terça-feira, 5 de setembro de 2017

TIBAU-RN: Ex presidiário é encontrado morto na cidade

Um homem identificado como, Antônio Erivan Souza da Silva, foi encontrado morto com o corpo crivado de balas, na manhã de hoje, 05 de setembro, na cidade de Tibau, no Oeste do Rio Grande do Norte.
Segundo as primeiras informações a vítima foi encontrada embaixo de uma árvore nas imediações do cemitério municipal.
De acordo com a Polícia Militar, que isola o local, Antônio Erivan respondia processo por roubo na comarca de Areia de Areia e estava em liberdade condicional.
A polícia ainda não tem informação sobre a motivação do crime e a identidade dos possíveis acusados. O corpo será removido para a base do ITEP em Mossoró.

*O Câmera.

Lula e Dilma são denunciados por organização criminosa

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou uma denúncia por organização criminosa contra os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, além de uma série de ex-ministros e políticos.
No documento enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), Janot ainda denuncia os ex-ministros Antonio Palocci, Guido Mantega, Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo e Edinho Silva, e o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores João Vaccari Neto.
A denúncia ocorre no âmbito da Operação Lava Jato e investiga a formação de um grupo criminoso para desviar dinheiro da Petrobras. O caso está nas mãos do ministro do STF, Edson Fachin, que precisará notificar os acusados e decidir se acolhe ou não o pedido.

(ANSA)/Ismael Sousa.

MOSSORÓ-RN: Motoqueiro vitima em acidente na BR 110 morreu no Tarcísio Maia

Uma colisão envolvendo uma motocicleta com duas pessoas e um caminhão-tanque, terminou com os ocupantes da motocicleta com ferimentos graves. O acidente aconteceu na BR 110, saída de Mossoró em direção a cidade de Upanema, no Sumaré, no início da noite de ontem, 04 de setembro.
Segundo informações do motorista do caminhão, ele estava chegando a Mossoró pela BR, quando foi surpreendido com a presença do casal na motocicleta que trafegava pela Rua Sebastião Barbosa, no Sumaré. Segundo o caminhoneiro, o motoqueiro, Aderson Flávio Tavares, de 28 anos de idade, que morava na Rua Herculano Couto no Bom Jardim, não teria obedecido a preferencial e quando tentou cruzar a BR, bateu na lateral do caminhão.
A moça, que possivelmente trafegava como carona, sofreu uma fratura fechada na coxa direita, mas estava consciente. Aderson Flávio, condutor da moto foi amparado por populares, com várias escoriações pelo corpo. O casal foi socorrido pelas equipes do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia, mas segundo informações, Aderson não resistiu.
Local do acidente: BR 110 com a Rua Sebastião Barbosa no bairro Sumaré em Mossoró

PF encontra malas recheadas de dinheiro em endereço atribuído a Geddel Vieira Lima

A Polícia Federal localizou, nesta terça-feira (5), um “bunker” com malas recheadas de milhares de reais em um endereço em Salvador atribuído ao ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima (PMDB). A ação faz parte da Operação Tesouro Perdido, desdobramento da Cui Bono. O dinheiro será transportado para um banco, onde será depositado em conta judicial. O valor apreendido ainda não foi divulgado.
A descoberta complica a situação de Geddel, que está em prisão domiciliar na Bahia, acusado de obstrução da Justiça. O ex-ministro, que virou réu em 22 de agosto, foi denunciado por tentar atrapalhar as investigações sobre o desvios no FI-FGTS, o fundo de investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, no período em que foi vice-presidente da Caixa Econômica Federal. Segundo a acusação, ele tentou impedir o doleiro Lúcio Funaro de fazer delação premiada.
Logo após virar réu, Geddel divulgou nota rebatendo a acusação: “Rechaça com veemência as fantasiosas acusações contidas na denúncia, fruto de verdadeiro devaneio e excesso acusatório. Tão logo notificado pelo juízo da 10ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal, será apresentada a peça de defesa, oportunidade que demonstrará a inocorrência de qualquer ilícito e a necessidade de rejeição da inepta e inverídica acusação”.
Em julho, o ex-ministro do presidente Michel Temer chegou a passar dez dias no Complexo Penitenciário da Papuda, antes de ter a prisão domiciliar autorizada.

Com informações: Congresso em Foco/Ismael Sousa.

NALDINHO TUR!!!!