domingo, 4 de junho de 2017

APODI-RN: ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL NA ZONA RURAL

Uma colisão envolvendo duas motos foi registrado agora a pouco na zona rural de Apodi, no acidente uma das vítimas veio a óbito no local.
Segundo informações a vítima foi identificada como Edson Alves de Oliveira (Edin), agricultor de 52 anos de idade, residente no Sitio Pitomba, zona rural de Apodi. Edin morreu na hora, já a outra vítima Tel da comunidade de Santana foi socorrido pra o Hospital com muitas escoriações pelo corpo.
O local, onde aconteceu o acidente fica entre as comunidades de Pindoba e Paulista na zona rural de Apodi.
No momento a Polícia Militar do Município de Felipe Guerra faz o trabalho de Isolamento do corpo, a Polícia deverá acionar a equipe do ITEP de Mossoró para recolher o corpo da vítima.

*Informações e imagens: Santana Notícia.

NATAL-RN: Corpo de empresário desaparecido é encontrado em canavial na cidade de São José de Mipibú

Empresário desaparecido é encontrado morto em matagal
O empresário Francisco Antônio da Nóbrega Júnior, de 37 anos desaparecido desde a manhã da sexta-feira (02), foi encontrado morto na manhã deste domingo (04), em um matagal, na localidade de Pau Brasil, em São José de Mipibu, região metropolitana de Natal. O corpo apresenta marcas de tiros.

De acordo com a polícia local a família já foi informada e reconheceu a vítima. Uma equipe do ITEP (Instituto Técnico e Científico de Perícia) já foi acionada, assim como os policiais de plantão de Divisão de Homicídios. Ainda segundo a polícia o corpo do empresário apresenta marcas de tiros. Após receber a notícia da morte do filho a mãe de Francisco passou mal e teve que receber atendimento médico.

*BO/JBelmont.

MOSSORÓ-RN: Acusado na morte do funcionário da UERN está preso

A Polícia Civil, depois de quase 24 horas seguidas de diligências, conseguiu localizar e prender o principal suspeito de matar para roubar o servidor da UERN Hiroito Gonçalves Falcão, crime ocorrido por volta das 13h30min deste sábado, 3, no Abolição II, em Mossoró-RN.
O suspeito Pedro Henrique da Silva, residente na Rua Seis de Janeiro, já se encontra na Delegacia de Plantão para os procedimentos de flagrante e depois será encaminhado à Cadeia Pública de Mossoró, no caso de confirmada a participação dele direta no crime.
Sobre a participação do suspeito, a Polícia explicou que Pedro Henrique é o proprietário da Biz que foi levada pelos assassinos de Hiroito Falcão. Os policiais civis que investigam o caso acreditam que ele participou do crime. Teria passado a fita para os outros dois assaltantes.
Pedro Henrique teria ido a casa de Hiroito Falcão buscar a namorada/mulher, que é técnica de enfermagem e trabalha na residência cuidando de um enfermo. Lá teria simulado está sendo rendido pelos assaltantes no portão.
Dentro de casa, aconteceu o assassinato. Após o crime, os assaltantes fugiram na moto dele. Este fato, segundo os investigadores, pode ter sido para despistar. O policial civil que participou da operação observou que a moto Biz foi deixada ligada do lado de fora da casa e ele teve tudo para desligá-la.
Com base nas imagens analisadas de Pedro Henrique com os outros dois assaltantes, os policiais foram à Justiça e conseguiram ordem de prisão contra ele. Neste domingo, 4, efetuaram a prisão e agora dão sequência às investigações para prender os outros dois.
O suspeito não confessa o crime.
Informações: Mossoró Hoje
Via: O Câmera.

Fátima Bernardes quebra silêncio sobre o contrato com a Friboi

Ao estourar o escândalo da propina bilionária de Joesley Batista, duas celebridades que faziam comerciais para marcas da JBS reagiram com velocidades diferentes. Tony Ramos logo disse que não havia mais “clima” para anúncios da Friboi, e acionou advogados para romper o contrato.

