quinta-feira, 31 de agosto de 2017

APODI-RN: INCÊNDIO NO CIRCO DE FUXIQUINHO

O circo do Palhaço Fuxiquinho que se encontra instalado no bairro COHAB em Apodi pegou fogo.
Não sabemos o que pode ter contribuído para o incêndio acontecer, mas é lamentável a situação. Essa é a segunda vez que acontece na cidade de Apodi.
Um outro circo que foi instalado no bairro Bacurau 1, há um ano atrás aconteceu também um incêndio e foi prejuízo para a equipe.
Agora, esperamos que as autoridades façam os trabalhos de investigação.
Atualização às 16 horas:
O fogo já foi controlado e na verdade o incêndio aconteceu num trailer do circo, causando danos materiais. Prejuízo para o proprietário, o Fuxiquinho.

Repórter invisível da Globo está em Natal

Do instagram do repórter invisível do Fantástico, Eduardo Faustini.
Imagem feita em Ponta Negra, Natal.
Por Thaisa Galvão.

Desembargador preso sondado para ajudar a soltar Henrique não chegou a ser contratado, diz advogado

Do Estadão, via Thaisa Galvão.

Henrique Alves recorreu a desembargador preso por venda de sentença, revela grampo

Conversa entre o advogado Marcelo Leal, que defende o peemedebista, e o desembargador Francisco Barros Dias, preso na Operação Alcmeon, revela que a família do ex-ministro, preso na Manus, pediu aos seus defensores que procurasse o magistrado aposentado

Luiz Vassallo

Interceptação telefônica da Polícia Federal sobre o celular do desembargador aposentado Francisco Barros Dias, preso preventivamente nesta quarta-feira, 30, na Operação Alcmeon, revela que o ex-magistrado foi sondado pela defesa do ex-ministro dos governos Dilma e Temer Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) quando o peemedebista foi preso na Operação Manus.
Dias é alvo de investigações por vender decisões judiciais no Tribunal Regional Federal da 5ª Região enquanto ocupava cargo na Corte e depois de se aposentar.

O Ministério Público Federal enumerou, ao pedir a prisão do desembargador, sete casos em que ele teria explorado prestígio ‘perante o Tribunal Regional Federal da 5ª Região.
Segundo os investigadores, Barros teria recebido R$ 150 mil em 2012 para soltar um dos alvos da Operação Pecado Capital, Rychardson de Macedo.
O magistrado também teria liberado bens bloqueados de Macedo.
A PF também destaca que o desembargador Barros Dias não teria respeitado o período de quarentena – três anos – quando deixou a magistratura e passou a advogar. A investigação indica que o desembargador teria captado clientes para obtenção de vantagens no tribunal.
Um dos episódios que expõe a suposta exploração de prestígio apresentados pelo Ministério Público Federal foi a procura de Barros, pelo advogado Marcelo Leal, que representa Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), a pedido da família do peemedebista, à época em que o ex-ministro foi preso, no âmbito da Operação Manus.
O peemedebista foi alvo de dois pedidos de prisão preventiva no dia 6 de junho. Um deles relacionado às Operações Sépsis e Cui Bono, em Brasília, que apuram irregularidades na Caixa Econômica Federal; e outro à Operação Manus, no Rio Grande do Norte, que investiga desvios de R$ 77 milhões na construção da Arena das Dunas.

Dois dias depois do encarceramento de Henrique Alves, em 8 de junho, o desembargador foi flagrado em grampo da Polícia Federal em conversa com o advogado do peemedebista, Marcelo Leal.

“Doutor Francisco, Eu tô ligando porque a família de Henrique entrou em contato e sugerindo a contratação do Senhor ai no Rio Grande do Norte.”, afirmou Leal no telefonema.

