quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Mulher pede para ser velada viva no Ceará e realiza sonho após 14 anos de insistência

Vera Lúcia foi velada ao longo do dia em um cemitério em Camocim. Amigos e familiares participaram da cerimônia.
Funerária realizou o sonho da cliente nesta quarta-feira (2) (Foto: Delândia/ Arquivo Pessoal)

Do G1 CE

Uma mulher em Camocim, no litoral oeste do Ceará, chamou atenção neste feriado de finados por um sonho inusitado: celebrar, em vida, o próprio velório. O proprietário da funerária, Paulo Araújo, conta que a mulher tentava realizar o desejo há pelo menos cinco anos, mas até então havia sido negado. Neste ano, porém, ele concordou, e nesta quarta-feira (2) o velório de Vera Lúcia de Araújo Silva aconteceu com direito a caixão, flores e maquiagem.

Vera Lúcia explica que o sonho é antigo, porém, muitos duvidavam que um dia ela realizaria o desejo. "Eu quero meu velório há 14 anos. Esperei muito. Quando convidei amigos e minha família eles pensaram que eu estava de brincadeira, nem ligaram", relata a mulher. O dono da funerária lembra ainda que a mulher, que não tem filhos, encontrou resistência da família. "O esposo não queria deixar, mas a família abriu mão", disse.

Mulher passou o dia bebendo apenas água de coco e chá (Foto: Delândia/ Arquivo Pessoal)

A cerimônia aconteceu ao longo de todo o dia, nesta quarta-feira, 2, de 9h às 18h, no Cemitério Jardim Eterno, com a presença de familiares, amigos e curiosos. "Veio todo mundo meu sogro, minha sogra, irmã, cunhado e amigos. Eles ficaram de boca a aberta e respeitaram o momento. Uma amiga até chorou e pediu para eu me levantar. No entanto, uma funcionária revele que, na verdade, todos caíram na gargalhada quando se depararam com a cena.

"Ela ficou deitada no próprio caixão, tinha esse desejo. Foi invenção dela mesmo. Todo velório aqui ela gosta de estar presente", narra o empresário. "Eu dizia que não porque depois o povo ia falar que a gente agourou, trouxe maldição, iam acabar associando, e a funerária não tem esse lado. Mas ela pediu, pediu, pediu", diz Paulo.

O dono da funerária relata que não cobrou nada da "cliente" e cedeu o espaço e os materiais. "Eu cheguei, me maquiaram, e preparam como se fosse um defunto mesmo. Me deitei e não me levantei mais. Meus únicos alimentos foram água de coco e chá".

Para que o sonho fosse completo a 'cliente' ainda fez um último pedido. "Antes que meu velório termine, já pedi para todos que fechem com a tampa o caixão e me carreguem por uns dois minutos, como se fosse enterrar".

Fonte: http://g1.globo.com/Robson Freitas.

190ª Morte violenta em Mossoró: Jovem é executado com 06 tiros de revolver na cabeça, no Vingt Rosado

A morte violenta de número 190 foi registrada na manhã de hoje, 03 de novembro de 2016 em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. O crime aconteceu por volta de 7:30hs da manhã, num conjunto em construção ao lado da 3ª etapa do conjunto Vingt Rosado.

Felix Joanderson Ferreira da Costa, de 23 anos de idade, natural da cidade de Umarizal e residente no Vingt Rosado em Mossoró, foi morto com cerca de 06 disparos de revolver na cabeça, sentado na área de uma casa onde estava trabalhando como servente.

Segundo informações, no momento ele estava merendando, quando foi surpreendido e morto por dois elementos que estavam de motocicleta. Os elementos teriam passado na frente da casa observando e pouco tempo depois voltaram para cometer o crime.

Quanto a motivação, a polícia tem duas informações possíveis:

A primeira seria o envolvimento de “Joanderson” com galera de torcidas organizadas de times de futebol.

A segunda e a mais provável, Joanderson e um amigo, Marcelo Alves Correia, teriam “delatado” “feito a entregue” “dedurado” os elementos que cometeram um crime de homicídio no conjunto Vingt Rosado, no dia 16 de fevereiro passado. Na ocasião dois irmãos, Erivan Junior dos Santos faria de 22 e Fábio Mendonça dos Santos de 20, foram baleados na calçada de uma residência, na Rua Dr Epitácio de Carvalho.

Erivan foi encontrado morto com cerca de 03 disparos no muro da casa. Fabinho foi encontrado caído na sala, com um tiro na cabeça. Ele recebeu atendimento no local pela equipe do Samu e foi levado para o Hospital Tarcísio Maia. Lembra?

Marcelo Alves Correia, “Zig” de 19 anos de idade, amigo de Joanderson, foi morto no estacionamento de Junior’s Bar no Bom Jesus, na madrugada do dia 05 de junho passado. Ele que morava na Rua Joel Dantas, no bairro Belo Horizonte, foi alvejado com três disparos de arma de fogo, todos por trás e morreu no local: Lembra? Segundo informações de amigos, Joanderson teria confessado que estava sendo ameaçado. Os amigos e familiares informaram que ele não tinha envolvimento com outro tipo de crime. A equipe de pericia criminal localizou as capsulas deflagradas pelos criminosos.


