terça-feira, 15 de novembro de 2016

Apodi=Policia Militar prende suspeito que tentou contra a vida de mossoroense na na Zona Rural.

Vítima
Durante o dia de ontem 14/11, a Policia Militar da nossa cidade conseguiu prender a pessoa de Janduire de Lima Barbosa, 31 anos, mais conhecido como "Galego da Serra", morador do Sítio São Francisco Zona Rural de nossa cidade.

Janduire é o principal suspeito de tentar matar a pessoa de Jonatas Cristian Costa de Almeida, de 24 anos, natural de Mossoró, com um disparo de arma de fogo na boca. A policia chegou ao suspeito depois que ouviram testemunhas informaram que os dois (vítima e acusado), teriam brigado numa festa dançante que acontecia no clube de Zé Morador, localizado na região do vale.

Já no Sítio Baixa Fechada, local onde aconteceu o crime, a polícia encontrou ao lado da vítima que se encontrava caída e inconsciente um capacete, que foi levado até a casa do suspeito e reconhecido pela sua própia mãe como sendo do mesmo. Uma guarnição do GTO comandada pelo Ten. Júlio Batista, juntamente com a Rádio Patrulha composta pelo Sgt. Ivanildo, Cb. Neto e o Sd. Túlio, conseguiram prender o suspeito.

Janduire foi conduzido a delegacia de polícia civil de Apodi, onde se encontra detido a disposição da justiça.


*Fonte: Sentinelas do Apodi.

Repatriação: STF autoriza repasse de 211 milhões para o Rio Grande do Norte

O Governo Rio Grande do Norte obteve vitória junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) no pedido para receber percentual das multas aplicadas pela Lei de Repatriação.

A decisão do STF é liminar e assegura o depósito judicial, pela União, de R$ 211 milhões em benefício do RN, até que a ação movida pelo Governo, através da Procuradoria Geral do Estado, seja julgada pelo plenário do STF.

A decisão foi proferida sexta-feira à noite.

“Foi uma primeira vitória. Vencemos uma batalha, falta agora vencer a guerra”, comparou o procurador geral do Estado, Francisco Wilkie.

A decisão liminar da ministra Rosa Weber acontece no tramite da Ação Civil Originária (ACO) 2440 impetrada pela Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte. A ação ainda não tem data para ser votada em plenário.

O RN já recebeu R$ 211 milhões referentes à parcela do Imposto de Renda arrecadado pela Lei da Repatriação. Estes recursos foram empregados na folha de pagamentos do Estado.

A Lei de Repatriação permite a empresas e pessoas físicas declararem recursos depositados em outros países mediante o pagamento de imposto de renda no valor de 15% e pagamento de multa também de 15%.

Julgamento de recurso sobre auxílio-moradia para juízes depende da presidente do STF Cármen Lúcia

Caberá à presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, colocar em votação na Casa o recurso que trata da validade do pagamento de auxílio-moradia para juízes, autorizado liminarmente em 2014 pelo ministro Luiz Fux, e que acrescentou 4.300 reais aos salários dos magistrados.
Oontem o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, liberou o recurso para julgamento.

 A data do julgamento precisa ser definida pela presidente da Corte.
O benefício está previsto na Lei Orgânica da Magistratura (Lei Complementar 35/1979), mas tem a validade contestada pela Advocacia-Geral da União (AGU).

O impacto nas contas públicas é de mais de R$ 100 milhões por ano.

*Thaisa Galvão.

Temer diz que mais dinheiro da repatriação poderia auxiliar estados

Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil 
O presidente Michel Temer disse que está "satisfeitíssimo" com os primeiros seis meses de governoValter Campanato/Agência Brasil
 
 O presidente Michel Temer disse que está estudando uma nova ajuda financeira aos estados com o dinheiro arrecadado com a repatriação. Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, o presidente disse que a ideia ainda não está concluída e que vai depender de análises da área econômica do governo, mas a intenção seria fazer uma "reequação" para socorrer as unidades da federação.

De acordo com Temer, o objetivo é chegar a uma proposta que auxilie não apenas o Rio de Janeiro, em grave crise econômica, mas também os demais estados. "Com a repatriação nós temos uma verba que vai indo para os estados, outra que vai indo para os municípios. Os prefeitos estão recebendo praticamente mais um FPM [Fundo de Participação dos Municípios], que vai dar basicamente para aquelas despesas finais, como 13º salário. O que está sobrando, está sobrando uma verba, [que] terá dois destinos. Cerca de R$ 20 bilhões. Ou vai para restos a pagar ou vai para uma reequação que nós estamos pensando em fazer com os estados. Como eles estão em uma dificuldade extraordinária, nós podemos, quem sabe, pegar essa verba", disse, repetindo que ainda é necessário verificar com a equipe econômica sobre a viabilidade dessa proposta se concretizar.

Segundo Temer, a possibilidade de intervenção do Rio foi mencionada durante conversa com o governador Luiz Fernando Pezão, mas não chegou a ser aprofundada pelas consequências negativas que traria. "Desde logo, eu ponderei que se nós tivéssemos a intervenção, primeiro, paralisaria o Congresso. As emendas constitucionais não poderiam tramitar, como determina a Constituição. Para nós, para o governo e para o país, seria um desastre absoluto", disse.

Durante a entrevista, que durou cerca de uma hora e meia, o presidente disse que está "satisfeitíssimo" com os primeiros seis meses de governo, ressaltando o apoio dos senadores e deputados na aprovação de diversas medidas. Segundo ele, se o teto para os gastos públicos, a mudança nas regras de aposentadoria e as demais reformas forem aprovadas o governo terá feito "uma boa parte do seu trabalho".

*JBelmont.

15 DE NOVEMBRO: DIA DA PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

No dia 15 de novembro comemoramos a instalação da República no Brasil, uma forma de governo na qual o povo exerce a sua soberania por meio da escolha do chefe da nação. Este foi um capítulo muito importante na história do Brasil, já que hoje vivemos em um regime democrático. Vamos relembrar como tudo isso aconteceu?

Antes de se tornar uma República, o Brasil era um Império. Em outras palavras, éramos independentes de Portugal, no entanto, todas as decisões eram tomadas de forma unilateral pelo imperador, D. Pedro II. A monarquia começou a ficar enfraquecida no fim do século XIX, período em que o Brasil passava por uma série de mudanças sociais e econômicas.

Com o fim da escravidão, o Império perdeu o importante apoio dos escravocratas, uma vez que os republicanos (que eram aqueles que queriam acabar com a monarquia) compartilhavam os mesmos ideais dos abolicionistas. D.Pedro II também perdeu o apoio fundamental da Igreja ao interferir em assuntos religiosos. Os militares estavam descontentes pela atitude do imperador de proibir os mesmos de se expressarem na imprensa. Por fim, a classe média (jornalistas, médicos, comerciantes, etc.), que estava em constante crescimento, desejava conquistar um espaço maior nas decisões políticas. Todos estes fatores foram fundamentais para o fim das bases de sustentação da monarquia no Brasil.

Em 15 de novembro de 1889, o marechal Deodoro da Fonseca declarou o fim do período imperial. Naquele mesmo dia se formou um governo provisório. Assim, o marechal se tornou o primeiro presidente da história do Brasil. Ciente de que não conseguiria de forma alguma reverter tal situação, D. Pedro II apenas aceitou a vontade do povo e retornou para Portugal.

MOSSORÓ: Acidente com vitima fatal na Avenida do Contorno da Br 304

Um popular aparentando 35 anos de idade e que possivelmente estava caminhado morreu na manha de hoje, 15 de novembro, vítima de atropelamento por um carro, no trecho entre o cemitério novo a ponte do Genésio, na Br 304 em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte.
O pedestre, que não portava documentos de identificação foi arremessado cerca de 15 metros pra fora da pista. O carro tipo Palio de cor escura com placas de Mossoró desceu o barranco, arrancou algumas estacas de concreto da cerca lateral e só parou a uns 80 metros depois.

O motorista atropelador não foi encontrado, mas deverá se apresentar a policia. O carro foi guinchado e o corpo do pedestre foi removido para a sede da Unidade regional do Itep em Mossoró, para ser necropsiado.

 
*O Câmera.


199ª Morte violenta em Mossoró em 2016: Adolescente baleado no Belo Horizonte morre no Tarcísio Maia

Mais um adolescente é morto na cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. O crime foi registrado pelo Centro de Controle da Policia Militar no inicio da noite de hoje, 14 de novembro de 2016, no bairro Belo Horizonte.

Segundo informações, Carlos Mikael da Silva, de apenas 17 anos de idade, morador do Estreito, bairro em formação na saída de Mossoró para Governador Dix Sept Rosado, trafegava de bicicleta na Rua Francisco Assis de Medeiros, próximo ao antigo Bar da Tabua, na Avenida Alberto Maranhão, quando foi baleado com cerca de 3 disparos de arma de fogo.

O adolescente recebeu atendimento no local por uma equipe do Samu, mas não resistiu e morreu na sala de cirurgia do Hospital regional Tarcísio Maia. 


*O Câmera.

SUPER LUA REGISTRADA EM VÁRIOS PONTOS DA TERRA

Superlua é vista do Recife (PE)

Os céus do Brasil foram iluminados neste domingo (16) pela primeira superlua de uma sequência de três que ocorrerão neste fim de ano. O fenômeno ocorre quando a Lua cheia coincide com o período de maior proximidade com a Terra, o chamado perigeu. Por isso ela aparecerá maior do que estamos acostumados.

Edmar Barros/Futura Press/Estadão Conteúdo

 Superlua é vista da ponte Rio Negro, em Manaus

A distância estimada do satélite natural às 2h25 (de Brasília) é a 364.687 km da Terra, momento em que a Lua Cheia coincidirá com o perigeu. Para se ter uma ideia, a distância média da Lua para a Terra é de 384.402 km. Esse número leva em consideração a distância entre o centro do satélite e o centro da Terra.

Maurício Camargo/Eleven/Estadão Conteúdo

 Em São Paulo, lua ficou "vermelha"

A superlua é considerada um fenômeno comum --tanto é que teremos três seguidas neste fim de ano.

Gisele Pimenta/Framephoto/Estadão Conteúdo

 Superlua é vista em Bonito (MS)

O tamanho e o brilho do evento, que ocorre em média seis vezes por ano (também em luas novas), são variáveis.

Paulo Lopes/Futura Press/Estadão Conteúdo

 Superlua é vista no céu de São Paulo

A superlua deve se repetir neste ano também nos dias 14 de novembro e 14 de dezembro.

Yin Bogu/Xinhua

 Superlua aparece atrás do antigo posto de correios, atual hotel do candidato a presidente dos EUA Donald Trump, em Washington

Flavio Contente/Estadão Conteúdo

 A superlua ficou visível no centro de Belém

Yin Bogu/Xinhua 

Superlua é registrada ao lado do Memorial de Guerra dos Fuzileiros Navais, nos EUA.
*Do: uol.com.br

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO

DETRAN: CALENDÁRIO DE LICENCIAMENTO