LEIA O DIÁLOGO:
MARCELO LEAL– Boa tarde é Michela Vania, eu sou secretaria do Doutor Benedito.. Oh perdão, Marcelo Leal aqui de Brasília
FRANCISCO – Pois não.
SECRETARIA – Ele gostaria de falar com o Senhor, pode atendê-lo?
FRANCISCO– Pois não, tô aqui aguardando.
MARCELO LEAL– Alô
FRANCTSCO– Alô
MARCELO LEAL– Doutor Francisco
FRANCISCO– Diga aí Doutor, tudo bem?
MARCELO LEAL– Opa, tudo bom, como vai?
FRANCISCO – Tudo bem Doutor Marcelo, como estamos, tudo em paz?
MARCELO LEAL– Então tá bom, prazer falar com o Senhor
FRANCISCO – Igualmente
MARCELO LEAL– Doutor Francisco, Eu tô ligando porque a família de Henrique entrou em contato e sugerindo a contratação do Senhor ai no Rio Grande do Norte
FRANCISCO– Hrumm.
MARCELO LEAL – Quer dizer que pra mim é uma honra podemos trabalhamos juntos
FRANCISCo– Ah pois não.
MARCELO LEAL – E… Não coloquei qualquer impedimento nesse sentido, muito pelo contrario, E. . Achei ate que a questão já tivesse sido esclarecida no meu telefonema de ontem mas eu vejo agora que hoje pela manhã, eu tô concentrado, preparando o habeas de Henrique aqui no…
FRANCISCO – E, o de Brasília
MARCELO LEAL– aqui em Brasília, e tirou o meu telefone da minha sala porque acaba… muitos jornalistas, então eu deixei minha secretária pra ela atender e ela me trouxe agora, e vi que tem mensagem de WhatsApp da família perguntando se eu já tinha conversado com o senhor, etc, que ele tem…muito agoniado, eu imaginei que a conversa que eu tive com eles ontem já fosse esclarecedora.
FRANCISCO – Certo.
MARCELO LEAL.-..Mas … é… é…. já que..
FRANCISCO – … Olha, essa ligação.. Alô… Doutor Marcelo
MARCELO LEAL- Alô…
FRANCISCO – Alô, a ligação tá cortando muito, eu poderia ligar aqui noutro telefone que esse aqui tá cortando…
MARCELO LEAL- Claro, Claro
FRANCISCO – Tá bom
MARCELO LEAL – Telefone fixo.
FRANCISCO- E, melhor, tá bom, brigadão.
MARCELO LEAL – Tá obrigado
FRANCISCO- aguarda aí um pouquinho…

Segundo o Ministério Público Federal, ‘ao que parece, foi contratado por um dos principais envolvidos, o ex-deputado federal Henrique Eduardo Lyra Alves, para atuar em seu favor no Tribunal Regional Federal da 5 Região’.

“O diálogo interceptado de índice 12864749, mantido em 08.06.2017, no qual o advogado do ex-parlamentar em Brasília/DF estabelece contato com o ex-desembargador federal, é seriamente indicativo de que FRANCISCO BARROS DIAS, de fato, já foi sondado contactado e, ao que tudo conduz, até contratado pela família do réu e ex-deputado HENRIQUE EDUARDO LYRA ALVES para atuar em prol do ex-deputado”, afirma a Procuradoria da República.

O juiz substituto da 2ª Vara Federal do Rio grande do Norte, Márcio Azevedo Jambo, conclui, ao pedir prisão do desembargador, com base em material ‘fartamente detalhado’, reunido pelo Ministério Público Federal, ‘conclusão outra não se pode alcançar que não a da inegável presença de fortes indícios de que o agora advogado e ex-desembargador federal Francisco Barros Dias atua, no tempo presente, na venda de influência junto a membros que decidem processos judiciais no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, influência essa proveniente do anterior exercício do cargo de juiz federal e de desembargador federal deste próprio Tribunal’.

COM A PALAVRA, MARCELO LEAL

NOTA À IMPRENSA

Logo após a prisão de HENRIQUE EDUARDO ALVES sua família procurou o advogado FRANCISCO BARROS DIAS para que esse atuasse localmente, na sessão judiciária do Rio Grande do Norte, em conjunto com este subscritor. Antes de tratar da contratação, no entanto, o Dr. FRANCISCO, por ética profissional, pediu que este advogado fosse ouvido e expressasse sua concordância. As tratativas com a família, no entanto, não evoluíram e o Dr. FRANCISCO não foi jamais contratado.

Toda a defesa de HENRIQUE EDUARDO ALVES vem sendo desenvolvida pelos escritórios MARCELO LEAL ADVOGADOS ASSOCIADOS e PROF. ESEQUIAS PEGADO CORTEZ CONSULTORIA E ADVOCACIA.

