terça-feira, 4 de abril de 2017

MOSSORÓ-RN: Câmara municipal apoia mobilização pelo dia mundial do autismo

O autismo ainda é desconhecido por grande parte da população, por isso ações como essa são tão importantes”, reforçou.
A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro, participou de mobilização pelo Dia Mundial de Conscientização do Autismo, no último sábado, 1º de abril, representando a Casa Legislativa. O evento foi promovido pelo Grupo de Mães Escolhidas por Deus e Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Mossoró e Região (AMOR) e aconteceu na praça Rodolfo Fernandes, no centro da cidade, com o objetivo de esclarecer à população sobre o autismo e buscas maior inclusão dessas crianças, aproveitando o Dia de Conscientização do Autismo, que é celebrando anualmente em 2 de abril.

Leuda Lima, mãe de uma criança autista de 8 anos e integrante do Grupo de Mães Escolhidas por Deus, relatou o desafio de cuidar de uma criança autista. “É um enorme desafio, mas ao mesmo tempo é muito gratificante. É mágico! Ser mãe de um autista me deu a possibilidade de ver o mundo de maneira diferente, de presenciar pequenos milagres, desde um beijo até quando ele aprendeu a falar. O autismo ainda é desconhecido por grande parte da população, por isso ações como essa são tão importantes”, reforçou.

A vereadora Izabel Montenegro destacou a importância da união de todos em prol da causa e reforçou que os 21 vereadores de Mossoró são sensíveis a essa luta. “Precisamos garantir condições dignas para as crianças autistas, principalmente no que diz respeito à educação. A Câmara Municipal se soma a essa luta! Inclusive, na Legislativa passada solicitei como vereadora uma audiência pública para discutir o tema. Discussões como essa não podem para e também ações concretas para proporcionar cada vez mais inclusão”, afirmou.

CÂMARA MUNICIPAL DISCUTIRÁ TEMA DA CAMPANHA FRATERNIDADE 2017
 

A Câmara Municipal de Mossoró realiza na próxima quinta-feira, dia 6 de abril, audiência pública para discutir a Campanha da Fraternidade 2017, que tem como tema “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”. A audiência foi proposta pela vereadora Sandra Rosado e tem como objetivo debater a preservação dos biomas, principalmente a caatinga, contemplando discussões sobre questões ambientais locais, e também a promoção de relações fraternas com a vida e a cultura dos povos.

A vereadora Sandra Rosado justifica a audiência como forma de buscar soluções para preservar o meio ambiente, conscientizando a sociedade. “Todos os anos a Igreja Católica realiza a Campanha da Fraternidade, trazendo temáticas que propõem a conscientização da sociedade em relação a problemas que impactam diretamente a população brasileira, buscando transformações. Com o tema deste ano, percebe-se a importância de discutir e apontar soluções para preservação ambiental”, destacou a vereadora. A audiência pública será realizada às 9h, no plenário da Câmara Municipal.

Câmara Municipal de Mossoró
R. Idalino de Oliveira, S/N, Centro, Mossoró-RN CEP 59.600-690
(84) 3316-2600 / Fax (84) 3316-4517
Twitter: @cammunmossoro
Facebook: /CamaraMossoro

*O Câmera.

Bispos do RN em Brasília (DF)

O Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha; o bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, e o bispo de Mossoró, Dom Mariano Manzana, viajam a Brasília, nesta semana, onde vão ter encontros com deputados, senadores, ministros e com a presidência da CNBB.

Na quarta-feira, 5, pela manhã, os três bispos vão participar de uma audiência com o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, e com deputados federais e senadores dos estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba. A pauta da audiência será o projeto de integração do Rio São Francisco.

Esse encontro é fruto de uma reunião, envolvendo representantes de várias instituições, realizada na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, no último dia 23 de março, que discutiu formas de mobilização reivindicando que as bacias dos rios Apodi e Piranhas-Açu também recebam águas do São Francisco.


*O Xerife.

Video - Familiares, amigos e companheiros prestaram a última homenagem ao Subtenente Caucezio

Caucezio Alves “Subtenente Alves” foi sepultado por volta de meio dia de hoje, no Cemitério Novo em Mossoró.
Caucezio Alves de Oliveira, tinha 45 anos de idade, era Natural de Catolé do Rocha, no estado da Paraíba, bacharel em direito pela UERN, o “Subtenente Alves” incorporou na Policia Militar do RN em 1992, formado no 2º BPM e vindo a trabalhar em vários municípios da região. Ultimamente comandava o Pelotão de Tibau, lotado no 12º BPM.
Profissional exemplar, inteligente, Caucezio sempre foi um parceiro de luta. A família agradeceu todo apoio recebido do comandante e parceiros do 12º Batalhão, Ten Coronel Humberto Pimenta, que também compareceu à cerimônia de despedida prestada ao companheiro de farda.
O corpo de Caucezio Alves foi conduzido no carro do Corpo de Bombeiros de Mossoró e recebeu as honrarias da “Guarda Fúnebre Militar” que compreende a Salva de tiros e o Toque de Silencio.
O Tc Humberto agradeceu a presença de todos os amigos, militares e civis que compareceram ao sepultamento do Subtenente Caucezio Alves de Oliveira.

*O Câmera.

Restaurantes populares poderão abrir aos sábados

A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) solicitou ao Governo do Estado, através de requerimento, que os restaurantes populares do RN sejam abertos aos sábados.
O Restaurante Popular é uma política de segurança alimentar e nutricional de extrema importância para a população de menor poder aquisitivo, garantindo às pessoas uma refeição diária saudável e com alto valor nutritivo ao custo simbólico de R$ 1.
Além disso, os beneficiários dos restaurantes populares são formados, em sua maioria, por trabalhadores formais e informais de baixa renda, desempregados, estudantes, aposentados, moradores de rua e famílias em situação de risco de insegurança alimentar e nutricional, cuja principal refeição do dia é realizada nestes estabelecimentos.

*O Xerife.

Delator diz que esquema no TCE pagou R$ 900 mil em despesas de Pezão

Valor teria sido recolhido com empresas da área de alimentação
RIO — O advogado Jonas Lopes Neto afirmou em delação premiada que o subsecretário de Comunicação do governo do Rio, Marcelo Santos Amorim, contou a ele ter pago R$ 900 mil em despesas pessoais do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) com recursos oriundos de corrupção. Os valores viriam de empresas da área de alimentação que mantinham contratos com o estado.

LER MAIS CLIQUE AQUI