Fátima Bernardes silenciou — até a semana passada, quando sua advogada, questionada, mandou uma nota em nome da cliente: “Não sou mais garota-­propaganda da marca Seara. Mas uma cláusula de confidencialidade me impede de dar detalhes sobre o fim do contrato”. Aos poucos, a apresentadora do Encontro também vai se abrindo sobre o fim de seu casamento de 26 anos com William Bonner. “Ficamos tristes. Quem não ficaria? Passamos por um processo de luto, e ele chegou ao fim”, revelou à revista CLAUDIA, que estará nas bancas e tablets na sexta-feira 9. Um novo relacionamento não é prioridade. “A gente não sabe quando vai se interessar por alguém.”
*VEJA/BG.

Empresário desaparece em Natal e família está aflita

Francisco Júnior foi visto pela última vez dentro do próprio carro na BR 101, no loteamento San Vale
O empresário Francisco Antônio da Nobrega Júnior, de 37 anos está desaparecido desde a manhã desta sexta-feira (02), quando saiu de casa dirigindo o próprio carro com destino ignorado. A vítima que é proprietária de uma loja de celulares em Natal foi vista pela última vez com o carro eatacionado na BR 101, no loteamento San Vale, zona Sul de Natal.
O pai do empresário procurou a delegacia de plantão da zona sul para prestar queixa do sumiço do filho, Francisco Neto relatou a polícia que um amigo da vítima viu quando o carro de Francisco Júnior estava parado na BR 101 e que por telefone esse amigo chegou a falar com ele, mas foi informado que estava tudo bem. O boletim de número 1115/17 foi registrado na noite do mesmo dia do desaparecimento pelos policiais da primeira equipe de plantão.
Os familiares de Francisco Júnior informaram que o veículo do empresário foi encontrado na manhã deste sábado (03) próximo a casa da vítima, em Nova Parnamirim. Francisco Neto informou a reportagem do PortalBO que todos estão angustiados buscando informações sobre o paradeiro do empresário. "Queremos uma resposta, um sinal dele, algo que nos conforte", disse.
Qualquer informação sobre o empresário pode ser repassada diretamente para a polícia através do disk denúncia no número 181.

*BO/JBelmont.

Polícia afirma que há nove mortos nos ataques à London Bridge

Três das vítimas são responsáveis pelos crimes. Ao menos 30 recebem atendimento em hospitais
LONDRES - A polícia de Londres informou na noite deste sábado que pelo menos seis pessoas morreram nos ataques em uma zona central da capital inglesa. Três dos responsáveis pelos crimes também foram mortos a tiros de agentes de segurança na área do Borough Market. Ao menos 30 pessoas foram levados a seis hospitais, segundo o Serivço de Ambulâncias de Londres. Segundo as autoridades da Scotland Yard, os agentes mataram todos os autores dos ataques.
Testemunhas relatam cenas sangrentas e clima de pânico"Os suspeitos foram confrontados e alvejados pela polícia em dentro de oito minutos desde o primeiro chamado", afirmou Mark Rowley, comissário assistente da Polícia Metropolitana de Londres.
Mais cedo, circulava na internet uma foto que mostrava um homem com um cilindros amarrados em seu corpo. Rumores diziam que poderia ser um dos suspeitos, mas a polícia confirmou que tratava-se de um engano.
Por volta de 22h08 (horário local), a Polícia Metropolitana de Londres informou primeiramente que London Bridge foi esvaziada após uma van subir a calçada e atropelar pedestres no ponto turístico. Dez carros da polícia foram enviados ao local. De lá, o veículo criminoso seguiu em direção ao Borough Market, para onde mais agentes policiais foram enviados. Lá, os criminosos abandonaram o veículo e esfaquearam pessoas, incluindo um agente da Polícia de Transportes. Esses dois episódios foram declarados pela polícia como "terroristas".
Um terceiro incidente em Vauxhall, uma área de bares e restaurantes a 4 quilômetros da London Bridge, foi anunciado pouco depois. Um esfaqueamento foi registrado, sem conexão com os outros casos, informou a Polícia Metropolitana de Londres.
 
- Editoria de ArteO gabinete da primeira-ministra Theresa May anunciou na noite deste sábado que vai se reunir com a Comissão de Resposta a Emergências do governo no domingo. O prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse que participará na reunião.
PUBLICIDADE
— Seguindo as atualizações da polícia e agentes de segurança, posso confirmar que o terrível incidente em Londres está sendo tratado como um ato potencial de terrorismo — afirmou a primeira-ministra. — É uma investigação rápida. Quero expressar minha enorme gratidão à polícia e aos serviços de emergência em ação. Nossos pensamentos estão com os que foram afetados nesses terríveis acontecimentos.

*O Globo.