A insinuação de que o Dr. FRANCISCO tivesse de qualquer forma atuado em favor HENRIQUE EDUARDO ALVES junto ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região é absolutamente desprovida de qualquer base de verdade.

Todo o trabalho intelectual, visita aos gabinetes para entrega de memoriais e sustentação oral foram realizados por este causídico.

É lamentável que os órgãos de acusação se valham de insinuações irresponsáveis, desprovidas de qualquer base fática e extraídas do diálogo de dois advogados sobre tema absolutamente lícito, para extrair conclusões apressadas e mentirosas.

Brasília, 31 de agosto de 2017.

Marcelo Leal de Lima Oliveira

OAB/DF 21.932

Homem é morto a facadas dentro de casa em Espírito Santo, RN

RN EM FOCO/VNT - Gileno Luiz de França, de aproximadamente 50 anos de idade, funcionário público da Escola Municipal Dedé Cortez, foi encontro em sua casa, no Bairro Novo em Espírito Santo, morto a facadas no início da manhã desta quinta-feira, 31 de agosto.
Segundo relatos, Gileno passou a noite e madrugada bebendo com uma outra pessoa em sua casa, quando por volta das 5 horas da manhã foram ouvidos gritos de discussão, minutos após Gileno foi encontrado sozinho, caído por trás da porta todo ensaguentado e com várias facadas pelo corpo.
A polícia militar encontra-se no local neste momento. Até o momento não se tem informações de quem cometeu o crime.

UERN: Reitor participa de reunião da ABRUEM com ministro e cobra liberação de concessão de FM educativa

O reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes Ribeiro Neto, participou nesta terça-feira (29) de reunião da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM) com o ministro da ciência e tecnologia, Gilberto Kassab, que discutiu as concessões de rádio e TV educativa.
Na oportunidade, o ministro propôs uma reunião de trabalho com técnicos do Ministério da Ciência e Tecnologia para analisar individualmente os processos das instituições de ensino superior que aguardam a liberação das concessões das emissoras.
O reitor Pedro Fernandes cobrou celeridade na liberação da FM Universitária da UERN, que já cumpriu todos os trâmites. O ministro Kassab afirmou que há um esforço do ministério para liberar processos que estavam parados e que até janeiro de 2018 as outorgas estarão homologadas.
Só a UERN e mais quatro universidades enviaram dados de processos: UEFS, UESC, URCA e UNICENTRO.
O reitor Pedro Fernandes destacou a importância da reunião para que a UERN finalmente tenha a concessão de sua emissora de rádio. “A gente vem lutando por isso desde o início da gestão e agora estamos muito próximos de realizar esse sonho de todos que fazem o curso de comunicação social”, acrescentou.
A reunião com os técnicos do ministério, da qual o reitor também participará, está marcada para esta quarta-feira, no Ministério da Ciência e Tecnologia.

*Por Bruno Barreto.

MOSSORÓ-RN: Branca é condenada a sete anos de prisão por homicídio

Maria Janicleide da Silva de 34 anos estava em liberdade aguardando o julgamento; mas o juíz decretou a prisão preventiva.
O Tribunal do Júri Popular da Comarca de Mossoró-RN, condenou nesta quinta-feira, 31, a vendedora Maria Janicleide da Silva, conhecida por Branca, de 34 anos, por ter matado a tiros Verbeney Fernandes de Castro, no dia 8 de março de 2011, às 13h, na Rua Farmacêutico Edgar Julião, no bairro Aeroporto II, na companhia de um menor.
A pena imposta a ré foi de 7 anos de prisão. Branca aguardou julgamento em liberdade, porém, ao concluir o tribunal do Júri, o juízo decretou a prisão preventiva.
O julgamento aconteceu no Salão do Tribunal do Júri Popular no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, localizado no bairro Costa e Silva, zona leste de Mossoró.
*Jornalista Cesar Alves/O Câmera.

CARAÚBAS-RN: ZIMAR FERNANDES, ESTARIA COMPLETANDO 77 ANOS HOJE

31/08/1940 – Nesta data nascia o ex-prefeito de Caraúbas, Zimar Fernandes.


