segunda-feira, 11 de setembro de 2017

MPF denuncia Lula, Gilberto Carvalho e mais cinco na Operação Zelotes

BG - O Ministério Público Federal (MPF) denunciou hoje (11) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro Gilberto Carvalho por corrupção passiva em um dos processos da Operação Zelotes. Os procuradores do caso também acusam mais cinco investigados de beneficiar montadoras de veículos por meio da edição de medidas provisórias.
De acordo com a denúncia, as empresas automobilísticas teriam prometido R$ 6 milhões a Lula e Carvalho em troca de benefícios para o setor.
“Diante de tal promessa, os agentes públicos, infringindo dever funcional, favoreceram às montadoras de veículos MMC [Mitsubishi] e Caoa ao editarem, em celeridade e procedimento atípicos, a Medida Provisória n° 471, em 23/11/2009, exatamente nos termos encomendados, franqueando aos corruptores, inclusive, conhecimento do texto dela antes de ser publicada e sequer numerada, depois de feitos os ajustes encomendados”, afirma o MPF.

PARNAMIRIM-RN: Vereadora e família ficam sob mira de armas durante arrastão em casa

Criminosos fizeram um arrastão à casa de uma vereadora de Parnamirim, na Grande Natal, na noite deste sábado (9). De acordo com a Polícia Militar, Rhalessa Freire dos Santos (PTN) e sua família ficaram na mira de armas de fogo, enquanto os suspeitos recolhiam objetos de valor na casa dela.
O crime aconteceu no bairro Bela Parnamirim. Além dos objetos furtados do imóvel, os suspeitos levaram uma caminhonete modelo Saveiro, que pertencia à família.
A polícia foi acionada e fez diligências na região, mas até agora nenhum suspeito foi preso.

PF faz buscas no apartamento de ex-procurador da República Marcello Miller

Agentes chegaram ao prédio de Miller, na Zona Sul do Rio, às 6h desta segunda (11). Polícia também cumpre mandados nas casas de Joesley Batista e outros dois delatores da JBS.

*Por GloboNews
Agentes da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) cumprem, na manhã desta segunda-feira (11), cinco mandados de busca e apreensão nas casas do ex-procurador Marcello Miller, no Rio de Janeiro, do empresário Joesley Batista e do executivo da JBS Ricardo Saud, em São Paulo, e na casa de Francisco de Assis e Silva, diretor jurídico da JBS, também em São Paulo. Joesley e Saud foram presos neste domingo (10) após determinação judicial.

Policiais e agentes do MPF chegaram à casa de Miller, na Lagoa, Zona Sul do Rio, às 6h e saíram por volta das 7h50, carregando uma bolsa e uma mochila. Eles procuravam por documentos que provem a ligação entre o ex-procurador e os delatores da JBS.

Na última sexta-feira (8), o ex-procurador prestou depoimento por 10h na sede da PF no Rio. Enquanto ocorria o depoimento, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu à Justiça que decretasse a prisão de Miller, assim como de Saud e Joesley. Segundo Janot, há indícios de que o ex-procurador cometeu crimes de organização criminosa, obstrução das investigações e exploração de prestígio.

A operação, batizada como "Bocca", foi inspirada em uma escultura italiana chamada "Bocca della Verità", que lembra uma espécie de "detector de mentiras". Acredita-se que se alguém colocar a mão na boca da escultura e estiver mentindo, a boca morde a mão do mentiroso.
O pedido de prisão contra o ex-procurador Marcello Miller foi negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. O nome de Marcelo Miller aparece em áudios das conversas entre o empresário Joesley Batista e Ricardo Saud.
Em São Paulo, cinco a sete equipes deixaram a sede da PF ainda na madrugada para cumprir mandados de busca e apreensão. A procuradora da República Janice Ascari, que trabalha diretamente com Janot, participa da operação.