*O Câmera.

BAXEIRO ESTÁ COM DUAS LOTAÇÕES PARA CANINDÉ-CE!!!!

BAXEIRO avisa ao povo em geral, que está com duas lotações para o CANINDÉ-CE! Dia 09 e 23 de dezembro. Interessados, procurar o mesmo em sua residência na Baixa da Alegria, ou falar com Vanilda e Edmilson na Rua do Papôco. Pode falar também com Novinha, nas Malvinas. A lotação sairá da Praça da Maternidade, preço da passagem, 75 reais.

FUTEBOL: RESULTADOS DA COPA DO BRASIL

Internacional saiu na frente e chegou a devolver 2 a 1 após erro feio de Arqueiro, mas Robinho e Pratto decidem para Atlético-MG anotar 2 a 2 e se garante na final da Copa do Brasil; adversário na decisão será o Grêmio.
 
Semifinal

Atlético-MG 2x2 Internacional-RS
Grêmio-RS 0x0 Cruzeiro-MG

Final

Grêmio-RS X Atlético-MG

Inter saiu na frente e chegou a devolver 2 a 1 após erro feio de arqueiro, mas Robinho e Pratto decidem para Atlético-MG anotar 2 a 2 e se garantir na final da Copa do Brasil; adversário na decisão será o Grêmio

Deicor prende seis suspeitos que atuavam em explosões de caixas eletrônicos no RN

Grupo usava máquina de lavar roupas para limpar as notas roubadas

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam cinco homens e uma mulher que são suspeitos de integrarem uma associação criminosa que explodia caixas eletrônicos no Rio Grande do Norte, na manhã desta quinta-feira (03). Os seis suspeitos foram presos em flagrante, quando estavam em imóveis localizados nos bairros de Ponta Negra e Planalto, em Natal, e na cidade de Parnamirim. Com o grupo, a Polícia aprendeu farto material utilizado para explodir os terminais, uma máquina de lavar roupas usada para limpar as notas roubadas, aproximadamente R$ 10 mil e dois veículos.

No bairro do Planalto, os policiais civis prenderam Arimildo Silva de Lima, vulgo “Ari”, 35 anos. Na casa dele foram encontrados a maior parte do material apreendido. “Nossa investigação descobriu que Arimildo pertenceu ao Exército Brasileiro e que ele dominava as técnicas de montagem dos explosivos. Na casa dele, nós encontramos vários objetos que são usados para a confecção dos artefatos. Apreendemos com ele 15 quilos de emulsões explosivas encartuchadas, conhecidas como “bananas de dinamites”; 60 espoletas; material usado para corte como maçaricos e cilindros e uma balança de precisão. Toda esta apreensão revelou que o grupo tinha material adequado para explodir um terminal bancário nos próximos dias”, detalhou o delegado adjunto da Deicor, Emerson Valente. Na casa de Arimildo, os policiais civis apreenderam uma máquina de lavar roupas que estaria sendo usada para limpar as notas roubadas, que ficava sujas após as explosões.

Em um apartamento no bairro de Ponta Negra, foram presos: Cícero Batista Rodrigues, conhecido como “Galeguinho de Euclides”, 33 anos. Ele é foragido da justiça de Pernambuco e portava documento falso; Marcos Antônio Lopes, vulgo “Marcos Trouxa”, 33 anos. Já havia sido preso em flagrante por um roubo cometido na cidade de Campestre e Edcarlos Pereira Costa, 45 anos. Natural da Bahia e que responde a roubo de um banco no estado de Sergipe. Na cidade de Parnamirim, a Polícia prendeu Lorena Lopes Santos, 31 anos. Em uma casa, no bairro de Ponta Negra, foi preso Pedro Adelaide Cavalcanti Silva, 41 anos. Ele é foragido de Alcaçuz e responde por roubo. Todos os suspeitos responderão pelo crime de associação criminosa. Além dos artefatos para explosões, os policiais civis apreenderam com o grupo dois veículos, modelos Eco Sport e Classic.

“ Estas prisões mostram que a Polícia Civil está atenta com a atuação destes grupos criminosos. Toda esta apreensão feita hoje pela Deicor mostra para a sociedade o empenho e a qualidade de investigação feita por este equipe de policiais civis”, destacou o delegado geral adjunto da Polícia Civil, delegado Francisco Correia Júnior. O delegado titular da Deicor, Odilon Teodósio, frisou que esta prisão dos seis integrantes foi de suma importância, porque o grupo estava pronta para explodir caixas eletrônicos em pouco tempo.

“ A Sesed está vigilante no combate a este tipo de crime e estamos mantendo um diálogo constante com a Polícia Civil e com a Polícia Federal para troca de informações. Além disto, temos contado com apoio das instituições financeiras, dentro de todo este trabalho investigativo. Continuaremos efetivando mais prisões”, destacou o secretário de segurança Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte, Caio Bezerra.
 

*Fonte: Portal no Ar/Robson Freitas

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO