segunda-feira, 17 de abril de 2017

CARAÚBAS-RN: Escola Acaci Viana realiza culminância do Projeto dá Páscoa

Escola Acaci Viana realiza culminância do Projeto da Páscoa. A escola da Mariana, localizada na zona rural de Caraúbas, Escola Municipal Professor Francisco de Acaci Viana realizou na última quarta-feira (12), a culminância do “Projeto Páscoa”. A escola teve como objetivo trabalhar o sentido da Páscoa, bem como os Biomas Brasileiros.
Segundo o diretor Francisco Gessival Gurgel, a programação foi diversificada com momentos religiosos e palestras em torno da Campanha de Fraternidade. Na oportunidade aconteceram apresentações do Ensino Infantil e Ensino Fundamental I e II, onde contou com incentivo dos professores,
Os alunos criaram novas expectativas com as experiências vividas e sobre a história da vida de Cristo.

*Fonte: Icém Caraúbas.

O POVO ATENDE APELO E FAZ DOAÇÃO DE SANGUE NO HEMOCENTRO

Informação de Mariana Gurgel:
Hemocentro cheio graças a todos vocês!
Não vamos desistir, tem muitas Ellaíne Torres precisando de mim e de você!
O Blog parabeniza a todos pela ação! 
Doe sangue, Doe vida!

RN: Com 28 homicídios na Semana Santa, número já chega a 726 em 2017

O RN contabiliza mais um fim de semana violento. No cômputo geral, até o fim da noite de ontem (16/04/2017) foram 726 CVLIs no RN. Os dados apontam para um aumento de 32,24% em relação a 2016. Os dados absolutos demonstram 177 mortes violentas a mais que no ano passado no mesmo período. Em 2016, até o mesmo período, foram 549 CVLIs, contra 493 em 2015.

*JBelmont.

NOTA DE FALECIMENTO

Faleceu na manhã desta segunda feira, 17 de abril a pessoa de Rita de Euzébio. Moradora do bairro Bacurau I, Rita deixa parentes e amigos na saudade. 
Aqui rogamos a Deus que ela tenha um bom lugar reservado e seus familiares seja confortados!
O sepultamento deve acontecer amanhã, dia 18 no Cemitério Público de nossa Cidade.
Rita de Euzébio, descanse em paz!

APODI-RN: Policia Militar prende indivíduo suspeito de participar de ações criminosas na cidade.

Na manha deste Domingo dia 16/04, policiais militares da companhia de Apodi receberam a informação de que Denílson Alexandre dos Santos, mais conhecido como "Neguinho", de 19 anos, estava escondido numa casa localizada na comunidade de Mulungu, Zona Rural de Felipe Guerra.
De imediato foram até a localidade informada e conseguiram localizar e prendê-lo, logrando êxito na ocorrência. O mesmo foi conduzido a sede da delegacia de polícia civil de Apodi, onde foi apresentado ao delegado Renato Oliveira, que adotará as medidas cabíveis.
Neguinho estava sendo procurado pela polícia desde a última Quinta feira dia 13/04, quando um menor havia sido apreendido após um homicídio na cidade e apontado o mesmo de ter participado de várias ações criminosas em sua companhia.


*Sentinelas do Apodi.

APODI-RN: Jovem precisa de doação de sangue

Familiares e amigos de Elaíne Torres realizam campanha nas redes sociais em busca de doações de sangue para o Hemocentro de Mossoró como objetivo de ajudar a jovem que está internada com lúpus no Hospital regional Tarcísio Maia.
As doações podem ser feitas diretamente no Hemocentro Mossoró, envolve qualquer tipo sanguíneo e irão repor o estoque de sangue usado para assistí-la.
Pode participar da campanha qualquer pessoa com a saúde estável e idade entre 18 a 69 anos e peso acima de 50 quilos.
Quem quiser fazer esse ato de amor é só se dirigir ao Hemocentro Mossoró. 
Beneficiária, Ellaíne Samanta de Lima Torres.

Os requisitos para doação de sangue são:
  • Estar em boas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 69 anos. Pessoas acima de 60 anos só podem doar se já tiverem doado sangue alguma vez antes dessa idade
  • Pesar no mínimo 50kg
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas)
  • Estar alimentado, sendo que a ingestão de alimentos gordurosos deve ser evitada nas 4 horas que antecedem a doação
  • Apresentar documento original com foto, que permita o reconhecimento do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social). 
CONHEÇA A DOENÇA:

O Lúpus Eritematoso é uma doença crônica, inflamatória auto-imune que pode se limitar a doença cutânea (Lúpus cutâneo) ou se disseminar para órgãos internos, denominando-se Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES).

O Lúpus cutâneo pode se manifestar de diversas formas em pele e subcutâneo (gordura abaixo da pele), podendo ocorrer desde forma leve como fotossenssibilidade (vermelhidão mais intensa em áreas que ficam expostas aos raios solares) até feridas que aparecem espontaneamente e dolorosas (vasculite).

Lúpus Eritematoso Sistêmico é caracterizado pela produção de anticorpos contra componentes do núcleo celular. Atinge preferencialmente as mulheres jovens (início em torno 15-40 anos), tendo uma predisposição genética envolvida.

SINTOMAS

Os sintomas podem ser diversos dependendo do órgão envolvido.

Pode ocorrer:
  • Febre, fadiga, perda de peso
  • Artrite
  • Lesões de pele, geralmente em áreas expostas ao sol, couro cabeludo, orelhas, face. Pode ser manchas, bolhas, feridas ou descamações
  • Lesões em mucosas, principalmente oral, como feridas semelhantes a aftas
  • Urina com muita espuma ou sangue
  • Sangramentos (gengiva, hematomas espontâneos) 
Outras situações diferentes podem ocorrer, porém somente com exames específicos, consegue-se identificar se a causa é pelo Lúpus:
  • falta de ar
  • dor pra respirar
  • diminuição urinária
  • aumento da pressão arterial
  • inchaço do corpo
  • convulsão e/ou psicose 

DIAGNÓSTICO
O diagnóstico de Lúpus Eritematoso Sistêmico baseia-se em alguns critérios estabelecidos e avaliados por um reumatologista.

  • Rash malar – lesão avermelhada e inchada na face na região de nariz e maçãs do rosto, conhecida como “asa de borboleta”
  • Lesões em cavidade oral e/ou nasal vista pelo médico
  • Lesão de fotossenssibilidade
  • Lesão discóide – lesão geralmente ulcerada com atrofia da pele
  • Inflamação de articulações – artrite
  • Inflamação de camadas serosa do corpo como derrame pleural ou pericárdico
  • Alteração hematológica (hemograma) – diminuição de seus componentes
  • Alteração neurológica – convulsão ou psicose sem outra causa
  • Alteração renal – nefrite
  • FAN – fator antinucleo positivo
  • Alteração de imunidade com outro outro anticorpo positivo como anti DNA, VDRL. 
De acordo com os onze critérios listados, são necessários pelo menos quatro deles para se fazer o diagnóstico. Lembrando que não são todos os pacientes que apresentarão os critérios listados. Uma minoria de pacientes podem apresentar um quadro atípico e mesmo assim ter a doença. Por isso, sempre é necessário que procure um médico, de preferência um reumatologista.

TRATAMENTO

O tratamento visa o controle (remissão) da doença e depende muito dos órgãos e estruturas acometidos. Também deve se fazer corretamente o tratamento de doenças associadas, como hipertensão arterial, dislipidemia…

No geral, são usados os medicamentos sintomáticos (antiinflamatórios, corticosteróides) e imunossupressores que visam diminuir a a ação do sistema imune, dependendo da área afetada.

O tratamento preventivo é importante para que se previna crises agudas da doença que podem por em risco a vida do paciente. Deve-se evitar a exposição solar e o uso de bloqueador solar (fator acima de 30) é obrigatório. Evitar aglomerações e locais susceptíveis a infecções.

CURA?

Não existe cura completa para o Lúpus Eritematoso e outras doenças autoimune. O tratamento visa o controle e remissão da doença e melhora da qualidade de vida.

*Fonte: Blog da Carol Gurgel.

MPRN emite nota acerca de ação civil pública contra Procurador-Geral

O Ministério Público do Rio Grande do Norte emite nota acerca da ação civil pública impetrada em desfavor do Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima. Abaixo a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação à ação civil pública ajuizada pelo SINDSEMP, ANSEMP e FENAMP em desfavor do Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, imputando a este o recebimento de diárias e passagens do Ministério Público do Rio Grande do Norte para participar de reuniões do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG), o MPRN vem esclarecer o seguinte:
1) Todas as viagens do Procurador-Geral de Justiça custeadas pelo MPRN são exclusivamente para tratar de assuntos institucionais, com atas assinadas e arquivadas, especialmente as realizadas para as reuniões do CNPG, de que o Chefe do MPRN é o atual Presidente, e cuja pauta trata unicamente de assuntos institucionais de interesse do Ministério Público brasileiro, nunca de interesses privados ou corporativos;
2) Participam das reuniões do CNPG, com despesas custeadas pelos respectivos órgãos, todos os Procuradores-Gerais de todos os ramos do Ministério Público brasileiro, inclusive do Ministério Público da União (MPF, MPT, MPDFT e MPM), chefiado pelo Procurador-Geral da República, sendo imprescindível a participação nas discussões do Ministério Público potiguar, através de seu Procurador-Geral de Justiça;
3) A participação nas reuniões do CNPG por parte dos Procuradores-Gerais é absolutamente regular no âmbito do Ministério Público potiguar, realizada desde a fundação do Conselho por todos os Procuradores que já ocuparam a Chefia da Instituição, e a ser realizada igualmente pelos futuros Procuradores-Gerais de Justiça;
4) A participação dos Procuradores-Gerais nas reuniões do CNPG é idêntica à que existe para diversas outras autoridades públicas e seus respectivos conselhos de chefias, como o Conselho dos Presidentes dos Tribunais de Justiça, Conselho dos Corregedores-Gerais do Ministério Público, Conselho dos Presidentes dos Tribunais de Contas, Conselho dos Procuradores-Gerais de Estado, Conselho dos Secretários de Segurança Pública, entre outros;
5) Todas as diárias pagas ao Procurador-Geral de Justiça do MPRN para qualquer de suas viagens institucionais são objeto de prestação de contas, com fiscalização do controle interno da Instituição e dos demais órgãos de controle externo, como o Tribunal de Contas do Estado;
6) Todos os fatos acima são de amplo conhecimento dos autores da ação, que, portanto, agiram de má-fé, usando um instrumento sério como uma ação judicial para fins outros que não a exposição da verdade e da legalidade dos fatos;
7) Lamenta, mais uma vez, a disposição de entidades representantes dos servidores do Ministério Público em criar fatos que só servem para tentar desgastar a imagem da Instituição perante a opinião pública, agindo sem qualquer vinculação com o estrito interesse de seus representados;
8) Espera que o Poder Judiciário não aceite ser instrumento dessa ação irresponsável, rejeitando o mais rapidamente possível o processamento dessa demanda e punindo os autores por litigância de má-fé.