quarta-feira, 22 de junho de 2016

Chá de jaramataia é comprovado em testes de laboratório, e foi assunto na TV a Cabo de Mossoró TCM

Radialista Wilson Oliveira mostra o resultado dos primeiros testes de laboratório, onde foram comprovados 03 substancias benéficas que a folha contém, é a ciência comprovando que o chá é mesmo milagroso, '' estamos esperando os resultados de mais 04(quatro) pesquisadores, em todos os experimentos a folha não tem nenhuma contra indicação'' comentou o idealizador da campanha que ajuda a melhorar a saúde das pessoas.

click para assistir o vídeo 

Ezequiel expõe iniciativa de inclusão da Assembleia a técnicas da Câmara Federal

O projeto de inclusão profissional de pessoas com síndrome de down nas atividades do plenário e dia a dia da Assembleia Legislativa vai servir de modelo para iniciativa semelhante na Câmara dos Deputados. A informação foi dada pelas representantes da Câmara Federal, Adriana Jannuzi e Virgínia Queiroz, coordenadora do Programa de Acessibilidade e diretora da Secretaria Geral da Mesa Diretora, respectivamente. A comitiva veio ao Estado para conhecer o projeto de perto e foi recebida pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), e pelo deputado Ricardo Motta (PROS), autor do projeto.

“É uma satisfação receber representantes da Câmara Federal que vem conhecer o projeto in loco para que possa ser implantado lá. Mais do que um projeto administrativo, a convivência com Kalina, Manuela e Filipe é uma experiência única. Eles nos ensinam diariamente que não existem limitações entre pessoas. Aqui, na Casa do Povo, cada um pode exercer plenamente a cidadania”, destaca Ezequiel Ferreira.

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte é pioneira na inclusão de pessoas com síndrome de down. Implantado em 2011, o projeto contratou Manuela Nely de Lima Araújo, 31, Kalina Santos Falcão, 28 e Filipe Medeiros Ramos, 29, para trabalhar com funções no cerimonial e no plenário.

“Há um ganho em várias áreas como cidadania, economia e elevação da autoestima não só deles que estão aqui dentro da Assembleia, mas de quem estuda com eles na instituição que fazem parte”, destaca a coordenadora do Programa de Acessibilidade, Adriana Jannuzi. A visita das representantes da Câmara Federal foi articulada pelo deputado federal Rafael Motta (PSB), através do presidente da Casa, Ezequiel Ferreira.

A Câmara Federal possui uma série de ações de acessibilidade executadas pelos diversos setores, mas nenhuma que envolva o dia a dia de atividades de Plenário, como na Assembleia Legislativa do RN. “Temos servidores, funcionários terceirizados e deputados com deficiência física e intelectual. Mas da parte do pessoal que trabalha na Câmara do Deputados, nenhum atua no Cerimonial nem no Plenário”, explica Adriana Jannuzi.

“Eu sou muito feliz por trabalhar no Cerimonial. A parte que eu mais gosto é receber as pessoas quando chegam aqui. Também gosto de arrumar os convites e de falar com os deputados”, afirma Kalina Santos, que se destaca positivamente no setor e recebe elogios constantes dos companheiros de trabalho.

Para o autor do projeto, deputado Ricardo Motta (PROS), a iniciativa mostra que o projeto está atingindo o objetivo proposto. “Nós sabemos que ser portador da síndrome ainda é, infelizmente, uma barreira a ser vencida para inserção no mercado de trabalho. E a Assembleia Legislativa vem conseguindo mostrar que é plenamente possível. São pessoas responsáveis, dedicadas e capacitadas”, avalia.

A experiência bem sucedida já foi apresentada para assembleias legislativas de outros estados. É fruto de uma parceria com a Associação de Síndrome de Down do RN e Associação de Pais e Pessoas com Deficiência, de funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade (APABB).

ENTREVISTA
Adriana Jannuzi

“Programa de inclusão da ALRN vai aprimorar nossos mecanismos”.

