos na carteira e têm a CNH apreendida. O valor é dobrado caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.

Se o bafômetro registrar um índice igual ou superior a 0,05 miligrama de álcool por litro de ar, mas abaixo do 0,34 permitido pelo Código de Trânsito, o condutor é punido apenas com multa.

No exame de sangue, o motorista será multado por qualquer concentração de álcool, e pode ser preso se tiver mais de 6 decigramas de álcool por litro de sangue.

*Fonte: G1 RN.

*Via: Robson Freitas. 

DILMA VIAJA E TEMER ASSUME O COMANDO DO BRASIL

O vice-presidente sentará na cadeira da presidente Dilma Rousseff a partir desta quinta-feira (21). A presidente deve embarcar nesta quinta-feira (21) para Nova York (EUA) para participar, na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), da cerimônia de assinatura do acordo elaborado no ano passado, em Paris, sobre mudança do clima.

Segundo a assessoria da Vice-presidência, Temer pretende permanecer em São Paulo durante o período em que Dilma estiver nos Estados Unidos.

Justiça livra ex-ministro Cid Gomes de indenizar Cunha em R$ 50 mil

O Xerife: O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) reverteu nesta quarta-feira (20) uma decisão judicial contra o ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT-CE), em resposta a uma ação ajuizada contra o ex-governador do Ceará pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A sentença, proferida em primeira instância, condenava Cid a pagar R$ 50 mil por ter se referido ao peemedebista como “achacador”.

O recurso foi relatado pelo desembargador Teófilo Rodrigues Caetano Neto. A declaração de Cid Gomes foi feita durante evento na Universidade Federal do Pará, em fevereiro deste ano, quando ela ainda era ministro da Educação da presidente Dilma Rousseff. Após sua participação na instituição de ensino, ele foi chamado ao Congresso para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido, e voltou a enfrentar Cunha.

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO