domingo, 25 de dezembro de 2016

Desembargador Cláudio Santos presta últimas homenagens a sua irmã

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio Santos prestou suas últimas homenagens a irmã Célia Santos que foi assassinada neste sábado (24). O sepultamento acontecerá logo mais à tarde em Campina Grande.

O blogue deseja os sinceros votos de pesar para a família enlutada. Rezemos pela paz do mundo pedindo que Deus nos proteja dessa violência que aflinge a tantas pessoas de bem por este país a fora.


*O Xerife.

APODI-RN: BURACO NA AVENIDA MOÉSIO HOLANDA PODE CAUSAR ACIDENTE

A avenida Moésio Holanda, que dá acesso ao bairro Bacurau 1 em Apodi mais precisamente na ponte da Missão está com uma cratera e precisa de uma ação do poder público. 
Além da via vir sofrendo alguns estragos com escavações, agora uma cratera está se formando na ponte precisa que a Secretaria de Obras faça alguma coisa, no sentido de se tapar o buraco e assim evitar acidentes.
Já faz dias que o buraco se abriu e até agora, nada foi feito. Será que vão deixar acontecer um acidente para tomarem as providências? Alguém já marcou o local com pedras e galhos de árvores, mas quem não conhece a avenida pode sofrer acidente.

Marcelo Odebrecht delata: Dilma Rousseff sabia de tudo

As delações premiadas de diretores e sócios da construtora Odebrecht vem sendo tratada há tempos como uma grande bomba atômica que não poupará quase ninguém. E só este vazamento dá ideia do poder explosivo.

Segundo a colunista Sonia Racy (Estadão), Marcelo Odebrecht disse que Dilma Rousseff sabia de todo o esquema do Petrolão. Ela, é claro, sempre negou.


*O Xerife.

Na Missa do Galo, Papa Francisco critica o materialismo e faz apelo por crianças refugiadas

Ele afirmou durante a celebração que o 'Natal virou refém da mundanidade'. Durante a homilia, o líder católico lembrou-se das crianças vítimas de guerras.

Do G1 SP.

Papa Francisco na basílica de São Pedro, durante a Missa do Galo, neste sábado (24) (Foto: AP Photo/Alessandra Tarantino)

O papa Francisco celebrou durante a noite deste sábado (24) a tradicional Missa do Galo, na basílica de São Pedro, no Vaticano. Durante a celebração o pontífice criticou o consumismo e afirmou que o "Natal virou refém da mundanidade" ao falar do materialismo nesse período do ano. Na homilia, ele também pediu compaixão pelas crianças vítimas de guerras.

"O Natal se tornou uma festa em que os protagonistas somos nós mesmos, ao invés de Jesus; em que as luzes do comércio lançaram a luz de Deus nas sombras; em que estamos preocupados com presentes, e somos frios com aqueles que são marginalizados ", afirmou Francisco aos 1,2 bilhão de católicos do mundo.

Segundo o líder da igreja Católica, o Natal foi entregue ao consumismo. "Este mundanismo tomou o Natal como refém, precisa ser libertado", disse diante de mais de 10 mil fieis, além de dezenas de cardeais e bispos, que acompanharam a missa, tradicional na noite da véspera de Natal.

Papa Francisco beija a imagem do menino Jesus durante Missa do Galo, no Vaticano, neste sábado (24) (Foto: REUTERS/Tony Gentile)

Durante a homilia, Francisco fez um apelo também às crianças refugiadas de guerras e pediu compaixão pelas vítimas de conflitos, ao contar a história de Jesus. "Jesus nasceu rejeitado por alguns e foi considerado por muitos outros com indiferença", comentou antes de fazer referência direta à crise migratória e à guerra civil na Síria.

"Vamos nos permitir também sermos desafiados pelas crianças do mundo de hoje, que não estão deitadas num berço acariciado com o afeto de mãe e pai, mas sofrem ao esconder-se em algum refúgio subterrâneo para escapar do bombardeio, nos pavimentos de uma grande cidade, no fundo de um barco carregado de imigrantes", disse Francisco, fazendo referência direta.

Foi a quarta vez que o Papa Francisco celebrou a Missa do Galo, desde que foi eleito em 2013. Neste domingo (25), o pontífice faz o discurso "Urbi et Orbi" (para a cidade e o mundo), no balcão da basílica de São Pedro, no Vaticano.

CORPO DA IRMÃ DE CLÁUDIO SANTOS SERÁ SEPULTADO NESSE DOMINGO

O corpo da empresária seridoense Célia, irmã do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio Santos será sepultado neste domingo(25), no cemitério Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande. Célia exercia atuava no ramo empresário há vários anos na Paraíba. Célia era casado com o médico Walfredo Cirne que é natural do município de Jardim do Seridó.

LARISSA ROSADO DE VOLTA À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RN

Com a saída de Álvaro Dias (PMDB) que será oficializada um dia antes da posse como vice-prefeito. Com a Assembleia Legislativa em recesso no dia 31 de dezembro, a suplente de senadora Larissa Rosado (PSB) tomará posse numa sessão cartorial, na presidência da Casa.

Larissa assume o mandato após renúncia do deputado Álvaro Dias para ser vice prefeito da capital.

Avião militar russo com 92 pessoas a bordo cai no mar Negro

Por G1, em São Paulo/O Câmera.
25/12/2016 02h55 Atualizado

Voo decolou de Sochi e perdeu contato com as torres de controle após 20 minutos. Não há sobreviventes; aeronave levava 84 passageiros e 8 tripulantes para a Síria.

Um avião militar russo com 92 pessoas a bordo caiu no mar Negro, logo após decolar do balneário de Sochi, no sudoeste da Rússia. O desaparecimento da aeronave e o encontro dos destroços do avião foram confirmados pelo Ministério da Defesa. O órgão informa que não há sobreviventes do desastre aéreo.

A aeronave decolou às 5h20 no horário local, 0h20 no horário de Brasília, com destino à base aérea russa de Khmeimim, na Síria, e sumiu dos radares 20 minutos após a decolagem, ao fazer uma manobra sobre águas russas. O governo russo descarta ação terrorista como a causa do acidente e já investiga o que teria ocasionado a queda da aeronave.

O modelo da aeronave envolvida no acidente é um Tu-154, muito usado no transporte aéreo doméstico na Rússia. Fontes dos serviços de emergência indicaram que o Tu-154 procedia de Moscou e tinha feito escala no aeroporto de Sochi para reabastecer.

"Fragmentos do Tu-154 do Ministério da Defesa russo foram encontrados a 1,5 km da costa do mar Negro a uma profundidade de 50 a 70 metros", informou o Ministério da Defesa, segundo a rede britânica BBC.

A bordo do avião viajavam militares e integrantes do renomado coral e grupo de dança Alexandrov, do Exército russo, que participariam das comemorações de Ano Novo na base aérea síria de Khmeimim, em Latakia, onde a Rússia tem um agrupamento de aviões de guerra. Além dos integrantes do coral também estariam a bordo do voo nove profissionais de imprensa, oito soldados e dois funcionários civis. A BBC informa que Elizaveta Glinka, conhecida como Doutora Liza e diretora-executiva da instituição de caridade Fair Aid, estava no voo.

Investigação

Segundo a CNN, as condições do clima no local no momento do desaparecimento estavam favoráveis. A BBC informou que foram iniciadas investigações para saber se houve violação das normas de segurança do transporte aéreo que pudesse ter provocado a queda.

O presidente do Comitê de Defesa e Segurança do Conselho da Federação, Viktor Ozerov, disse à agência russa Sputnik que a queda da aeronave pode ter ocorrido por um problema técnico ou falha humana. Ozerov não crê na hipótese de ação terrorista.

"Eu descarto completamente a versão do ataque terrorista. É a aeronave do Ministério da Defesa, o espaço aéreo da Federação Russa, não pode haver tal versão", afirmou. "O avião teve que dar uma volta em U após a decolagem sobre o mar, pode ter tomado a direção errada", explicou Ozerov.
 
O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, disse que o presidente russo, Vladimir Putin, foi informado imediatamente quando a aeronave desapareceu dos radares.
 
 

Empresária irmã do desembargador Cláudio Santos morre após ser baleada em Campina Grande

Vítima saía de estacionamento quando foi abordada por dois homens.
Célia Cirne era irmã do presidente do TJRN, Cláudio Santos.

Empresária perdeu controle do carro após ser baleada em Campina Grande (Foto: Reprodução/TV Paraíba)

Uma empresária de 69 anos morreu após ser baleada durante um assalto na tarde deste sábado (24) no Centro de Campina Grande. De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava saindo de um estacionamento quando foi abordada pelos suspeitos. A empresária, Célia Márcia Santos Cirne, era irmã do presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargador Cláudio Santos. A família não divulgou informações sobre o velório.

O caso foi registrado no início da tarde, na Rua Getúlio Vargas. A empresária estava saindo do estacionamento quando foi abordada por dois homens em uma moto. Segundo a PM, a dupla anunciou o assalto e em seguida atiraram contra a mulher, que foi atingida na cabeça.
 

"Ela ficou um pouco assustada e eles entenderam como se fosse uma reação e atiraram, que atingiu. Do local foi levado a bolsa da vítima com objetos pessoais", disse a tenente Rafaela Rotundano, da Polícia Militar.

Após ser baleada, a empresária perdeu o controle do carro e atravessou a rua, atingindo outro veículo que seguia pelo local. "Não tinha como eu parar e pensei até que não tinha motorista no carro, ai quando eu passei que vi eu brequei e quando bati, que o rapaz correu, ai disse que tinha uma pessoa baleada", explicou o motorista, o autônomo Joab Rodrigues.

Ainda de acordo com a PM, a mulher chegou a ser socorrida com vida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante o atendimento.

A Polícia Civil investiga o caso e segundo o delegado Cláudio Manoel, as imagens das câmeras de segurança dos estabelecimentos próximos ao local do crime foram solicitadas para tentar identificar a dupla. "Por enquanto trata-se de um latrocínio tentado, onde segundo testemunhas os pertences dela foram levados e ela foi atingida por um tiro", completou o delegado.

*G-1/JBelmont.

Acidente do tipo queda de moto com uma vitima fatal em Mossoró

O acidente aconteceu na noite de hoje, 24 de dezembro de 2016, no Km 38.8, no entroncamento da RN 015 com a BR 304 em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. A princípio a propria Policia Rodoviária Federal acreditava em colisão de carro com motocicleta.

Só com a chegada da equipe de plantão no Instituto Técnico e Cientifico de Perícia, “Itep” foi possível identificara a vítima, José Antônio Bezerra da Silva de 45 anos de idade, natural de João Câmara e a possível causa da morte.
Segundo o perito criminal Eduardo Alexandre, José Antônio, morreu da queda da motocicleta. A vitima perdeu o controle do veiculo e morreu da queda. nem na moto e nem no corpo da vítima, havia sinais de colisão, segundo o perito.
 
Depois dos procedimentos no local o corpo de José Antônio Bezerra da Silva foi removido para a sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró, onde deverá ser necropsiado.

*Fonte: O Câmera.