A coordenadora do Programa de Acessibilidade da Câmara dos Deputados, Adriana Jannuzi, esteve na Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira (22) para conhecer o programa de inclusão de pessoas com síndrome de down. Aqui ela faz uma análise do programa que já foi apresentado para assembleias legislativas de outros estados.

Qual o principal motivo dessa visita?
Viemos aqui para saber realmente como funciona o programa de inclusão de síndrome de down, aprimorar os mecanismos na Câmara dos Deputados e saber como eles se sentem e o que fazem.

Como funciona o Programa de Acessibilidade da Câmara Deputados?
Nosso levantamento está defasado, mas atendemos pelo menos 95 servidores com deficiência física ou intelectual, um pouco mais de 30 parlamentares com deficiência física ou necessidade especial e fazemos um trabalho de atendimento ao público externo.

E já trabalham com pessoas com síndrome de down?
Sim, mas não só com a síndrome como também com pessoas com deficiência intelectual. Esses atuam no Centro de Documentação e Informação, na limpeza e restauração de documentos. O que chamou nossa atenção foi a participação deles nas atividades plenárias, especialmente nas sessões ordinárias.

E como o modelo da ALRN pode influenciar o trabalho na Câmara dos Deputados?
Podemos inseri-los nas atividades do cerimonial, recepção e nas sessões solenes, por exemplo. Acho que nas sessões ordinárias fica mais complicado pela dimensão do ambiente. São mais de 500 deputados e a intensidade do trabalho é maior do que aqui, que possui 24 parlamentares.

Qual a impressão que você leva do trabalho de inclusão da Assembleia?
Estou muito emocionada com o que vi. Lidar com pessoas como eles nos torna mais humanos e o ganho é para todos.

FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA; PROGRAMAÇÃO PARA HOJE!


RECADO DOS PROFESSORES QUE ESTÃO EM GREVE AOS VEREADORES DE APODI!!!

Analisando o momento em que a Prefeitura de Apodi enfrenta uma GREVE por parte de seus FUNCIONÁRIOS que estão sem REAJUSTE SALARIAL há 03 anos (Sou grevista) e a fala do nobre edil Chico de Marinete (PCdoB) sobre a situação do REAJUSTE SALARIAL para VEREADORES, SECRETÁRIOS, PREFEITO E VICE. (Via Blog Apodiario)

1 - Chico disse que primeiro a proposta de reajuste é de 16%. E se não for reajustado agora, só poderá reajustar em 2020. “Vamos apenas abrir a discussão, isso não significa dizer que vamos aprovar”, frisou.

Ora pois, se o limite prudencial está ultrapassado, as receitas caíram consideravelmente, o país enfrenta uma crise econômica, fatos estes que impedem o reajuste salarial dos funcionários que há 03 anos têm seus salários congelados e planos desrespeitados... pra quê discutir isso, vereador?!? Se estamos há tanto tempo sem R$ 1,00 a mais no contracheque, sejam solidários a nós, aguardem até 2020!

2 - Outra situação que o vereador colocou foi a de extinguir 7 cargos comissionados na Câmara Municipal de Apodi.

Acho justo, louvável até. Porém, no caso da PMA, o prefeito alega que se dispensar seus 90 e poucos cargos comissionados a máquina do município para. O que muito nos entristece, porque entendemos que enquanto servidores somos um peso na folha de pagamento e não ajudamos no desenvolvimento da cidade.

3 - Chico disse ainda que pretende defender o reajuste salarial para os secretários municipais que atualmente é de apenas R$ 2.700 para R$ 4.000, a justificativa do vereador é que o salário do secretariado está defasado. “Como trabalhar com excelência em tempo integral com um salário tão baixo?!?”, indagou o vereador.

Salário baixo e defasado??? Ahhhh vereador, disso nós entendemos bem. Uma vez que a cada mês nosso poder de compra tem sido minguado, encolhido, porque além do reajuste anual está sendo negado, os avanços em letras das categorias estão sendo engavetados na Secretaria de Administração.