Em nota, a defesa de Marcello Miller disse que "repudia veementemente o conteúdo fantasioso e ofensivo das menções ao seu nome nas gravações divulgadas na imprensa e reitera que jamais fez jogo duplo ou agiu contra a lei".

O advogado de Joesley e Saud, Pierpaolo Bottini, disse que encarou com naturalidade os mandados de busca após a prisão dos executivos. Sobre as prisões, a defesa de Joesley e Saud disse considerar desnecessária, alegando que eles "cumpriram rigorosamente tudo o que lhes era imposto" desde a assinatura da delação.
Transferência dos presos

Joesley e Ricardo Saud passaram a noite na superintendência da PF em São Paulo e devem ser transferidos para Brasília nesta segunda.
Houve impasse sobre a realização do exame de corpo de delito neste domingo (10). Os advogados dos executivos pediram para os dois não realizarem os exames no Instituto Médico Legal Central de São Paulo para não expor a intimidade de seus clientes. Diante do impasse, Fachin autorizou a realização dos exames em Brasília.
A prisão foi um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que alegou que havia indícios de má-fé dos delatores, que não contaram no processo de acordo de delação premiada que foram orientados por Miller a filtrar informações e a ajustar depoimentos nesse acordo de delação premiada.

O ministro do STF decretou a prisão temporária de Joesley e de Saud, mas negou o pedido de prisão da Procuradoria da República contra o ex-procurador Marcelo Miller. Fachin também suspendeu parcialmente os benefícios das delações de ambos, ressaltando que é necessário que se busque novas medidas e provas sobre os indícios de crimes atribuídos ao ex-procurador.

NALDINHO TUR!!!!


GOVERNADOR DIX SEPT ROSADO-RN: Popular é morto a tiros na cidade

A polícia militar de Governador Dix Sept Rosado registrou no final da noite de domingo, 10 de setembro, mais uma morte violenta na cidade.
Segundo informações, por volta das 23 horas, a vítima conhecida apenas como ValterlanioLaninho” ou “Cupim” estava conversando com amigos numa calçada quando foi surpreendido e morto a tiros. Os amigos que estavam com ele nada sofreram.
Ainda segundo informações, “Cupim” que morava na zona rural do município, teve um irmão morto em julho do ano passado, numa lanchonete da cidade e a policia não descarta a possibilidade de um caso ter relação com o outro.
A equipe de plantão no Itep, Unidade Regional de Mossoró, foi acionada e depois dos procedimentos no local, removeu o corpo para a base da unidade, onde deverá ser necropsiado.

*O Câmera.

PAU DOS FERROS-RN: Preso do regime semiaberto é morto a tiros

O crime aconteceu na tarde de hoje, 09 de setembro, na cidade de Pau dos Ferros, no Oeste do Rio Grande do Norte. Segundo informações, Francisco Elanildo da Silva, “Pedreiro” foi morto a tiros dentro de casa, na Rua Quintino Bocaiuva. Ele era detento do regime semiaberto do presídio regional de Pau dos Ferros.
Segundo populares, dois homens numa moto de cor azul pararam de frente a casa da vítima e pediram água. Os criminosos perguntaram por ele e foram informações, que estava dormindo no quarto. Eles entraram na casa e efetuaram vários disparos de revólver.
Pedreiro cumpria pena por tráfico de drogas deste o ano de 2010 quando foi preso na operação Stone em Pau dos Ferros.
A equipe de plantão no Itep em Mossoró foi acionada pela policia da cidade para os procedimentos e remoção do corpo para a sede da Unidade Regional do órgão em Mossoró, onde deverá ser necropsiado.

*O Câmera.

FUTEBOL: RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2017

Mais uma rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol 2017 nesse fim de semana e as surpresas que o esporte apresenta. Aqui você confere o placar e a classificação.

23ª Rodada

Atlético-MG 1x1 Palmeiras-SP
Vasco da Gama-RJ 1x0 Grêmio-RS
São Paulo-SP 2x2 Ponte Preta-SP
Atlético-PR 1x1 Coritiba-PR
Sport-PE 0x1 Avaí-SC
Santos-SP 2x0 Corinthians-SP
Vitória-BA 2x2 Fluminense-RJ
Botafogo-RJ 2x0 Flamengo-RJ
Chapecoense-SC 1x2 Cruzeiro-MG
Atlético-GO x Bahia-BA11/09/2017 20:00
CLASSIFICAÇÃO PG JG VI SG

1 Corinthians-SP 50 23 15 20
2 Grêmio-RS 43 23 13 20
3 Santos-SP 41 23 11 11
4 Palmeiras-SP 37 23 11 8

5 Flamengo-RJ 35 22 9 10
6 Cruzeiro-MG 34 23 9 7
7 Botafogo-RJ 34 23 9 4
8 Vasco da Gama-RJ 31 23 9 -10
9 Atlético-PR 31 23 8 0
10 Fluminense-RJ 31 23 7 2
11 Atlético-MG 30 23 8 -2
12 Sport-PE 29 23 8 -4
13 Ponte Preta-SP 28 23 7 -4
14 Avaí-SC 28 23 7 -12
15 Coritiba-PR 27 23 7 -6
16 Bahia-BA 26 22 7 -1

17 Vitória-BA 26 23 7 -8
18 Chapecoense-SC 25 23 7 -10
19 São Paulo-SP 24 23 6 -5
20 Atlético-GO 18 22 5 -18

TABULEIRO GRANDE-RN: Quadrilha fortemente armada assaltam mansão de médico

Fim de semana de terror viveu a mãe do médico Habraão Bessa em sua residência localizada na zona rural de Taboleiro Grande/RN.
Segundo informações repassadas ao blog João Moacir, oito homens fortemente armados invadiram a casa, mantendo Edite como refém por mais de quatro horas e que só saíram da casa com a chegada de outra pessoa.
Eles teriam levado o carro dela, uma L200 e outros pertences.
O modo que aconteceu esse assalto revela que a quadrilha é profissional.

*Fonte: Blog do João Moacir.

VÍDEO: Cada gol na Arena das Dunas na Copa de 2014 saiu por R$ 400 milhões

A Arena das Dunas, em Natal, está sendo investigada pelo superfaturamento de R$ 100 milhões. Foram cinco gols em quatro jogos da Copa de 2014. A Arena custará no valor atualizado mais de R$ 2 bilhões ao governo do estado. Então dá para dizer que cada gol na Arena das Dunas saiu por R$ 400 milhões!
A reportagem exibida neste domingo (10) no programa Fantástico da Rede Globo, revelou um superfaturamento nas obras do estádio. Por outro lado, a reportagem mostrou o atual cenário de superlotação dos dois maiores hospitais do Estado, além da crise financeira com o salário do funcionalismo em atraso.
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) está investigando o contrato que visa pagar o financiamento da construção e manter o dia a dia do estádio até o fim da aconcessão, em 2031. A maior parte do financiamento veio de um banco público, o BNDES. E a concessão é da Arena das Dunas, que pertence à própria OAS.
"Que contrato de parceria foi esse onde o parceiro público ele saiu prejudicado, e o parceiro privado teve excessos de ganho", disse o Vladimir Sérgio, presidente da Comissão de Acompanhamento e Fiscalização das Obras da Copa do Mundo - RN, do TCE.
Políticos foram mencionados na matéria. Em destaque o ex-secretário de Túrismo, Henrique Alves (PMDB), acusado de levar dinheiro para ajudar a OAS. O senador José Agripino Maia (DEM) e o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) também são investigados por conta da obra.
Já a assessoria de Rosalba Ciarlini (PP), ex-governadora na época da construção do estádio e atual prefeita de Mossoró, disse que o financiamento do BNDES não foi para o governo, mas para a OAS. E que por isso o dinheiro não poderia ir para a saúde, educação ou infraestrutura.

*Ismael Sousa.