RAIMUNDO AMORIM FERNANDES, conhecido por "Zimar Fernandes" nasceu na Fazenda Equador, município de Caraúbas/RN, era filho de Aparício Carlos Fernandes e de Francisca das Chagas Gurgel de Amorim.
Cursou o primário na Escola Estadual Antônio Carlos, de Caraúbas, porém, desde muito jovem, com a morte de seu pai, passou na condição de chefe da família e por isso dedicou-se a agropecuária.
Foi casado com Maria Idezite Fernandes, de cujo matrimônio tiveram cinco filhos: Jorge Ivan de Amorim Fernandes, Maria de Fátima Amorim Fernandes, José Fernandes de Amorim, Raimundo Amorim Fernandes Junior e Rita de Cássia Amorim Fernandes.
No ano de 1976, já como filiado ao MDB (Movimento Democrático Brasileiro) foi eleito vice-prefeito de sua terra natal, na chapa encabeçada pelo prefeito Ozael Fernandes Soares.
Nas eleições de 1982, candidatou-se ao cargo de Prefeito municipal de Caraúbas pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro(PMDB), tendo como companheiro de chapa, o comerciante Antônio Linhares Filho. Zimar foi eleito no pleito de 15 de novembro de 1982, com 34 votos de maioria. Foi o primeiro prefeito eleito pelo PMDB na cidade de Caraúbas, que ficou conhecida como "terra de bacurau".
Zimar tomou posse em 31 de março de 1983 e cumpriu seu mandato até 31 de dezembro de 1988. Durante o período em que esteve a frente da Prefeitura, realizou diversas obras que contribuíram para o desenvolvimento do município de Caraúba e ficou conhecido pelos mais humildes como o "pai da pobreza”.
No pleito de 1992, ajudou na campanha de seu filho José Fernandes, que se elegeu vereador de Caraúbas. Zimar Fernandes faleceu aos 52 anos de idade na cidade de Mossoró/RN, no dia 25 de fevereiro de 1993.

Vídeo: Prefeito de Natal se irritou com repórter


IBGE divulga as estimativas populacionais dos municípios para 2017

AGÊNCIA IBGE - O IBGE divulga hoje as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2017. Estima-se que o Brasil tenha 207,7 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,77% entre 2016 e 2017, um pouco menor do que a taxa 2015/2016 (0,80%).
O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,1 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,5 milhões de habitantes), Brasília e Salvador (cerca de 3,0 milhões de habitantes cada). Dezessete municípios brasileiros têm população superior a 1 milhão de pessoas, somando 45,5 milhões de habitantes ou 21,9% da população do Brasil. Serra da Saudade (MG) é o município brasileiro de menor população, 812 habitantes, seguido de Borá (SP), com 839 habitantes, e Araguainha (MT), com 931 habitantes. Estima-se que, de 2016 para 2017, quase um quarto dos municípios (24,746%) do país tiveram redução de população.
No ranking dos estados, os três mais populosos estão na região Sudeste, enquanto os cinco menos populosos estão na região Norte. O líder é São Paulo, com 45,1 milhões de habitantes, concentrando 21,7% da população do país. Roraima é o estado menos populoso, com 522,6 mil habitantes (0,3% da população total).
As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.
As populações dos municípios foram estimadas por um procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010). As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.
A tabela com a população estimada para cada município foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) de hoje. A nota metodológica e as estimativas das populações para os 5.570 municípios brasileiros e para as 27 unidades da federação podem ser consultadas aqui
Veja mais detalhes de informações na Agência IBGE

TJRN abre processo seletivo de estagiários de nível médio para a Comarca de Santo Antônio, RN; inscrições até 1º de setembro

VNT - O Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte, Juízo de Direito da vara única da Comarca de Santo Antônio abre processo seletivo de estagiários de nível médio.

Veja:

SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS ESTUDANTES DE NÍVEL MÉDIO
PERÍODO DE INSCRIÇÕES:
28/08/2017 a 01/09/2017
HORÁRIOS:
09:00 ÀS 11:00 e 13:00 ÀS 15:00
LOCAL: RECEPÇÃO DO FÓRUM
Rua Ana de Pontes, nº 402, Centro - CEP 59255-000, Fone: 32822374/328227, Santo Antônio-RN
VAGAS : 02 (DUAS)
VALOR DA BOLSA R$: 689,60
EDITAL Nº001.2017, PUBLICADO NO DJE /RN de 23.08.2017