Amanhã (23/06) temos um super encontro na Câmara de Vereadores de Apodi. Vamos ver quem está do lado de quem, porque quem legisla em causa própria não é digno de nosso voto, nem tampouco do nosso respeito!

Reajuste pra ELES sim e pra NÓS também!
Se não tem pra NÓS, não tem pra NINGUÉM!

Caraúbas - Retreta Cultural prestará homenagem ao Sanfoneiro Caçula Benevides nesta sexta(24)


Alerta aos Jovens

Tóxicos: “Carta de um filho para o pai”

Nos idos de 1980, apresentei, na Super Rede Boa Vontade de Comunicação* (rádio, TV e publicações, hoje, o fazemos também pela internet), “Carta de um filho para o pai”, publicada em O Imparcial, de Monte Alto/SP. Nela, um jovem de 19 anos, usuário de entorpecentes, escreve um bilhete de adeus ao seu genitor.


Diante da comoção dos ouvintes, determinei que o texto fosse impresso em diferentes idiomas. É indispensável o esclarecimento dos pais. Nas passeatas e panfletagens, em conferências, na rádio e na TV, os orientamos a prestar maior atenção ao cotidiano dos filhos, suas amizades, dúvidas, ambientes que frequentam. O caso é verídico, aconteceu num hospital de São Paulo/SP:
“Acho que neste mundo ninguém procurou descrever seu próprio cemitério. Não sei como meu pai vai receber este relato, mas preciso de todas as forças enquanto é tempo. Sinto muito, meu pai, acho que este diálogo é o último que tenho com o senhor. Sinto muito, mesmo... Sabe, pai, está em tempo de o senhor saber a verdade de que nunca desconfiou. Vou ser breve e claro, bastante objetivo.

“O tóxico me matou. Travei conhecimento com meu assassino aos 15 anos de idade. É horrível, não, pai? Sabe como conheci essa desgraça? Por meio de um cidadão elegantemente vestido, bem elegante mesmo, e bem-falante, que me apresentou ao meu futuro assassino: a droga.

“Eu tentei recusar, tentei mesmo, mas o cidadão mexeu com o meu brio, dizendo que eu não era homem. Não é preciso dizer mais nada, não é, pai? Ingressei no mundo do vício.

“No começo foi o devaneio; depois as torturas, a escuridão. Não fazia nada sem que o tóxico estivesse presente. Em seguida, veio a falta de ar, o medo, as alucinações. E logo após a euforia do pico, novamente eu me sentia mais gente do que as outras pessoas, e o tóxico, meu amigo inseparável, sorria, sorria.

“Sabe, meu pai, a gente, quando começa, acha tudo ridículo e muito engraçado. Até Deus eu achava cômico. Hoje, no leito de um hospital, reconheço que Deus é mais importante que tudo no mundo. E que sem a Sua ajuda eu não estaria escrevendo esta carta. Pai, eu só estou com 19 anos, e sei que não tenho a menor chance de viver. É muito tarde para mim. Mas ao senhor, meu pai, tenho um último pedido a fazer: mostre esta carta a todos os jovens que o senhor conhece. Diga-lhes que em cada porta de escola, em cada cursinho de faculdade, em qualquer lugar, há sempre um homem elegantemente vestido e bem-falante que irá mostrar-lhes o futuro assassino e destruidor de suas vidas e que os levará à loucura e à morte, como aconteceu comigo. Por favor, faça isso, meu pai, antes que seja tarde demais para eles.

“Perdoe-me, pai... já sofri demais, perdoe-me também por fazê-lo padecer pelas minhas loucuras.

“Adeus, meu pai”.

***************

Algum tempo após escrever essa carta, o jovem morreu.

Eis por que fraternalmente advertimos: Cuidemos bem de nossa juventude, como o faz a Legião da Boa Vontade, porque a nenhum de nós interessa ter amanhã uma pátria de drogados, bêbados e frustrados. Queremos, isto sim, uma geração, uma civilização de homens e mulheres, jovens e crianças honrados, realizadores no Bem, amantes da Paz, da Verdade e da Justiça. É por isso que a LBV trabalha incessantemente.

José de Paiva Netto.

CHEIROX, O LUGAR CERTO PARA VOCÊ VISITAR


Força Nacional prende policiais envolvidos em homicídios no RN

'Operação Intocáveis' foi realizada na manhã desta quarta (22) em Mossoró.
Policiais civis e militares ajudam no cumprimento de mandados de prisão. 

Operação Intocáveis foi realizada na manhã desta quarta-feira em Mossoró (Foto: Divulgação/PM)

Do G1 RN: Equipes da Força Nacional, juntamente com policiais civis e militares, cumpriram na manhã desta quarta-feira (22) mandados de prisão, busca e apreensão na cidade de Mossoró, na região Oeste potiguar. Os alvos são pessoas investigadas por envolvimento em crimes de homicídio, entre elas agentes da segurança pública estadual.

A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) confirmou que alguns dos suspeitos são policiais. A ação foi batizada de 'Operação Intocáveis'.

Ainda de acordo com a Sesed, os detalhes da operação serão repassados à imprensa ainda nesta quarta, em Natal.

ACABARAM MESMO COM A BANDA DE MÚSICA DE APODI!!

Nunca vi uma gestão acabar ou destruir um patrimônio tão importante, como uma banda de música!
Foi o que restou da Banda de Música Antônio de Pádua Leite de Apodi!
A população sente falta da Banda, que sempre saía, nas ruas da cidade, principalmente nas festas do padroeiro.

AUMENTO NOS SALÁRIOS DO PREFEITO, VEREADORES E SECRETÁRIOS PODERÁ SER APROVADO AMANHÃ, MAS O DOS PROFESSORES ESBARRA NO LIMITE PRUDENCIAL

Pois é gente! Mais uma coisa que o povo brasileiro fica sem entender. Na sessão de amanhã, quinta feira, 23 de junho os legisladores apodienses poderão aprovar os seus próprios salários. 
Interessante, que para os professores, os agentes de saúde e outras categorias, precisam fazer greve para terem um reajuste, que esbarra no limite prudencial. Tem crise por todo o Brasil, mas não falam na crise para se reajustar o salário do gestor, que é de 14 mil reais; dos vereadores de 4 mil 300 reais, dos secretários, de 2 mil e 700 reais.
Vá entender o Brasil!!!
E tem mais! O povo deve ficar bem caladinho! Não deve falar nada!! 

Na capital do Ceará, Robinson defende integração de estados do Nordeste

Do governador Robinson Faria, nesta terça, na capital cearense, Fortaleza.

*Thaisa Galvão/Skarlack.

Jornalista da Globo revela que sofreu preconceito e até assédio sexual

Do Xerife: Em entrevista para a revista Contigo, a jornalista Sandra Annenberg revelou detalhes de sua vida e carreira na Rede Globo.

“Eu fui discriminada, sofri preconceito, sofri assédio sexual, como todas as mulheres, mas eu fui reagindo. Nós mulheres temos que provar muito mais que somos capazes, é um trabalho de formiguinha conquistar esse espaço.”

A apresentadora já participou de mais de 50 comerciais, além de estrelar novelas e minisséries, mas acabou escolhendo se profissionalizar no seu sonho de infância: ser jornalista.

CORTES DE GRAMAS EM APODI!!!

 

Agora em Apodi, você dispões dos Serviços de corte de gramas de jardins ou chácaras! É só falar com: PITUCA no Bacurau 1, nº 99133-2632, no Bico Torto: Jon Lenon, nº 99499-6549 e Chiquinho nº 99416-0694.
Eles estão prontos para fazer o seu serviço!!!!

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO